História Surpresas da vida - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bruno&briana, Drama, Gabriel&alice, Lgbt, Originais, Revelaçoes, Romance, Tragedia, Yaoi, Yuri
Visualizações 4
Palavras 4.699
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Não é a minha primeira fic mas eu decidi escrever uma nova que toque o coração de você e eu espero que gostem gostaria que vocês comentasse (se quiserem) sobre a história nos comentários isso ajuda bastante e também ajuda na escolha do final o oque irá acontecer no próximo capítulo ❤️❤️❤️

Foto da Capa:Alice

Capítulo 1 - O começo de tudo


Fanfic / Fanfiction Surpresas da vida - Capítulo 1 - O começo de tudo

      Era um dia comum quando uma bela mulher chamada Alice com apele tão branca quanto a neve estava corrida em seu trabalho,Alice era uma mulher encantadora e elegante seus olhos azuis claros são lindo seus cabelos são loiros tão claros que chega a parecer brancos.Alice tem 28 anos e trabalha em uma empresa de consumo do governo onde atua na área da contabilidade,mesmo sendo umas da poucas das mulheres que tem lá faz de tudo para se destacar,antes de trabalhar na empresa era uma incrível pianista e cantora de músicas clássicas.

 

Laura:Alice(chamo-lhe sua colega de trabalho Laura)Menina não repara não mas o Gabriel do setor ao lado está lhe olhando e nem disfarça 

 

Alice:Laura pare de bobagens Gabriel é um homem trabalhador de direitos e um homem bem bonito e cobiçado,porque ele repararia em uma simples mulher como eu?

 

Laura:olha e disfarça,então a não ser que eu esteja cega,ele não sabe disfarça quando lhe olha veja por si só(Laura aponta e Alice da uma breve olhada no belo homem de pele alva e olhos ônix que a encara fixamente,ela dá um breve aceno vendo aquela pele ganhar um tom avermelhado,ela recebe o mesmo aceno do homem de cabelos negros)Viu,viu,viu ele estava lhe encarando,também se eu fosse ele eu lhe dava uns pegas nunca vi mulher como você 

 

Alice:aí Laura não viaja aliás oque ele iria querer com alguém como a mim,sou simples e trabalho dando duro para me esforçar ao máximo,ele é apenas um subgerente da empresa,meu chefe nesse setor,e eu,uma mera trabalhadora

 

Laura:Alice deixa de ser boba você é linda me pergunto quem não iria lhe querer,você é linda uma mulher de direitos poxa já entrou na frente de um carro para salvar uma criança apareceu na tv foi chamada pela imprensa da mais alta qualidade para ser modelo não vejo motivos pra alguém não gostar de você 

 

Alice:aí Laura acho melhor eu voltar para o meu trabalho,aliás cuida daqui pra mim preciso ir no banheiro

 

Laura:claro

 

   Alice levanta de sua cadeira e anda calmamente até o banheiro,quando termina de usar-lo lava a suas mãos e as secam em uma pequena toalha que carrega consigo.Quando sai do banheiro acaba esbarrando em alguém onde acaba caindo,ela sem ver quem derrubou pede desculpas mas quando reparas é seu gerente que a olha atentamente tentando decorar cada traço de seu belo rosto

 

Alice:senhor Gabriel,me desculpe não foi intencional,m-me desculpe

 

Gabriel:eu que lhe peço desculpas senhorita Alice não prestei atenção por onde andava(disse sorrindo e lhe estendendo a mão para ajudar-lhe a se levantar) sinto muito

 

Alice:está tudo bem a culpa foi minha(ela pega sua mão gentilmente e a levanta com delicadeza)com licença preciso ir para a minha mesa terminar o trabalho(ela curva-se e sai)

 

 

    Alice volta diretamente a sua mesa onde volta a trabalhar em seus cálculos,logo ela percebe que tens uma carta em sua mesa,ela abre a carta e a lê atentamente pensando quando foi colocada lá 

 

“ Querida Alice,gostarias de dizer que és belas como uma flor,porém oque as de belas tens de delicada,na hora do seu intervalo no almoço quero que vá buscar uma roupa elegante e não almoce,irei levar-lá a um restaurante.Gostarias de lhe dizer que estás bela hoje,como todos os dias és.

