História Sweet Revenge - Capítulo 19


Escrita por: e SehunMeDa

Postado
Categorias TWICE
Personagens Personagens Originais
Tags Interativa, Interativa Kpop, Kpop Interativa, Vagas Fechadas
Visualizações 39
Palavras 1.386
Terminada Não
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi oi anjos~

Dessa vez eu demorei um pouco mais, né?

Sorry~

Mas enfim, esse capítulo foi muito fofo de escrever, e tem duas pequenas pistas nele que espero que vocês consigam entender kkkkkk (mas uma vai ser bem óbvia mesmo)

Bom, espero que gostem, bye~

Capítulo 19 - 019 - Feelings and secrets



“Sweet Revenge vêm sendo um dos grupos rookies mais comentados nas mídias, alcançando um enorme sucesso já de primeira, com suas faixas título sendo ouvidas em cada parte da Coreia.”

As nove garotas ouviam a manager ditar as palavras lidas em seu celular, sem poder conter um sorriso orgulhoso no rosto, afinal, significava que seu esforço estava mostrando resultados, e aquilo era importante.

- De acordo com o que Donghee estava me mostrando, com todos os dados e estáticas e... Bem, matemática em si, as porcentagens de vocês crescem cada vez mais. – Minhae se sentou de frente para aa garotas. – Vocês já estão aptas para ganhar o first win, se semana que vêm, a apresentação de vocês como Sweet Revenge alcançar as expectativas, as chances de vocês vencerem são bem altas. – As garotas se olharam com um sorriso. Só precisavam se esforçar um pouco mais.

Elas não vinham de nenhuma empresa da Big Three, mas também não estavam por fora do topo das músicas do momento.

- Bom, como devem saber, a partir de amanhã, vamos começar a nos focar totalmente no stage de vocês, então devem estar devidamente descansadas. Sabem o que significa? – As garotas encararam a manager com olhares esperançosos. – Exatamente, hoje vocês podem tirar o dia para esfriar a cabeça e relaxar, a única coisa que eu peço é que não vão dormir muito tarde.

- Tudo bem. – Responderam quase que em uníssono, e então Minhae deixou o apartamento. Assim que a manager saiu, as garotas deixaram seus corpos caírem sobre o sofá, haviam tido um longo tempo de prática no dia anterior, e estavam mais do que cansadas.

- Se importam se eu voltar a dormir? – Soso perguntou enquanto bocejava e passava as costas da mão sobre os olhos.

- Pode dormir, Sohyun ah. – Jiah sorriu apara a garota, que mesmo com sono e parecendo meio perdida, sorriu de volta, e então voltou para o quarto. – E então, o que faremos hoje? – Olhou para as mais novas, que por sua vez, se entre olharam, nenhuma delas sabia muito bem o que fazer.

- Bom, eu estou com fome, vocês não? – Kihyu perguntou.

- Um pouco... O que temos pra comer? – Sunhee se levantou, indo até a cozinha e abrindo a geladeira. – Hm... Hyu, se quisermos cozinhar, vamos ter que ir até o mercado.

- Pode ser. Vamos eu e você? – A Yoon perguntou enquanto se levantava e já arrumava o cabelo em frente ao espelho da sala.

- Eu vou junto. – Becky, apesar de não ser a melhor cozinheira do mundo, se levantou também.

- Certo. Jiah unnie, a gente já volta. – A Bae disse rapidamente enquanto saía com as outras duas.

As garotas ficaram em silêncio, algumas cansadas demais para sequer falar, outras, como Lumi e Clarie, haviam dormido de novo.

- Unnie. – Louise, que estava ao lado da mais velha, se deitou ao seu lado.

- Sim?

- Posso te fazer uma pergunta?

- Claro que pode.

- Como você... Hm, quer dizer, você já se apaixonou, né?

- Ahn... Já sim, por que?

- Como você descobriu que... Bem... Como você notou que estava apaixonada? – Jiah ergueu os olhos, aquela era uma parte engraçada de sua vida.

- Bom, vou te contar uma história, ok?

- Eu também quero ouvir. – Sohyun, que estava quieta até então, se juntou às duas, abraçando os joelhos.

- Certo. Então, quando eu era mais nova, tipo... Quando eu tinha uns quinze anos, eu morei nos Estados Unidos por um tempo.

- Uhum.

- Meu pai viajava muito, e a gente sempre estava se mudando de um estado pro outro. Eu morei um tempo em Nova York, depois um tempo Miami, e um tempo em Chicago. E quando eu estudei em Chicago, eu fiz amizade com um garoto que era um pouco mais novo do que eu, mas ele sempre foi mais alto. – Um pequeno sorriso apareceu nos lábios da Im. – E bom, eu e ele tínhamos uma amizade muito boa, sabe? Mas teve um dia que ele simplesmente teve que ir embora, e nunca me contou o porque.

