1. Spirit Fanfics >
  2. Sweet Challenge ( Jikook ABO ) >
  3. Heated

História Sweet Challenge ( Jikook ABO ) - Capítulo 56


Escrita por:


Notas do Autor


Oi amoras!
Notas Finais
Boa Leitura <3

Capítulo 56 - Heated


 

 

Quando acordei pela manhã, me sentia um novo alguém. Os raios de sol entravam pela janela do quarto, e uma felicidade e leveza tomavam conta do meu do meu ser. Céus, cada minuto da noite passada foi incrível! O jeito como Jungkook me olhava, como me desejava... Sua palavras doces e obscena enquanto fazíamos amor. Ah, Deus... Sou grato por ser um dos únicos que mantém controle de si mesmo, mesmo estando em meu estado mais acalorado.

Feliz, eu rolei na cama, e dei de cara com o meu alfa, dormindo tranquilo ao meu lado. Jungkook estava coberto por mordidas, arranhões, e seu pescoço estava cheio de marquinhas de amor, deixadas por mim, claro. De mansinho, me aproximei dele, e cobri suas costas de beijos e mais beijos. Mas, com todo fogo que estou, creio que quem precise de descanso neste momento seja ele.

 

Devagar, eu sai da cama, e fui direto para o banheiro. Ao me olhar no espelho, me senti radiante e bonito como nunca antes.  Me encarei no brilho do vidro, e sorri, logo passando a mão pela marca recente em meu pescoço. Essa simples marcas, apenas estes dois furinhos em meu pescoço, representam a maior prova de amor e carinho que já recebi. Ao sentir ela aqui, sinto sentimentos recíprocos, e céus, eu acho que é uma das sensações mais gostosas de todas!

 

De pensar que meses atrás eu sequer conseguia acreditar no amor...

 

-você fica tão lindo quando se olha no espelho-de repente, Jungkook apareceu no banheiro e me abraçou pela cintura.

-estou tão feliz, amor...-lhe encarei no espelho.

-eu sei, Baby-sorriu.

-você consegue sentir?

-sim-ele disse, beijando meu ombro- sinto até as batidas do seu coração.

-uau...-sorri, meio envergonhado- eu sinto seus sentimentos, amor... Sinto seu amor, sua leveza, sua calma... E eu sinto quando pensa em mim!

-então você me sente á todas as horas do dia-sorriu.

 

Jungkookie me virou para si,  e me sentou no balcão da pia. Começamos a nos beijar sem pressa, e logo estávamos ali, em mais um dos nossos muitos momentos apaixonados. Ficamos namorado por algum tempo, até que finalmente, tomamos banho e fomos comer algo.

-nossa, estou faminto-digo, me sentando a mesa.

-imagino que sim-disse ele- depois de toda a energia que gastamos ontem...

-seu bobo-corei.

-também te amo, Baby-sorriu- oque quer comer?

-hum... Omelete!-sorri.

-é para já!

 

Jungkookie pegou os ingredientes que iria precisar, e já pôs a mão na massa. Em instantes, tínhamos belos omeletes e um bom suco natural de laranja. Assim que fui servido, eu literalmente devorei tudo oque tinha em meu prato. Meu alfa até mesmo fez piada, dizendo que além de faminto na cama eu estava devorando tudo! Claro, fiquei de bico, mas logo ganhei um beijinho de desculpas.

Depois de comermos, Jungkook e eu decidimos olhar um filme ou uma série quem sabe. Fomos para o sofá, ele ligou a TV, e demos sorte de estar passando um seriado bem legal naquele momento.

 

Já faziam alguns minutos que estávamos assistindo o seriado, quando, de repente, eu comecei a me sentir acalorado novamente. O calor subiu subitamente, e sem demorado, senti o meio das minhas pernas ficar úmido. Não consegui conter um suspiro, e prontamente Jungkook entendeu oque estava acontecendo.

-amor...-lhe chamei.

-estou aqui, Baby-sorriu.

Jungkook ergueu-se do sofá, e apenas buscou um preservativo antes de voltar para mim. Meu alfa me deitou no sofá com delicadeza, e já senti seu beijo apaixonado tomar conta de mim. Sem pressa, Jungkook foi tirando nossas poucas roupas, e me tomou ali mesmo.

 

-mmm...-me agarrei ao seu corpo, sentindo ele se afundar em mim- Jungkookie, eu quero devagarinho amor.

-do jeito que você quiser, Baby-sussurrou em meu ouvido.

 

Ah... É inexplicável a forma como Jungkook me toma. O jeito como ele mexe, como me faz suar, seja na cama, no sofá... Ainda mais agora, com a marca. Jungkook tornou-se ainda mais intenso para mim, e céus, me sinto o ser mais sortudo deste mundo por conhecer seus lados tão únicos.

 

-ahn...Jungkookie-suspirei.

-me diga, amor... Oque você quer?

- eu quero com mais força...-sussurrei em seu ouvido.

 

Naquele instante, ele apenas sorriu de forma cafajeste, e uau, o jeito como ele me pegou foi de outro mundo!

 

Me agarrei com força em seu corpo, enquanto ele  ele sussurrava palavras doces e obscenas em meu ouvido. Aquele vai e vem estava uma delícia,e mais prazeroso ainda, era ouvir o tesão de voz que Jungkook tem bem no meu ouvindo.

 

-a-amor...-lhe chamei, já sentindo meu corpo rígido- a-acho que eu...

-vamos, baby... Deixar jorrar-sussurrou.

 

Jungkookie segurou minha cintura com mais firmeza, e eu apenas me deixei levar. Senti todo meu corpo tremer e relaxar, á medida que eu gozava da forma mais deliciosa possível. Jungkook continuou seus movimentos, até que eu sentisse o seu corpo se despejar no preservativo dentro de mim.

 

No fim, éramos dois idiotas apaixonados e ofegantes.

 

-só Deus sabe o quão bom é estar dentro de você-disse ele, deitando-se sobre mim.

-oh, amor... Não me faça dizer oque eu sinto quando seu amiguinho vem me visitar- sorri malicioso.

-você é um pecado, Park Jimin-disse ele, mordendo minha.

-só se for o dá luxúria- Baby-ronronei com seu toque.

-segundo round?

-só se for agora!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E os vizinhos que me desculpa, mas vamos foder até o amanhecer.


Notas Finais


Ai ai~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...