 

                                                                                 Assinado:Gabriel”

 

        Depois de ler atentamente a carta não acreditava que isso estava

acontecendo,Laura sua amiga a olhava com felicidade,de início Alice suspeitou de algo mas logo decidiu ignorar,na hora do almoço ela saiu as presas com Laura e foram a seu apartamento,Laura a perguntou o que estava acontecendo Alice contou tudo sobre a carta e perto do banheiro,Laura abre um sorriso de orelha a orelha.

 

   Laura escolheu a roupa para a amiga,optou por um vestido que ia até a metade das coxa com mangas 3/4 caída no ombro na cor vinho e um escapam branco,Alice também pega um perfume da Natura muito caro que ganhou de presente da sua Mãe,Laura disse que antes dela ir iria fazer uma maquiagem em Alice,quando terminaram compraram lanches e um suco natural,logo passam na casa da Laura pra buscar algumas maquiagens e voltam para a empresa.

 

     Finalmente quando falta 10 minutos para 20:00 horas,Laura entra no banheiro com Alice e lhe dá uma sacola,Alice pega sem entender mas quando vê é uma lingerie toda rendada na cor vinho.

 

 Laura:aí me desculpa Alice mas não irei deixar você usar esse troço de babado que você chama de calcinha e nem esse sutiã feio,agora vista-se logo anda(ela estava com um olhar sério,Alice decidiu não contraria-lá)

 

Alice:não entendo porque eu tenho que vestir isso sendo que só vamos a um jantar não é como se ele fosse ver o que tem por de baixo do meu vestido(disse reclamando e colocando o pequeno pano fino e rendado logo e o vestido,quando termina sai pra fora da cabine do banheiro coloca o salto branco)

 

Laura:está linda agora só vou arrumar seu cabelo e fazer a sua maquiagem(ela fala enquanto digita em seu celular sorrindo)

 

Alice:com quem esta falando que está digitando tão rápido?

 

Laura:com o Marcelo,é o irmão do Gabriel,ele quer sair comigo hoje quando eu terminar com você eu vou me arrumar ele vai me levar a algum lugar

 

Alice:umm então deu certo?

 

Laura:sim ele é um ótimo rapaz

 

Alice:eu sei foi eu que lhe apresentei

 

Laura:hum,convencida,aliás peguei aquele seu casaquinho branco que é aberto de renda,só pra caso fazer um ventinho,ela abria a sua maleta de maquiagem

 

    Laura passa um blush rosa claro,e faz um delineado perfeito em seus olhos passando uma sombra marrom,por cima um preto azulado com brilho pra destacar seus olhos,passando um lápis de olho preto e rímel aumentando seu cíclicos e os tingindo .Quando termina passa um batom matte vermelho escuro com um gloss por cima de sabor cereja

 

Laura:pronto agora só falta o seu cabelo,incrível com a sua pele não contém uma imperfeição tanto que nem precisei passar base

 

Alice:Laura assim já está bom não quero me atrasar 

 

Laura:quem vai se atrasar vai ser ele que ainda está em reunião com o concelho

 

Alice:como sabe?

 

Laura:o Marcelo me avisou 

 

Alice:entendo,mas vai logo

 

Laura:está bem(diz pegando uma escova elétrica e passando em seu cabelo o curvando um pouco pra que fique ondulado)pronto agora só falta a trança embutida(ela pega umas madeixas da lateral de sua cabeça e faz uma trança de cada lado e ajuntam no meio trançando e prendendo com um laço deixando o resto solto)

 

Alice:nossa Laura você tem mãos mágicas isso está incrível(diz ela se olhando no espelho)eu amei

 

Laura:eu sei que sou boa nisso(diz cheia de orgulho)

 

Alice:te chamaria de convencida se isso não estivesse espetacular(sua barriga ronca)

 

Laura:toma(ela a entrega um chiclete)é de cereja vai ajuda a distrair sua fome,e seu casaquinho branco de renda pra combinar com o sapato

 

Alice:obrigada Laura,mas acho que o casaco não me protegerá bem do frio

 

Laura:eu sei mas é só pra dá aquele charminho sabe,um tchan,e além do mais combina com você(diz passando perfume nela)uau ele tem um cheiro bom vou pegar emprestado

 

   O celular de Laura toca é Marcelo a avisando que a Reunião acabou e que Gabriel estaria esperando Alice em sua mesa,Laura se alegra e arruma a bolça de Alice colocando um preservativo e lubrificante sem ela perceber e batom blush e rímel com sobra,caso ela precise retocar e é claro um carregado portátil pra carregar o celular para não ter aquela desculpa de o celular estava descarregado na hora de ligar para a amiga e lhe contar sobre como foi o jantar,e mais um chiclete.

