1. Spirit Fanfics >
  2. Sweet Love >
  3. Herói

História Sweet Love - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Herói


Fanfic / Fanfiction Sweet Love - Capítulo 4 - Herói

 

Hoseok saiu correndo da casa do loirinho para a sua, ele tinha que se preparar para a faculdade.

Por um descuido seu ele acabou chegando atrasado levando um sermão do professor pela falta de responsabilidade, com esse esporro logo de manhã ele acabou ficando de mal humor e quando descobriu que tirou uma nota péssima em saúde corporal tudo foi pros ares. Com isso ele acabou sendo ranzinza demais com sua professora que lhe castigou ordenando-o a limpar e organizar a sala de dança durante uma semana, todos os dias no final das aulas.

 

( . ~ . ) – ( ~ . ~ ) – ( . ~ . )

 

Ao término das aulas do primeiro turno Hoseok foi para o refeitório com uma carranca no rosto, o que era incomum para todos, já que sempre viam Hoseok sorrindo para tudo.

N – Eaí solzinho, como cê tá? – recepciona o ruivo.

H – Eu pareço bem pra você?! – fala rudemente.

Y – Nossa, seu grosso! – dá um soco no ombro do amigo.

N – Por que cê tá assim cara?

H – O professor brigou comigo por chegar tarde e eu ainda tirei uma nota horrível em saúde corporal. – deita a cabeça na mesa.

N – Eu já cansei de falar pra você ir dormir cedo, mas você não me escuta e fica ensaiando até tarde dá noite. – falou como se fosse um pai repreendendo o filho. – E agora você fica com essa cara de bunda.

H – Eu não cheguei tarde por estar ensaiando, eu estava na casa do Jimin. – Yoongi cospe toda a bebida que estava em sua boca, essa que atingiu o rosto de Namjoon.

N – Pensei que ele tinha te dado um fora. – ele fala enquanto se limpava com alguns guardanapos.

H – Ele me deu um fora. – confirma o pensamento do amigo - Eu estava apenas ajudando ele.

Y – Com o quê?

H – Ele quase foi abusado por um bando de bêbados, e estava lá bem na hora e o ajudei a chegar até em casa.

N – Que horror. – fica com asco por pensar que alguém teria a covardia de fazer algo tão repugnante.

H – É, e como forma de agradecimento eu dormi na casa dele e acabei chegando tarde.

Y – Papai... – ele olha para o mais velho fingindo um choro – nosso bebê tá crescendo!

N – Sim mamãe! – se abraçam e "choram" juntos.

H – Vão a merda vocês dois! – os dois se separam e caem na gargalhada.

Y – É muito bom brincar com a sua cara. - ele limpa uma lagrima falsa. – Vão na Sweet Love hoje?

H – Não vai dar.

Y – Por quê?

H – Tô de castigo. – os amigos ficam espantados com essa notícia.

N – Que milagre é esse?!

H – Eu tratei a professora mal por causa da nota e ela me deixou de castigo, vou ter que limpar a sala de dança durante uma semana. – explica aos amigos.

O sinal bateu indicando que o horário de almoço havia acabado, então eles se levantaram.

Y – Melhor irmos para sala, boa sorte pra você Hoseok. – dá uns tapinhas nas costas do amigo e sai do refeitório junto de NamJoon.

 

 

 

( . ~ . ) – ( ~ . ~ ) – ( . ~ . )

 

 

 

 

Com o fim das aulas o ruivo foi limpar as salas, até agora ele estava lá. O que ele mais queria no momento era apenas chegar em casa se jogar na cama e dormir até ser confundido com um morto. Ele estava muito cansado. Então para terminar logo, ele se concentra no seu trabalho, isso faz com que ele não repare que havia alguém o olhando da porta.

 — Com licença. – Hoseok é surpreendido por um toque em seu ombro, esse susto faz com que ele dê um pulinho. – Me desculpa.

H – Não tem problema, eu estava distraído. – coloca a mão em seu peito – O que veio fazer aqui, Jimin?

 JM — Eu só vim te devolver isso. – tira da bolsa o moletom de Hoseok.

H – Eu nem reparei que esqueci ele, obrigado. – faz uma reverência agradecendo.

