História Susan, a filha de um Vingador - Capítulo 85


Escrita por: ~

Postado
Categorias Capitão América, Homem de Ferro (Iron Man), O Incrível Hulk, Os Vingadores (The Avengers), Percy Jackson & os Olimpianos, Thor
Personagens Afrodite, Annabeth Chase, Anthony "Tony" Stark, Apollo, Ares, Artemis, Atena, Calipso, Charles "Charlie" Beckendorf, Chris Rodriguez, Clarisse La Rue, Clint Barton, Connor Stoll, Dionísio, Dr. Bruce Banner (Hulk), Frank Zhang, Grover Underwood, Hades, Hazel Levesque, Hefesto, Heimdall, Hermes, Jane Foster, Jason Grace, Leo Valdez, Loki, Maria Hill, Natasha Romanoff, Nick Fury, Nico di Angelo, Pepper Potts, Percy Jackson, Personagens Originais, Phillip Coulson, Piper McLean, Poseidon, Quíron, Rachel Elizabeth Dare, Steve Rogers, Thalia Grace, Thor, Travis Stoll, Tyson, Zeus
Tags Aventura, Capitão América, Heróis Do Olimpo, Homem De Ferro, Hulk, Os Olimpianos, Percy Jackson, Romance, Thor, Vingadores
Visualizações 153
Palavras 3.486
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Mutilação, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 85 - Alemanha


POV Susan

Uma Semana Depois

No dia que encontrei Loki, voltei para casa e fiquei pensando no que Loki irá fazer, mas desisti, sabia que não conseguiria descobrir nada. Nessa ultima semana retomei a minha vida, voltei a trabalha no Buffet, a cuidar dos meus outro negócios, o projeto do reator ARC., foi aprovado e já estão finalizando o trabalho, assim como o projeto do Stark de construir uma torre na cidade e Nova Iorque, e lá será o primeiro lugar que irão testar o reator em poucas horas.

Estava arrumando a zona que há alguns dias eu chamei de quarto. Na semana que a tia Sam morreu eu deixei tudo a toa, o meu quarto que era tão organizado quase parecia um lixão e isso me incomodou muito. Odeio bagunça. Depois de algumas horas termino a limpeza geral que fiz no quarto, separei as roupas que não uso e que estão em bom estado para fazer uma doação. Estava saindo do quarto para ia a cozinha beber água, quando meu celular tocou no meu bolso. Tirei e vi a mensagem da Alexsandra.

"Boa Noite Su! Estou mandando essa mensagem para avisar que o teste com o reator ARC foi um sucesso. E pelo que soube mais cedo ele irão começar uma extensa campanha de conscientização, o Sr. Stark irá participar de uma coletiva e a srtª. Potts irá amanhã para Washington para cuidar de outros três prédios. Se esse projeto continuar dando esses resultados, você poderá se aposentar aos 17 anos. Beijos!"

Ri com a ultima parte da mensagem dela, e respondi

"Nossa, vai com calma Ale! Tenho muita coisa para fazer, não quero me aposentar agora rsrsrs! Mas agradeço pelas boas noticias, é bom saber que meu investimento trará tanto retorno e sei que isso trará retorno para você também! Obrigada por me representar tão bem nas Industrias Stark, não sei como agradecer o trabalho que vem feito até hoje. Beijos!"

Guardo o celular no bolso e vou para a cozinha, ao descer a escada não vejo o Jhon, deve ter ido para casa ajudar a mãe em algo, mas vejo a TV ligada, me aproximo e vejo o Nico dormindo no sofá. Fui até a cozinha, tomei um copo d'agua e vi que a cozinha estava limpa da mesma forma que eu havia deixado pela manhã. "Eles não almoçaram nada" penso. Abri a geladeira e entendi o porque deles não terem comido. Não havia nada preparado, abri o armário e vi que faltavam alguns mantimentos, mas tinha o suficiente para fazer uma boa macarronada. Depois de preparada coloquei a travessa sobre a mesa, coloquei dois pratos, a jarra de suco e os copos. Fui até a sala, peguei o controle que estava sobre a mesinha de centro e desliguei a TV, me agachei ao lado do Nico e o observei um pouco. Sua respiração tranquila, seu rosto transmitia serenidade, o cabelo caia um pouco sobre a testa, afastei o cabelo de seu rosto e o chamei

— Nico? Nico, acorda - falei balançando-o levemente e ele abriu os olhos, mas voltou a fecha-los em seguida devido a claridade da lampada