 

     Logo Laura a liberou para sair,quando Alice vai até a sua mesa pegar as chaves de casa lá estava Gabriel,vestindo seu terno com os três primeiros botões abertos mostrando sua blusa social de baixo com os botões quase estourando pelo seu peitoral musculoso,e a sua gravata frouxa,e seu óculos o deixando ainda mais sexy do que já estava.Quando Gabriel a vê abre a boca em um perfeito O,mas depois solta um sorriso largo

 

Gabriel:Uau v-você está linda e e-elegante

 

Alice:obrigada,você também esta elegante

 

Gabriel:vamos?

 

Alice:(ela pega a suas chaves e sorri pra Gabriel) Vamos

 

  Gabriel estende sua mão e Alice segura ele encaixa seu braço no dele e a leva até o metrô,Alice estranha mas decide não comentar,quando olha o vagão está quase vazio porém as cadeiras estão ocupadas,ela olha a janela e vê a bela vista da noite

 

Gabriel:está uma noite linda

 

Alice:sim está 

 

Gabriel:eu iria a levar de carro no restaurante porém os vidros são escuro e não da para ver o céu 

 

Alice:entendo

 

  O vagão balança fazendo Alice perder o equilíbrio e cair em Gabriel que a segura pela cintura 

 

Gabriel:e bom esse é mais um dos motivo(sussurrou)

 

Alice:como?

 

Gabriel:estás encantadoras mas não tanto com a noite

 

Alice:ooh (suas bochechas queimam e ela agradece por estar de blush ela se afasta um pouco)

 

Gabriel:mesmo de maquiagem consigo ver-lá corar tenho que dizer que fica fofa

 

Alice:me pergunto se fala essa coisas de propósito pra me deixar assim

 

Gabriel:não é bem isso só lhe digo a verdade

 

  O vagão balança fazendo ir para trás mas Gabriel a segura novamente a apertando contra o seu corpo

 

Gabriel:eu reparo que na empresa você se destaca bastante 

 

Alice:sim,eu gosto do que faço 

 

Gabriel:também sei que já apareceu na tv

 

Alice:anda me Stalkeando  senhor Gabriel

 

Gabriel:bom é que meu chefe fala muito bem de você e sobre a tv acho incrível a coragem que tevês para pular na frente do carro para salvar aquela criancinha 

 

Alice:aquilo não foi nada

 

Gabriel:pelo contrário aquilo foi espetacular,aliás nós descemos aqui,vamos

 

     Ele a acompanha até um restaurante extremamente chique eles vão até a recepcionista que os levam a parte mais reservada que fica no segundo andar,ela os acompanham até uma mesa no canto da sala que fica ao lado de uma imensa janela dando vista a cidade,ainda sim se reparar dar para ver o palco onde está tendo um show ao vivo 

 

Alice:aqui é lindo

 

Gabriel:eu vinha aqui com a minha mãe ela disse que se um dia eu conhecesse alguém que me despertasse o interesse era para eu lhe trazer aqui e escolher essa mesma mesa(ele puxou a cadeira para ela sentar)

 

Alice:incrível(diz reparando em cada mínimo detalhe)me desculpe senhor Gabriel deve estar gastando uma fortuna me trazendo aqui 

 

Gabriel:Alice não estamos mais em local de trabalho,pose apenas me chamar de Gabriel 

 

Alice:tudo bem senh...Gabriel 

 

    Ele sorri e ela retribui logo os dois estão olhando o cardápio,mas Alice tinha medo de escolher algo muito caro mas tudo no cardápio era caro

 

Gabriel:Já escolheu?

 

Alice:bom eu não tenho ideia do que eu deveria escolher

 

Gabriel:que tal eu pedir?

 

Alice:por mim tudo bem

 

Garçom:com licença o que o senhor é a senhorita vão pedir

 

Gabriel:bem eu quero lagosta com 2 porções de camarão e chevits,e pra sobremesa um pettit gateou grande

 

Garçom:e para beber?

