1. Spirit Fanfics >
  2. Supernatural Legacy (Interativa) >
  3. Capitulo 13

História Supernatural Legacy (Interativa) - Capítulo 14


Escrita por: e Lobinho10


Notas do Autor


Bom dia/Tarde/Noite depende da hora que você está lendo, mas um capitulo bem quentinho para vocês, então espero que gostem, estamos preparando outra Fanfic interativa para quem quiser participar.

Capítulo 14 - Capitulo 13


Fanfic / Fanfiction Supernatural Legacy (Interativa) - Capítulo 14 - Capitulo 13

O dia amanheceu e Han estava com sua cabeça explodindo, o mesmo não havia conseguido dormir durante a noite já que sua cabeça estava mais perturbada do que nunca, rapidamente fez o que tinha que fazer e se arrumou para ir ao trabalho, porém antes passaria na farmácia para comprar remédios para enxaqueca já que Georgia havia lhe pedido, Morgan estava em frente ao local encostado em seu carro e então suspirou antes de entrar e ir até a prateleira.

—Blair não está? -Ele perguntou caminhando para o Balcão com o remédio em mãos.

—Hoje ela não apareceu para me ajudar. -A mulher comentou. ㅡVocê é amigo dela?

—Faz tempo que não a vejo. -Ele ignorou a pergunta da mulher e então enfiou a mão no bolso.

—Ela mora com as amigas dela, posso falar que você esteve aqui. -A funcionária falava gentilmente.

—Não precisa. -O Sul Coreano jogou o dinheiro sobre o balcão e saiu.

O homem pegou seu celular e então enviou uma mensagem para o contato nomeado como "Smirnoff"

 

Han: "Já comprei o que pediu, mais tarde passo ai pra ver como está."

—Se não fosse por mim esses pivetes não seriam nada... - Han falou entrando no carro encarando suas olheiras através do espelho, logo em seguida o mesmo deu partida.


 

CENTER OF WILD CITY

 


Judith estava caminhando em direção a cafeteria, a mesma ainda estava muito confusa e estava precisando desabafar com alguém, a mulher adentrou o lugar e avistou de longe Blair que estava sentada numa mesa no canto da janela, se aproximou lentamente da mulher sem fazer barulho e colocou as duas mãos sobre os olhos da bruxa.

—Adivinha quem é? -Judi falou baixo.

—Mãos macias, mas não faço ideia de quem possa ser - Blair falou rindo, enquanto segurava as mãos da mulher.

—Chuta a sua amiga predileta ou o amor da sua vida, qualquer uma se encaixa. -A policial falou rindo e tirou as mãos dos olhos da mulher e beijou seu rosto. ㅡEstou feliz que teve tempo para vir..

—Não podia deixar você mal. -Morgan Respondeu envergonhada ainda com o comentário anterior da amiga.

—Você é demais. -Judith elogiou e pediu um café, já que Blair já estava tomando um.

—Quer um biscoito? pode pedir também. -Blair falou, enquanto se ajeitava na cadeira.

—Vou querer sim, mas eu pago. -Judith pediu o café e biscoitos, enquanto voltava totalmente sua atenção a mulher a sua frente. ㅡEu pedi para te ver porque eu precisava desabafar.

—Sobre o que? -Morgan arqueou a sobrancelha.

—Desde que o Dylan morreu, ando me culpando por isso, estou preocupada com o que está por vir e se eu serei capaz de aguentar tanta pressão e responsabilidade na W.C.S.O. -Judi suspirou.

—Eu soube disso, sinto muito por ele. -Blair esticou sua mão e a repousou com carinho sobre a da amiga. ㅡEu sei como é difícil perder alguém.

—Obrigada mesmo, mas eu ainda me culpo e essa confusão está azucrinando a minha cabeça, eu não consigo pensar direito. -Judi sorriu observando o rosto da bruxa.

—Olha, eu te conheço desde a época da escola, eu sempre acompanhei o quanto você era esforçada e objetiva, sempre correndo atrás de tudo que desejava, então eu realmente não acredito que alguma coisa mudou em você, você é uma mulher incrível e forte, garota você está num posto bem alto, você é respeitada, não aceito que a culpa tenha sido sua, nem um pouco. -Blair arqueava a sobrancelha, sua expressão estava séria, ela não gostava de ver a sua amiga, se torturando desse jeito.

