1. Spirit Fanfics >
  2. Swag fo post malone >
  3. Emyli harris

História Swag fo post malone - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Emyli harris


Fanfic / Fanfiction Swag fo post malone - Capítulo 2 - Emyli harris

Estava em meu quarto terminando alguns projetos para meu portfólio, quando vejo Ivy, correndo até mim gritando por meu apelido.

– Emmmy, Emmmy, Emmmy. -Grita Ivy, pulando em minha cama, onde eu também me encontrava.

– O que foi, o que houve?. -Respondo com cara de surpresa.

– Caralho Emy, abriram uma vaga para designer para as roupas do Post, e advinha, EU TE INDIQUEI, e quer saber? Donna, ESTILISTA CHEFE mandou você levar seu portfólio amanhã mesmo. -Fala Ivy, com tremenda empolgação quase que num tom de orgulho.

Fico estagnada sem respostas, não conseguia por para fora todo meu entusiasmo, mas logo isso muda. Pulo e dou um abraço em Ivy e a agradeço, já pedindo ajuda para terminar o portfólio. Mas Ivy recusa meu pedido, alegando que tem uma festa para ir, e que não quer desmarcar de ultima hora, me pede desculpas, já saindo do quarto e indo se arrumar.

Sabendo que teria de terminar sozinha, fui logo me apreçando, pois queria deixar tudo o mais perfeito possível, não podia perder a oportunidade de trabalhar com alguém tão famoso como Post, mesmo que ainda não gostasse muito de suas musicas pelo teor meio pejorativo com as mulheres, coisa que nada me agrada.

Passo praticamente a noite toda, para terminar meu trabalho, mas o finalizo. E logo vou dormir, para acordar bem, para dar uma boa impressão, na entrevista de amanhã.

Ainda praticamente dormindo, ouço meu despertador tocar, logo já me levanto, para ir para o banho e me arrumar para entrevista. Tomo um banho gelado para despertar e tirar a cara de sono, já que havia ido dormir muito tarde por conta do portfólio. Enquanto me arrumo, Ivy também acorda, e logo vem ao meu quarto com a cara de ressaca, pela festa que havia ido ontem, e me diz:

– Hmmmm, isso que eu chamo de querer dar uma boa impressão. -Diz ela com uma expressão meio “maliciosa” ao me ver bem arrumada, coisa que não era um costume pra mim.

– Haha, se viu? Oq acha? Estou bem Assim?. - Digo rindo, mas logo voltando ao sério, me lembrando do desafio que ainda enfrentaria.

– Está maravilhosa, você vai arrasar, como sempre! - Diz ela com um sorriso acolhedor o que me faz ganhar um pouco de confiança.

– Bom acho melhor eu ir, para não me atrasar. - Digo, já pegando minhas coisas para sair.

– Boa Sorte garota, você é demais, EU TE AMOOOO. - Me diz, já á agradeço, retribuo e me despeço. 


Chegando lá, vou buscando informações sobre qual o local em que eu deveria esperar até ser chamada. Pergunto a um segurança, alto, e muito forte, ele me indica, e eu vou. Encontro a sala de espera, me sento e fico no aguardo. Em minha cabeça passavam milhares de pensamentos, em que eu poderia me dar bem ou não, quando derrepente ouço uma voz feminina chamar por meu nome. 

– Emyli Harris. - Já aceno e me levanto com as pernas um pouco tremulas por conta do nervosismo e vou até lá. – Olá Srª. Harris, bom dia, tudo bem?. Sou Donna Carter, estilista chefe da produtora. - Diz ela com abrindo um sorriso, e insinuando com a mão para entrar na em sua sala e me sentar. 

– Olá, Bom dia Srª. Carter, eu vou bem, um pouco nervosa, confesso, e a Srª como vai? - Respondo, com a voz tremula , mas convidativa.