 

Gabriel:você bebê álcool 

 

Alice:um vinho branco de 1857 e pra mim uma água tônica 

 

Garçom:já já lhe trarei os pedidos

 

Gabriel:boa escolha no vinho,mas por que a água tônica?

 

Alice:bom,eu sou fraca para bebida se quiser saber,na última vez em que bebi acordei  em uma loja de queijo vestindo roupas extremamente curtas

 

Gabriel:uau,como isso aconteceu

 

Alice:bom até onde me lembro,o bartender me deu deu três doses de marguerita quando eu estava em um show,eu ainda tenho as fotos(ela pega seu celular)

 

Gabriel:uau aposto que foi em um showzinho de algum ídolo famoso

 

Alice:pelo contrário fui ao um show lírico do Coldplay quando soube que iam fazer parceria com os cellos

 

Gabriel:você também gosta do Coldplay?

 

Alice:claro,meu pai é muito fã deles,e eu acabei pegando alguns gostos(ela entrega o celular)aqui

 

Gabriel:caramba você subiu no palco na hora em que o Cellos foram tocar

 

Alice:até aonde me contaram eu tava odiando pq o pianista tava tocando mal,então eu que toquei,mas aí os cellos não conseguiram me acompanhar e eu acabei fazendo um solo

 

Gabriel:claro eu vi esse show,por isso eu não consegui encontrar o nome do pianista você tocou No.63 La Campanella de Franz Liszt 

 

Alice:uau,isso mesmo não sabia que gostava de piano

 

Gabriel:bom não gosto,mas é que na hora em que você tocou estava tão bonito o som que eu gravei e perguntei que música era e quem era o pianista 

 

Alice:Fico feliz que tenha gostado aquela tinha sido a última vez que eu tocaria 

 

Gabriel:por que não toca mais?

 

Alice:bem,nunca mais eu tive tempo

 

Garçom:Com licença senhor e senhorita,suas comidas

 

     Conforme o garçom ia colocando tudo na mesa Alice se perguntava como se comia tudo aquilo,e aquele arroz cheiroso com um monte de carne em cima.

 

Gabriel:pode se servir,aliás eu escolhi essa mesa afastada pra comer do jeito que quiser 

 

Alice:bem nunca vim em um lugar tão lindo e refinado como esse,aliás como se come a lagosta?

 

Gabriel:hahaha(ele riu um pouco alto e ela inflou as bochechas e juntou as sobrancelhas)me desculpe nãos zangue comigo

 

Alice:zangar com você?

 

Gabriel:desculpe me a minha prima falava assim comigo,mas não fique brava comigo,em fim se quiser eu descasco ela pra você 

 

Alice:e como se faz isso?

 

Gabriel:bom tem gente que consegue fazer isso com a faca,mas eu prefiro com a mão(diz ele abrindo a lagosta)agora só se servir(ele já colocava o arroz e os camarão com a lagosta no prato)

 

    Alice decidiu se servir e olhou ao redor percebeu uma pista de dança onde soltou um sorriso ao ver um senhor e uma senhora dançando,logo ela começou a comer um pouco desajeitada,mas quando olha Gabriel estava na mesma situação por isso relaxou um pouco.Quando ambos terminam de comer,o garçom traz as bebidas,ele coloca vinho em apenas uma taça e na outra água tônica e sai,Alice pega o vinho e coloca um pouco em sua água e quando bebe não sente o gosto do álcool 

 

Gabriel:agora entendo o porquê da agua tônica,pra quebrar o álcool do vinho,muito esperta

 

Alice:reparei que que você não costuma a pedir comida aqui 

 

Gabriel:bom é que eu sempre peço arroz feijão e batata gratinada e bife

 

Alice:entendo,então pediu algo mais refinado para me agradar?

 

Gabriel:sim

 

Alice:boa tentativa

 

Gabriel:quer dançar um pouco até a sobremesa chegar

 

Alice:só se tocar uma música legal

 

Gabriel:posso pedir para que toquem,tem alguma preferência 

 

Alice:depende do tipo de dança 

 

Gabriel:sabe lambada ou salsa?

