1. Spirit Fanfics >
  2. Superior >
  3. Aquele local em que eu citei ontem

História Superior - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Heyoo! Por favor, não me acusem de nada!
Eu já tentei escrever essa história em uma comunidade de um certo aplicativo que começa com "A", acredito que conheça.
Depois de um tempo, eu desisti, não costumo escrever nada de uma maneira muito planejada, só a base para mim é suficiente, espero que entendam!

Capítulo 1 - Aquele local em que eu citei ontem



Você encontra um computador antigo, nele, não tem nada além de um vídeo, você resolve clicar no mesmo... 


Um vídeo estranho aparece, não tem nada além de uma tela preta, com uma voz feminina e uma masculina conversando

15 de Janeiro de 2010

—... Você... Me ouve? — A mulher dizia

— Hey, você vai mesmo gravar isso? — O homem implicava, num tom de irritação. 

— Vou! É importante! 

— Ji, você sabe que ninguém vai ouvir essa porcaria! 

— Você é tão dócil, B.! Eu também te amo! Agora deixe-me

— Argh... 


Você ouve uma porta batendo. 


— Bem... Olá! Eu sou Ji! Cientista e parceira de trabalhos desse homem azedo que acaba de sair da sala. Estamos tentando realizar um projeto que a nossa... Fornecedora... Não conseguiu realiza-los por motivos de... Hm... Processos...? Enfim... 


Ji gaguejava enquanto falava sobre o tal "projeto", além de diversas vezes aumentar o tom de voz toda vez que podiamos ouvir gritos ou choros no fundo. 


— Ahn, esse projeto... Ele foi... Considerado ameaçador e repulsivo para a humanidade, e... A fornecedora "caiu" por causa disso, não se encontra mais nada sobre ela, nem mesmo na... Parte mais profunda da Internet, heh... 

— ME SOLTE! ME SOLTE! EU QUERO VIVER! — Uma voz desesperada gritava. 

— E-então, por conta disso, o p-projeto que estamos realizando agora é con-considerado... Ilegal... E... — Ji aumentava seu tom de voz novamente, era totalmente perceptível o seu desespero. — E-e... Ahn... Eu... Eu tenho que desligar! 

Pelo som, Ji parecia estar mexendo em alguma mesa, enquanto aquela voz não parava de gritar. 

— O-o Bay estava certo! Isso foi uma péssima ideia! S-se alguém souber o que acontece aqui, oh! 

— JI! EU PRECISO DE AJUDA! — A mesma voz masculina de antes gritava de fundo, enquanto sons estranhos e de coisas quebrando estavam a acompanhando. 

— A-ahn! Esse foi... O primeiro áudio ou... Ou vídeo meu! Ahn... Aqui quem fala é a dou-doutora Ji! E-ee... A-até amanhã! 


O vídeo fecha 


...


10 de agosto de 2019

Cidade X, Escola E. M. C. C. 


POV Hisoka


— Hey! Hisoka! — aquela voz de gazela gritava novamente, ecoando no corredor, longo e cheio, ofuscada no meio de jovens que não aprenderam a falar em um tom baixo, mas ainda era possível ouvir claramente aquela voz estridente. 

— Oi, princesa. Eu respondo, fechando o meu armário. 

— Pare com isso! Ahn... Oi Chances! 

— Oi Ashley — Meu amigo, Chang, ou carinhosamente apelidado de "Chances" respondia a mesma, saindo de seu esconderijo, mais conhecido como "atrás de mim"

— Ash? É você aqui mesmo...? — Chegou Soo Ah, olhando para algum lugar que, definitivamente, não era o rosto de Ashley. 

— Soozie! Oi! Relaxa, não é nenhuma alucinação! — Ashley segurou nas mãos de Soo, que estavam erguidas, provavelmente para ver se aquela Ashley era tocável ou não. 

— Que bom, as minhas tem piorado um pouco, acho que eu deveria tentar começar a tomar remédios mais fortes... — Soo dizia

Algo que sempre foi deixado com muita clareza por Soo Ah, ela é esquizofrênica, mas acredito que seja em um nível baixo, ela até sabe da própria condição. 

— Não, essas coisas fazem mal — Ashley disse em um tom mais sério — Ainda são drogas, trazem efeitos colaterais para o seu corpo

— Ashley, de todas, você é a que menos tem moral para dizer isso... — Chang respondeu. 

— H-hey, gente... Vamos só... — Soo Ah parecia levemente nervosa, ela não gosta de lembrar que Ashely gosta de "ficar suave"

— Sim, mas por que você me procurou? — Eu questionei a Ashley 

— Ah, sim! Certo! Sabem sobre o que eu comentei com vocês ontem no tuíter, certo? 

— Seus pais? — Soo Ah perguntou

— O que você anda comprando com o seu dinheiro? — Chang perguntou

— O seu futuro câncer? — Perguntei

— Não! A floresta... Fugir... Sabe? — Ashley respondeu

— Ahn... Querem realmente fazer isso? — Chang perguntou

— Para mim não faz diferença — Soo Ah respondeu

— Hah, do jeito que a minha vida tá uma merda, isso seria a minha salvação — Eu falei

— Então... Estão de acordo...? Chances? — Ashley disse

— Ahn... Bem... A minha situação familiar anda... No fundo do poço... Então... É — Chang respondeu, afirmando sua decisão 

— Ótimo! Então... Me encontrem no parquinho da cidade no fim da aula, ok? — Ashley falava animadamente

— Sim, ok... — Todos concordamos


~~




Notas Finais


Isso me lembra, eu não tenho certeza se chegarei a terminar essa história, então...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...