História Supermodel - Capítulo 37


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Abandono, Anorexia, Jacquelyn Jablonski, Moda, Modelo, Victoria's Secret
Visualizações 15
Palavras 678
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Literatura Feminina, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Último capítulo!

Capítulo 37 - SUPERMODEL


Fanfic / Fanfiction Supermodel - Capítulo 37 - SUPERMODEL

8 Meses depois

Era um grande salão com várias mesas e cadeiras, todos vestidos com seus melhores trajes luxuosos, Lolla estava sentada na mesa com Luigi, eu e Edward acompanhávamos eles, meu pai e minha outra mãe estavam no outro lado da grande mesa, todos tomando champanhe, eu e Edward tomávamos suco de laranja, Diana estava ao lado de Luigi, e todos nós prestavam os atenção em Sven, que empunhava o microfone o microfone, e com a canhota segurava a taça dele borbulhando – Meus amigos, a Lithium perdeu milhões em ações com o último escândalo que todos sabem... – relembrou o passado trágico – Mas é com prazer que eu assumirei a liderança da marca, tudo vai mudar, o tempo sujo e obscuro da Lithium acabou.

Todos aplaudiram, Diana então se levantou e caminhou até o palco para o estranhamento de todos, Lolla enquanto assistia batia palminhas sorrindo, como se soubesse do que Diana estava preparando – Aí... é agora...

-Agora o que amor? – Luigi perguntou curioso.

Sven terminou de discursar e percebeu seus olhos seguindo Diana que subia até seu lado, ela adorou na frente dele, e todos ficaram quietos assistindo o que viria a seguir, Sven ficou sem entender aquilo e ficou parando a olhando, percebeu ela levantando a mão o mostrando um teste de gravidez positivo – Surpresa...

-O que? – Pôs as mãos na cabeça surpreso – Pai?! Meu Deus! – a abraçou forte, comovendo a todos que estavam a assistir.

-Isso! – comemorou batendo palminhas histéricas.

-Então era isso – Luigi cruzou os braços – Danadinha você Lolla...

-Estou grávida Luigi, eu sei quando outra mulher está, quem descobriu foi eu.... Aí.... – parou.

-“Ai”? O que foi? – se preocupou.

-Senti um chute – ela acariciou a barriga enorme.

-Sério?! – Vi Luigi ficar bobo e acariciar a barriga da mamãe – Eles estão agitados.

E foi aquilo, aquilo era nossa vida, depois de tantas confusões, tanta luta, tanto sofrimento, eu estava ali com duas mães, dois pais, três irmãos, e um futuro primo que estava chegando, eu continuei a viver com minha grande família especial, cercado de amor por todos os cantos, a Lithium agora era comandada pelo tio Sven, Tia Diana teve a paz e o sossego, meus irmãozinhos nasceram saudáveis, minhas mães continuaram a viajar o mundo pelas passarelas, conseguiram o auge máximo, os anos se passaram, eu fui crescendo junto com os meus irmãos, Edward se casou com Amélia, uma atriz que conheceu na França durante seu intercâmbio, meu pai Samuel assumiu o lugar de Médico Padrão do hospital depois que Sven saiu, meu pai Luigi continuou a caminhada como personal, e até abriu sua própria rede de academias famosas, a minha tia Diana se aposentou da carreira quando fez 40 anos, e se tornou a vice presidente da Lithium, com Raquel morta, a consultoria chefe da empresa foi assumida pela minha mãe Lolla, minha mãe Elizabeth lançou sua própria linha de roupas e fundou a própria grife um pouco antes de se aposentar.

E eu? Charles Belth Las Fuentes, corrigindo. Eu entrei na justiça e mudei meu nome para Charles Rafael Alcolea Las Fuentes. Eu cursei letras, me tornei um escritor conhecido pelas minhas obras de fantasia, mas o livro que mais vendeu, que mais fez sucesso da minha carreira, foi o livro que contou a trajetória da minha mãe até aqui, e é aqui que eu encerro a leitura de SUPERMODEL a biografia da minha mãe.

Fechei o livro e olhei para todos sentados prestando atenção em cada palavrinha minha, abri um sorriso e empunhei o microfone – Gostaram?!

Pude ouvir os aplausos que correram para formar a fila dos autógrafos, em cada um eu escrevia “Rafael C.A. Las Fuentes com 24 anos muito grato pelo carinho”.

Ao terminar a sessão de autógrafos, vi uma mão branca e macia pousar sob a minha – Filho, não sabe o quanto eu me emocionei vendo a dedicação que você gastou narrando minha história... – era minha mãe Lolla lacrimejando.

-Mãe, obrigado por nunca ter desistido de mim – a abracei com carinho, ao olhar para frente, vi meus irmãos conversando com meu pai. – Eu te amo SUPERMODEL.


Notas Finais


Bom primeiramente, eu não sei o que dizer, só sei que eu estou emocionada.
A ideia de criar SUPERMODEL surgiu a partir de um desfile de roupas lúdicas que encontrei no YouTube, Lolla nasceu naquele instante, eu quis passar o desenvolvimento de personagens tão marcantes que foram Diana, Lolla, Luigi, Rafael, Sven, Antony e Raquel, foram crescendo durante a história.
SUPERMODEL elevou meu ponto de escrita a outro nível a outro palanque, eu aprendi muito nessa história, e realmente foi muito importante cada emoção que eu senti visualizando uma cena.
Enfim quero agradecer muito a LunaSwan que me deu apoio desde o começo, sou muito grata.
E principalmente estou muito grata a vocês, cada view foi importantíssimo para mim.
Obrigada!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...