História Sweet Secrets - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Abo, Chanbaek, Hunhan, Jongdae!kid, Kyungsoo!kid, Sulay, Taoris, Xiukai
Visualizações 58
Palavras 1.022
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fantasia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Five


1 Mês Depois

Chanyeol

Depois daquele fatídico dia do show onde acabou não sendo de todo desperdício, Luhan só faltou me assassinar quando sentiu que eu estava com cheiro de sexo. Ele enlouqueceu e gritou comigo o caminho todo sobre irresponsabilidades e sobre o perigo de ser sequestrado e morto, mas não se deve chorar por aquilo que já foi. Eu fiquei tranquilo, afinal, não encontrarei aquele cara novamente mesmo. Tudo estava correndo bem, continuei estudando e trabalhando até que de repente comecei a me sentir mal por dias. Como odeio hospital, acabei não indo mas hoje parecia tudo rodar e rodar.

-Você tem que ir ao hospital Channie, e se for alguma coisa grave? -Luhan murmurou preocupado. Acabei concordando mentalmente com ele mesmo que não quisesse. Eu não posso ficar doente pelo resto da vida e é isso que me deixa pior, não saber que tipo de coisa me espera.

Com a ajuda de Luhan consegui me arrumar e esperei até que ele pegasse as chaves para ir. Durante o caminho minha cabeça rodava em mil e uma coisas. Sempre fui bem regrado com comida, nunca passei dos limites, nada de errado tinha acontecido, não tomei remédios errados e... Era isso.

-L-Luge...

-Sim? Está piorando? Quer desmaiar?

-Não mas... Eu me lembrei do que pode ter acontecido. -Murmurei assustado. Isso não pode estar acontecendo comigo. Não pode ser real. Minha vida está indo abaixo nesse exato momento e já posso ouvir todos os xingamentos do mundo que receberei.

-E então?

-Lembra daquele dia? Do show?

-Lembro daquela merda toda que você aprontou. Por quê?

-Porque... Você sabe que eu não tenho costume de transar com ninguém. Sou praticamente um novato em questão sexo e por falta de costume eu... Meio que esqueci o remédio do dia seguinte e eu... -Suspirei passando a mão pelo rosto.

-Não usou camisinha não é?

-Não.

-Droga Yeol. -Luhan ficou sem palavras por alguns instantes e eu não sei o que passa por sua mente. Meu amigo sempre foi pé no chão para esses tipos de questões e é sempre ele que me lembra de tomar todos os remédios. Luhan sempre cuidou de mim e sinto que acabei de desapontá-lo da pior maneira. -Eu não sei o que dizer.

-Acho que não é necessário. Você não tem culpa e eu... Posso tirar. -Comentei baixo mesmo a ideia nem tenha passado pela minha cabeça como uma opção. Jamais teria coragem e crueldade para fazer algo assim com uma vida.

-Você nem brinque com uma coisa dessas. Nunca que eu iria deixar essa loucura acontecer. Independente do que houve naquele dia e da sua irresponsabilidade essa criança vai ser muito bem cuidada e amada aqui. Eu queria mesmo é que você tivesse como saber quem é o appa. Não seria legal ter um filhote e ficar sem saber que tem. -Luhan tem total razão. O alfa não pareceu uma pessoa ruim mas infelizmente eu não peguei o contato. Ele tinha dito que iria me seguir mas talvez tenha esquecido.

-É injusto, mas eu não tenho como. No dia, o alfa pediu meu twitter mas provavelmente esqueceu.

-E o nome dele?

-Eu realmente não consigo me lembrar mas ele era mais baixo e tinha os cabelos loiros. Um dia, quem sabe o destino não nos ajude a encontrá-lo? Pode ser que a vida resolva sorrir novamente. E quem sabe ele more aqui em Seul, vai que um dia acontece.

-Você tem razão. Por enquanto vamos cuidar dessa criança. Aproveitando que estamos indo ao hospital, já vamos procurar alguém para fazer o pré natal e ver se tudo está bem. -Chegamos no hospital e depois de dar as informações necessárias ficamos esperando até que o médico abrisse a porta.

-Park Chanyeol?

-Sou eu.

-Me chamo Kim Yoonsu. Então você suspeita de gravidez certo? Vamos fazer os exames. Por favor deite-se na maca e levante a camisa. Faremos uma ultrassom. -Fiz o que me foi pedido e senti um gel gelado na barriga e logo a pequena máquina passando na barriga quando um som se fez presente. Era um pouco estranho e rápido. -Realmente, tem um bebê de mais ou menos um mês aqui. Esse é o coração dele. Seu filhote está saudável.

-É tão mágico. -Luhan disse e eu assenti. Ouvir o coração dele está fazendo o meu acelerar em um ritmo frenético. É meu filhote ali, uma vida que eu já estou amando.

O médico me limpou e em seguida deu as prescrições em caso de enjôos e outras coisas mais. Saímos um pouco mais aliviados por saber que o bebê está bem e que em breve estará conosco. Me senti pronto para encarar isso mesmo com medo do que pode acontecer. É uma vida.

-Eu me sinto diferente. Será que é normal já amar essa vida? Eu não sei. É como se tivesse sido planejado. Não consigo ficar irritado ou triste por ter chegado nesse momento. Será que estou pensando certo? Eu não entendo.

-É normal sim. Minha omma dizia que quando ficamos grávidos é como se um sinal aparecesse e dissesse que aquilo é tudo o que sonhamos, independente de se antes não queríamos isso. O nosso lobo se adapta ao fato de ser um omma, de carregar um bebê. Ele se apossa desse sentimento e por isso o amor pelo bebê surge tão rapidamente e talvez por isso um appa não sinta a mesma coisa. A maioria deles tem o instinto de proteção e amor natural, mas eles tem mais facilidade em negar um bebê pois não tem o sentimento de carregar e cuidar dentro de si.

-Uma vida sempre mexe com as pessoas. Eu vejo as famílias com seus filhotes e penso que são tão lindos e completos juntos. Nunca pensei que passaria por essa situação, ao menos, não desse modo mas me sinto feliz e irei até onde for por eles. Eu só espero que um dia a vida seja generosa em trazer o appa desses meninos aqui.

-Eu também espero. Parece que seu lobo gostou do alfa. Você tem pensado nele mais do que normalmente fariam em caso de uma única noite. Pode ser que tenham se sentido ligados desde o primeiro momento e se for isso. Ele está na outra ponta do Akai Ito.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...