 

Alice:vamos salsa é um pouco menos provocante

 

Gabriel:eu vou pedir pra que troquem a música 

 

   Gabriel foi até o palco e pediu para que tocassem algo um pouco mais divertido depois foi buscar a bela dama que estava sentada ele retirou o seu terno e a levou até a pista onde ambos iniciaram passos simples mas logo começaram a dançar como profissionais.Quando a música acabou receberam aplausos e logo voltaram pra mesa onde conversaram sobre assuntos banais

 

Gabriel:haha você é incrível 

 

Alice:bom você não é tão chato como eu pensava

 

Gabriel:como

 

Alice:na minha cabeça eu imaginava alguém chato,robusto e recatado quando na verdade você é gentil divertido e elegante 

 

Gabriel:que bom que gostou

 

Alice:está sendo uma noite maravilhosa 

 

Gabriel:vamos terminar a sobremesa eu ainda quero lhe levar a um lugar

 

Alice:está bem

 

    Eles comeram a sobremesa,depois dele pagar a conta foram a pé até um parque, Alice solta uns risinhos ao ver algumas crianças se divertindo,mas logo encara maçãs do amor 

 

Gabriel:você quer uma?

 

Alice:não obrigado

 

Gabriel:vamos,pode pedir

 

   Ele a arrasta até a barraca e compra uma maçã do amor,os olhos de Alice chegam a brilhar,Gabriel rir a comparando com uma criança e vendo semelhança,ela oferece um pedaço e ele faz o mesmo olhar que ela a fazendo rir também,Gabriel a leva para a roda gigante.

 

Alice:esta sendo muito divertido esse dia

 

Gabriel:que bom que está gostando...Alice

 

Alice:sim?

 

Gabriel:bom eu lhe chamei até aqui em outra intenção 

 

Alice:e qual seria?

 

Gabriel:bom é que faz um tempo que eu fico lhe observando e bom eu lhe admiro....e eu...

 

Alice:você?.....

 

Gabriel:eu gosto de ti

 

Alice:eu também gosto de ti Gabriel tenho uma grande respeito por ti

 

Gabriel:não desse Egito eu quero lhe dizer que eu realmente gosto de ti,gostar tipo algo a mais do que amigos ou apenas respeito como patrão e funcionária 

 

Alice:Gabriel estou sem palavras para isso

 

Gabriel:vou entender se não quiser nada comigo

 

Alice:Gabriel eu lhe admiro e acho que podemos tentar algo

 

Gabriel:mesmo?

 

Alice:sim

 

Gabriel:eu posso lhe beijar?(ele da um tapa na testa)como sou burro isso não é pergunta que se faz

 

Alice:não vejo por que não (ela dá um selinho nele e cora violentamente)

 

Gabriel:gosto de cereja,mesmo depois de comer a lagosta 

 

Alice:aí meu deus me desculpa eu não deveria ter feito isso

 

Gabriel:mas eu gostei

 

     Eles estão no alto,Gabriel acha o momento perfeito então pega em uma das mãos de Alice e segura,a sua outra mão vai para o seu rosto trazendo mais para perto e a puxando para um beijo onde ele é retribuído na hora por ela,sua língua invade a boca dela onde fica em perfeita sintonia,Gabriel aprecia cada momento sentindo seus lábios macios com aquele incrível gosto de cereja,Alice sem saber o que fazer movimenta sua cabeça para acompanhá-lo,logo o beijo se quebra pela a falta de ar,Alice abre seus olhos e vê aquele rosto totalmente vermelho e sorri

 

    Depois de um tempo no brinquedo ambos descem e vão a uma barraquinha de prêmio.

 

Gabriel:você quer qual?

 

Alice:(ela olha atentamente cada pelúcia)eu não sei

 

Gabriel:bom que tal aquele coelho?

 

Alice:sim

 

    Ela sorri e Gabriel pega as fixas,ele pega a arminha de brinquedo e dispara o primeiro tiro acertando

 

Vendedor:vocês formam um belo casal

 

Gabriel:obrigada(diz acertando já o terceiro)

 

Vendedor:uau você é bom aqui está(ele entrega a pelúcia para a Alice que abraça apertando)divirtam-se 

 

Gabriel:vamos?

 

Alice:para onde agora?

 

Gabriel:boléu tenho mais um lugar para lhe levar

 

Alice:e onde seria esse lugar

 

Gabriel:vai descobrir quando chegarmos vamos?

