História Sweet Memories - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Hanabi Hyuuga, Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Itachi Uchiha, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha, Shikaku Nara
Tags Doces Memórias, Drama, Hinata, Naruto
Visualizações 10
Palavras 1.322
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Spoilers, Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu ainda sou iniciante na questão de escrita de histórias, então não sei se ficou tão boa, mas mesmo assim vou postá-la aqui.
Enfim, boa leitura ;)

Capítulo 1 - Apenas mais um dia comum


Fanfic / Fanfiction Sweet Memories - Capítulo 1 - Apenas mais um dia comum

 -Ei Naruto! Naruto! Acorda seu idiota!

 Naruto levanta a cabeça da mesa, e meio que dormindo ainda, responde:

 - Hum? Shikamaru? Por que está na minha sala?

 - Vim te entregar alguns papéis, mas cheguei aqui e você estava dormindo na mesa.

 - {bocejo}... ah, então pode coloca-los aqui na mesa... - e aponta para uma parte da mesa á sua frente.

 - Tem certeza que acordou? Eles estão á sua direita!

 O jinchuuriki olha para a direita e percebe a pilha de papéis. 

 - Ah...tem razão...

 - Naruto, está tudo bem com você? Normalmente o preguiçoso sou eu. - ele sorri forçando o loiro a sorrir também.

 - Eu sei lá. Eu não tenho dormido direito em casa.

 - Insônia?

 - Não, trabalho.

 - Como assim? Você não dorme em casa pensando no trabalho e dorme no trabalho? Eu sabia que você era idiota, mas nem tanto.

 - Você entendeu errado. Quando estou em casa, meus filhos ficam em cima de mim para ensiná-los algum jutsu, ou então eles não me deixam dormir para que possa treinar.

 - Ah sei, trabalho de pai.

 - É...ser pai é excelente, mas cansativo.

 - Mas, eu fiquei sabendo que você mal para em casa

 - Pois é.

 - E aí?

 - E aí o que?

 - Acha mesmo que seu casamento vai durar com você dando mais importância ao trabalho?

 - Eles entendem. Mas agora que você falou, como está o seu casamento?

  Neste momento vários flashbacks se passaram na cabeça de Shikamaru, a maioria das vezes em que ele e Shikadai apanham de Temari.

 - Bem... normal, como qualquer outro.

 - Parabéns para você. - o loiro sorri de forma alegre, disfarçando sua tristeza. Ele realmente estava preocupado com seu casamento, ele andava meio instável.

 - De qualquer forma, eu tenho que trabalhar; - o moreno anda até a porta e se vira para o amigo - até mais Naruto. - e sai

 - {suspiro} O que será que a Hinata está fazendo agora?

 

 

『☀︎』

Enquanto isso, Hinata e Sakura conversam por mensagem.

『☁︎』

 

(Hinata)- Oi, tudo bem com vc?

(Sakura)- Sim, e com vc?

(Hinata)- Ah, mais ou menos...

(Sakura)- O que aconteceu? Alguma coisa com as crianças?

(Hinata)- Não, é com o Naruto.

(Hinata)- Ele passa tempo demais no trabalho, e quando vem pra casa só come e dorme. 

(Hinata)- Fora que ele nos trata como se fôssemos seus amigos, acho que ele não sabe que somos uma família.

(Sakura)- Ah, pelo menos ele sabia que tinha filhos, o Sasuke só descobriu a existência da Sarada doze anos depois.

(Sakura)- Mas é sério Hinata, vc cobra demais dele; ele cresceu sem pais, não deve saber como tratar os filhos.

(Hinata)- Por isso mesmo, ele cresceu sem um pai, então deveria tentar ser o pai que não teve.

(Sakura)- É, pensando bem você tem razão.

(Hinata)- Estava pensando, talvez em um divórcio.

(Sakura)- A situação está tão séria assim? 

(Hinata)- Você não faz ideia.

(Sakura)- Não posso te dizer o que fazer, mas como sua amiga sempre te darei apoio. 

(Hinata)- Obrigada Sakura, você sempre foi minha melhor amiga :3

(Sakura)- :3

(Hinata)- Te amo amiga.

(Sakura)- Eu também te amo Hinata ♡

(Hinata)- Até mais S2

(Sakura)- Até!

 

 

≼ ★ ≽

Algum tempo depois, Naruto chega em casa.

≼ ☆ ≽

 

  Ele chega em casa e Hinata está sentada no sofá da sala de estar. A garota aponta para a poltrona em sua frente, acenando para que ele sente ali.

 - Naruto, precisamos urgentemente conversar.

 O loiro se senta e ela o encara seriamente com seus olhos claros e perolados.