—Talvez se eu tivesse sido mais dura com eles e não deixado eles levarem na brincadeira, tivesse sido menos amiga deles, talvez o Dylan ainda estivesse vivo. -Judith fechou os olhos e encostou a cabeça contra a vitrine.

—Não acredito nisso, amizade, confiança e amor abrem barreiras, não guerra e muito menos indiferença, você conseguiu chegar onde está com seu esforço e com seu jeito, erros acontecem e esse erro nem foi seu. -Morgan sorriu, porém ficou vermelha ao perceber que ainda estava com sua mão sobre a da moça. ㅡColoca isso em sua cabeça, você é maravilhosa e Marcus um imbecil.

—Acho que posso fazer isso. -Judith deu uma pequena risada e beijou a mão da mais nova. ㅡSenti falta de suas conversas e conselhos, estou muito feliz por ter te encontrado novamente.

—Igualmente, mesmo você me assustando com essa pose de fodona e essa arma na cintura, ainda é a amiga mais linda que eu já tive. -Morgan falou e colocou a mão na boca rindo. ㅡSempre escapa elogios a você, parece bruxaria.

—Acho que não consigo bruxarias, mas eu adoro quando você deixa algo do tipo escapar, ajuda no meu ego sabe? -Judith falou rindo e recebeu o dedo do meio da bruxa.

—Idiota. -Blair revirou os olhos rindo.

—Mas você adora minha companhia. -Judi deu de ombro e terminou de beber o seu café.


 

FIVE STAR PLACES


 

Teodoro estava ajoelhado no chão, o mesmo estava praticamente agarrado às pernas de Scarlett que estava com uma cara fechada, enquanto balançava a perna tentando se livrar das mãos do rapaz em seu tornozelo.

—Me solta seu carrapato. -A bruxa empurrou a cabeça dele.

—Ainda não sou, mas se quiser eu me transformo agora. -Ted falou já cansado.

—Se você fizer isso, eu vou pisar em você com minha bota. -A ruiva rangeu os dentes, enquanto deu um suspiro e conseguiu afastar o metamorfo.

—Não precisa de violência, só estou implorando para vocês ficarem para o jantar da Diana, ela vai matar todo mundo. -Ted falava preocupado, enquanto a Blackstorm ajudou o homem a levantar.

—Eu já disse Ted, não vamos ficar para esse jantar chato de agradecimento, quando podemos ir numa festa muito boa com vampiros e principalmente com o Apolo. -A mulher falou como se fosse óbvio.

—Esse vampiro é tão meia boca, fica apenas dessa vez. -O mesmo falou suspirando.

—Não vai rolar e não fale mal dele novamente, ou eu vou te esmagar na forma humana mesmo. -A bruxa empurrou o homem e subiu  as escadas bufando e batendo os pés.

Scarlett entrou no quarto onde Sara e Kayle estavam conversando, as duas mulheres estavam terminando de se vestir para ir a festa, Sara estava com uma camisa branca e uma calça preta escura, enquanto Kayle optou por vestir um vestido vermelho um pouco acima de seus joelhos.

—Acredita que o metamorfo teve coragem de falar mal do Apolo? -A ruiva bufou irritada.

—Você matou ele? -Kayle perguntou rindo.

—Eu também falaria, ele é um porre, sou mais nós duas. -Sara falou provocando a bruxa.

—Nem começa você também, que eu vi você conversando com aquela agente noite passada. -Blackstorm olhava para a irlandesa e sorria.

—Não tem nada demais, ela precisava de ajuda e eu fui ao resgate, apenas isso. -A mulher deu de ombros.

— Tudo que você faz tem uma segunda intenção. -Kayle provocou Sara.

— Viu, até a Kayle sabe que você não presta. -A bruxa revirou os olhos olhando para a amiga.

—Está com ciúmes? eu te dou um beijo, se quiser. -A Mcgrath se levantou e se aproximou da jovem que a empurrou.

—Sai fora assombração. -A mesma falou rindo, enquanto olhava para o bico que a sara tinha feito. ㅡNão vai rolar entre nós duas.

—Ela sabe, só gosta de te zoar. -Kayle fala rindo terminando de se arrumar. ㅡSe anima que vamos festejar muito hoje.

