História Survive Or Die - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7
Tags Bts, Exo, Got7, Jogo, Mistério, Survival Or Die
Visualizações 14
Palavras 1.442
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Romance e Novela, Survival, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - The City In Ruins


~POV LAY~
Acordei aos poucos e percebi minhas costas doendo, minha cabeça latejando, então me levantei, olhei em volta e percebei que eu estou em um lugar cheio de pedras. Levantei-me para pensar um pouco sobre o que havia me acontecido.
~LEMBRANÇAS ON~
Depois de um longo dia no trabalho, fui para a academia, não tinha ninguém lá, só eu. Achei aquilo muito estranho, mas não dei bola, só queria começar logo o meu treino. Assim que terminei, peguei minhas coisas e sai do lugar para votar para casa. Como moro muito longe da academia, minha moto esta no concerto e os malditos ônibus pararam de funcionar, a única solução é ir andando, então coloquei meus fones numa música bem louca e comecei a andar. Tudo estava ocorrendo bem até que comecei a sentir que estava sendo seguido, parei, olhei para trás e também envolta.
- Oi, tem alguém aí? - perguntei na esperança de ser alguma criança fazendo brincadeira, mas não houve resposta.
Então continuei andando até que meu celular começa a tocar, pego e olho, era um número desconhecido, parei outra vez e atendi a tal ligação.
- Alô! Quem é?
- Não interessa, você vai pagar Lay.
- Pagar o Que? Eu nem sei quem é tu.
- Se prepare para o pior.
- O que? Alo? Oi? - a ligação foi encerrada. - Que estranho, cara louco.
Desliguei o celular e voltei a andar, senti os passos atrás de mim aumentarem, eu já estava ficando com medo, com isso, comecei  a andar mais rápido, mas sinto algo me cutuca, então me viro e  no mesmo segundo, sinto uma pancada em minha cabeça e desmaio.
~LEMBRANÇAS OFF~
Parei, olhei para mim mesmo e percebi que eu não estava mais com a roupa da academia. Eu estava com outra roupa, então olho ao lado e vejo minha mochila, a mesma que eu carregava naquela noite. Peguei e a revirei, tinha comida, agua e um papel lá dentro que dizia: "Economize na comida." Guardei tudo e comecei a andar até que escutei gritos de uma garota. Corri em direção aos gritos e vi a mesma sendo devorada o um lobo, olhei para o mato e vi um cara correndo, então com cuidado para o lobo não me ver, segui o cara. Ele saiu correndo em direção a uma praia, mas assim que cheguei não o encontrei.
- Ué pensei que ele tinha vindo para essa direção.
Voltei para o lugar onde que eu tinha acordado, sentei no chão para descansar, peguei uma barra de cereal, que estava na mochila e comecei a comer. Passaram minutos e eu estava quase dormindo sentado, quando escuto um grito de homem pedindo por ajuda, peguei a mochila e fui correndo em direção ao grito. Chegando, mas ainda sim, um pouco longe, vejo que se trata de um homem, mais ou menos minha idade, preso em uma rede. Aproximei-me dele e o ajudei a sair daquela rede.
- Obrigado, muito obrigado - Ele diz se curvando várias vezes.
- Tudo bem, qual é seu nome? - Perguntei entregando um litro de água ao garoto que pegou e tomou um pouco.
- Im Jaebeom, mas me chame apenas de JB, e o seu? - Ele perguntou se sentando no chão e fiz o mesmo, sentando ao seu lado.
- Lay, como chegou aqui?
- Então...
~ LEMBRANÇAS JB ON ~
Em uma linda tarde, meu irmão e eu estávamos no lago pescando, havíamos pegado muitos peixes. Uma hora a linha do anzol arrebentou, fui até em casa e dei um jeito de  arrumar. Depois, quando voltei, encontrei meu irmão no chão desmaiado, corri até ele e tentei acordar o mesmo, só que ele não acordava então me afastei e andei para trás na intenção de chamar meus pais, porém senti uma pancada na cabeça e acabei desmaiando.

 

~LEMBRANÇAS OFF~

- Acho que foi assim, eu não lembro mais de nada depois , só estou preocupado com meu irmão - ele fica triste - Ah.. Eu não faço à mínima ideia de como eu tenho isso - ele me mostra a parte de cima de uma lança.

