História Surprise ( Imagine Jimin - BTS ) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Personagens Originais
Tags Bangtan, Bts, Happy Bday Jimin, Jimin, Sexo Oral, Você
Visualizações 458
Palavras 651
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hellooou! Fui rápida dessa vez, não? Não ficou exatamente do jeito que eu queria, mas espero que consiga agradar vcs, E DETALHE: PARABÉNS, MOZÃO! ❤️ Jimin é um deuso, não? 🌚 E me desculpem pelo capítulo ter sido curto, mas hoje eu não tive tanto tempo.
*Leiam as notas finais.*

Capítulo 2 - Grita meu nome


Eu estava ansiosa pelo que viria, e ele sabia, e como sabia... E por isso fazia questão de me provocar. Ele acariciava meu botãozinho por cima da calcinha, enquanto me encarava. Cretino! Ele tirou minha calcinha e a jogou num canto do quarto, e eu me desfiz do sutiã esverdeado.  

-Abre as pernas, eu vou enfiar minha língua em você. - Ordenou e eu o fiz. 

Soltei um suspiro pesado quando senti sua respiração quente bater rente a minha intimidade. O loiro passou a língua sobre meu clitóris e por impulso, eu fechei um pouco as pernas. Recebi um tapa na coxa por isso. - Não fecha! 

Ele afastou minhas pernas, me deixando totalmente exposta a ele e continuou aquele oral digno dos deuses. O Park penetrou dois dedos de uma vez, o que me fez arquear as costas. Ele enfiou os dedos mais fundo enquanto me chupava com maestria, e foi quando eu percebi que iria gritar e apertei o lençol com força. 

-Grita meu nome. Grita! - Disse afastando os lábios da minha intimidade e eles estavam brilhando com o meu líquido. - Ele enfiou o terceiro dígito e eu gritei seu nome. 

-Porra, Jimin! - Ele sorriu, satisfeito. Fiz careta quando ele se afastou e ele sussurrou: 

-Calma, bebê. Você vai gozar no meu pau. 

Pegou a camisinha que estava dentro da carteira, e a colocou. Entrelaçou nossas mãos e encostou nossas testas, fechando os olhos. Penetrou de uma vez, o que me fez arquear as costas, e meus seios colarem em seu peito. 

Ele me deu um beijo quente e selvagem, com direito a várias mordidinhas. Desceu os beijos para o meu pescoço, onde passou a língua suavemente, me fazendo arrepiar. Ele estocou com mais força, me fazendo gritar seu nome. 

-Jimin! M-mais rápido, amor! - Ele riu e fez o que eu pedi. 

-Caralho! Não sei como você consegue continuar tão... - Gemeu. - apertada, puta merda! 

Envolvi minhas pernas em sua cintura, nos deixando bem colados. O puxei para mais um beijo, enquanto ele ia fundo em mim. Senti todo o meu corpo tremer e ele gemer alto em meu ouvido, indicando que assim como eu, ele havia chegado ao ápice. 

Peguei meu celular e fui verificar as horas. E já se passavam da meia noite. Inverti nossas posições e fiquei em cima do meu namorado. Dei vários beijos no seu rosto e ele envolveu seus braços em minha cintura. 

-E esse carinho todo? Tá querendo o quê? - Fez graça. 

-Feliz aniversário, amor! Tá ficando velhinho agora, huh? - Comecei a rir, e ele me deu um tapinha no bumbum. 

-Engraçadinha. - Me deu um selinho. - Obrigado, pequena. E sabe qual o meu maior presente? - Neguei. - Você. - Ele disse e eu beijei sua bochecha, muito feliz com sua resposta. - Agora que tal tomarmos um banho? 

-Só se me levar no colo. Estou cansada. - Fiz bico. 

-Que namorado preguiçosa, essa a minha. Vem, eu te levo. - Se levantou e ficou em pé ao lado da cama. 

-Vai me ensaboar também, lindinho. - Me atraquei em seu pescoço, e ele me pegou no colo, estilo noiva. 

-Cuidado com o que me pede, mocinha. 

-Deveria mesmo, oppa? - Desci de seu colo e entrei no box, com ele em meu encalço. Sorri provocativa e ele me fez ficar de costas para si. 

-E como deve, gatinha. 

-Jimin... - Disse baixinho. 

 Me encostou na parede gelada, encostando seu membro em minha bunda. Ele me soltou mim para passar o sabonete. Senti o meu corpo arrepiar quando suas mãos apertaram meus seios, que já estavam rijos, e começou a acariciá-los. - Não era você quem queria que eu te banhasse? - Assenti, mordendo o lábio. - Eu vou, mas do meu jeito. - E pouco tempo depois, tivemos uma segunda transa maravilhosa. 

O aniversário era do meu namorado, mas ambos saímos satisfeitos. 


Notas Finais


E aí, esse especial foi bom? Espero que sim, viu.
Amores vou deixar meu perfil aqui caso queiram ler minhas outras fics. É @jujubajujuba.
E aqui o link do meu grupo no wpp, lá eu posso fazer algumas enquetes com vocês, mas isso se houver pelo menos metade daqueles que me acompanham. Obrigada pela atenção e boa noite, xuxus. ❤️
https://chat.whatsapp.com/95yPgIqBl5352K2Wa7p0xn


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...