—Diana vai matar a gente, então temos que fazer valer a pena. -A ruiva falou rindo.

—Eu vou fazer. -Sara falou convencida. ㅡBlair vai encontrar com a gente lá?

—Sim, ela mandou mensagem avisando. -Scarlett mostrava a mensagem.

—A outra está com uma agente, seu vampiro não parece tão ruim assim. -Maximoff revirou os olhos.


 

BLACK HOLE


 

ㅡEu amo festa. -Corvus falou sorrindo.

—Sabemos, você é praticamente o rei delas. -Apolo falou sorrindo.

—Acho que quem está ansioso para essa é você. -Corvus provocava olhando o vampiro

—Porque?

—Por causa da sua ruiva. -Roman completou.

—Confesso que dessa vez vocês tem razão. -Vanderwood falou rindo.

—Olha quem está apaixonado, que lindinho. -Aragon falou provocando o homem.

—O que a cobra está fazendo escutando atrás das paredes? -Roman provocou também.

—Me chama de cobra de novo e eu abro sua cabeça. -Alasky falou séria e pulou de cima do balcão enquanto Roman levantava as mãos em forma de rendição. ㅡEstou tão ansiosa para dançar e beber sangue nessa festa, antes de me juntar a vocês achei que eram tão chatos. -A mulher deu risada.

—Depois de tanta morte e sofrimento, temos que comemorar uma vitória para nosso time né? -Corvus comentou com a garota.

—Acho bem justo. -Apolo completou o amigo.

—Realmente, já sofremos tanto, então o importante vai ser aproveitar cada festa que acontecer, ninguém sabe o futuro. -Alasky se mostrava preocupada.

—Relaxa garota, vamos apenas curtir essa noite e deixar mortes e problemas de lado, afinal eles não vão a lugar nenhum.

—Ainda mais que temos que zoar o namoro do Apolo. -Corvus falou rindo e cutucando o vampiro.

— Deixa meu namoro em paz e vai encher a cara vai. -Vanderwood falou arrumando a gravata e se retirando do local.

—Estou indo irritadinho. -O sérvio levantou as mãos em rendição.

—Se ficar puto é pior. -Roman falou provocando.

—Cheguei. -Yasmin cumprimentou caminhando em direção a mesa onde tinha uma garrafa aberta.

—Eu quero. -Roman caminhou em direção da mesma e pegou um copo servindo a ele e também a loira.

—Mas alguém está afim? -Jasmin pegou a garrafa e levantou para o alto.

—Eu topo. -Dominic falou se sentando e esticando o copo.

—Até você bebendo, essa festa vai ser boa mesmo. -Aragon falou surpresa.

—Claro que vai ser boa, todas as festas que eu participo são boas, é tipo um dom. -Corvus falou convencido, enquanto tomava a garrafa da mão da vampira, que ficou emburrada.

—Tão convencido, mal de homens mesmo. -Yasmin se mostrava ainda irritada com a atitude que o mesmo teve.

—Isso aqui está pegando fogo logo cedo. -Angel descia as escadas rindo e se sentando ao lado de Dominic. ㅡFinalmente terminei os relatórios e agora estou livre para curtir uma boa festa. -A loira jogou a cabeça para trás e sorriu relaxando.

—Todo mundo precisa de descanso, até mesmo o homem da contabilidade. -Dominic falou encarando Yasmin.

—O que foi? curtir é comigo mesmo. -A loira falou empolgada e dando um selinho em Woods.

—Eu nunca agradeci, mas você é uma gênia loura, conseguir um acordo com traficantes para nós proteger, você é demais minha querida líder. -Corvus falou zoando a mulher, enquanto fazia uma referência.

—Terry é um cara bem legal,eu sei que vocês gostam dele. -Angel falou rindo e empurrou Corvus quando ele se abaixou ao lado dela. ㅡSe comporte palhaço. -A mesma falou brincando.

—Só falta o nariz mesmo para esse ai. -Alasky falou provocando o homem.

—Isso eu resolvo. -Dominic pegou a caneta vermelha do bolso e caminhou até o nariz do vampiro e pintou em vermelho.

—Perfeito, realmente a sua cara. -Roman também brincou com o mais velho.

—Não fala muito não que você também é igual a ele. -Jasmin falou rindo.

