1. Spirit Fanfics >
  2. Survive! Or die! >
  3. - Rematch -

História Survive! Or die! - Capítulo 20


Escrita por:


Capítulo 20 - - Rematch -


• Patrícia

Assim que os meninos começaram a correr nós fomos atrás, mais acabamos por perder eles de vista. Então desistimos por ora da vingança, voltamos todas pro quarto o qual estava horrivelmente sujo.

Mitch – Sinceramente, eles que sujaram, eles que limpem. Se eles não quiserem nós podemos ameaçar e manipular, a Yummy e a Geovana são boas nisso, nunca vou esquecer de quando eu era ameaçada a ajudar na limpeza de casa. – Disse chamando a nossa atenção.

Yummy – Em minha defesa, você passava o fim de semana todinho dormindo madame, era difícil saber se tu tava viva ou não. E a Geovana realmente sabe manipular como ninguém. – Defendeu-se.

Geovana – As vezes eu acho que isso de ameaças com a própria prima veio do teu irmão né? – Comentou limpando a tinta de suas roupas.

Yummy – Boa parte, mais isso é mais de quando aquele coreano desgraçado roubava minha garrafinha, uma das vezes minha garrafinha furou. – Falou por fim.

Mitch – Enfim Lelê, a gente pode deixar isso pra eles arrumarem, nada mais justo, sem contar que eu quero revanche pelo meu cabelo! Ele tá manchado de rosa! – Reclamou revoltada.

Letícia – Quem é Lelê? – Perguntou curiosa.

Becker – É um apelido antigo da Yummy, a gente não chamava ela assim antigamente era mais Lelê mesmo. – Respondeu.

Yummy – Olha eles podiam ter usado qualquer tinta de cabelo! Mais não, eles tinham que usar rosa choque! Cor enjoativa do caralho! – Falou revoltada.

Hinata – Olha, por quê não vamos pra piscina relaxar? Nós podemos deixar eles pensarem que esquecemos o acontecimento se eles arrumarem o quarto, aí depois nós nos vingamos, por exemplo, o azulejo da piscina é tão azul que dá a impressão que a água é azul. – Comentou, e todas entenderam onde ela queria chegar.

Ana Paula – Mais vocês sabem se tem tinta ou corante azul em algum lugar dessa faculdade? – Perguntou preocupada.

Yummy – Não deve ter, mais eu lembro que aqui perto tem um mercadinho que vendia esse tipo de coisa, lá deve ter um estoque inteiro de corante. – Respondeu a dúvida de várias.

Geovana – Olha, nós vamos podemos fazer o seguinte, os meninos são idiotas o suficiente pra não perceberem que vamos nos vingar, então nós podemos dizer que vamos pular na piscina, e depois nós vamos sair pra fazer o almoço, eles pulam na piscina e quando saírem vão estar azuis! – Detalhou o plano em si.

Sasha – Boa ideia amiga. Mais eai, é melhor a gente tomar logo um banho, e a tinta de cabelo deve sair em alguns dia pq não teve fixador. – Explicou e nós concordamos com ela.

[...]

Passou-se um tempo e nós já havíamos tomado banho, a tinta de fato não saiu por completo, o que deixou a todas nós indignadas, estávamos lá em baixo comendo um bolo feito a uns dias, quando Yummy decidiu procurar os meninos.

Yummy – Eu vou procurar esses bando de sem noção. – Disse convicta.

Geovana – Como meu anjo? – Perguntou curiosa.

Yummy – É simples, é a mesma coisa com armys ou k-popers, se você grita "Bultaorene"--

Becker – Fire! – Gritou.

Yummy – Eis a resposta, é tão viciante que ninguém se segura! Aquele bando de idiota tá cheio de otaku! – Disse simplista.

Geovana – O miserável é um gênio! Como que tu não se segurou Becker? – Perguntou rindo.

Becker – Não é vontade própria, é automático. Yummy você vai gritar o quê? – Indagou animada.

Yummy – Ah sei lá, talvez um terço viciante do rap da Akatsuki, ou o famoso "SASUUUUKEEE" é verídico até. – Disse divertida, todas rimos. – Vocês podem vir comigo, eles devem estar perto do terraço, na hora do desespero o cérebro não funciona. – Disse pensativa.

Becker – Eu vou, quero dar na cara do Marconi, o miserável disse que nunca me trairia, isso foi pior que traição. – Disse sentando em cima da mesa  do refeitório.

Mitch – Vamos todas, quero ver o que vai acontecer com o tão amado irmão da Yummy. – Disse brincando.

Yummy – Verdade! Não tinha pensado nisso, vou tirar as coisas divertidas dele, e eu vou dar um puxão de orelha nele. – Falou se levantando da mesa.

Letícia – Partiu! – Disse animada enquanto se levantava, todas acompanharam seu movimento.

Andamos por um tempo procurando o tal terraço, até Geovana apontar para uma escada escondida que levava ao terraço. Logo nós começamos a cantar o rap da Akatsuki, de todas nós só a Yummy, Becker e Hinata conheciam a música, e então foram nos ensinando durante o caminho.

– Da escuridão surgem nuvens vermelhas

Renegados estão na sua aldeia

Criminosos colecionando demônios

Se ficar no nosso caminho, não tem quem te ajude

Os ninjas mais procurados do mundo

Akatsuki – Começamos animadas a cantar/gritar. – Quem está por trás da máscara?

Esse é meu segredo

Assim como o de Madara

O meu olho é vermelho.

