História Sweet Revenge (YoonMin) - Capítulo 2


Escrita por: e _Yangire_

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Suga, V
Visualizações 18
Palavras 918
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá...
O capítulo de hoje tá meio chatinho, mas o próximo bebês! Nós aguardem né, @_Yangire_?
Tsc, tsc... Inocentes... Enfim, leia, leiam!
E, se estiverem gostando, deixem seus comentários que nos incentiva muito a escrever novos capítulos!!

Boa leitura!

Capítulo 2 - Just a monotonous life


No capítulo anterior:


Fiquei com medo, confesso. Foi então que me surgiu uma coragem imensa. Peguei um copo de refrigerante da mesa ao lado, exatamente como YoonGi, e joguei em sua face, dando-lhe um banho. Segurei o pulso de Lee e sai correndo.

Foi a decisão certa? Provavelmente não! Mas faria novamente! E farei! Hoje mesmo começarei um plano para me vingar de YoonGi. O que é dele está guardado. Nos aguarde bebê!


Now:

Depois que saímos correndo do refeitório, nos escondemos dentro de uma sala, que eu nem sei de qual turma é. Enquanto corríamos eu só pensava em me vingar. Não sei se isso é bom, ou ruim.

Ficamos o resto do intervalo naquela sala, e quando o sinal tocou, nos despedimos. Minha próxima aula - infelizmente - não é com Lee.

Observei-a andar calmamente pelo corredor enquanto me virava para seguir o caminho contrário.


As últimas duas aulas passaram incrivelmente chatas e entediantes.

Quando o sinal para sermos liberados tocou, suspirei aliviado.

Lee sempre ia com o ônibus, pois morava do outro lado da cidade. Já eu, morava relativamente perto da faculdade.

Desci as escadas da saída da faculdade pondo meus fones, logo sentindo a rajada de ar fresco colidir em meu rosto bagunçando meus cabelos. Respirei fundo, colocando o capuz de meu moletom e ajeitando os fones no ouvido.

Quando estava perto da entrada de minha casa, ouvi um grupo de meninos atrás de mim, se aproximando enquanto davam gargalhadas. A primeira coisa que me veio à cabeça foi… Crepúsculo. Sim, Crepúsculo! Aquela cena em que o Edward salva a Bela e blá blá blá. Por que meu cérebro não me alertou de que eu poderia ser sequestrado e estuprado ali mesmo? Ou talvez me lembrado de algumas artes marciais que tentei aprender quando mais novo? Argh!

Respirei fundo, me preparando para correr… contei mentalmente…

1…

2…

3…

Corri como se não houvesse amanhã.

Só parei quando cheguei em casa. Me escondi atrás do muro ao lado do portão, de modo que quem passasse pela calçada não me visse. Logo as gargalhadas foram ficando mais altas, e pela minha frente passaram BM, YoonGi e Sehun. Ainda bem que eu corri, senão apanharia ali na rua mesmo.

Assim que eles se foram, me virei logo subindo as escadas e abrindo a porta.

Minha mãe viu que cheguei, e se pronunciou:


-Lave as mãos e venha, deve estar com fome. _disse ela enquanto mexia alguma mistura em um pote.


-Sim Omma! _disse.


Subi as escadas e passei em meu quarto, joguei minha mochila e fui ao banheiro lavar as mãos, logo descendo as escadas novamente e me dirigindo a mesa, já pronta.


-Como foi a aula, meu filho? _perguntou minha mãe, parecendo ansiosa.


Logo o ocorrido com YoonGi me veio á cabeça, ainda não tenho um plano, mas tratarei logo de ter um e principalmente, por em prática.


-Foi bem… entediante. _respondi sem ânimo.


-Ah… _murmurou.


-Agora coma. _continuou a mais velha com um tom autoritário.


Não continuei a conversa, apenas abaixei a cabeça e comi em silêncio.

Logo após terminar a janta, ajudei a lavar os pratos e finalmente subi as escadas, morrendo de preguiça.

Me joguei em minha cama, enquanto pegava meu celular para ver as horas. Com isso acabei vendo o Kakao, que continha uma nova mensagem.


“Número Desconhecido: Você vai se dar muito mal.”


-Isso é estranho… muito estranho. _franzi o cenho.


Apaguei a mensagem, e joguei meu celular na cama. Acabei nem vendo as horas. Me ajeitei na cama, e olhei o teto fixamente por alguns instantes.

Mesmo morrendo de preguiça tenho que terminar o maldito trabalho da faculdade. Puff…




Levei minhas mãos até meu rosto, coçando levemente os olhos enquanto olhava as horas em meu celular. 23:59. Finalmente acabei a droga do trabalho. 2 horas da minha vida para um simples trabalho. Estou morrendo de sono, acho melhor ir dormir logo, por que se não, me atrasarei como hoje de manhã.



Levantei-me preguiçosamente da cadeira, indo em direção ao guarda roupa. Peguei o básico, uma camiseta larga, uma calça de moletom e uma box preta.

Caminhei até o banheiro lentamente, sentindo o chão frio em contato com meus pés, logo abri a porta e entrei. Tranquei-a; Lembro que uma vez, quando eu era bem pequeno, minha mãe entrou no banheiro justo quando eu estava me trocando. Dês desse dia, comecei a trancar a porta.

Me despi calmamente e com muita preguiça, e entrei embaixo da água quente do chuveiro. A água quente me fez relaxar, me fez esquecer Suga, Lee e qualquer outra pessoa.


Saí do banheiro, ainda com a toalha em mãos para secar o cabelo, andei até meu quarto. Pendurei a toalha na cadeira, porque se colocasse em cima da cama, seria motivo de broncas pela manhã, e eu também não ia dormir em cima da toalha molhada.


Me deitei na cama pela milésima vez nesse dia, esperando agora poder pegar no sono.


01:54 PM


Por que eu ainda não dormi? Aish! Só pode ser a vida querendo me ferrar!

Sem sono, comecei a pensar em coisas sem sentido, quando me veio á cabeça o plano de contra YoonGi. Plin… uma lâmpada acendeu em minha mente.


Talvez se eu seduzir ele, e depois largá-lo? Hmmmmmmm…


É… vai ser difícil, muito difícil. Mas essa é minha decisão. Por Lee… 

E com esses pensamentos doidos, acabei caindo em um sono profundo.





Coitado de Jimin. Nem sabe que seu nome é Park Ingênuo Jimin!

Em apenas um dia muitas coisas acontecerão:


Pela manhã, uma ida inesperada;


A tarde, uma surra nem tão fraca assim;


A noite, uma loucura atrás da outra, e bebida rolando solta;


O que será que acontecerá no próximo capítulo?


Notas Finais


Bye bye amores... Soltei a bomba e sai correndo. Ansiosos (as) para o comeback de amanhã??
Um beijo!
Até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...