- Que legal, podemos pescar - digo animado e ele confirmou. - Mas me diz uma coisa...
- O que?
- Como você ficou preso aqui? - Peguei a rede e enrolei, depois guardei na mochila.
- Eu acordei e comecei a andar, daí eu ouvi um ruivo de lobo perto e me escondi ai o lobo passou bem na minha frente, ainda bem que não me viu. - Ele suspira - Eu comecei a andar em direção oposta do lobo e cai aqui.
- Ah... O lobo matou uma garota há alguns minutos, ela com certeza estava com mais um cara, eu o vi correndo em direção a praia, porém eu não o alcancei  e voltei para onde eu tinha acordado. - Disse levantando.
- Ah... Posso pedir uma coisa? - Ele perguntou sem jeito.
- Pode. - Peguei minha mochila e coloquei nas costas, a mesma ainda doía muito por causa de eu ter dormido nas pedras.
- Posso ficar com você? Eu estou com medo de ficar sozinho e morrer. - Ele diz ficando corado.
- Claro que pode. - Disse dando um soco de leve no braço dele, ele levantou e começamos a andar.
No caminho achamos várias frutas, JB as pegou e colocou em minha mochila. Andamos por um bom tempo e ficamos cansados demais para continuar, então nos sentamos no chão, perto de uma pequena montanha. JB pegou umas frutas e começou a comer, enquanto eu deitei no chão olhando para o céu e pensando. * Porque eu vim parar aqui? O que eu fiz? Como esta minha família? Meu namorado? Será que eles sabem que eu sumi? Como eu sairei daqui? * Estava muito distraído, mas sai dos meus pensamentos com JB gritando.
- Cuidado! - ele aponta pra montanha.
Eu me viro e sinto ser atingido por algo, parecia um animal de tão pesado. Ele caiu por cima mim, mas o JB foi mais rápido e o tiro de cima, eu estava com os olhos fechados, por isso não vi o que era.

 - Pode abrir os olhos Lay - disse JB rindo.

 - Para de rir idiota - Disse abrindo os olhos - Quem é tu? - Perguntei encerrando o garoto que estava ao lado de JB se limpando.

- Ah, desculpe-me - Ele diz se curvando - Meu nome é Jeon Jungkook, mas apenas me chame de Jungkook e o seu?

 - Eu sou o Lay e ele é o JB.

 - Prazer - ele nos cumprimenta.

 - Só na cama - digo e começo a rir, eles também.

 - Brincadeira, como chegou aqui?

- Eu estava com meu namorado na casa dele, daí sai para ir comprar remédio de dor de cabeça para o mesmo e no caminho eu não faço a mínima ideia como, mas acabei desmaiando.

 - Ah... Espera namorado? - JB perguntou - Você é gay?

 - Sim e vocês? - Ele perguntou.

 - Eu sou bi - disse JB.

 -Também - Disse me levantando do chão e me limpando.

- Ah que legal. - Ele disse - Vocês tão a fim de ver uma coisa que eu achei? - perguntou animado.

 - O que?

 - Venham... - Peguei a mochila e seguimos ele, o mesmo começou a subir a pequena montanha de onde havia caído. Foi um sacrifício para subir, mas conseguimos.

 - Preparados? - ele coloca a mão numas folhas.

 - Sim - JB e eu dissemos em uníssono. - Ele tira aquelas folhas que escondia uma cidade abandonada, fizemos um som de " Uau ".

 Ele faz sinal para entrarmos, o lugar estava tudo acabado, as casas de pedra, algumas destruídas, outras inteiras. *Deveria ser um ótimo lugar para morar.* Andamos por várias casas, observamos cada canto daquela cidade.

 - O que acham de dormimos essa noite aqui?  Quer dizer enquanto não amanhece. - diz Jungkook.

- Por acaso tem relógio? - perguntei e dei um sorriso sarcástico.

 - Tenho - ele arregaça a manga do casaco e mostra o relógio.

 - Hum... Eu concordo com você Jungkook, devíamos passar essa noite aqui eu amanhã procurar por pessoas, se tiver alguma não estão muito longe - JB disse entrando novamente no mato.

 - Ei cara, pra onde tu vai? - perguntei quase berrando

 - Pegar madeiras e folhas para fazer as camas para nós - ele berra.

 - Pera, eu vou junto - Disse Jungkook indo atrás, como não queria ficar sozinho por causa do lobo, fui atrás dos dois.

- Onde diabos estou?


Notas Finais


desculpem os erros ou outra coisa.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...