1. Spirit Fanfics >
  2. .Sunshine ;- Sycaro >
  3. I did everthing

História .Sunshine ;- Sycaro - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Mas se ñ é, JaPaH 157 dnv...

Capítulo 9 - I did everthing


Ycaro caminhava tranquilamente para a floricultura, mas estava sentindo que estava sendo seguido, por algum motivo 


Até que um homem de cabelos esbranquiçados esbarra nele, ele usava um boné preto, e moletom azul escuro, calças pretas jeans. E estava no telefone 


— desculpe — Ycaro disse, na anão obteve resposta, o homem seguiu seu caminho — babaca ...


Sentiu o celular vibrar no bolso da calça desbotada, era um número desconhecido 


— alô? 


eu mudei de número, sou eu Saiko — soltou o ar do pulmão, aliviado 


— ata... O que foi? 


fiquei com saudade... bom, as 19h30, meu motorista vai vir te buscar, quero jantar com voce 


pera... você nem me perguntou se eu quero ir! — ele disse seco, o moreno riu abafado do outro lado da linha 


eu sei que você vai seder, mas mesmo assim, quer ir? 


t.ta... tanto faz ! Como eu me visto ? — corou 


você fica perfeito de qualquer jeito — deixou um sorriso envergonhado, escapar, com o elogio do moreno — mas... eu nunca te vi de terno 


terno? — a ligação, encerrou


"Você não existe, Saiko" 


Entrou na loja, mas antes, olhou para as ruas, estavam bem movimentadas


Viu um carro preto estacionado na esquina da rua, com um homem tirando fotos com uma câmera, uma polaroids 


— eu en'... 




— conceguiu ? — Skii perguntou para o homem de cabelos brancos


— Sim, Skii — entregou um envelope com fotos e algumas informações no papel 


Os seus cabelos eram pálidos, mas não por velhice, e sim propositalmente, tintados. Afinal, aquele homem misterioso tinha apenas 28 anos


— ele se chama Carlos Ycaro Gabryel, é brasileiro,  dança apenas por diversão, e é dono da linha de floriculturas "Sunshine" — disse arrumando os cabelos debaixo do boné preto, enquanto Skiigles passava algumas fotos, que estavam impressas 


— ele tem que ligação com meu marido? 


Silêncio mortal, se estabeleceu ali 


— ele é um amante, pelo que eu vi, Ximenes liga para ele algumas vezes — respirou fundo, e a loira arregalou os olhos esverdeados — por dia... 


Ela ameaçou as fotos do loiro, as jogando no chão, e pisando encima com o salto preto 


— Saiko está apenas se aproveitando dele, ele não tem sentimentos por esse garoto! — fechou os punhos 


— vai precisar de um assassinato? 


— Não... ainda não, irei falar com ele, para se afastar de Rodrigo 


— certo, quero meu pagamento em menos de 1 semana, ou EU vou encomendar um assassinato, para você, escultou Francielle — apontou para a mulher, que estremeceu, Kailin arrumou o boné, virou e foi embora do beco 


Uma lágrima fina desceu pelo rosto cheio de maquiagem da moca, que apenas limpou com as costas da mão. A dor que estava sentindo era enorme, não conceguia descrever. Sempre fez de tudo para que Saiko a amasse, desdos tempos do colégio onde estudavam. Mas a unica coisa que recebia era desprezo, da pessoa que mais amou 


— eu te odeio, Carlos Ycaro! 




Continua . . . 






Notas Finais


Yey, eu voltei!


Foi mal, esse negócio de quarentena me deu uma puta de uma preguiça c:


Bjs da JaPaH157 ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...