História Supernatural - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Jikook, Jimin Bottom, Jungkook Top, Kookmin, Namjin, Supernatural, Yoonseok
Visualizações 17
Palavras 1.198
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oioi

quero agradecer a quem deu fav na fic

era pra postar no final de semana, mas resolvi postar hj

boa leitura

Capítulo 2 - Pijamas de Patinho e Armas


— Que porra ele está fazendo aqui? — Yoongi praticamente rosnou, desviando seu olhar de Hoseok para Jimin, se recusava falar diretamente com o ruivo.

— Se acalma Yoongi, apenas viemos conversar — Namjoon falou se aproximando de dos dois, mas parou no segundo que o de fios azuis o encarou, os olhos refletindo sua fúria, o moreno buscou auxilio de Jimin, afinal se alguém podia acalmar Yoongi, esse alguém era o seu irmão.

— Yoongi solta ele — Jimin disse com a voz calma, ignorando o olhar de questionamento do irmão, prosseguiu se aproximando dos dois, Yoongi mantinha uma das mãos envolta do pescoço de Hoseok, mas não estava apertando.

— Vou repetir a pergunta... — o Min respirou fundo, tentando se acalmar e para não se transformar, afinal não queria machucar Jimin e Namjoon —... O que caralhos ele está fazendo aqui com você consciente e com uma arma, Jimin? — sua voz entonou um pouco aguda no final da frase, demonstrando todo a sua dúvida, como se aquela situação fosse algo inacreditável.

Jimin se aproximou mais um pouco, Yoongi não notou o que o irmão estava tentando fazer, seu raciocínio e sentidos estavam cegados pela fúria, e por vários outros sentimentos que só demonstraram que existiam diante de Jung Hoseok.

— Eles precisam de nossa ajuda — Yoongi ia abrir a boca para refutar ou apenas xingar o mais novo, mas Jimin continuou — Taehyung desapareceu e querem que nós ajudemos a encontra-lo.

Era mais fácil ser direto, afinal estavam lidando com um assunto sério, não que as desavenças e o relacionamento de Yoongi e Hoseok fosse algo sem importância para Jimin, apenas que, no momento deveriam esquecer tudo isso e ajudar encontrar Taehyung.

E Yoongi pareceu entender isso, já que soltou Hoseok imediatamente e se afastou, sem nunca olhá-lo nos olhos.

— Como assim desapareceu? — Yoongi disse indo ligar a luz da sala, a claridade invadiu o cômodo, o que fez os presentes piscarem algumas vezes tentando se acostumar com ela.

Agora na luz podiam se ver melhor.

Hoseok desamarrotava sua roupa, encarando Yoongi de esguelha, que ainda não o dirigia palavra ou o olhar.

Namjoon soltou o ar pelos pulmões aliviado, não apenas pelo fato de que a escuridão se esvaiu do lugar, mas também porque junto com ela a tensão estabelecida desapareceu. Bom, não totalmente, mas já estava um clima descontraído, tanto que depois de passar as mãos pelos cabelos castanhos, Namjoon foi até Yoongi e Jimin, juntando os dois em um abraço, eram bons amigos afinal.

— Apesar da falta de confiança e a arma apontada para a minha cabeça, estava com saudades de ver vocês — Namjoon disse quando se separam, sorrindo abertamente mostrando suas covinhas, logo a tensão se dissipou completamente, afinal quem não resiste às covinhas de Kim Namjoon?

Jimin encarou o irmão ao seu lado, vendo que sua expressão ainda era fechada, o maxilar trincado e os olhos brilhavam uma fúria, mesmo que nunca repousassem sobre a razão desse sentimento, as suas roupas estavam sujas de terra e sangue, deixando-o ainda mais assustador para quem visse de fora.

— Então... — Hoseok começou falar ganhando atenção de quase todos os presentes, com as mãos no bolso e os ombros encolhidos demonstrando o desconforto, ele continuou — Vocês irão nos ajudar?

Não esperava resposta de Yoongi, mas essa veio, não dirigida a si obviamente.