—Agora tudo que nós resta é aquecer e esperar nossos convidados. -Angel falou se alongando e abrindo mais uma garrafa de bebida. ㅡQuem topa?

 

Já era noite e as bruxas estavam paradas de frente a porta, elas tinham descido o enorme morro da favela com a ajuda de Terry que sempre era bem simpático com todas as visitas de Angel, Scarlett suspirou e foi empurrada por Blair para frente da campainha.

—Toca logo, você que tem essas amizades meio tortas. -Sara falou provocando.

—Cala a boca, foi só falar de bebida que você veio correndo para cá. -Kayle falou irritada.

—Está toda nervosa só porque quebrou o salto ao vim para cá. -Blair falou rindo.

 

—Eu avisei para não vir de salto, mas vocês nunca me escutam. -A Blackstorm revirou os olhos.

—Para de drama ruivinha. -Sara falou empurrando a menina e olhando para ela. ㅡToca logo essa porra.

—Tá bom. -A bruxa resolveu se render e apertou a campainha.

Apolo que estava sentado no sofá conversando com Roman e Corvus deu um pulo do sofá que assustou Roman de uma maneira que ele derrubou sua bebida no chão, o mesmo resmungou irritado.

—Não reconheço o Apolo quando está com essa garota. -Roman falou incomodado.

—Muito menos eu, ele até perde a pose de nobre. -Corvus deu risada, enquanto virava um copo de bebida.

Apolo correu em direção a porta, empurrando Aragon que ia atender e abrindo a porta na frente da menina, Alasky fez cara feia com a atitude do mesmo, mas nada comentou apenas voltou a se sentar sobre o balcão, enquanto observava o vampiro abraçando o corpo da ruiva.

—Agora sim minha festa começou. -O vampiro falou sorrindo e abraçou a mulher.

—Eu não podia perder uma festa dessas e muito menos a chance de ver você. -Scarlett falou abraçando o vampiro e beijando o rosto dele.

—Eu acho que vou vomitar. -Sara fez uma careta.

—Eu também, casalzinho pode sair da frente? -Kayle empurrou os dois da porta e entrou.

—Desculpa a falta de educação delas, vocês são fofos eu acho. -Blair falou rindo e entrou também, puxando Sara pela a mão.

—Suas amigas são estranhas. -Apolo falou segurando a cintura da bruxa e entrando com a mesma.

—Obrigada por nos receber em sua casa. -Sara caminhou em direção a Angel e Yasmin e segurou a mão de ambas, beijando a mão das mulheres delicadamente e sorrio. ㅡVocês são lindas.

—Lindas e namorando. -Blair falou atrás de Sara e puxou a mesma para longe pela orelha. ㅡPara de ser atirada garota. -A mulher resmungou.

—Credo, eu só comentei, além do mais se fosse a Judith aqui você que estava se atirando. -A Mcgrath provocou.

—Cala a boca. -Morgan suspirou e sentiu a suas bochechas avermelharem.

Kayle estava muito ansiosa a mesma pegou a garrafa que estava sobre a mesa e a abriu, a música estava espalhada por toda a casa acompanhada de uma luz de balada que estava piscando, Kayle foi a primeira a ir dançar, a garota rebolava até o chão enquanto era observada por Roman que bebia em seu canto.

—Bonitas moças. -Dominic falou bebendo um gole de sangue.

—Realmente as amigas da namorada do Apolo são demais. -Roman falou rindo.

—Se você não fosse um babaca quem sabe tinha chance. -O homem provocou o Salvatore rindo.

—Desculpa pegador. -O outro virou o copo de sangue, enquanto olhava para outras pessoas que começavam a dançar junto a garota.

Angel foi puxada para a pista pela mão, mesmo quase implorando para Yasmin, não teve jeito a vampira foi puxada pela namorada, Sara pegava na mão de Blair e puxava a mesma para dançar também, Mcgrath segurava na cintura da bruxa e dançava com a mesma, mas ao contrário com o que gosta de fazer com Scarlett, ela respeitava o espaço da Morgan.

—Vamos pessoal, não fiquem parados. -Corvus passou puxando Roman e Dominic pelo o braço, enquanto arrastava eles para o espaço que as pessoas estavam dançando.

