História Sweet Secrets - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Abo, Chanbaek, Hunhan, Jongdae!kid, Kyungsoo!kid, Sulay, Taoris, Xiukai
Visualizações 60
Palavras 1.042
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fantasia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Six


Chanyeol

Havia se passado um mês desde que descobri a gravidez, ou seja, estou com dois meses e infelizmente nesse tempo ainda não descobri os prazeres de estar esperando um bebê. Senti tonturas e enjôos durante todo o tempo e Luhan tinha que aguentar minhas constantes mudanças de humor. Ele nem mesmo fala mais sobre seus preciosos idols.

-Está fazendo o que parado ai? -Luhan questionou. Fazem alguns minutos que eu estou procurando algo interessante na TV mas nada parecia muito agradável aos meus olhos.

-Não sei o que assistir. -Ele deu de ombros e foi para a cozinha, no mesmo instante começou a passar um anúncio de um grupo, aquele que Luhan gosta. Eles estarão encerrando a turnê hoje em Tokyo. Me assustei e arregalei os olhos quando um dos membros passou na tela. Claramente foi o garoto que ficou comigo no show. -LUHAN, VEM AQUI AGORA.

-O QUE? -Ele veio correndo e eu apontei para a TV. -São o Elysium. O que tem eles? Você se interessou pelo meu grupo agora?

-Luge... Eu não sei como te falar e nem como aconteceu, mas, eu só sei que aquele ali, de cabelo rosa, foi com ele que fiquei naquele show.

-Hã? Chan, você enlouqueceu? Olha... -Luhan me olhou estranho.

-Foi ele Luhan, eu tenho certeza. O nome dele... É Bekhun? Algo assim.

-Baekhyun.

-Isso. Eu me lembro dele. Na época do show seu cabelo era loiro e ele tem um sorriso quadrado. -Luhan ficou mudo. Eu não sei se ele está acreditando em mim ou não mas garanto que mais assustado que eu ele não está. -Droga... Quer dizer que eu fiquei com um cara famoso, é isso? Vou ter um filho dele?

-Chan... Se é isso mesmo. Eu nem sei o que te dizer. Você disse que se encontrasse o appa do seu bebê iria contar para ele, mas e agora?

-Eu não posso arruinar a carreira dele assim. E os fãs? Eles vão me perseguir e ao meu bebê dizendo que sou interesseiro, não quero isso para a minha vida. Eu simplesmente não vou poder fazer isso. Sei que é errado mas... Eu tenho medo, mais do que já estava tendo e agora, isso tomou um rumo diferente do esperado.

-Eu sei que não é fácil mas pensa melhor. Não toma esaa atitude assim. Baekhyun iria gostar de saber que terá um filho. Eu não estou contra você, é só que... Esconder um bebê é algo grave demais e nós sabemos que pode dar muito errado.

-Você tem toda razão Luge. Vamos fazer assim então, durante minha gravidez Baekhyun não saberá de nada. Sabemos que as fãs, a mídia, muitas pessoas envolvidas podem me odiar e eu não quero ter uma gravidez com dificuldades, não quero que meu bebê sofra com isso e nem eu. Teremos isso tudo em silêncio e quando completar os 9 meses posso começar a tentar entrar em contato com Baekhyun, talvez ele possa assistir o parto. Esse momento é importante e não posso deixá-lo de fora.

-Pois eu concordo. Como fã daquele grupo entendo que algumas pessoas passam dos limites e podem tentar contra sua vida. Iremos ser bem cautelosos. Só sei que esse bebê vai nascer a coisa mais linda do mundo. Vocês dois tem visuais incríveis e esse pequeno vai ser muito amado e desejado do jeitinho que sei que você vai cuidar bem. A paternidade nunca foi um grande sonho seu, mas embora isso, também te conheço o suficiente para saber que vai amá-lo mais do que qualquer coisa nessa vida. -Abracei Luhan e sorri.

Ele me conhece muito bem e pode dizer com firmeza o quanto a maternidade não era um sonho real. Sempre fui aquele tipo de ômega que seria muito bem negado pelos alfas por não ser o padrão. Sou alto demais, tenho a voz grave e sem dúvida nenhuma, zero por cento submisso. Não abaixo minha cabeça em momento nenhum da vida e talvez coisas como essa tenham me tornado mais facilmente negado entre alfas mas nunca me importei muito com isso devido o fato de nunca ter realmente dado a devida atenção para casamentos, alfas e filhotes. Minha família sempre me achou a ovelha negra de casa por isso mas prefiro fingir que apenas não conseguem aceitar que eu tenha muito mais cérebro do que eles por não me deixar submeter para qualquer um. Existe também o fato deles sempre terem procurado por alfas para mim e eu ter altamente negado todos, mesmo que cheios da grana. Para mim, tudo o que importa é uma boa faculdade, meus estudos. Alfas não são bem vindos em meu pensamento e agora, me enrosquei com um e terminei grávido.

-Você sempre tem razão. Eu amo-o desde o momento em que a possibilidade passou por mim. Um filhote é capaz de aflorar até mesmo os mais negativos ao fato. Meu filhote será amado, desejado e muito feliz. Quero que conquiste uma infinita quantidade de sonhos e tudo aquilo que estiver ao meu alcance fazê-lo, ele terá. Continuarei escrevendo minhas músicas para que seja ouvida no mundo.

-Quem sabe um dia não tenha uma letra sua gravada pelo seu alfa?

-Ele não é meu alfa Luhan, pare de sonhar com isso. Nós só nos vimos uma vez e pode ser que ele encontre futuramente alguém que ame de verdade. Uma vez não é suficiente para definir amor ou romance de alguém. Não fique lendo suas fanfics por aí que isso aqui é vida real ok? Não sonhe muito com isso.

-Você é a pessoa mais chata que conheço. Eu sei tudo sobre eles e posso te dizer tudo aquilo que sei sobre Baekhyun. Não se esqueça de que a vida dele é pública então você pode acabar se apaixonando de verdade por um cara que só viu uma única vez. Ninguém nunca disse que são necessários anos e anos de luta para amar alguém. Eu mesmo me apaixonei pelo Sehun assim que pus os olhos nele e nem precisei ter contato. As coisas podem acontecer dessa maneira.

-Tudo bem, mas eu não vou criar esperança da família feliz com ele. Podem existir outros planos e também, passou-se um mês. Ele nem deve se lembrar mais de mim ou teria me seguido no mesmo instante.

-Você não conhece as voltas que a vida pode dar meu amigo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...