1. Spirit Fanfics >
  2. SuperM Word >
  3. Cap.3

História SuperM Word - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpa a demora.😅
Gente esse Cap tem que ser lido com MUITA atenção pq tem pistas de acontecimentos e personagens futuros.😉😊

✩✩✩✩✩✩✩✩✩✩✩✩✩✩✩✩✩✩

Gente vou dizer quais poderes os guerreiros possuem .
Baekhyun -> Luz infinita
Kai -> Teleportação e telepatia
Ten -> Tempestade
Lucas -> Força
TaeHyong -> Gelo
Taemin -> Feitiçaria e telepatia
Mark -> Velocidade e telecinésia

Boa leitura.😘

Capítulo 3 - Cap.3


Fanfic / Fanfiction SuperM Word - Capítulo 3 - Cap.3


Base Jopping.

SuperM Word.

Aquilo era fascinante mas com certeza era também ,pra ela, amedrontador .Afinal ver essa luz prateada saindo novamente da mão do loiro era um mistério para ela, certo, ela está acostumada com mistérios só que esse é o mais assustador que ela já viu.

Taemin estava concentrando no que fazia olhava atentamente para a ferida ,agora quase curada, da garota. Kai estava ao lado dela e ainda segurava sua mão pequena e macia.

Mi Rae olhou para Taemin que já finalizava seu trabalho e depois olhou para Kai que aquecia sua mão esquerda .Seria certo ela falar algo agora? Ou seria, de qualquer forma, levado contra ela mesma?Mais uma vez ela desistiu de mostrar sua voz.

-Acabei..- Taemin avisa e se inclina para trás estalando suas costas.

Mi Rae pisca algumas vezes e eleva seu corpo vendo que no lugar de sua ferida havia somente uma marca vermelha.

-MinHo era o melhor nos feitiços de cura.

-Vocês não eram ensinados juntos?- Kai pergunta .

-Sim éramos, mas quem prestava mais atenção era ele.- Ele coça a nuca e sorri.

A garota encara Taemin e depois encara Kai, por que eles estão tão normais ao seu lado? Os outros praticamente queriam a matar ,mas eles estão cuidando dela. Outra vez ela concluiu .Eles são os únicos em que eu posso confiar aqui.

-Sabe que agora vamos enfrentar o Baek ,né?- Kai pergunta e solta a mão da garota devagar.

-Poxa Kai, nem me lembra.-Taemin suspira.- Vamos embora agora, um dos Brinks vão te auxiliar.- Ele fala olhando pra Mi Rae que só o encarava por não saber do que ou de quem o loiro falava.

-Não precisa ter medo, eles vão lhe ajudar. -Kai se levanta.

Se eles dizem que ela não precisa ter medo,certo. Mas o nervosismo de ficar sozinha era maior a cada segundo .

“ Será que aqui existe água?”

“Estou com sede”

Os dois se entreolham e sorriem ,Taemin sai da sala e Kai ainda sorrindo fala.

- Oque acha que somos? -Ele sorri de lado- ...Tem água naquela vasilha,- Ele aponta pro lado esquerdo da garota onde tinha uma mesinha com uma vasilha. – Voltamos depois.

O garoto some novamente diante de seus olhos ,ela olha ao redor e crava seu olhar na vasilha com água, se mexe na cama e estende seu braço pegando a vasilha. Seu corpo se arrepia, aquela não era qualquer vasilha .

Era uma vasilha feita de gelo.

Mi Rae aproxima seu rosto até a vasilha e cheira o líquido. Ela chegou a conclusão de que eles não a dariam veneno após salvarem ela, se é que existe isso aqui.

Ela toma um pouco do líquido e sente sua garganta implorar por mais ,afinal tem um bom tempo que ela não toma nada. Após tomar todo o líquido e colocar a vasilha na mesinha, ela se levanta da cama.

Olhando aquilo tudo detalhadamente ,ela se viu descrente ,como essas coisas podem existir?. A cama tinha um formato super moderno, o lençol era tão macio que parecia um pedaço de nuvem, sem falar em alguns móveis que eram feitos de gelo ,como a vasilha era. A luz que iluminava o cômodo era sem igual, era uma luz rosa clara e dourada.