—Eu não vou dançar com vocês dois, isso é coisa de bicha. -Roman falou empurrando Corvus.

—Eu sou uma bicha idiota, agora tira a pose de machão e dança. -Corvus falou rindo e segurou na garrafa dando um gole antes de rir. ㅡOu te deixo sem beber

—Não custa nada, isso não te faz menos homem idiota. -Dominic falou irritado e começou a dançar com o Corvus, enquanto Roman caminhou em direção a parede e voltou a beber.

Yasmin estava com as duas mãos sobre a bunda da Woods, a mulher parecia estar hipnotizada pelo jeito que a loira estava rebolando, Angel tinha um rebolado perfeito, a mesma tinha também um perfume que mexia com os instintos que Yasmin tinha, a vampira não resistiu por muito tempo e segurou na cintura da namorada, fazendo o corpo de ambas grudarem, a boca da loira foi de encontro ao pescoço da mais velha e isso causava arrepios em sua líder.

—Todo mundo está com um fogo hoje. -Aragon falou incomodada e bebendo um gole de sangue.

—Também queria estar nesse fogo. -Roman falou rindo, enquanto olhava para a jovem.

—Nem pense, o Corvus adoraria esse fogo com você. -A mesma provocou o vampiro, enquanto o mesmo fechou a cara.

—Não tem graça. -Ele virou a garrafa de bebida.

Apolo tinha escolhido uma parede mais afastada para ficar agarrado com Scarlett, os beijos dos dois eram bem quentes, os dedos do vampiro deslizavam no contorno da calcinha que a mesma usava, mesmo sobre o tecido, os lábios da mulher eram doces e quentes, isso incentiva ainda mais os avanços do Vanderwood, que apertava a cintura da bruxa contra o corpo dele, Scarlett afastou buscando o ar, enquanto olhava para o mesmo surpresa.

—Quem diria, para um nobre você tem muito fogo. -A bruxa falou rindo.

—Você me deixa assim, me perco quando estou com você. -O mesmo sussurrou no ouvido da mulher, enquanto acariciava a cintura fina dela.

—Isso é um poder perigoso que você está me dando. -A Blackstorm sorrio com isso e colocou a mão sobre o rosto do homem e deu um selinho.

—Enfeitiçado por você bruxinha. -O vampiro falou rindo e voltou a beijar a boca da mesma.

Corvus e Dominic estavam dançando juntos, eles não estavam com o corpos grudados, mas mesmo assim Corvus jogava a cabeça para trás no ritmo do Rock que agora era a trilha sonora da casa, o mesmo imitava uma guitarra com os dedos, enquanto o seus irmãos faziam o mesmo, Dominic batia os dedos contra a coxa batucando.

—Como eu amo Rock. -Corvus falou empolgado.

—Eu também, música boa da porra. -Kayle comentou ao lado de Corvus

—Alguém com bom gosto aqui. -O vampiro comenta rindo.

—Esse seu bom gosto eu estou dispensando. -Dominic falou rindo e se aproximou da dupla.

—Sua sorte é ser bonito, porque você ser contra Rock é uma ofensa. -Corvus falou rindo e colocou a mão sobre o ombro do amigo.

—Você estava dando um show na pista. -Santiago falou olhando para Kyle. ㅡRoman ficou babando

—Obrigada, eu acho. -A mesma falou arqueando a sobrancelha e começando a dançar perto dos dois.

—Posso me juntar? -Aragon se levanta e caminhava perto do trio.

—Claro, quanto mais gente sorrindo melhor essa festa fica. -Blake comentou puxando Alasky e abraçando a mesma, todos os quatro estavam abraçados e pulando para todos os lados juntos.

Sara estava rodando a Blair algumas vezes, enquanto as duas estavam dançando juntas, a irlandesa tinha um bom gingado e isso auxiliava a Morgan que não dançava tão bem, às vezes o pé da mulher sofria com isso, mas nada que acabasse com a bela companhia que a morena estava sendo.

—Você é muito melhor que a ruivinha. -Sara falou rindo.

—É que você é muito atrevida com ela. -Blair falou rindo e rodando a bruxa.

—Não tenho culpa se ela é tão linda. -Sara deu de ombro.

—Sabe que ela está praticamente namorando. -Morgan revirou os olhos.