— Oi Su! - ele fala com a voz rouca devido ao sono e me olha com um pequeno sorriso de lado

— Oi, você precisa levantar - digo baixo, quase um sussurro e olhando-o nos olhos - Fiz macarronada pra gente

— Está bem! Só irei lavar o rosto e já vou - ele diz e se senta enquanto eu me levanto

— Tudo bem! - falo e começo a andar em direção a cozinha

Quando chego lá, lembranças voltam a minha memoria como se fossem flash. O dia que conheci o Steve, o dia que conheci o Banner, o tempo que o Clint e a Natasha passaram aqui, o incidente no Novo México envolvendo o Thor, as lembranças dos pesadelos com o Stark. E a minha ultima conversa com o Loki. "Tenho um exercito preparado para me ajudar a conquistar meu trono". Todos esses pensamentos me atordoaram de tal forma que acabei sentindo uma forte tontura e cambaleei e teria caído se o Nico não tivesse me segurado

— Su, você está pálida. O que aconteceu? - ele me perguntou preocupado

— Começou - sussurrei enquanto ele me ajudava a sentar na cadeira - Nico, fica aqui mais uns dias, por favor!

— Tudo bem, eu fico - ele falou ao perceber o medo em minha voz - Me fala o que está acontecendo

— Começou. Ele falou que faria, mas não sabia que seria agora - falei, na verdade apenas repeti meus pensamentos

— O que começou, Susan? - ele perguntou olhando em meus olhos, a preocupação dele era nítida

— Uma guerra - respondo simplesmente e percebo ele ficar tenso - Fica aqui até isso terminar

— Susan, você sabe onde vai acontecer essa guerra? - ele me perguntou preocupado

 

— Não, mas avisa a todos que devem ir para o acampamento. Eles estarão salvos lá, manda os familiares humanos fazerem uma viagem, diz para manipular a nevoa se necessário - falei tudo de uma vez, ele assentiu e foi fazer o que pedi

Quando o Nico se afastou, passei a mão pelo cabelo preocupada e sussurrei

— O que você está fazendo, Loki? - falei tentando entender esse plano do Loki

Na Noite Seguinte

Estávamos Nico, Jhon e eu comendo pizza na sala assistindo um filme qualquer quando sinto um mal pressentimento, levei a mão ao coração, ato que não passou despercebido pelos dois

— O que foi, Su? - Jhon perguntou me olhando

— Eu não sei - digo olhando um ponto qualquer no chão com aquele mal pressentimento, logo veio a mente como um flash o nome Alemanha - Mas eu vou descobrir

Me levantei e fui praticamente correndo em direção ao meu quarto ignorando os chamados do Jhon e do Nico. Entrei e me sentei na cadeira em frente ao notebook. Fiz uma pesquisa sobre acontecimentos recentes e falaram em algumas redes sociais de um louco com uma lança que disparava raios estava amedrontado as pessoas

— Susan, o que está fazendo? - Nico perguntou entrando no meu quarto, mas o ignorei

Continuei vendo as pesquisa e descobri o ponto exato da cidade onde o "louco" estava, rackei algumas câmeras de segurança na cidade, por sorte encontrei uma que capitava o som, mexe em algumas configurações e foi possível ouvir o que o Loki dizia para as pessoas ajoelhadas

— Assim, não é mais... simples? Não é este o estado natural de vocês? É a verdade não dita da humanidade, a de que anseiam pela submissão. A atração pela liberdade, diminui a alegria de vocês em uma luta por poder, por identidade, vocês foram feitos para serem dominados, no fim... sempre se ajoelharam - ele fala em tom superior, um idoso se levanta no meio das pessoas

— Não perante homens como você - o idoso falou olhando o Loki

— Não há homens como eu - falou em tom superior

— Há sempre homens como você - o idoso falou firme, sustentando o olhar do Loki

— Olhe seu ancião, povo - Loki falou, sem se abalar com as palavras do idoso e apontando a lança para o mesmo - Que ele sirva de exemplo

— Não faz isso, Loki - murmurei assustada com a cena.

Loki fez o disparo na direção do idoso, mas no ultimo segundo apareceu uma pessoa com o escudo, mesmo estando mascarado eu sabia quem era. Eu sabia que era o Steve. O disparo que atingiu o escudo ricocheteou e acertou o Loki fazendo-o cair.

