1. Spirit Fanfics >
  2. Sweet peaches. >
  3. Suave.

História Sweet peaches. - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


oi depois eu coloco coisa aqui

Capítulo 1 - Suave.


Kaito havia brigado com Maki, admitia que o motivo tinha sido bobo, apenas uma discussão casual sobre a garota ter ataques de raiva com muita frequência e acabava por descontar em Momota, no final a conclusão foi que Harukawa saísse, e por conta que Kaito tinha dado-lhe carona, pegou apenas um táxi e saiu do restaurante sem dizer nada, o rapaz apenas suspirou e pagou parte da conta.

Assim que saiu, Kaito pegou um cigarro do bolso e hesitou antes de acender, sabia que seu marido odiava o cheiro de cigarro que permanecia em seu corpo após o ato, porém apenas limpou seus pensamentos e acendeu o cigarro, levando-o contra os lábios, inalando o conteúdo e soltando a fumaça em seguida, soltou o último suspiro triste quando olhou para o céu, vendo-o apenas escuro, desprovido de estrelas ou da lua. — talvez seja hora de voltar pra casa. — Momota pensou alto, caminhando até a moto, antes descartando o cigarro e pisando logo em seguida.

A viagem foi silenciosa, apenas apreciou em se acalmar com o vento calmo que passava pelo seu rosto, sentindo um alívio instantâneo quando localizou o apartamento em seu campo de visão. Após passar por um sinal, Kaito desajeitadamente estacionou a moto, pescando a chave entre seus bolsos, levando-a e dando passos rápidos até o elevador, pensou em mandar uma mensagem para Saihara perguntando se o mesmo já estava em casa, porém, caso estivesse no trabalho, não poderia atender o telefone, então descartou a ideia e apenas aguardou que o elevador chegasse ao décimo quarto andar.

Quando as portas se abriram, Kaito saiu com uma pressa, caminhando até a porta do apartamento e não perdendo tempo para abrir a porta, assim que foi recebido com um cheiro intenso de canela, concluiu que seu marido estava em casa, soltando um suspiro gélido que mal sabia que estava preso entre os lábios, trancou a porta com cuidado e passou pelo corredor, indo até o quarto.

Não pode resistir de sorrir quando foi recebido pela visão de Shuichi entre os cobertores, com o óculos de leitura quase na ponta do nariz, e passando preguiçosamente os olhos pelas linhas do livro, ele parecia sonolento demais para perceber a presença de Kaito, então apenas tirou o casaco tentando não fazer qualquer movimento brusco e se deitou ao lado de Saihara, que então percebeu sua presença, dando um sorriso desajeitado. — como foi seu dia? — a voz calma de Shuichi o derreteu, apenas teve forças para deitar a cabeça entre as pernas do rapaz, buscando por algum conforto após o capítulo de estresse que tinha passado, seu marido entendeu o que havia se passado e apenas se concentrou em guardar o livro no criado mudo, junto de um copo d’água, e após isso voltou a dar atenção para Kaito, cuidadosamente passando os dedos aquecidos pelos fios roxos, Momota então se sentiu calmo o bastante para fechar os olhos e se concentrar apenas no toque de Shuichi. — venha aqui. — quando Kaito abriu os olhos, viu Saihara de braços abertos, não respondeu verbalmente, apenas decidiu abraçar Shuichi e tentar acalmar os pensamentos acumulados em sua mente.

Mesmo que não estivessem em uma conversa verbal, Momota entendia a língua corporal de Saihara e vice-versa, não precisavam falar para entender o que o parceiro pretendia fazer a seguir. Após a sessão de troca de carinho entre Shuichi, Kaito pode descansar, dormindo entre os braços de seu marido e concluiu que não podia estar mais calmo.

——

Momota despertou com algo de agitando contra seu corpo, abrindo os olhos e vendo Saihara tentando sorrateiramente sair do abraço e fazer algo, Kaito apenas o olhou com uma expressão pensativa, tendo sua resposta logo em seguida.

— banheiro. — e então soltou Shuichi do aperto, olhando o rapaz caminhando desajeitadamente até o banheiro, Momota mal havia notado na noite passada que Saihara estava com uma de suas blusas antigas, que não chegavam a cobrir suas coxas porém ficavam docemente largo entre seus braços e cintura. 

Após Shuichi voltar do banheiro, sentou na beira da cama observando Kaito coçar os olhos, ainda com sono, logo após isso, se inclinando para Saihara, apenas bicando os lábios finos do rapaz, Shuichi sorriu contra o beijo, assim deitando ao lado de Momota, voltando a posição anterior porém agora era ele quem descansava nos braços de seu marido, transformando então o beijo desleixado em algo mais sério, a mão de Kaito deslizou para a nuca de Shuichi, o outro teve apenas o impulso de apoiar os braços próximo a cintura de Momota, e então, Kaito se sentou, puxando Saihara próximo de si, derretendo com a forma que o garoto se acomoda em seu colo, o mais alto então rastejou as mãos até o rosto de Shuichi, que sorriu suavemente.

— se sentindo melhor?

— sim.


Notas Finais


depois escrevo aqui🥳


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...