História Sweet as Poison - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2NE1, 4Minute, Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, EXO, Got7, Jay Park
Personagens Baekhyun, BamBam, Chen, Cl, G-Dragon, Hyun A, Jackson, Jay Park, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Rap Monster, Suga, Taeyang, V, Xiumin, Youngjae
Tags Jikook, Maksonbam, Namjin, Taegi, Taekook, Taeseok, Vhope, Vkook, Xiuchen, Yoomin, Yoonseok
Visualizações 70
Palavras 609
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Luta, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem
Bjs💋💋💋

Capítulo 1 - Início do fim


Fanfic / Fanfiction Sweet as Poison - Capítulo 1 - Início do fim

  Eu estava na peirada da ponte prestes a pular, prestes a me matar para proteger quem amo. Tudo seria mais simples, se você não tivesse vindo falar comigo àquele dia.

  Eu tentei te alertar, mas você insistiu em me conhecer. Não quero te machucar e acabar com sua vida como fiz com a minha.

  Dei uma última olhada para o céu noturno, sentindo a chuva em meu rosto como lágrimas. Lágrimas que eu não conseguia deixar escorrer.

  Fechei os olhos pronto pra pular, quando senti alguém me puxando e me abraçando. Senti seu coração acelerado e sua respiração ofegante. 

  -- Não faça isso, eu não ligo se você me machucar -- disse ele ainda me abraçando ofegante, em seguida me soltou segurando meus braços e me olhando nos olhos -- Eu te amo Taehyung.

  -- Eu também amo você Hoseok, por isso que tenho que pular -- disse tentando me soltar.

  -- Você não vai se matar -- disse me segurando mais forte -- se você pular eu pulo junto.

  -- Não, você ainda pode viver uma vida normal se me esquecer. 

  -- Nunca irei esquece-lo, e minha vida só irá fazer sentido com você.

  -- Como pode ter uma vida comigo? Como alguém pode viver com um psicopata ao seu lado? -- Falei me recordando de quando matei aquela criança na frente de Hoseok.

  -- Não me importo -- disse já com lágrimas nos olhos -- não quero perde-lo.

  -- Hoseok -- sussurrei -- voce foi a única pessoa que aceitou o meu passado, e é a únicapessoa a quem me amou -- continuei calmamente -- porém não podemos ficar juntos, tenho medo de mata-lo.

  -- Voce não irá me matar -- respondeu começando a chorar novamente. 

  -- Como pode ter certeza? -- nunca senti nenhum sentimento ou demonstreio mesmo, mas ver o Hoseok assim doeu meu coração. 

  -- Por que você me ama, você sabe disso -- falou, eu já estava com lágrimas nos olhos -- não importa o que aconteça comigo, sempre o amarei. Você é meu motivo para viver.

  Depois que Hoseok terminou de falar, não consegui mais segurar. Chorei, algo que só fiz apenas uma vez em toda minha vida.

  Hoseok me abraçou, mas foi um abraço diferente dos outros que ele já me deu. Foi um abraço quente e confortante. 

  -- Sei o que você passou -- disse Hoseok apertando o abraço -- Voce não está sozinho, eu sempre estarei com você.

  Me soltei dos braços de Hoseok, e o olhei nos olhos.

  -- Eu sinto muito -- falei -- mas não posso ser amado novamente, nunca mais.

  -- Pode! Eu...

  -- Todos que eu já amei morreram -- falei o interrompendo -- não quero que aconteça o mesmo com você.

  -- Não vai -- a chuva começou a ficar mais densa -- e nem você.

  Antes que eu pudesse responder, ele me puxou pela cintura segurando minha nuca e me beijou. Um beijo calmo e carinhoso.

  Esse beijo me fez lembrar dos momentos bons que tive com Hoseok,  do que ele fez pra me ver sorrir. Não posso perde-lo, agora eu sei.

  Nos separamos do beijo por falta de ar. Olhei em seus olhos.

  -- Eu te amo Hoseok -- sussurrei -- Não quero perde-lo nunca.

  Hoseok sorriu e me deu um selinho. 

  -- Prometa nunca mais tentar se matar para me proteger, promete? -- uma promessa a ser feita e o certo a fazer. 

  -- Eu prom... -- de repente vejo um carro descontrolado em alta velocidade vindo em nossa direção. 

  Num movimento rápido empurrei Hoseok, fazendo o carro atingir somente a mim. Desfazendo a promessa que nem comecei a cumprir. 


Notas Finais


Desculpa se tiver algum erro.
Até o próximo capítulo 💜💜💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...