—Outra coisa também, eu não engulo esse namoradinho dela, ele é sempre tão gentil e engomadinho, para mim não passa de uma mauricinho, não confio nele. -A Mcgrath resmungou.

—Você está com ciúmes apenas, eu gosto dele. -Blair dá um sorriso.

—Agora sei porque você tem péssimo gosto, Judith é uma gata, mas é policial. -Agora foi a vez da bruxa revirar os olhos.

—Não é apenas uma policial qualquer, ela é minha melhor amiga de colégio. -A mulher encarou Sara. ㅡE outra você também está com uma agente.

—Não, eu não estou com Georgia, muito atraente, mas tem uma arma que tiraria a minha vida, então eu estou fora. -Sara fala levantando as mãos e rindo. ㅡVocê devia fazer o mesmo, tantas mulheres e homens no mundo, ela é uma péssima escolha. -A bruxa advertia.

—Tudo bem, chega de falar de nossas complicações amorosas. -Blair falou puxando a mão de Sara novamente para o meio da pista e voltando a dançar com a mesma, dessa vez ela se esforçou ainda mais, para não deixar o pé de sua amiga roxo de tanto pisão.

A festa continuava quente, Roman estava dançando em cima da escada, o mesmo tinha aberto os botões de sua camisa, enquanto tinha sangue espalhado por todo o seu peitoral a música estava muito alta e não tinha nenhuma reclamação, já que eles praticamente não tinham outros vizinhos além de vampiros.

—Quem quer mais? -Aragon falou segurando algumas garrafas de sangue para os vampiros e de álcool para as bruxas.

—Eu, manda mais. -Corvus falou pegando sangue para Dominic e uma com Álcool para sua nova amiga bruxa.

—Vampiros não são tão asquerosos assim. -Kyle falou rindo, enquanto bebia um gole de álcool.

—Não acho bruxas também tão vadias assim. -Corvus falou no mesmo tom.

—Porque não nos conhece realmente, somos as rainhas em ser vadias. -Kayle piscou para o mesmo.

Corvus caminhou até Roman que estava bebendo e dançando sozinho, o mesmo jogou um pouco de sangue contra o rosto do vampiro e falou rindo.

—Se você não fosse um babaca, tinha dançado com todo mundo.

—Eu gosto de dançar sozinho, fico bem sexy desse jeito. -O Salvatore falou convencido, enquanto Observava Scarlett e Apolo agarradinhos no maior romance, os olhos do mesmo procurou por Angel e não encontrou nem ela e nem Yasmin. ㅡAcho que as loiras não resistiram e foram brincar a dois.

—Viu, você é sempre babaca, mas eu gosto de você assim mesmo. -Corvus dá um tapa contra o ombro do mesmo e desce para baixo rindo.

Sara tinha caminhado para fora da festa, tinha recebido uma ligação de Diana, a mesma suspirou e fez uma careta já imaginando que era para acabar com a festa e voltar para casa.

—O que foi? -Sara falou irritada.

—Fala direito comigo garota, ou tu vai ver o que te acontece quando voltar. -Diana respondeu impaciente.

—Desculpa minha senhora, deusa da lua e do sol, rainha da porra toda. -Mcgrath falou ironicamente.

—Assim está melhor, então cala a boca e me escuta, eu não quero vocês em casa essa noite ou seja vocês se virem podem dormir fora ou na cama de alguém por aí, eu não me importo nenhum pouco, mas se alguém chegar antes do amanhecer, eu mato você. -A bruxa manteve um tom frio.

—Tá bom, não estava muito afim de voltar para casa mesmo, ela é toda sua. -A Mcgrath falou surpresa, enquanto desligou o telefone rindo. ㅡQue mulher maluca, custava pedir por favor?

—Diana nunca pede por favor, minha tia é terrível. -Blair falou suspirando. ㅡO que ela queria?

—Por incrível que pareça ela não pediu para a gente voltar, então podemos curtir essa festa gostosa a noite toda. -Sara falou rindo e puxou a mão de Blair para dentro.

—Minha tia deve estar aprontando alguma coisa, mas eu não vou me meter nisso, vamos obedecer o que a ditadora deseja. -Morgan falou rindo voltou para a festa.