Ela anda um pouco mais pelo imenso quarto e para ao observar uma estátua de uma flor ,certo não era qualquer flor ,ela jamais viu algo parecido . Se aproxima e passa a analisar os mínimos detalhes da estátua ,algo está desenhado em uma das pétalas da flor e Mi Rae com certeza queria saber oque era. Se aproximou ainda mais  e se surpreendeu ao ver aquele desenho ,era detalhado demais pra ela não descobrir do que se tratava .

Era um unicórnio.

-Olá prisioneira.

Mi Rae se vira rapidamente  e se depara com um homem de cabelos verdes e bem penteados para trás ,ele vestia um macacão preto e em seu pulso havia uma pulseira com pedras roxas que brilhavam .

-O líder me enviou, para preparar você.- Ele dizia olhando para a garota ,na verdade ele não estava gostando de nada daquilo ,afinal nunca trataram um prisioneiro com tantas regalias .

Mi Rae olhava pra ele com puro nervosismo,mesmo o acinzentado ter afirmado que não era necessário ter medo.

-Ali é o banheiro,-Ele apontou pra uma parede azul,que tinha uma tela branca.- Quando acabar, tem um roupão na estante preta do lado da banheira.

Ela não queria se mexer ,na verdade ela estava travada ,com medo .

-Você prefere continuar assim?- O homem perguntou já perdendo a paciência.

Mi Rae virou o rosto e viu seu reflexo no espelho, ela estava horrível ,deplorável, irreconhecível. Ela estava descalça e seus pés estavam sujos de sangue ,porém não haviam cortes. Seu short Jeans estava sujo de lama,sua blusa amarela estava rasgada até a altura de sua barriga provavelmente o Loiro havia o feito para poder salva-lá. Seus cabelos estavam soltos e desarrumados ,seu rosto estava sujo de lama e sangue.

Se sentiu envergonhada demais ao concluir que estava assim o tempo todo diante do acinzentado e do loiro que a ajudaram .

-Pelas pedras do universo!!! Não temos muito tempo.- Ele chamou a atenção dela.-Você realmente quer ficar assim?.-Ela negou e começou a andar na direção onde ele havia falado.

Tomou um pequeno susto quando chegou perto da tela branca que se abriu revelando um imenso banheiro.Deu um pulo pequeno para dentro do cômodo e a tela se fechou. Ela olhou ao redor e se convenceu de que acima de tudo ela mesma ansiava por um belo banho.



                              ※


Os dois telepatas andavam pelo corredor da base com o objetivo de chegarem na sala do líder. Lógico que poderiam usar seus poderes mas eles queriam demorar propositalmente.

-Vamos contar pro Baek o que aconteceu?.- Kai pergunta.

-Sinceramente,vamos tentar de algum modo deixar ele de fora por enquanto.- Taemin passa a mão pelo seus fios loiros.

-Ou seja,não vamos contar.-Kai suspira e olha pra sua mão,lembrando de quando ele estava a confortar a garota misteriosa.-De onde você acha que ela veio?.

-Não faço a mínima ideia.Mas precisamos descobrir o mais de pressa possível.

Eles param de andar e olham pra tela branca na frente deles. Certo,eles não gostam de mentir para o líder, mas é algo além disso. Um protetor do Opala de água de outra galáxia ,era a questão. E se ela fosse mesmo uma protetora,teria que ajudar a encontrar a pedra do universo ,que estava perdida.

Kai estava mais próximo do aparelho que reconhece as digitais dos guerreiros, e logo colocou o dedo ali fazendo a tela branca subir. A visão de Baek falando com um soldado por holograma apareceu .

-Tem certeza?Nenhum sinal de invasão pelas montanhas celestes?.- Baek perguntou cruzando os braços.Os dois entraram e a tela desceu .

-Nenhum sinal registrado senhor.

- Verifique a costa leste e oeste, estarei esperando uma resposta.-O líder descruza os braços .

-Sim senhor.- Baek desliga o holograma e se senta em sua cadeira.- Acho que já sabem o porquê de eu chamar  vocês aqui.

- Estávamos discutindo pra saber oque era na verdade .- Kai respondeu e milésimos depois se arrependeu.

- Não me lembro do Xiumin ou do Suho nos ensinarem a levarmos na brincadeira assuntos importantes.

-Me desculpe Baek.- Os dois se sentaram de frente pro líder.

-Eu já disse, hoje pela manhã Ten estava indisposto e Kai se preocupou.- Taemin começou.