Akatsuki não sabe as minhas intenções

Não passam de peões em minhas manipulações

Intangível, meu poder em outro nível

Derrotados no caminho

Me perguntam: Como é possível? – Fomos chegando perto da escada e aumentando a voz, logo ouvimos murmurios vindo lá de cima.

– A máscara esconde a revolta de um ninja

Obito! Obito Uchiha! – Gritou um coro acima de nós todas.

Becker – É, ser otaku tem seus prós e contras. – Comentou rindo, nós logo acompanhamos a mesma.

Fomos subindo a escada devagar até estarmos dentro do terraço.

– HÁ UM MONSTRO NA ÁGUA, FAREJANDO SEU SANGUE! – Cantamos mais animadas enquanto andávamos pelo terraço.

– UMA BIJUU SEM CAUDA, HOSHIGAKI KISAME! – logo tivemos nossa resposta e corremos na direção das vozes.

Yummy – Nunca imaginei que seria tão fácil achar garotos, vou fazer assim a partir de hoje. Bora, passa pra cá Wycleff Wheller! – Disse divertida, depois chamou a atenção do mais novo do grupo.

Wheller – Não, você vai me bater. – Disse com medo.

Yummy –  Ou tu vem te cagando de medo ou eu puxo tua orelha. – Disse autoritária.

Wheller – Se eu for e contar quem deu a ideia eu fico livre? – Perguntou se levantando, nós todas nos entreolhamos.

Geovana – Claro, você é pequeno não tem culpa de nada. – Disse sorrindo docemente.

Yummy – Vem pra cá. Aí tu conta. – Disse e assim ele fez indo abraçar a mesma.

Wheller – Foi o Lorenzo, a gente não tinha nada pra fazer ontem então ele deu a ideia de trollarmos vocês. – disse simplista.

Hinata – Tudo bem, nós perdoamos vocês se arrumarem o quarto que sujaram. – Disse pondo o plano em ação, sua expressão era séria. – Acreditem, essa tinta não vai sair tão fácil. – Disse mostrando seus cabelos tingidos de rosa.

Adriano – Então se nós limparmos o quarto de vocês nós não apanhamos? – Perguntou se levantando hesitante.

Yummy – Tipo isso. – Disse dando de ombros. – Agora vocês vão limpar o quarto, todos vocês, enquanto nos meninas vamos pra piscina, depois vocês vão. – Falou indo em direção a escada, nós a acompanhamos.

Logo os meninos foram limpar o quarto que haviam sujado e nós descemos pra piscina pra executar o plano.

Ana Paula – Yummy, você pegou os corantes né? – Perguntou duvidosa.

Yummy – Aham, estão logo ali! – Disse indo em direção a um canto perto da piscina.

Becker – Vocês estão com roupas pra pular na piscina? – perguntou tirando sua blusa e deixando a mostra seu biquíni.

Yummy – Claro, assim que nós sairmos da piscina nós jogamos o corante. – Disse tirando sua roupa e mostrando seu biquíni. Logo todas estávamos preparadas pra pular na piscina.

Ficamos um tempo dentro da piscina brincando, depois saímos e nos secamos, assim vestindo as roupas novamente. Logo nos dividimos em volta da piscina, cada uma com um saco gigante de corante azul.

Letícia – No três! 1...2...3! – assim viramos o Corante dentro da piscina, logo fomos espalhando e  logo nem aparentava que havia corante na piscina. – Isso não vai fazer mal pra eles né? – Perguntou preocupada.

Yummy – Não, é corante alimentício, não vai  irritar a pele deles, e nem os olhos, o Wheller aprendeu que não se abre os olhos pra não ficar cego, cloro, e os outros são grandes o suficiente pra aprenderem que não se abre olho em piscina com cloro. – Explicou despreocupada. – E então, vamos fazer o almoço? – Perguntou jogando os sacos de corante fora.

Hinata – Claro! – Respondeu dando pulinhos, logo todas fomos pra cozinha preparar o almoço.

Ana Paula – Como vocês acham que eles vão reagir? – Perguntou rindo enquanto secava suas mãos recém lavadas.

Mitch – Não sei, mais que vamos ter um Smurf loiro nós vamos – respondeu rindo enquanto se sentava nos bancos da bancada.

Geovana – Real! – Respondeu rindo. – Eles vão passar um bom tempo daquele jeito, corante não sai fácil.

Sasha – Vamo logo fazer esse almoço povo. –  Alertou. Logo começamos a fazer o almoço, depois os meninos chegaram.

Marcos – A gente já terminou no quarto, estamos indo pra piscina agora. – Disse passando por nós.

Laurent – Depois nós voltamos pra cá. – Disse seguindo para piscina, logo todos eles haviam ido pra piscina.

Patrícia – Acham que eles vão demorar quanto tempo pra perceber? – Perguntei me referindo aos meninos.

Becker – Na hora que um deles sair da piscina pra fazer alguma coisa, eles não vão perceber tão fácil, daqui meia hora, que é o tempo de fazermos o almoço e de eles ficarem azuis eles percebem. – Disse simplista.

[...]

Passou-se meia hora ou mais, e nós já havíamos terminado o almoço, quando ouvimos gritos e risadas vindo da piscina.

Letícia – É, acho que eles perceberam. – Respondeu rindo, enquanto se sentava em cima de uma das mesas.

Yummy – Acham que eles vão vir atrás da gente? – Perguntou curiosa.

Hinata – Acho que sim! Olha ali! – disse rindo e apontando na direção da piscina.

Geovana – Não sei vocês mais eu não vou ficar azul! – Disse enquanto se levantava, os meninos começaram a correr quando viram a mesma se levantar, o que fez todas levantarem, logo nos dividimos e fomos em direções diferentes.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...