— Sabe, da ultima vez que eu estive na Alemanha, eu vi homem querendo se colocar acima dos outros, não concordamos com isso - o Steve falava andando devagar em direção ao Loki

— O soldado - Loki falou e riu, enquanto de levantava - O homem de outro tempo

— Não é o meu tempo que está acabando - o Steve falou e vi uma nave se aproximando

A nave possuía uma arma de alta tecnologia, que estava mirada em Loki e preparada para disparar.

— Loki, larga a arma e renda-se - a voz da Natasha se fez presente por meio do alto falante da nave

Loki disparou em direção a nave, a Natasha conseguiu fazer a nave esquivar do disparo e o Capitão América jogou o escudo acertando Loki em cheio. A Luta entre eles seguia, as pessoas em voltam corriam para se esconder antes que fossem atingidas pelas. A luta seguia, o Steve ataca o Loki usando o escudo, Loki revidava usando o cetro, em um descuido Loki acerta o Steve no abdômen com a base do cetro fazendo-o cair, o Capitão lança o escudo contra Loki, mas ele usa o cetro para desvia-la, o Steve volta a ataca-lo, mas dessa vez sem o auxilio do escudo, ao desviar do ataque feito pelo Loki, fez com que o Steve abaixasse a guarda e desse a oportunidade perfeita do Loki bater com o comprimento da cetro nas costas do capitão, fazendo-o ser arremessado alguns metros, quando o capitão estava se levantando o Loki colocou a base do cetro na cabeça do Steve

— Ajoelhe-se - Loki ordenou e o Steve respirou fundo e afastou o cetro de Loki

— Hoje não - Steve falou e acertou um forte chute do Loki

Loki segurou o Steve pelo pescoço e o jogou a alguns metros de distancia, Loki começou a se aproximar do capitão, quando a musica Shoot to Thrill começou a sair do sistema de som do quinjet e sorri discretamente sabendo quem era o ser extremamente discreto que estava se aproximando, logo vejo a armadura do Homem de Ferro se aproximar já disparando como os repulsores na direção do Loki. Logo ele pousou e direcionou as duas mãos na direção do Loki, deixando preparada todas as armas para disparar se fosse necessário.

— Manda ver, homem rena - Stark falou normalmente.

Loki usando os poderes faz seu traje mudar de roupas asgardianas para um traje elegantes e levantou as mãos em sinal de rendição e o Homem de ferro abaixou as mãos. Logo Loki foi levado sobre custodia dos dois heróis para o quinjet e desliguei as câmeras.

— Isso foi muito fácil - sussurrei tão baixo que eles não me ouviram

— O que foi isso? - Nico perguntou me olhando

— O começo de uma guerra - respondi fechando o notebook e passei a mão pelo cabelo, tentando controlar o nervosismo e sem que eu percebesse falei - Não faz besteira, Loki

 

— Loki? Esse não era... - Jhon começa a falar, mas acho que ele entendeu porque se interrompeu e ficou surpreso - Você conhece esse lunático?

— Eu conheço muita gente - falei me levantando da cadeira e praticamente me jogo na cama

— Desde quando você conhece esse cara? - Nico perguntou sério

— Desde a viagem para o Novo México - falei normalmente

— Porque você nunca falou dele? - Nico questiona em tom sério

— Não sou obrigada a contar todas as pessoas que conheço para você, Di Ângelo - falei me sentando na cama, tentando controlar a irritação

— Está bem! Quando achar que deve me contar algo, avise - Nico saiu pisando firme e fechando a porta do meu quarto com força

— TENTE DE NOVO, AINDA NÃO CONSEGUIU QUEBRAR - gritei sentada na cama olhando em direção a porta

— Susan, já chega - Jhon falou em sério - Agora me explica o que está acontecendo? Que história é essa de guerra?

— Senta aqui que eu te explico - indiquei o espaço vago na minha cama e respirei fundo

Comecei a explicar tudo quando ele se sentou na minha cama. Deixei de fora a minha ultima conversa com Loki.

— Susan, a gente precisa fazer alguma coisa - Jhon falou pensativo

— Jhon, estamos falando de uma guerra intergalática, não uma mitológica - falei olhando-o - E pode ser perigoso se formos, além de nos preocupar com um exercito ET, teremos os monstros para no preocupar também

— É. Você tem razão - ele fala e abaixou a cabeça - Está tarde, vou pra casa e acho melhor você dormir um pouco

— Está bem - falei derrotada, sabia que ainda hoje teria mais pesadelos - Boa noite, Jhon!