-E se ele se machucasse muito?Baek eu estava preocupado .-Kai ajudou.

-Por que estava preocupado se você mesmo havia concordado com o Taemin que ela era só uma garota machucada e assustada?

-Certo...eu concordei e ainda concordo, mas somos família e na hora eu realmente pensei que algo poderia acontecer.- O acinzentado suava de nervosismo.Afinal conseguir mentir para Baekhyun e convencê-lo era praticamente impossível.

-Ainda não me convenceram.- Baek se encosta na cadeira e cruza os braços.-Vocês sabem oque vai acontecer se não falarem.

-Lá vem você com  ameaça.- Taemin fala.- É injusto arrumarmos o quarto do Mark ,aquilo nem deveria ser chamado de quarto na verdade.

-Por favor Baek entenda, eu realmente estava preocupado com o Ten. Afinal não sabemos de onde ela veio.- Kai falou na esperança do líder entender.

-Já tem uma ideia de qual planeta ou galáxia ela poça ter vindo?- Taemin pergunta.

-Não,- Ele suspira- Não tenho,agora parem de tentar me distrair .

-Te distrair? Não estávamos fazendo isso não.-Taemin levantou as mãos .

-Nunca penssaríamos nisso Baek.- Kai engoliu à seco.

-Pelos deuses me respondam de uma vez!.Por que estão se aproximando dela?.-Os dois se olham.- Sem sarcasmo ou vocês já sabem.

-Temos suspeitas do que ela seja,mas não temos nada que prove de verdade.- Kai falou.

-Se estivermos certos..- Taemin suspira.- Ela nos ajudará a encontrarmos o Opala de água.- O líder encara os dois surpreso.

-Impossível, como ela faria isso?.

-Precisamos descobrir .-Kai cruza os braços.-De preferência o mais rápido possível.

-Como chegaram a essa conclusão?-O líder estava atônito.

-Conseguimos lê os pensamentos dela.-Taemin entrega de uma vez. Baek é muito inteligente e vai ajudar com certeza .

-Precisamos fazer testes  com ela.Porque se vocês estiverem certos,podemos impedir os Mouls de conseguirem as últimas pedras.

-Oque acontece se eles conseguirem?-Taemin perguntou.

-Eles vão libertar os anjos negros..-Kai respondeu em um sussurro,ele estava um misto de emoções não sabia dizer o porquê mas sentia algo estranho e estava ligado com a garota.

-Ela precisa falar de onde veio e como chegou aqui.



                              ※


Enrolada no roupão ela se olhava no enorme espelho que havia naquele banheiro.Sua aparência havia melhorado, e ela cheirava a rosas, Mi Rae poderia afirmar que esse foi o melhor banho que ela já tomou na vida .A banheira era enorme a água era azul escuro, o sabonete era roxo com alguns brilhos ,tudo ali era lindo.

Ela se afastou do espelho se lembrando de que o homem ainda estava a esperando no quarto. Se aproximou da tela branca mas nada aconteceu ,tentou de novo e nada .

Mas que diabos .

Ela procurou algo ao redor e encontrou um botão amarelo sem delongas ela apertou no mesmo fazendo assim a tela subir e mostrar o homem encostado na parede do quarto esperando ela.

-Finalmente.- Ele se desencontou da parede,pegou uma caixa verde e foi ao encontro da garota.-Essa é sua roupa. É o uniforme dos prisioneiros. Se vista estarei do lado de fora, me avise quando acabar.

Ele entregou a caixa verde pra ela e saiu do quarto.Mi Rae suspirou e foi até a cama depositou a caixa em cima da mesma e abriu.Havia um macacão branco ali .

Se vestiu o mais rápido possível,o macacão se adaptou ao seu corpo,e ela andou até o espelho mais próximo e analisou o resultado. As mangas iam até seus pulsos e haviam bolsos,tinha também um símbolo na altura do seu busto - Este estava em qualquer coisa e objeto que ela olhava -.

Ela andou até a porta de vidro branco do quarto e bateu duas vezes ,a  mesma se abriu e o homem apareceu novamente .Ele olhou MiRae dos pés a cabeça e andou até ela.

-Você será levada pro seu quarto.-Ele elevou seu pulso e puxou uma das pedras roxas de sua pulseira - E ficará lá até segunda ordem.