 

Alice:vamos(ela o acompanhou até a rua)uau um Lexus LFA branco fosco

 

Gabriel:entende de carro?

 

Alice:meu pai trabalha com uma loja de instalação automotiva e adorava ver corridas e ler sobre carros e bem eu acabei gostando também

 

Gabriel:interessante vamos(ele pega a chave e liga o carro)

 

Alice:achei que iríamos de metrô rsrs

 

Gabriel:se quiser a gente pode ir

 

Alice:vamos de carro eu nunca entrei em um desses

 

Gabriel:então tá (diz abrindo a porta do carro)primeiro as damas(quando ele entra da a partida sem se importar com a multa sai a milhão)

 

Alice:que cavalheiro(ela entra no carro e ele “dirigi”/pilota até um local de dança)pude jura que eu ia infartar quando deu a partida

 

Gabriel:espero que tenha gostado eu não dirijo eu piloto

 

Alice:percebi

 

    Ele abre a porta pra ela e acompanha até o grande salão de dança onde está tendo uma apresentação 

 

Dançarina:quem mais vai querer competir comigo?

 

Gabriel:quer tentar?

 

Alice:vai conseguir me acompanhar ?

 

Gabriel:só se você me acompanhar 

 

   Ambos sorriem e vão para o meio do salão,e desafiam a bailarina que vai até seu parceiro,quando a música começa eles saem na pista dançando a bailarina e seu parceiro dançavam lambada enquanto Alice e Gabriel faziam alguns movimentos de salsa,Alice sai do braços de Gabriel e vai ao centro fazendo alguns movimento bem sexy e fazendo uma abertura de um perfeito espacate com os braços pra cima,todos ao redor aplaudiram,Gabriel a levanta e faz alguns movimentos solos depois Alice volta para companha-lo e ambos fazem movimentos combinados, Gabriel gira e fica de joelhos Alice também gira e cai em sua coxa se apoiando, depois de se levantarem começam a fazer movimentos de lambada,Alice coloca suas mãos entre suas pernas e Gabriel as pega a puxando a fazendo dar um mortal e Alice abre mais um espacate pra finalizar a dança.

 

    Todos da plateia aplaudiu ele sorriram e agradeceram a bailarina vai os cumprimenta-los,Alice e Gabriel sentam e vão descansar apreciando o show,quando Alice menos percebe deita no ombro de Gabriel se encolhendo sentindo um pouco de frio,Gabriel a cobre com seu terno e ela descansa um pouco.

 

    Gabriel percebendo que ela pegou no sono a pega no colo e a leva até o carro colocando o sinto,o celular de Alice vibra é a Laura ligando,Gabriel pega o celular e atende

 

Laura:Ali como está indo o encontro

 

Gabriel:Laura onde é o apartamento da Alice?

 

Laura:ouxi Gabriel porque esta com o celular da Alice?

 

Gabriel:eu a levei para dançar como você recomendou e ela dança bem melhor do que eu,mas acho que ela apagou de cansaço 

 

Laura:LEVA ELA PRO SEU APARTAMENTO BESTÃO 

 

Gabriel:não grita,só porque você é minha cunhada não tem esse direito

 

Laura:aliás acho que eu não tenho esse direito quando estamos no trabalho,agora leva ela para o seu apartamento,quem sabe ela não acorda e rola algumas coisas

 

Gabriel:Okay,tchau Laura

 

    Ele desliga o celular e coloca na bolça de Alice onde vê preservativo e lubrificantes e pensa que é bem a cara da Laura colocar isso na bolsa dela,ele a olha e da um sorrisinho logo a leva até seu apartamento,quando chega na garagem Alice está abraçando o coelhinho de pelúcia,ele a pega no calo e vai até o elevador sem se preocupar em trancar o carro.Gabriel adentra em seu apartamento com dificuldades e logo a leva para seu quarto a deitando na sua cama tirando o seu sapato,depois ele tira a sua camiseta e seu sinto abrindo a braguilha da sua calça,Alice se mexe na cama e levanta um pouco ainda segurando o coelho e ainda estando coberta com o terno 

 

Alice:onde estou?

 

Gabriel:no meu apartamento

 

Alice:que horas são?