- Uau, unnie, sua vida parece o roteiro de um dorama.

- Pois é. E quando eu, meu pai e meu irmão voltamos para a Coreia, e eu fiz a audição para entrar na Star Ship, eu acabei encontrando ele de novo.

- Sério? Onde?

- Bem... Eu ainda tinha o telefone dele, e eu fiquei sabendo por alguns boatos de que ele estava na Coreia. – Sohyun e Louise se entre olharam curiosas.

- E quem era ele, unnie? – A mais velha sorriu ao mesmo tempo em que sentiu o rosto corar, e olhou para cima como sempre fazia quando estava envergonhada.

- Johnny Seo. Mas respondendo sua pergunta, Louise, antes de qualquer um de nós sequer pensar em debutar, nós saímos algumas vezes, e acabou que depois de um tempo a gente só meio que notou que não era exatamente amizade...

- Woah... Alguém sabe disso? – Sohyun perguntou.

- Tirando vocês? Não... Não sou tão corajosa quanto o Taeyong e a Sunhee... E depois do que aconteceu com a Cube e o namoro da Hyuna e do E’Dawn... Nem sei se quero quer coragem.

- Falando nisso, como estão as coisas na Cube? – Louise, sabendo da amizade da Im e da Kim, perguntou, parecendo realmente curiosa.

- Ah, estão... Bem, um tanto preocupantes. Mas a Hyuna está feliz, é o que importa.

- Own, unnie, você é tão fofa. – Sohyun apertou uma das bochechas da mais velha, que sorriu.

- Posso pedir uma coisa pra vocês?

- Pode.

- Hm... Vocês podem guardar isso como segredo?

- Claro que podemos.

- Obrigada. Mas Louise... Por que a pergunta? – A francesa a encarou como se ela própria tivesse esquecido o motivo de sua pergunta. – Está apaixonada por acaso?

- Hm? Ah! Não, não, não... Eu acho...

- Você acha? – Sohyun a encarou com uma sobrancelha erguida.

- Bem...

- Yah, não precisa nos dizer se nem você tem certeza ainda.

- Ok...

- Mas pense bem nisso, Louise, estar apaixonada não é ruim.

- Eu não estou apaixonada. – A Kim fez um pequeno bico nos lábios e virou a cabeça para o lado.

- Está bem então.

- E você, Sohyun ah?

- Eu? – Sso parou para pensar. – Sabe que nunca pensei nisso?

- Ah é?

- É. Não sei, acho que não estou apaixonada por ninguém. – Dando o assunto por encerrado, a Kim se levantou e foi até o quarto, deixando as outras duas sozinhas na sala junto com as garotas que dormiam.

- Acha que ela estava falando a verdade? – Louise perguntou, apoiando a cabeça sobre o ombro da mais velha.

- Não faço ideia, Louise.

- Além disso, unnie, posso pegar seu celular emprestado?

- Hm?

- Eu queria falar com a minha irmã hoje...

- Pode pegar, eu só... Não sei muito bem onde eu deixei. – A Kim riu da expressão confusa da mais velha e pulou do sofá.

Após mais alguns minutos de espera, as três que haviam ido ao mercado voltaram, e foram direto para a cozinha.

A tarde agora se aproximava, e todas já haviam acordado mais uma vez. Já haviam comido e estavam mais do que satisfeitas,

Kihyu, entre todas, parecia a mais entediada. Jogada no sofá de cabeça para baixo, a maknae observava as outras garotas na sala, até notar a falta de uma.

- Unnies, cadê a Lumi unnie?

- Hm? Não sei, Hyu... – Louise a procurou com os olhos também. – Deve ter ido pra quarto.

- Eu vou ver ser ela tá bem, ok? – Sem esperar resposta, a Yoon se levantou do sofá e tomou caminho da sala até o quarto da chinesa.

Tamanha foi a surpresa ao entrar lá e encontrar a mais velha – que sempre parecia muito feliz – com os braços cruzados sobre as pernas e o olhar perdido em algum ponto do quarto.

- Unnie. – Kihyu se sentou ao seu lado. – Tá tudo bem?

- Tá, tá... Eu só tava pensando... Hyu ah, hoje eu ouvi as unnies falando sobre estarem apaixonadas por alguém...

- Ah, sério?

- Sim, aí eu comecei a pensar... Você acha que... Hm...

- Pode me contar unnie, seu segredo vai estar protegido comigo.

- Você acha que seria estranho se eu gostasse de uma menina?




Notas Finais


Eu juro que eu tentei fazer um cap mais leve mas não seria eu se não tivesse suspense né kkkkkk

Enfim, espero que tenham gostado, bye~

Além disso, o que vocês achariam de uma oneshot em off da história pra comemorar os 40 favs?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...