A pedra se transformou em uma algema e ele puxou seus braços. Ela olhou assustada para ele ,logo os pulsos de Mi Rae estavam novamente presos.

Pelo menos não são de gelo.


                              ※


Na cozinha da base apenas três guerreiros estavam sentados ao redor da mesa , tomando sopa,não demoraria para os outros aparecerem .

-Eu ainda acho que ela é inocente.-Ten falou e tomou um pouco da sua bebida.

-É a terceira vez que você fala isso.- Lucas disse entediado dando mais uma colherada na sopa.

-Nós já sabemos que você está do lado da invasora Ten, não precisa ficar mostrando o tempo todo.-Mark falou risonho.

-Não é isso Mark, é que ela é diferente dos outros seres que já prendemos.Me diga um invasor que chorou como ela quando foi acertado na sala matrix.-Ten rebateu.- Por isso digo que ela é inocente.

-Quarta vez .-Lucas falou fazendo Ten revirar os olhos e Mark  sorrir.

 -Ainda acho que TaeHyong foi malvado demais.-Ten continuou.

-É o coração congelado, não me surpreendeu em nada.-Mark falou ,e eles voltaram a comer ,só que o clima ficou mais gelado.Eles entenderam o porquê,quando TaeHyong entrou na cozinha.

-Falando no malvado .-Lucas disse.-As vezes acho que sabe quando estamos falando de você.Seria um outro poder?.

-Estavam falando de mim?-TaeHyong se sentou junto a eles.

-Sim e não.-Mark disse.

-Como assim?.

-Ten estava falando da invasora e o assunto chegou até você.

-Só sabem falar dela agora?.-TaeHyong encarou seus irmãos.

-Você pediu desculpas?- Ten rebateu.

-Pra quem?- Ele fingiu não saber.

-É sério?Vai fingir que nada aconteceu?.-Ten estava decepcionado com seu irmão.

-Ten,eu fiz oque era certo.-O azulado cruzou os braços.

-Não,você fez oque você achava que era certo. A cada dia vejo que meu irmão de antes está sumindo e isso é triste de se ver.- O acastanhado se levanta e sai da cozinha.

Lucas e Mark permanecem calados por realmente perceberem que Ten estava certo, TaeHyong está a cada dia mudado ,mais frio mais arrogante e ver ele assim era triste demais. O problema era que o próprio TaeHyong não aceitava isso.

Malditos os invasores que acabaram com NCTplanet.


                             ※

Mi Rae estava atrás do esverdeado que puxava uma espécie de corda azul que estava presa na algema .Eles estavam andando devagar e ela analisava aquele corredor cinza que parecia não ter fim .

Mi Rae estava tão distraída que não percebeu quando o homem parou, ocasionando um encontro fraco de seus corpos.Ela bateu a lateral de seu rosto na costa do rapaz e ele se virou por instinto.

-..Chegamos.-Ele pousou o dedo na maquina, pregada na parede, e a porta se abriu. Mi Rae se arrepiou quando sentiu um vento leve em seus cabelos ainda úmidos pelo banho.Vozes desconexas invadiram sua mente e ela olhou para o lado como se tentasse entender oque era falado.

Desde pequena isso acontecia e ela avisava sua mãe sobre essa voz, a mesma falava que era o anjo da guarda conversando com ela.Coisa de criança.Depois de grande ela preferiu continuar acreditando nisso do que pensar em ter sérios problemas mentais.

Eu estou louca.-Jamais pensaria nisso ,mas de uns tempos pra cá tudo que está acontecendo está levando ela a duvidar de seu bem estar mental.

-Você me entendeu?..- Ela vira o rosto de volta para o esverdeado que a encarava já sem paciência.-Entre ,saberá quando sua presença for pedida na sala matrix,prisioneira.

Mi Rae olhou pra suas mãos e percebeu que estava sem as algemas. Depois olhou para o quarto e entrou.A porta foi fechada e ela se assustou com o barulho que fez .

Se virou novamente para o quarto não tão grande ,que ela provavelmente ficaria por um tempo. Havia uma cama moderna no final do quarto e alguns moveis brancos ,no seu lado esquerdo tinha uma tela branca Mi Rae deduziu que fosse o banheiro. Mas uma coisa a incomodava ali.

Não havia janela.

Se lembrou de uma palavra que o rapaz ,dos cabelos verdes,havia falado com um tom irrelevante.

Prisioneira.