— Boa noite - ele se despede e vai embora

Troquei de roupa e me deitei para dormir. Assim que adormeço vejo alguns flashes de cenas que ocorreram depois que desliguei as câmeras. Stark e Rogers na nave com o Loki preso a uma cadeira sentado, depois o Thor entra e derruba o Stark, ele puxa o Loki e saiu voando de lá. O Stark foi atrás e logo se iniciou uma briga entre eles. O Rogers foi atrás, ele interferiu e a briga acabou. Em pouco tempo a luta havia acabado eles estavam indo em direção a base aérea da SHIELD. Acordei e vi que já estava de madrugada

— Será que nem dormir direito eu posso? - resmunguei me sentando na cama, olhei em direção ao notebook e decidir ver o que acontecia

Peguei o notebook e invadir o sistema de câmeras da SHIELD sem ser percebida. E procurei a localização do Loki, encontrei e vi exatamente na hora que a cela dele estava sendo fechada e logo em seguida a voz do Nick Fury

— Caso, não esteja claro. Se tentar fugir, até se arranhar o vidro - ele apertou um botão e um compartimento na parte inferior da sala se abriu, mostrando ser um buraco para fora da nave - É uma queda de dez mil metros, numa armadilha de aço, entendeu?

O diretor Fury, havia falado quase gritando devido ao alto barulho do vento que entrava pelo compartimento. Ele apertou o botão novamente e a porta do compartimento se fechou.

— Verme. Bota - Nick Fury, falou como se fosse uma apresentação, apontando respectivamente Loki e o controle da cela. Loki simplesmente rio com irônia dando alguns passos para trás

— É uma jaula impressionante - Loki falou abrindo os braços como se indicasse a cela - Creio que não tenha sido feita para mim

— Foi para uma coisa bem mais forte que você - Fury falou olhando-o

— Ouvi falar - Loki olhou diretamente para câmera, como se olhasse pra mim - Um fera irracional, que finge ainda ser homem

— Ele sabem que estão transmitindo essas imagens pra alguém - murmurei percebendo que ele não falava comigo, ele nem deve saber que estou vendo-o

— A que ponto chega o seu desespero. Que precisa chamar criaturas perdidas para defende-lo - Loki falou voltando a olhar para Fury

— A que ponto chega meu desespero? - Nick pergunta se aproximando - Você ameaça meu mundo com uma guerra. Você rouba uma força que não tem como controlar. Você fala em paz e mata porque acha graça. Então você me deixou muito desesperado.

— Mas como doí em você ter chegado tão perto, ter o Tesseract, ter poder. Ilimitado poder. E para quê? - Loki olha para câmera novamente - Um luz para toda humanidade compartilhar. E depois ser lembrado do que é o verdadeiro poder.

Fury, dá um sorriso irônico e começa a se afastar

— Me avise se o verdadeiro poder precisar de uma revista ou qualquer outra coisa

Fury começou a sair e eu comecei a ver algumas imagens do Loki causou

— O que você está armando, Loki? - perguntei para mim mesma, lembrei quem foram as pessoas que levaram o Loki para a SHIELD e decidi saber onde eles estavam

Fui passando as imagens das câmeras até encontrar as pessoas que são tão conhecidas por mim. Vi o Steve uniformizado, o Thor em seus trajes asgardianos, a Natasha com o uniforme de Viúva Negra, Bruce Banner ele usava uma camisa de botões, calça e sapatos e uma agente nunca tinha visto, abri o audio para que eu pudesse escuta-los

— Ele é cativante, não é? - o Bruce perguntou com sarcasmo

— Loki vai prolongar isso - o Steve falou um pouco pensativo - Então... o que ele pretende?

— Ele tem o exercito. Os chitauris. Não são de Asgard ou de nenhum reino conhecido - Thor respondeu olhando na direção do Steve - Ele quer lidera-los contra o seu povo. Ele lhes darão a Terra, creio que em troca do Tesseract

— Um exercito - Steve desviou o olhar para a Natasha - Do espaço

— Ele está construindo outro portal. Porque ele precisa de Erik Selvig? - perguntou sem entender

— Selvig? - Thor perguntou

— É um astro-fisico - Banner respondeu

— É um amigo - Thor falou um pouco preocupado

— Loki o enfeitiçou de alguma maneira - Natasha desvia o olhar - E também um dos nossos

Ouvi e ver esse olhar dela, me fez pensar em uma pessoa que eu conheço, mas não vi entre eles. "Loki levou o Clint" Esse pensamento me fez temer pelo futuro do meu amigo.

