1. Spirit Fanfics >
  2. SWEENT LOVE - Now United >
  3. "Eu já desconfiava" - H.J

História SWEENT LOVE - Now United - Capítulo 62


Escrita por:


Notas do Autor


Perdoem os erros e boa leitura. 💗

(Galera, eu queria muito a ajuda de vocês! Eu fiz um FC no insta, ele se chama @oops.deinert, se vocês puderem dar uma passadinha lá ficarei agradecida.)

Capítulo 62 - "Eu já desconfiava" - H.J


Lamar Pov

•| Josh e Any saíram da varanda, deixando eu e Heyoon a sós. Fico observando cada detalhe seu, até ela perceber e suas bochechas queimarem.|•

Heyoon: Por quê está olhando desta forma para mim? - diz cobrindo um pouco seu rosto envergonhada enquanto eu sorria completamente bobo.

: Eu jurava que não existia ser perfeito, até te conhecer Jeong. - digo e ela solta um sorriso contagiante.

Heyoon: Você é um total exagerado. - ela diz olhando diretamente em meus olhos.

: Só falo verdades senhorita Heyoon. - Beijo sua mão e olho diretamente em suas órbitas esverdeadas.

•| O clima estava muito clichê, fui me aproximando cada vez mais da coreana até que um carro prateado aparece e o barulho completamente irritante da buzina fica cada vez mais alto. A atenção da Heyoon rapidamente passa para o carro, e automaticamente bufo.|•

Heyoon: Que carro é aquele? Diz se levantando.

: Não faço a mínima idéia. - digo me virando um pouco, o carro havia parado em frente o portão que, provavelmente, estava trancado.|•

Sina: Oi gente... - A loira chega no local juntamente com o Noah. - O que aquele carro está fazendo parado ali? - fala segurando a barra da varanda.

Noah: Pode ser o filho do Simon. - da de ombros.

Heyoon: Claro! A Yonta havia dito que ele viria ainda hoje para Oregon. - fala o óbvio.

: Devemos ir abrir o portão? - digo enquanto abraço a coreana de lado.

Noah: Acho que não, o motorista acabou de sair do carro. - aponta para um homem que estava vestido completamente de preto. - Por quê ele não abre logo a porcaria do carro? - diz apressado.

Sina: Obviamente ele não vai abrir o carro agora. - fala olhando para o moreno.

 Heyoon: Ai gente, eu tô muito curiosa. Vamos até lá! - fala me puxando enquanto o Noah e Sina nos seguem.

•|Fomos andando até o motorista, ele aparentava ser um cara totalmente sério, não soltava sequer uma risada. O carro era blindado, nas janelas dava para se ver apenas o reflexo das árvores altas da fazenda.|•

Sina: Olá, moço! Percebemos a sua chegada aqui na fazenda e queríamos perguntar se precisa de algo. - fala enquanto o motorista nos olha de cima a baixo.

Motorista: Vim a mandado do senhor Simon Fuller. - todos nós soltamos um "dã" em uníssono.

Heyoon: Eu já desconfiava que era o filho do Simon. - cochicha baixinho em meu ouvido.

•| Um garoto com olhos cor de mel sai imediatamente do carro, seus cabelos eram loiros e sua roupa era bem moderna.|•

Xxx: Que merda! Não pode ser possível que esse lugar não tem nenhum sinal de wi-fi! - fala indignado com seu celular na mão.

Sina: Ah, oi! Só pra deixar claro, aqui em Oregon não existe internet. - fala e ele revira os olhos.

Xxx: Foda-se, eu não perguntei nada a você. - diz com um toque totalmente ignorante.

Noah: Mais respeito com a Sina, seu... - fala se aproximando do mesmo, mas é impedido por Sina.

Sina: Não queira arranjar problemas agora Noah, principalmente com o FILHO do Simon. - diz o óbvio.

Xxx: Só quero deixar claro que eu não queria estar nessa droga de lugar. - diz se encostando no carro.

Yonta:: Lucas! - Yonta chega animada no local. Como uma pessoa pode ficar contente com a chegada de um garoto completamente mimado? - Fico feliz de você ter chegado!

Lucas: Era o mínimo que você poderia fazer, Yonta. - Diz e a mesma que antes estava com um sorriso estampado em seu rosto, fica séria e abre o portão.

Motorista: Sr. Lucas Fuller, posso me retirar? - pergunta e o mesmo acinte. Ele entra no carro e sai da fazenda.

Yonta: Vamos entrando? - pergunta enquanto o garoto observa cada detalhe da fazenda.

Lucas: Vamos logo com isso, por favor? - fala desanimado. Acho que eu até sei o porquê do Simon não morar com o filho dele, deve ser horrível conviver com um ser humano desse tipo.

•|Yonta acompanha Lucas até a casa enquanto eu, Heyoon, Noah e Sina ficamos ainda no portão conversando.|•

Noah: Tenho certeza que eu não irei conseguir conviver com esse garoto mimado. - fala com os braços cruzados.

Sina: Ninguém vai conseguir Noah. - sobe suas mãos no ombro do moreno. - Aliás, eu reconheço essa face de algum lugar no qual eu não estou lembrada no momento... - diz pensativa.

: Você deve estar enganada, sina. Acho que ninguém nunca viu esse garoto andando por LA. - digo e ela dá de ombros

Heyoon: Por que não entramos na casa? A Yonta vai apresentá-lo para todos. - Concordamos com a mesma e entramos na casa.

•| Com certeza a rotina com esse garoto engomadinho não vai ser fácil, aguentar suas reclamações diariamente sobre uma coisa simples obviamente é irritante e insuportável, mas não podemos fazer nada. Sinceramente, eu preferia que o Simon tivesse vindo em vez de seu filho.|•

Continua... 💕


Notas Finais


O jeito que vocês esqueceram dessa fic é diferente...
Voltei e irei ficar mais presente aqui, prometo!
Vem bomba vindo por aí...
Espero que tenham gostado, beijos e até a próxima... 💗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...