 

Gabriel:exatamente 00:40

 

Alice:me desculpa acabei dormindo no nosso encontro

 

Gabriel:não tem problema(ele se vira pra ela e ela cora intensamente o encarando)o que foi?

 

Alice:nada(diz cobrindo os olhos)

 

Gabriel:Alice(ele se aproxima dela e tira a suas mãos de seus olhos,que permanecem fechados)olha pra mim

 

-ela nega com a cabeça 

 

Gabriel:então tá 

 

-ele a beija

 

    Lentamente ela abre os olhos e Gabriel solta a sua mão devagar,Alice automaticamente leva a suas mão aos cabelos de Gabriel o apertando intensificando o beijo,ele leva as suas mãos até a sua cintura.

 

Gabriel:você não sabes com tu és perfeita,seus lábios,rosto,olhos,cabelos,corpo, você é incrivelmente linda 

 

Alice:você que é perfeito me pergunto quem não te deseja 

 

Gabriel:eu te desejo(diz beijando o pescoço dela)desejos que seja minha

 

Alice:eu quero você 

 

    Gabriel brinca com a alça do sutiã de Alice,suas mão saem da cintura dela e vão até as suas coxas acariciando-a Alice arfa entre os beijo com o toque de Gabriel que lentamente sobe o vestido de Alice,ele cheira seu pescoço tentando decorar o seu cheiro e do seu perfume,Alice arranha a suas costas dando beijos no rosto de Gabriel

 

Gabriel:Alice tem certeza?

 

Alice:certeza do que?

 

Gabriel:de que quer isso?

 

Alice:eu não sei

 

Gabriel:eu irei continuar mas saiba que pode pedir para parar quando quiser

 

Alice:Okay 

 

    O coração de Alice dispara a milhão,Gabriel volta a lhe beijar só que com mais calada e ternura,ela quer lembrar desse momento pra sempre então aproveita a cada segundo,Gabriel retira o seu vestido,ele a encara sentindo seu “amiguinho” ficar mais duro do que já estava quando a viu arrumada em seu vestido e de manhã quando ela estava com aquela saia de tubo de cintura alta,ele a olha por tanto tempo que Alice o chama a sua atenção 

 

Alice:Gabriel está tudo bem?

 

Gabriel:sim está é que eu estou lhe olhando e pensando que você ficou tão sexy nessa lingerie,não sei como acerto na cor

 

Alice:agradeça a Laura

 

    Gabriel sorri e tira o sutiã dela abocanhando seus seio,Alice em resposta solta um gemido rouco,Gabriel brinca com o bico dei seu outro seio a levando a delírio,Gabriel sente seu pau latejar de tanta excitação,Alice para não ficar pra trás coloca a sua mão dentro da sua calça e o massageia por cima da cueca,ele não se aguenta e arfa,logo ele tira a sua calça ficando apenas de cueca Alice sorri maliciosa e beija seu peitoral o arranhando descendo até a sua barriguinha definida,Gabriel a olha gemendo um pouco,ela senta em seu colo e rebola por cima de seu colo.

 

Alice:Gabriel?(ele a encara)se eu fizer algo errado me avisa é a primeira vez que faço isso

 

   Ele se surpreendeu mas logo sorriu e afirmou colocando suas mãos em sua cintura                 a ajudando a fazer os movimentos,Gabriel a coloca na cama e a masturba lambendo sua vagina por cima do tecido fino Alice geme sentindo que está em êxtase,Gabriel retira a sua calcinha e penetra um dedo,ela solta um gemido arrastado logo ele coloca o segundo dedo fazendo movimentos de tesoura,Alice sente um desconforto mas ao mesmo tempo prazer,ele vai até a bolça da Alice e pega o lubrificante e a camisinha,Alice tira a sua cueca com a boca e impressiona com o  tamanho,ela inicia movimentos de vai e vem com a mão,ela coloca a boca apenas na cabeça,ela faz esses movimentos até ele soltar seu pré gozo,Gabriel sorri satisfeito e a masturba mais um pouco dessa vez chupando-a por inteira e atingindo seu ponto G fazendo-a ter seu primeiro orgasmo ele coloca a camisinha e passa lubrificante um pouco nela e no seu pau,ele coloca suas pernas em seu ombro e a penetra bem devagar

 