— Porque ele se deixou ser capturado? - Steve questionou olhando o pessoal ao redor - Ele não pode liderar as tropas daqui

— Não devemos nos concentrar no Loki, o cérebro dele é como um saco de gatos. Aquele cara é maluco - Bruce falou e Thor foi tomar a defesa do Loki

— Cuidado como fala. Loki pode está alem da compressão, mas é de Asgard e meu irmão - Thor falou olhando o Banner

— Ele matou 80 pessoas em dois dias - Natasha falou e olhou para o Thor

— Ele é adotado - Thor usou como justificativa

— Acho que tem haver com mecânica - Bruce falou voltando ao assunto - Iridio Porque eles precisariam precisar do iridio?
— É um agente estabilizador - Stark entrou acompanhado do Coulson. Tony sussurrou algo para e andou até os outros - Assim o portal não vai se desfazer como fez na SHIELD.

Stark deu mais alguns passos em direção ao Thor

— Não fica chateado comigo, não. Até que você bate bem - ele deu dois tapinhas no braço do Thor - Continuando. O portal pode abrir bem e fica aberto o tempo que Loki quiser

Ele se aproximou dos esquipamentos de controle, os quais o diretor Fury sempre usa e falou

— Erga o mastro, ice as velas - ele falou e todos o olharam como se ele fosse louco - Ele está jogando galaga. Achou que não notaríamos, mas notamos

Stark cobriu o olho direito e olhou os equipamentos de controle do Fury

— Como é que Fury vê isso? - ele pergunta se virando

— Ele se vira - a agente que estava la respondeu

— Gingaceira - Stark resmungou e começou a mexer no equipamento - O resto dos materiais brutos o agente Barton pode conseguir facilmente. O único componente principal que ele precisa é uma energia de alta densidade. Alguma coisa pra dar partida no cubo

Percebi que ele colocou discretamente um dispositivo nos controles

— O que pretende, Stark? - sussurrei curiosa

— Quando foi que virou perito em astrofísica termo nuclear? - a agente que estava junto com eles perguntou

— Ontem - ele respondeu simplesmente - O pacote. As anotações do Selvig. A teoria da extração. Mas só eu que li aquilo?

— Loki precisa de alguma energia especifica? - o Capitão Rogers perguntou olhando o Stark

— Ele teria que aquecer o cubo a 120 milhões de kelvin, só para atravessar a barreira de coloumb - Bruce falou olhando o Stark

— A não ser, que Selving tenha descoberto como estabilizar efeito túneo quântico - Stark falou dando alguns passos em direção ao Banner

— Assim ele obteria a fusão de íons pesados em qualquer reator do planeta - falei ao mesmo tempo que o Banner. É ter mexido nas pesquisa da Foster e do Erik no Novo México serviu de alguma coisa

— Finalmente. Alguém fala a minha língua - lembre que falei essa mesma frase ao doutor Banner quando o conheci

— Foi isso que aconteceu? - Steve perguntou retoricamente

— É um prazer doutor Banner, seu trabalho sobre a colisão anti elétron é sem igual - Stark elogiou o trabalho do Banner que realmente é incrível - Sou um grande fã seu, adoro quando perde o controle e vira um monstro verde furioso

— Obrigado - Banner agradece com certo constrangimento

— O Dr. Banner só está aqui para rastrear o cubo. - Fury falou se aproximando deles - Esperava que se junta-se a ele 

— Eu começaria pela lança. Pode ser magica, mas o funcionamento lembra muito as armas da Hydra - Steve falou olhando os cientistas

— Isso eu não sei, mas ela recebe energia do cubo - Fury falou olhando o Steve - E eu quero saber como Loki transformou dois dos homens mais inteligentes que eu conheço, em macacos voadores

— Macacos? Eu não entendi - Thor falou

— Eu sim - falou com certa empolgação, fazendo o Stark revirar os olhos - Eu entendi a referencia

— Quer começar o show? - Stark perguntou ao Banner ignorando completamente o Steve

— Por aqui, senhor - Banner falou indicado o caminho para o laboratório

— É acho que não vou saber de mais nada por enquanto - digo e desligo o notebook e volto para minha cama. Espero não ter mais nenhum pesadelo desta vez



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...