Ela é agora prisioneira nesse lugar que ela não sabe onde é.Poderia ela se arriscar em dizer que não estaria na Terra?.

Mi Rae suspira e se aproxima da cama,se senta lentamente apreciando a maciez do colchão ,ela estava cansada mas não queria dormir.Sentiu seu estômago roncar e concluiu que não era só cansaço era fome ela não comia faz horas.Como ela pediria comida?Eles tinham a obrigação de alimentar ela.

Os presos também se alimentam .


                             ※


Kai e Taemin estavam andando pela base e conversavam sobre como fazer a garota falar alguma coisa sobre sua chegada repentina.

-Não acho que seja uma boa ideia os testes V .-Kai falou um pouco contra a decisão de Baek.

-Os testes do reino WayV eram os melhores nesse quesito Kai.Você sabe como YangYang era cuidadoso.

-Eu sei Taemin, mas são diversos fios e diversas agulhas ,não acha perigoso?-Kai pensava em como a garota iria reagir,afinal ela ficou assustada com tudo oque aconteceu.

-Ten e Lucas foram ensinados por YangYang,não tem o porquê de nos preocuparmos.-Taemin sorriu.

Os dois pararam de andar quando viram Ten saindo da sala Dream . O acastanhado passou a mão pelo rosto enxugando possíveis  lágrimas ali, ao ver os dois em sua frente Ten sorriu e se aproximou.

-Oi gente..Onde estavam?- Ele tenta puxar assunto mas os dois ainda estavam surpresos afinal era difícil ver Ten chorando.

-Por que estava chorando?.-Kai ignorou sua pergunta. Ten suspirou e abaixou a cabeça ele sabia que não dava pra esconder nada deles.

-Fui até o livro da sala Dream,queria ver...algumas coisas passadas.-Ele voltou seu olhar pros dois.

-Quer nos dizer oque era?.-Taemin perguntou.

-...momentos em família que eu gosto sempre de rever.-Ele colocou suas mãos em seus bolsos laterais e sorriu.

Eles entendiam oque ele estava sentindo ,porque todos passaram por essa experiência horrível de perder metade da família.

-Onde estão indo?.-Ten perguntou no intuito de mudar o assunto.

-Vamos até o quarto da garota misteriosa.- Taemin respondeu e Ten sorriu pelo modo de como ele se direcionou a garota.

-Posso ir com vocês?..quero me desculpar com ela.

-Certo, então vamos.-Kai disse e logo eles seguiram rumo ao quarto da menina.


                            ※


MiRae estava sentada na cama e segurava um travesseiro ,ela apertava ele ao máximo tentando acabar com a dor que sentia no estômago,mas era em vão. Uma brisa leve passou por ela e vozes novamente adentraram em sua cabeça,MiRae sentiu um alívio com aquela brisa era como se acalmasse seu coração.

A porta foi aberta e seus olhos automaticamente foram na direção da mesma.Ela ficou ainda mais aliviada quando viu o acinzentado e o loiro entrando no cômodo.

-Eu disse que íamos voltar.-Kai sorriu para ela e se teleportou para perto dela.

MiRae se assustou um pouco e sorriu levemente,Kai se surpreendeu com aquilo,MiRae parou de sorrir quando viu uma outra figura ali ,ela lembrava dele. O acastanhado que fez os redemoinhos aparecerem,ela se escondeu rapidamente atrás de Kai.

-Calma,ele não vai fazer nada pra você-Taemin disse.

-Eu vim pedir desculpas..-Ten se aproximou um pouco e ela olhou pra ele saindo um pouco de trás de Kai.-Por favor ,me desculpe.

-Tá tudo bem.- Kai sussurrou para ela.MiRae saiu de trás do acinzentado aos poucos e Ten sorriu.

-Você me perdoa?.-Ten se aproximou dela que se encolheu um pouco mas permaneceu ali próxima do acastanhado.Ela assentiu e sorriu minimamente.

-Ela sabe sorri.- Taemin brincou e MiRae sorriu mais um pouco.-Está se soltando.

Derrepente a vista dela embaçou e ela sentiu uma forte tontura,Kai a segurou impedindo uma possível queda.Ela se recuperou e se sentou na cama .

-Você está bem?.-Taemin perguntou.Ela olhou para o loiro e assentiu.Um barulho ecoou pelo quarto ,esse vinha da barriga da garota.Os três sorriam por entenderem a causa daquilo.