 

FIVE STAR PLACES


 

Viviane estava preparada para o jantar com as bruxas, a mesma tinha guardado em sua calça jeans o seu canivete, como sempre Angelita e Andrew fizeram muito drama e tentaram por assim impedir que a Black fosse em outra armadilha, mas sem nenhum sucesso, a metamorfa tocou a campainha e foi atendida por Teodoro.

—Olá metamorfo que se acha superior. -Vivi ironizou.

—Olá convidada que é covarde. -O mesmo respondeu.

—Covarde é quem se torna a cadelinha de uma megera em troca de proteção. -A metamorfa o encarou séria.

 

ㅡEu tenho meus motivos. -O mesmo demonstrou irritação em sua voz, mas logo respirou fundo e voltou a seu tom normal. ㅡPor favor, entre.

— Um dia você ainda vai perceber que o seus motivos estão errados - Viviane suspirou e caminhou sem olhar para trás.

—Finalmente você chegou, achei até que ia recusar meu convite. -Diana falou já sentada na mesa.

—Nem poderia, você me mataria, não é? -A metamorfa revirou os olhos e olhou para a mesa que estava bem decorada e cheia de comida. ㅡCadê as meninas? -Viviane se mostrava curiosa.

—Houve um imprevisto e elas não estarão presentes essa noite. -A bruxa falou encarando a morena.

—Então eu acho que vou indo. -A metamorfa deu meia volta para perto da porta, mas sentiu seu corpo paralisado.

—Fique, temos algumas coisas para conversar. -A stone falou com sua mão esticada na direção da mesma.

—Você nunca pede por favor mesmo, então aceito né. -A Black pegou um copo e deu um longo gole antes de se sentar.

—Eu sei do seu passado, então eu preciso da sua ajuda em mais uma coisa. -Diana falou e se sentou ao lado da mulher na mesa começando a comer. ㅡEstou faminta, pode comer também não tem veneno nenhum.

—Estou sem fome, muito obrigada. -A mulher falou olhando para a bruxa e tomou mais um gole da bebida.

—Você quem sabe, então eu preciso da sua ajuda e você vai me ajudar de qualquer forma, então vamos fazer ser agradável para você. -A Stone falou e encarou a metamorfa. ㅡEu sei que você conhece um metamorfo que chama Edward, preciso que me diga onde encontrar ele.

—Para que? -Black arqueou a sobrancelha.

—Porque ele pegou algo do meu antigo clã e a culpa ainda caiu sobre mim. -Diana falou irritada e olhou para a morena. ㅡEu quero achar ele estrangular e pegar meu livro de volta.

—Então foi um livro que você roubou do seu clã? -Viviane falou surpresa.

—Você é surda? ele roubou e me culpou -A bruxa revirou os olhos.

—Você não fala assim comigo ou eu não te ajudo. -Viviane encarou Diana nos olhos.

—Ta, tanto faz.- A mesma coçou a cabeça e voltou o olhar para a metamorfa. ㅡEntão eu preciso saber onde ele está, prometo que não conto a seus clã onde você está se escondendo. 

-Stone falou bebendo um gole de bebida.

—Tudo bem, eu posso te informar, mas com isso a dívidas do metamorfos estão quitadas. -Black falou sorrindo.

—Acho justo. -Diana falou apertando a mão da mulher, enquanto sorria e fazia um caderno aparecer em frente a morena. ㅡDesenhe aqui.

Viviane sem escolha acabou passando a localização do Edward, nunca foram amigos mesmo, então ela não tinha problema nenhum em sacrificar o metamorfo por a liberdade de seus amigos, quando a mesma terminou entregou o papel para Diana que guardou em sua bolsa.

—Obrigada, estão livres da dívida. -A Stone falou satisfeita.

—Então agora eu estou indo. -A mulher levantou da mesa e logo sentiu seu corpo parar e a mão de Diana na dela.ㅡO que foi?

—Porque não fica? Depois o metamorfo te dá uma carona para casa. -Diana falou sorrindo e se arrumando na cadeira.

—Já estou aqui mesmo, não custa nada. -A metamorfa comentou e se sentou novamente a mesa.


Notas Finais


Então trabalhamos novamente um capitulo mais calmo e trabalhado para vocês, até a próxima semana e obrigado realmente por cada elogio e comentário que recebemos, vocês não fazem ideia do quanto é motivador.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...