História SuperCorp AU - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supergirl
Personagens Alex Danvers, Alura Zor-El, Kara Zor-El (Supergirl), Lena Luthor, Lucy Lane, Maggie Sawyer
Tags Kara Zor-el, Lena Luthor, Medieval, Supercorp
Visualizações 1.292
Palavras 1.480
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, FemmeSlash, Festa, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 16 - Sixteen


Fanfic / Fanfiction SuperCorp AU - Capítulo 16 - Sixteen

Kara estava deitada com seu corpo nú ainda enrolado ao de Lena que dormia calma e sorrindo.

- Tão linda… tão gostosa… ah, tão bela, tão MINHA, só MINHA! - Kara diz olhando para Lena e à aperta mais em seus braços.

- Você é possessiva… - Lena diz sonolenta e ri baixinho.

- Ah, eu sou sim, muito possessiva… Bom dia amor. - Kara diz carinhosa.

- Bom dia querida! - diz se espreguiçando.

- Dormiu bem?

- Si-sim! - Lena diz corando envergonhada assim que percebe que está nua.

- Que bom amor… que tal tomarmos um banho? - Kara diz maliciosamente beijando Lena.

- E-e-e-e-eu… - Lena está toda atrapalhada.

- você ainda tem vergonha de mim? Eu vi cada pedacinho desse seu corpo maravilhoso…sua pele alva,seu cheiro magnífico, suas curvas, seu gosto …. - Kara diz e Lena vai ficando mais envergonhada.

- Kara! - Lena diz repreendendo e faz Kara rir.

- Tudo bem… - Kara diz rindo. Alguém bate na porta e Kara revira os olhos.

- Diga! - Diz alto em tom de irritação.

- Desculpe princesa… seus pais lhe chamam na sala do trono. - O soldado diz lamentando.

- Obrigada, eu estou indo. - diz e olha para Lena formando um biquinho nos lábios. - Eu tenho que ir … Desculpe meu anjo, eu te amo.

- Eu também te amo, tudo bem, vá resolver esse problema … - Lena diz, Kara se levanta nua sendo observada por Lena

- O convite para tomar banho ainda está de pé… - diz e entra no banheiro.

******

Kara tinha se arrumado e descido para falar com os pais,Lena se arrumou e desceu logo em seguida para tomar café, usava um vestido de mangas longas e de gola alta para esconder as marcas que sua esposa deixou em seu corpo.

- Não mãe, não. - Kara diz, ela estava na sala do trono com seus pais.

- Kara, você… - Alura tenta argumentar mais é cortada por kara.

- Não mãe, não irei ter uma segunda esposa.

- Kara você será uma rainha, não há nada de errado em ter uma segunda esposa. - Zor diz tentando ajudar.

- Não, minha palavra final, não insistam, não terei uma segunda esposa, Lena será a única. - Kara diz e saí da sala do trono bufando.

Na sala do café Lena comia sozinha até James aparecer e se sentar com seu sorriso debochado nos lábios.

- Bom dia minha donzela. - diz ele galante.

- Você não deveria ter ido embora? - Lena diz curta e grossa.

- Não faça assim, eu não irei antes de ter o que eu quero… - James diz com um sorriso malicioso.

- E o que seria senhor Olsen. - Lena diz limpando a boca e as mãos com um guardanapo.

- você,te possuir, ter aquilo que Kara tanto deseja. - diz sorrindo, Lena ri e se levanta.

- Não terá, vá embora do meu reino ou serei obrigada a chamar os guardas. - Lena diz e vai em direção a porta mais antes que possa atravessar James a puxa pelo braço e choca seu corpo contra a parede.

- Escute aqui princesa, você será minha, agora! - James diz prendendo Lena com mais força na parede.

- Não, me solte, irei falar para Kara, me solte. - Lena diz se debatendo.

- Kara? Ela não se preocupar com você, nesse instante está escolhendo sua segunda esposa, os reis querem que Kara tenha muitos herdeiros, e ela terá várias esposas, você será apenas mais uma. - diz e tenta beijar Lena , Lena vira o rosto.

- SOCORRO! GUARDAS, SOCORRO! - Lena começa a gritar forçando James a colocar a mão para tampar sua boca, ela morde a mão dele fazendo ele urrar de dor, mas continua prendendo ela contra a parede. - SOCORRO, SOCORRO, SOCORRO, SOCORRO, SOCORRO!!!

- Senhora o que há de err… - o soldado nem completa pois vê Lena se debatendo contra James, ele e os outros soldados vão para cima e tiram James de perto de Lena.

- Me soltem seus inúteis, sabem quem sou eu? Ãn? Me soltem! - James tentava se soltar dos três soldados que lhe seguravam com firmeza, Lena estava sendo amparada por uns dos soldados que a carregou no colo e levou em direção ao seus aposentos, deu ordem para levar James para a masmorra e deixou Lena no quarto dizendo que iria atrás de Kara.