Jm – Eu que tenho que agradecer, se você não tivesse aparecido naquela hora eu não sei dizer como eu estaria agora.

H – Não precisa disso, eu faria isso por qualquer um.

Jm – Mesmo assim, você foi um herói. Pode pegar um doce por conta da casa na Sweet Love.

H – Mesmo? – fica surpreso.

Jm – Claro, meu irmão faz questão de fazer em forma de agradecimento.

H – Mal posso esperar. – já imaginava qual doce pediria.

Jm – Tem mais uma coisa. – se vira para a saída.

H – O que?

Jm – Não gosto de pessoas desistentes. – ele vira sua cabeça na direção de Hoseok – Continue tentando e talvez eu saia com você. – pisca pro ruivo e sai da sala rebolando.

Hoseok ficou para trás com uma cara abobada.

H – Deus. – se senta largado no chão – Como ele consegue ser tão perfeito? – fica com um sorriso de bobo apaixonado no rosto.

— Ei, você ainda tem trabalho pra fazer! – a professora volta para conferir o andamento do aluno e acaba vendo ele sentado no chão sorrindo pro nada.

H – Desculpa professora. – se levanta apressado para terminar seu trabalho.

— Bom mesmo. – se senta em uma cadeira no canto enquanto revisava alguns papeis.

 

( . ~ . ) – ( ~. ~ ) – ( . ~ . )

 

Hoseok levou duas horas para terminar de limpar toda a sala, sendo ainda parado pela professora que deu mais um sermão em si. Quando saiu decidiu pegar o seu doce na Sweet Love já que estava ficando com fome. O ruivo entra na loja e se dirige até o balcão.

H – Com licença. – chama a atenção de uma moça preparando um milkshake.

— Só um minuto senhor. – ela termina de preparar o milkshake e o entrega para um garçom. – O que o senhor gostaria?

H – Eu queria falar com o dono, ele me prometeu um doce por conta dá casa.

— Você é o Hoseok? – pergunta ao ruivo.

H – Sou eu mesmo.

— Eu vou chamar o Mark, só um minuto. – a mulher entra em uma porta atrás do balcão, depois de uns minutos ela e um homem aparecem.

— Você é o Hoseok mesmo? – pergunta o homem recém chegado.

H – Sou. – confirma novamente a mesma pergunta.

— Obrigado por salvar o meu irmão daqueles homens nojentos. – o homem segura as mãos do ruivo e lhe agradece – Eu sou o Mark.

H – Não precisa me agradecer, como eu disse para o Jimin, eu faria isso por qualquer um.

M – Mesmo assim, eu vou deixar você escolher qualquer doce do cardápio e será de graça. – pega um cardápio e entrega para Hoseok – Pode se sentar aqui.

H – Obrigado. – dá uma rápida olhada no cardápio – Eu já posso pedir?

M – Claro, o que gostaria?

H – Eu quero três mochi’s, por favor.

M – Eu já volto.

Mark voltou para a cozinha para preparar do zero os bolinhos, demorou um pouco mais ele levou mochi’s quentinhos para o ruivo.

M – Aqui está, e desculpa a demora.

H – Não tem problema, eles parecem deliciosos. – sua boca começou a encher de água – Obrigado pela comida.

Hoseok comeu os mochi’s e a cada mordida exclamava o quanto estavam maravilhosos e saborosos. O ruivo terminou de comer e agradeceu pela hospedagem do lugar, e no final se retirou indo para sua casa, especificamente para a sua amada cama. Mas um pensamento o rondava desde que viu os mochi’s, eles lhe lembravam Jimin com as suas bochechas e a sua pele fofinha.

E mesmo não devendo ele pensou se ele seria tão gostoso quanto um mochi.


Notas Finais


Oi pessoal, mas um lindo capítulo reescrito, espero que vcs gostem e eu tenho um breve pedido a vcs.

Eu gostaria de rever comentários para saber o que vcs tão achando da fanfic até agora, e isso me motivaria a escrever ainda mais.


Até mais minhas cobrinhas e texuguinhos

Capa e banner: @Omma_Snape

Betado por: @Elljoonie_


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...