— Ajudaremos encontrar Taehyung — disse sério ganhando um aceno de concordância de Jimin.

— Mas vocês ainda têm muita coisa para nos explicar — o loiro completou e Namjoon assentiu sorrindo ainda mais aliviado.

Não que tinha dúvidas que os irmãos iriam ajudá-los, afinal se importavam muito com Taehyung, apenas achava que teria que ser um pouco mais insistente.

— Explicaremos mais a caminho de onde estamos ficando, há essa hora Jin já deve ter voltado, mas não tem como ligar pra ele — apenas por costume, Namjoon retirou o celular do bolso vendo que não tinha nenhuma mensagem ou ligação. E como teria? Ali não pegava nenhum tipo de sinal, uma das coisas que Jimin odiava.

— Onde vocês estão alojados? — Jimin perguntou, já abrindo um armário da sala onde guardavam as armas e objetos para caçada, Yoongi subiu as escadas, provavelmente para se trocar e porque não queria ficar perto de Hoseok.

— Em um motel na cidade — Namjoon respondeu observando os movimentos de Jimin, ele pegava cada arma e conferia se tinha munição, tanto normal, quanto bala de sal e prata, escolheu três armas diferentes e retirou do mesmo armarinho um estojo que provavelmente tinha munições.

— Mas Jin possivelmente já deve ter ido para o nosso segundo lugar de estadia, uma casa perto da fronteira com o Canadá, duas horas de viagem no máximo — Hoseok parecia entediado com tudo, apenas ficou encarando a lua cheia.

— Nós vamos passar no motel pegar nossas coisas e seguir viagem para o norte, temos uma pista que nos leva ao Canadá, mas nossa viajem pra lá depende dos resultados que Jin obteve essa noite — Namjoon pegou sua arma que estava sobre a mesa de centro e colocou na cintura.

— Resumindo: Seokjin está torturando alguém em busca de informações, logo ele o mais santo dos irmãos Kim — Yoongi desceu as escadas carregando duas malas de viagem consigo, jogando uma na direção de Jimin, recebendo em troca uma arma.

O Min tinha — como esperado — trocado de roupa, vestia uma calça jeans, uma blusa branca comum e sua velha e batida jaqueta de couro preto.

Yoongi entrando na sala pareceu tirar Hoseok de sua contemplação da lua, e este encarou o Min, o analisando dos pés a cabeça e sendo ignorado pelo mesmo.

— Quando se trata de Taehyung, Jin é capaz de fazer qualquer coisa — Namjoon parecia triste, talvez pela junção do fato de que um de seus melhores amigos tenha desaparecido e que o outro melhor amigo vem lutando com todas as suas forças para achá-lo.

— Acho que quando se trata de quem amamos, fazemos qualquer coisa — Hoseok disse encarando Yoongi, e pela primeira vez na noite recebeu o olhar de volta, mesmo que por segundos.

— Está tudo pronto — Jimin cortou a o clima que se instalou de repente na sala, Namjoon o agradeceu mentalmente, não saberia como lidar com mais pessoas sendo jogadas contra a parede.

O Park fechou sua mala, a qual estava cheia de armas, sal, água benta e um livro de exorcismo e outro de mitologia, coisas básicas que ele leva para qualquer caçada, tinha também algumas roupas e provavelmente seu notebook, jogou a mala em seu ombro e colocou sua Glock que carrega para qualquer lugar na cintura, já estava pegando as chaves do carro e indo em direção à garagem, quando parou subitamente, encarando os outros três que nem se moveram?

— O que foi? Vocês vão ficar aí parados? — Jimin arqueou o cenho e então escutou a risada de Yoongi, um riso claramente debochado.

— Jimin, você não pode sair para uma caçada de pijamas de patinho, ou os monstros vão achar que você é uma criança, se bem que tem o tamanho de uma — Yoongi riu ainda mais, sendo acompanhado por Namjoon, até Hoseok sorriu um pouco.

Jimin revirou os olhos e bufou — tal como uma criança contrariada —, subiu então as escadas para se trocar, não sem antes gritar um “Vai se foder Min Yoongi”.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...