Assim que Kara soube da notícia ela sai em disparada em direção ao seu quarto, ela entra e vê Lena chorando deitada na cama com o rosto no travesseiro. Lena estava abalada mas o que mais lhe incomodava era o que James havia dito "segunda esposa", como assim?

- Amor… - Kara diz e corre ao lado da cama se ajoelhando, Lena levanta e se joga em seus braços desabando em lágrimas. - Ele te machucou? Você está ferida? Lena? Amor por favor… fale algo, meu amor.

- Não, ele não me machucou, só tentou me agarrar. - diz chorosa, Kara sente um ódio profundo se alastrando como labaredas de fogo em seu ser.

- Oh, meu amor, não vai ficar assim eu prometo… irei… - Kara não termina pois é cortada por Lena.

- Não o mate, não, não suje suas mãos,por favor…

- Lena, ele tem que pagar…

- Okay, faça outra coisa, não o mate, por favor.

- Tudo bem, como minha rainha quiser.

- Promete? - Lena pergunta levantando o dedo mindinho em direção a Kara com um sorriso fraco.

- prometo! - Kara diz entrelaçando seus mindinhos. Kara se deitou na cama e puxou Lena para se deitar com ela, ficou lá acariciando, dando amor, cafuné e contando histórias engraçadas. Todos da família real já sabiam mas foram informados que Kara estava com Lena no quarto e que estavam bem, então Katie ficou com Lionel e Lilian, Alura e Zor sabiam que Kara o puniria feio e não iriam permitir, não querem brigas com o reino de James.

Lena dormiu e Katie tinha batido na porta e entrou em silêncio.

- Mamãe, a mamãe está bem? - Katie pergunta com carinha de choro indo até a cama.

- Vem meu amor, a mamãe está bem. - Kara diz e ajuda Katie a subir na cama. - preciso que você fique aqui com a mamãe,sua mamãe precisa sair.

- Tudo bem, eu cuido da mamãe. - Katie diz, kara saí com todo o cuidado dos braços de Lena, Katie substitui Kara nos braços de Lena.

Kara saí e vai até a sala do trono, seus pais,seus sogros, cunhados e irmãos estavam lá à espera.

- Mãe, onde está James? - Kara pede e seus olhos faiscavam de raiva, os Luthor's se assustaram mas os El já esperavam tal reação.

- Kara, James e cavaleiro de um reino importante…- Alura.

- Você está brincando comigo? - Kara diz debochada.

- Não Kara, não o mate, isso prejudicaria a paz do nosso reino, conflitos desnecessários e… - Zor diz calmo.

- Primeiro, a história da segunda esposa e agora você está me pedindo para lhe dar um abraço por ter agarrado minha esposa? Me diga quer que eu me curve aos seus pés também?  - Kara diz sarcasticamente.

- Eu disse que isso não iria funcionar! - Kal diz.

- Kara ele está na masmorra. Maggie.

- Obrigada. - Kara diz e saí batendo a porta e só escuta Alura gritar.

- NÃO O MATE! - Alura diz ficando em pé e depois que Kara saí se joga no trono bufando.

Kara marcha até às masmorras e encontra James.

- Tudo bem, se retirem. - Kara diz aos soldados que estavam escoltando a cela de James.

- Kara, Kara,Kara... Achei que não viria.. - James diz com deboche.

- Oh, perdão se fiz vossa realeza esperar… - Kara diz com falsa cordialidade.

- Naaaaã… - James murmurou. Kara vai até o outro soldados e pede para que ele abra a grade da cela, ele abre e James sai.

- Obrigado… - ele agradece mas antes que possa falar algo mais Kara lhe acerta um soco fazendo ele se chocar contra o chão. - Vadia!

- Seu babaca! - Kara monta em cima dele e começa a lhe acerta vários, vários socos. - Como ousou tocar em minha esposa?

- Apenas iria dar o que ela precisa, um homem! - James diz cuspindo sangue, Kara lhe acerta outros socos, levanta e chuta o rosto dele. - como ela pode ser entregue a uma aberração?

Kara começa a chutar seu estômago, James já respirava com dificuldade, estava com 2 costelas quebradas, o nariz quebrado sangrando, Kara com toda a força chuta mais uma vez o rosto de James, na mesma hora ele desmaia.

- Soldado, pegue esse idiota e suas coisas e o expulse do nosso reino imediatamente. - Kara diz olhando para o soldado que assente, sua roupa e sapatos estavam cheios de sangue.

*******

Depois de entrar no quarto sem fazer barulho foi tomar banho, trocou as roupas e se deitou junto com Katie e Lena que dormiam agarradinhas.

- Está tudo bem meus amores… sempre irei proteger vocês. - Kara murmura e se entrega ao mundo dos sonhos.


Notas Finais


Heyyyyy, se estão gostando comentem, amo ler cada um ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...