História Sweet Desire - Capítulo 56


Escrita por: e BlueSky04

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bangtan Boys, Bts, Hoseok, Jimin, Jin, Jungkook, Lemon, Namjim, Namjoom, Suga, Taehyung, Taekook, Vkook, Yoonkook
Visualizações 170
Palavras 923
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Slash, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oláá, pessoas!
Mil desculpas por não ter postado no dia certo, mas eu tô com medo que acabe logo e estamos realmente na reta final. Próximo capítulo é o último!
Boa leituraa

Capítulo 56 - Eu sempre estrago as coisas


Fanfic / Fanfiction Sweet Desire - Capítulo 56 - Eu sempre estrago as coisas

POV Jungkook

Não sei quanto tempo fiquei na calçada na frente da casa, mas não demorou muito para que um par de mãos repousarem em meus ombros, me fazendo encarar a pessoa que estava atrás de mim. Jin me olhava com preocupação e não diminuiu ao ver meus olhos vermelhos, assim que as lágrimas que ainda corriam por minhas bochechas. Sem dizer nada, eles apenas me abraçou enquanto eu voltava a soluçar alto, manchando sua camisa com minha lágrimas.

-Está tudo bem, Jungkook. -Jin continuou acariciando meus cabelos com calma.

-Ele simplesmente foi embora. -consegui dizer, mesmo que com dificuldade.

-O TaeTae vai voltar um dia, Kook, acredite nisso.

-Como você sabe que ele foi embora? -me afastei para olhar em seus olhos.

-Vocês não conseguem esconder nada de mim. Quando ele estava descendo as escadas, eu acordei e o vi saindo. Taehyung me explicou o que estava acontecendo, então prometi apoia-lo apesar de tudo.

-Você deveria ter feito ele ficar! -me afastei completamente do Jin- Ele não podia me deixar aqui, ele prometeu nunca me deixar!

-O Tae chegou ao limite depois das palavras do Yoongi. Ele sempre soube do amor que vocês sentiam e mesmo sofrendo, continuou ao seu lado até perceber que estava se machucando muito mais de qualquer coisa. Você deve visto na carta que ele te escreveu. -Jin suspirou alto, olhando para o fim da rua- Eu sinto muito, Jungkook, mas o Taehyung precisou de afastar para o bem dele, então para de ser egoísta por um segundo e pensa no lado dele também.

Suspirei alto, balançando a cabeça negativamente. Passei as mãos por meu rosto, tirando as lágrimas que ainda teimavam cair. Seokjin tinha razão. Eu estava sendo egoísta, eu estava sempre sendo egoísta. Pensei tanto em mim o tempo todo que não cheguei a pensar ou conversar com ele sobre o que estava pensando e sentindo. Talvez meu egoísmo tenha estragado tudo mesmo. Eu sempre estrago as coisas boas que tenho.

-Venha, vamos entrar. -Jin me puxou pelo braço- Todos estão preocupados com você.

Deixei que ele me levasse até a sala, onde todos me olharam com curiosidade. Meu olhar foi logo para o Yoongi que me olhava com preocupação, mas logo desviei. Não conseguia encara-lo, não ainda. Uma onda de sentimentos me invadia e eu não sabia o que fazer. Tanta confusão para uma pessoa cansada de tentar resolver problemas.

-Nós temos um comunicado para fazer. -disse Jin, deixando os outros membros em alerta- O Taehyung teve que sair do grupo, assim como sair da cidade.

Ouvir suas palavras fizeram que as lágrimas voltarem a cair por meu rosto e o silêncio que foi seguido por suas palavras foi pior ainda. Ninguém acreditava que o Taehyung havia ido embora, porque ele era insubstituível. Não poderíamos viver sem o nosso precioso TaeTae. Pude sentir o peso do seu anel em meu dedo e fechei a mão com força.

-Como assim ele foi embora? -Jimin perguntou exaltado- Eu vou arrancar os órgãos dele fora! Podem parar de brincadeira, isso não tem graça!

-Não é brincadeira, Jimin. -Jin afirmou, mas pude perceber a dor em sua voz.

-Jungkook-ah! -Jimin me olhou com raiva- Diga que isso é mentira.

Neguei com a cabeça, confirmando que não era uma mentira. Jimin se jogou no sofá, ao lado do Hoseok que logo o abraçou. Namjoon olhava estático para o nada, sabia que também não estava acreditando. Yoongi me olhava com preocupação, apesar de saber que o mesmo estava triste com notícia. Um membro da família havia partido. Um membro do Bangtan Boys havia saído.

(•••)

Depois de tomar um banho longo e ter derramado várias lágrimas, troquei de roupa e deitei depois de pegar a carta do Taehyung. Reli todas as suas palavras, tentando achar um significado para as minhas dúvidas. Eu sabia que tinha que fazer algo agora, mas não sabia o que era, porque não parecia fazer muito sentido no momento. Era como se tivesse um grande borrão em meus planos. Sim, claro que eu tinha planos com Taehyung. Ele me fazia feliz, mesmo que o Yoongi continuasse em meu coração. Mas ele estava certo. Eu me recuso a dar meu amor para qualquer​ outra pessoa que não seja Min Yoongi.

Uma ideia passou pela minha cabeça. Guardei a carta em meu bolso, levantando rapidamente da cama e saindo do quarto. Ouvi vozes no andar de baixo, mas não a do Yoongi. Andei até o quarto do Hobi e Jimin, batendo logo em seguida. Assim que a porta foi aberta, Yoongi me olhou surpreso e comprimi os lábios, abaixando o olhar.

-Jungkook. -ouvi ele dizer- Você está bem?

-É... Você está ocupado? -mudei de assunto rapidamente, pois não queria falar em como eu não estava bem.

-Não, acabei de produzir as músicas agora mesmo. Aconteceu alguma coisa?

-Não, não. Eu só queria perguntar se você pode me levar até um lugar. Você sabe, eu não posso dirigir e, bem, é o único que não vai me perguntar sobre o Taehyung.

-Tudo bem, deixa eu só pegar meu casaco.

Assenti, dando as costas para o mesmo e descendo as escadas. Murmurei alguma coisa para os membros, dizendo que sairia, mas voltaria logo. Sai de casa, entrando no carro em seguida, esperando o Yoongi. Peguei meu celular enquanto esperava, colocando o local que gostaria de ir no GPS. Não demorou muito para que Suga entrasse no carro. Ele me olhou curioso, ligando o carro.

-Então, para onde você quer ir?

Apenas o mostrei a tela do celular, onde estava o local que havia escolhido. Yoongi me olhou assustado, surpreso e parecia não acreditar. Recolhi o celular timidamente, guardando em meu bolso em seguida.

-Tudo bem, vamos.


Notas Finais


Felizes com interações Yoonkook?
Ainda tô bem triste que o TaeTae foi embora.

Não se assustem quando eu disse que o próximo capítulo é o último, porque terá o epílogo e bônus! Se acalmem, porque nós não queremos que a fanfic acabe também.

Muito obrigada pelos comentários e favoritos, principalmente por nós acompanhar até aqui. Eu vejo várias pessoas comentando os capítulo, as mesmas que comentavam nos primeiros e fico emocionada. Mas é isso, muito obrigada.

Até o próximoo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...