Fome

-Você está com fome?- Kai perguntou.MiRae abaixou a cabeça com vergonha e assentiu.

-Vamos levá-la para a cozinha?.-Taemin propôs animado.

-Eu estava a pouco tempo na cozinha com os outros,acho que eles ainda estão lá.-Ten avisou.

-Então eu vou buscar algo pra ela,é mais seguro.-Kai olhou para Taemin que levantou as mãos em rendimento.

-Não acha que vão desconfiar?-Ten perguntou.

-Se você quiser ir...?.-Taemin se encostou na parede e cruzou os braços.

-Não...eu já fui comer, eles iriam desconfiar ainda mais.-O acastanhado também cruzou os braços.

-Eu vou,não se preocupem- Ele olhou pra garota,e piscou. -Já já eu volto.


                               ※


Lucas e Mark estavam somente sentados ao redor da mesa ,os dois já haviam acabado suas refeições.TaeHyong e Baek ,estavam na cozinha também e tomavam sopa.

-Onde está o Ten?.-Baek perguntou. Lucas e Mark se entreolham ,oque eles poderiam dizer?.

-Bom...deve estar pela base.-Lucas limpou a garganta. TaeHyong continuava a tomar sua sopa olhando para o chão. Baek olhou pra ele e suspirou e tomou um pouco da sua bebida amarela.

-Aconteceu alguma coisa?.-Baek estava desconfiado .

-Não.- TaeHyong falou.Quando o líder ia perguntar outra coisa foi interrompido.

-Oi gente.

Kai apareceu na cozinha assustando os outros.

-Não sei porquê vocês se assustam,- Mark se ajeitou na cadeira.-Ele é lento.

-Vou fingir que não ouvi.-Kai passou por eles e foi até a esteira de comida.- Vim pegar minha comida.

-Não vai comer aqui?-Lucas estranhou.

-Vou comer no meu quarto,quero descansar um pouco.-Ele pegou um pote de Sufly um doce típico de ShineePlanet, a sopa e um copo de bebida que eram típicos  de exoplanet.

-Você sempre come aqui.-Mark falou e Kai revirou os olhos, por que ele tinha que ser tão desconfiado?.

-Como eu disse estou cansado.-Ele se virou e andou até a mesa pegando os talheres.- Não se preocupem,Até mais tarde.-Ele sumiu antes que perguntassem qualquer outra coisa.

Depois ia ter que responder todo o questionário do líder mesmo.

 

                              ※


Os três que estavam ali no quarto permaneciam em silêncio,Ten e Taemin somente observavam a garota que estava sentada na cama e brincava com os dedos .Como uma garota assim poderia ser um perigo?.

-Voltei .- Kai apareceu com algumas coisas em seus braços. Ten se aproximou e ajudou o acinzentado.- Espero que goste do que eu trouxe.

A garota se ajeitou na cama e Kai se aproximou sentando ao lado dela ,Ten  se sentou do outro lado dela.

-Trouxe Sufly?.- Taemin viu o doce de seu planeta natal.Kai assentiu e elevou o doce até a garota.

-Prove você vai gostar.- Kai disse e MiRae assentiu pegando o doce redondo e verde esmeralda.

Ela lentamente levou o doce até a boca e provou. Era um gosto único,em poucos minutos pensou que poderia comer isso pela vida toda.Voltou a comer e os três sorriam ao verem que ela havia gostado do Sufly de ShineePlanet.

Naquele momento ela percebeu que poderia avançar na relação de confiança entre eles .Ela confia neles e eles não deixariam acontecer algo ruim com ela ,Eles iriam protegê-la.

-.....Obrigada.- Ela levantou o rosto para os três que estavam surpresos por ela ter finalmente mostrado sua voz.Taemin olhou para Kai .

"Já é um começo"

"Calma,as coisas não são assim"

"O que quer dizer Kai?"

"Vamos dar um tempo pra ela se acostumar com algumas coisas".


 







Notas Finais


Ai ai 😘
Unicórnio?Pegaram?😉
Esses ventos que tranquilizam a MiRae 🤔😎
E agora gente?! ela decidiu soltar a voz.😱
Uma possível protetora do opala de água 😮
Kai super protetor.😍
Ten chorando? Gente 😪
Até a próxima 🤗😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...