Gabriel:se doer me avisa aahh,você é muito apertada(diz tentando empurrar um pouco mais pra dentro)nossa é muit a-aper-ta-tado aah uhm 

 

Alice:Gabriel tá doendo(diz com seu olhos marejados)

 

    Ele consegue empurrar tudo para dentro  fazendo Alice soltar um gritinho estridente,Gabriel para um pouco e observa ela chorando,ele pede desculpa e a beija falando coisas bonitas em seu ouvido fazendo-a se sentir melhor,Gabriel começa fazendo movimentos devagar para que Alice se acostume

 

Alice:Gabriel,umm mais r-rápido 

 

Gabriel:tá bom

 

   Ele lamenta a velocidade Alice não sentia mais dor e sim apenas prazer,Gabriel foi diminuindo a velocidade ela gemia de reprovação ele tirou seu pal pra fora pois estava louco pra gozar mas ele sabia que ela não,ele entrou de novo nela só que com força atingindo o seu útero a fazendo ir à loucura ela já não aguentava,pra provocar,Gabriel colocava e tirava apenas a cabeça torturando-a

 

Alice:Ga-Gabriel não tortura aah humm 

 

Gabriel:me obrigue,me peça pra eu te foder

 

Alice:não 

 

   Ele tirou seu pau e iniciou uma massagem em seu clitóris,mas logo parou,Alice não aguentava mais ela se contorcia de prazer,Gabriel se masturbava por cima da camisinha ela já não aguentava tentou se masturbar também mas ele segurou suas mãos

 

Alice:Gabriel

 

Gabriel:peça Alice,peça para eu lhe fode-la lhe masturbar

 

Alice:não isso é vergonhoso de mais aah Gabriel por favor uuuhm 

 

   Ele desiste quando vê que ela não irá pedir e a solta,ela o empurra pra que ele caia deitado e senta em cima de seu pau descendo e subindo rebolando e quicando,Gabriel gemia de prazer,ele a colocou ela de quatro sem tirar seu ”amiguinho” de dentro dela,ele a penetrava com força até atingir seu ponto de prazer logo ela gozou espremendo seu pau o fazendo gozar também,ele segura mais um pouco pra deixar seu pau um pouco mais de tempo duro e continua a meter com força nela ela não aguenta e tem outro orgasmo apertando ainda mais o seu pau,ele já não aguenta e cai com ela na cama

 

Gabriel:você foi maravilhosa 

 

Alice:você também foi bom

 

Gabriel:só bom?

 

Alice:você foi ótimo 

 

Gabriel:te amo pequena

 

Alice:também te amo

 

     Ela cai no sono de cansaço,ele sai de dentro dela e joga a camisinha no lixo vendo toso aquele sangue “eu deveria ter ido com mais calma” pensou,ele pega uma camisa polo preta e coloca nela vestindo uma cueca preta nova,Gabriel coloca uma cueca e deita do seu lado cobrindo os dois e adormece sentindo o cheiro do seu perfume.

 

   De manhã Alice se levanta de manhã com o seu celular tocando,ela pega o celular e se afasta indo pra a sacada do quarto

 

Laura:gata onde você está?

 

Alice:acho que no ap do Gabriel 

 

Laura:tá bom e a noite como foi?

 

Alice:você sabe que eu to no apartamento dele né?

 

Laura:sim eu que sugeri 

 

Alice:então por que perguntou onde eu estava?

 

Laura:não sei,mas me conta usou a camisinha e o lubrificante?

 

Alice:bom ele deve ter usado aliás(ela se olhou evil que estava apenas de blusa e cueca)acho melhor eu...(ela olha pra frente e tem um cara a encarando ele a olha de um jeito sexy e está apenas de cueca)amiga tem um gostoso me olhando acho melhor eu sair

 

Laura:não acredito,ele tem aquele olhos reluzentes,ele tá sorrido com a cabeça meio virada e as mão no cabelo com o cotovelo apoiado?

 

Alice:sim

 

Laura:sai daí ele só faz isso quando se interessa em alguém li em uma revista

 

Alice:já saí 

 

Gabriel:bom dia amor

 

Alice:amor?

 

Gabriel:tá com fome

 

Alice:estou(ela olha o celular)Laura depois a gente se fala.

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Eu espero que tenham gostado e se tiverem alguma pergunta eu irei responder


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...