 - O que houve Hinata? Nunca te vi desse jeito.

 - Deveria saber, também sei ser séria Naruto. Sou adulta.

 - É, eu sei.

 - Vamos direto ao ponto ok?

 - Tá bom. Pode falar. - embora ele não deixasse transparecer, estava com medo do que ouviria.

 - Quero pedir divórcio.

 O jinchuuriki congelou, não acreditou no que ouviu.

 - U-um divórcio?! Mas como assim Hinata?! Por quê?! - ele não acreditava que o Shikamaru estava certo.

 - Por que?! Por que, Naruto?! Eu te explico porque. Porque você é um pai horrível!

 - Como assim? Eu trabalho o dia inteiro para dar dinheiro á vocês. Eu me dedico dia e noite ao trabalho de hokage, para que? Para que vocês tenham uma vida boa, Hinata! 

 - Naruto, caso tenha se esquecido, gennins ganham dinheiro. Eu, o Boruto e a Himawari ganhamos cada um seu próprio dinheiro. Você trabalha dia e noite porque VOCÊ QUER! não venha você querer jogar a culpa em nós!

 - Eu preciso ser hokage!!! Se não inocentes vão morrer!!

 - NÃO NARUTO!! VOCÊ NÃO PRECISA SER HOKAGE, VOCÊ SÓ É PORQUE QUER!! VOCÊ PODE SALVAR OS OUTROS MESMO SEM SER HOKAGE! JÁ TEM OUTROS DOIS HOKAGES, ELES DÃO CONTA! Mas você não vai desistir não é?! Porque você é egoísta de mais para pensar em alguém além de você!!!

  A garota estava vermelha de raiva, o que fez com que o loiro ficasse em silêncio durante alguns minutos apenas olhando a esposa, ainda de pé, bufar. Após algum tempinho, Hinata de acalmou e sentou novamente no sofá; porém ela ainda estava com raiva, então ficou com a cara tão seria que pode ser considerada de desgosto ou até de pura fúria.

 - Escuta Naruto, eu não quero brigar, er, de novo. Então apenas aceite, e assine esses papéis.

 - Eu assino os papéis, se você me responder uma pergunta.

 - Tá bom, qual?

 - E quanto ao Boruto e Himawari?

 - Bem, como eu sou a mãe deles, ficarei com a guarda, mas ainda pode visitá-los quando quiser, como se você fosse realmente se importar de deixar o trabalho para ver os filhos. - a feição dela ficou ainda mais fechada, e ele também fechou um pouco a cara com o comentário.

 - Mas, são meus filhos também...

 - Ah Naruto! Não se faça de vítima, você nem se quer se lembra do dia do aniversário deles!

 Naruto abriu a boca para responder, mas desistiu. Quando se deu conta, já estava chorando.

 - Não chore. Se não isso vai ficar ainda mais estranho.

 - Por favor Hinata, por favor. Não quero que vocês se vão.

 - {suspiro irônico} Não venha com essa Naruto. Isso é golpe baixo. Bem...-ela põe a mão na cara, com a expressão de quem está impaciente- eu e os meus filhos ficaremos na casa do clã Hyūga, você pode me mandar os papéis assinados depois, você tem até uma semana, tá bom?

  Mesmo não dizendo nada, ela entendeu o que ele quis dizer. Sua fisionomia triste dizia tudo; principalmente seus olhos vermelhos de choro.

 - Er, então, eu vou te deixar sozinho, tá? - ele não responde, fica de cabeça baixa, o que faz Hinata pensar “como foi que as coisas chegaram nisso? Que troca de papéis”, com isso em mente ela sorri levemente.

 Quando se levanta, ela olha para o relógio.

 - Ah! - ela se assusta ao perceber que já são três e quarenta e dois da tarde - eu disse á Sakura que jantaríamos lá! Estou atrasada! - ao olhar para o futuro ex-marido, percebe que ele está realmente triste. - Quer saber Naruto? Não quero que vá almoçar conosco, quero que fique e tente se livrar dessa tristeza.

  Naruto não reagiu à frase dita por Hinata, mas sabia que o que ela pediu era impossível. 

  A morena andou até a porta, olhou uma última vez para o garoto. Apenas conseguia pensar em uma coisa: “Sofra, assim como eu sofri calada” se assustou com o pensamento, mas não podia negar, vê-lo chorar satisfazia seu maldoso e profundo desejo de vingança. Ela já não era mais a mesma garota iludida de quando se casaram.

  Ela sorriu de forma sínica para ele antes de se virar e sair, fechando a porta e deixando um Naruto depressivo para trás.


Notas Finais


Então gente, foi isso, até logo :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...