– Vou muito bem, por favor, não me chame de Srª. Carter, dispenso formalidades, me chame apenas de Donna, e fique tranqüila, só me fale um pouco sobre seu tempo na universide e me mostre seu portfólio e veremos no que vai dar ok? - Diz ela ainda com um tom muito convidativo e amigável, o que me deixa mais a vontade.

– Bom, eu fiz diversos trabalhos para a própria universidade enquanto estudava lá, isso fez com que eu ganha-se visibilidade com os professores, o que me rendeu algumas indicações, as quais fizeram aparecer muitas vagas de emprego, mas nenhuma na qual eu me interessa-se. - Respondo com a voz já menos tremula.

– Nossa, isso é muito bom, mas com um curriculo tão bom, com recomendações e com um portfólio tão bem elaborado e lindo, como o seu, você poderia trabalhar com artistas ainda maiores que Post Malone, porque se interessou por nós? - Disse ela com uma expressão de duvida.

– Então, é que na verdade, gosto muito do estilo dele, acho bem autêntico, o que sempre me chamou muito atenção. Gosto muito deste estilo meio rock, cowboy e todo aquele “swag”. Já até, desenhei algumas peças inspiradas em seu estilo.

– Sério? Que ótimo isso, estava um pouco preocupada, pois precisava de alguém com experiência, uma vez que Post é muito exigente com suas roupas, por que como sabe é sua marca registrada. Mas pelo visto você vai conseguir dar conta. Você poderia começar agora mesmo com os desenhos, pois preciso de novas roupas para a turnê que começará logo!

--Caral...ops, mil desculpas, quero dizer, sério mesmo? Eu adoraria, estou muito empolgada. - Respondo com muita euforia, quase pulando da cadeira.

-- Simm, é sério. Vou lhe mostrar a sua sala, e amanhã conversamos sobre toda a burocracia de pagamentos e afins. - Responde ela, com um sorriso também eufórico, mas mantendo seu profissionalismo.

Saímos dali, e ela me levou até onde seria minha sala, onde seria o local de minhas criações. Ela diz que eu posso customizar o local da maneira com que eu quiser, da maneira com que me inspire, e logo já me vem muitas ideias na cabeça. 


-- Fique a vontade Emyli, vou voltar pra minha sala resolver outros assuntos, enquanto você vai se familiarizando com a sua sala. Diz ela e vai logo saindo, mas antes disto a chamo e exclamo:

– É...Donna, me chame de Emy, por favor. Isso me deixa mais avontade. 

– Ah, ok, Emy então. - Responde ela com um sorriso de canto, e já sai pela porta.


Assim que ela sai, começo a fuçar por ali, vendo o que poderia fazer para deixar aquele local com minha cara, e assim ajudar em minha inspiração, já que o local era absolutamente todo branco. Sento na cadeira me debruço sobre a mesa, custando para acreditar que tudo aquilo era real. Sei que era apenas uma estagiaria, mas para mim já era um grande avanço, pois sempre quis trabalhar com alguém que eu pudesse ousar na criatividade.

O tempo passa rápido, e chega ao fim meu expediente, procuro por Ivy na produtora, mas fico sabendo que ela está fazendo uma sessão de fotos do Post, então vou embora para casa, ansiosa para dar a noticia. Chegando em casa vendo que ela vai demorar para voltar resolvo ir dormir e contar no dia seguinte, pois não queria dar a noticia por mensagem.

Acordo no mesmo horário que ela, e começo a me arrumar. Ela como de costume, vem falar comigo para saber sobre o ocorrido e se despedir.


– Em..EMY CARALHO VOCÊ CONSEGUIU? EU SABIA, NÃO ESPERAVA OUTRA COISA, VOCÊ É FODA. - Ela diz esbravejando e pulando com muita euforia.

– SIMMMMM QUERIDAAA. PARECE QUE AGORA VAMOS JUNTAS PARA O TRABALHO. - Respondo igualmente eufórica, e a abraço forte.


Pegamos nossas coisas, e saímos para o trabalho.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...