História Sweet Story Of True love between US - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias SOTUS: The Series
Personagens Arthit Rojnapat, Bright, Kongpob "Kong" Suthiluck, Personagens Originais, Prem, Tew, Wad
Visualizações 3
Palavras 981
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 28 - "Capítulo 27"


Dêem suporte a Fanfic. Votem e comentem amores. Boa Leitura.

AVISO: CAPÍTULO CONTENDO SMUT/LEMON. 💁🍷
°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°
[1 mês depois]

A recuperação de Kongpop durante o mês inteiro foi intensa, mas ocorreu tudo muito bem. E os seus belos filhos fariam um mês amanhã, um domingo.
A mãe de Arthit, sabia que o casal precisava de um tempo apenas para eles, então se prontificou para cuidar dos netos durante aquele sábado, mas que no domingo a presença deles era obrigatória para a festinha dos gêmeos.

Kongpop arrumou a casa toda, enquanto Arthit trabalhava de manhã, era pouco tempo, apenas organizar alguns papéis que tinham sido entregue para o fornecedor errado.
Kongpop colocou rosas no assoalho, alugou dois filmes de comédia, comprou pipocas de vários sabores, e dois litros de refrigerante. Aproveitou e comprou uma camisinha também, vai que Arthit queira jogar um futebol.

Arthit chegou em casa a 1 hora todo molhado, a chuva lá fora se fez presente, começando meio dia e inundando as ruas.
Arthit travou ao entrar em casa, olhou para as pétalas de rosa espalhadas, o refri, os filmes, a pipoca. Ele sabia oque isso significava, uma tarde todinha com o mozão. Só eles desfrutando do apartamento. Arthit deu uma olhadinha para a camisinha em cima da mesa também, dando uma risadinha baixa.

Kongpop apareceu só de boxer na sala, com uma blusa de mangas compridas na cor preta, Arthit achou aquela cena incrivelmente sexy. E como fazia tempo que os dois não faziam amor, por todas as coisas que aconteceram, Arthit já estava excitado, tanto que nem percebeu que já se encontrava nu.
Kongpop o abraçou, estava morrendo de saudades de toca-lo e de fazer de seu corpo seu.
Kongpop resolveu inovar em seus métodos sexuais, ele comprou duas algemas, e colocou nas mãos de Arthit, o deitando no sofá.

Kongpop pegou um gel no sabor morango e chocolate, e despejou pelo corpo de Arthit, que arfou ao sentir o líquido gelado escorrendo por seu corpo. Kongpop se abaixou e começou a lamber sua barriga, passando a língua entre os lábios de uma maneira sexy e provocadora. Quando chegou ao membro de Arthit, deu uma lambida em sua glande inchada para provocar tesão ao mais novo.

Kongpop engoliu o membro de Arthit inteiramente, lambendo seus testículos e toda a cavidade de seu membro. Arthit não aguentava aquelas provocações, eram torturas sexuais. Não era algo justo, por isso Kongpop parou. E com um dos dedos, ele foi em direção a entrada de Arthit o fazendo gemer.

__ ahhh_hmm.__ Arthit queria o membro de Kong a tanto tempo, se pensar nos 9 meses em que ele ficou sem ninguém, seu corpo já necessitava de toques e carinhos do namorado.
Kongpop havia retirado e jogado sua boxer no chão, abrindo mais as pernas de Arthit e, ficando ao meio delas.
Quando ele posicionou seu membro na entrada do menor, ele ergueu os olhos e o encarou esperando por sua concordância.

Quando Arthit balançou a cabeça, assentindo para Kongpop começar com os movimentos, Kongpop enterrou seu membro em Arthit o mais fundo que conseguiu ir. E começou já com rápidos movimentos.
O tesão era tão profundo que eles dois não aguentariam tantas preliminares, estão Kongpop já foi logo metendo com vontade, fazendo com que Arthit gemesse alto a cada movimento seu.

Kongpop masturbava o membro do menor junto a cada estocada que dava profundamente no menor. Até que gozou dentro de Arthit, sem tempo de lembrar que a CAMISINHA, ainda estava fechada em cima da mesa.
Como Arthit ainda não estava em seu ápice, Kongpop continuou metendo nele rapidamente, o fazendo uivar de prazer ao ejacular em cima do sofá, sujando seu abdômen e a mão de Kong.

__ Ahhhh porra, uoouu ahhh.__ Arthit gemia, enquanto Kong enterrava seu membro mais uma vez contra a próstata dele. Caindo sobre seu corpo sujo de esperma.

Kongpop se inclinou mais e começou a beijar Arthit, beijos molhados e tomados de prazer. Que de tanta tesão acumulada fizeram sexo mais duas vezes, uma na cozinha e, a última no banheiro onde aproveitaram para tomar um banho refrescante.

22 horas da noite......

Kongpop colocou o filme de comédia "Missão impossível" e deitou com Arthit, os dois apenas de boxer, abraçados no sofá. Kongpop fez pipoca de manteiga, a preferida de Arthit e, pegou um copo de refri para ambos e, foi deitar no sofá.
Durante o meio do filme Arthit adormeceu, e Kong o cutucou na cabeça para que acordasse e fosse com ele para cama.
Ele desligou a tv, arrumou e lavou os copos e o pote que estava a pipoca e foi para o quarto, onde Arthit já dormia apenas de boxer e com a bunda meio empinada para sua direção.

"Que Doce Visão." Kongpop pensou sorrindo ao se aproximar e deitar na cama ao lado de Arthit para dormir.

__ Uma vez você me fez uma pergunta, sobre oque eu sentia por você. E eu respondi a noite, de madrugada e você fingiu não ouvir. Eu gostaria de responder aquela pergunta novamente, desta vez com mais certeza na voz. Você é meu doce e único amor verdadeiro, e eu vou te amar até o último dia da minha vida. Então, Arthit Rojnapat, você aceita casar comigo? __ Perguntou Kongpop de costas para Arthit, com lágrimas de emoção descendo dos olhos.

Arthit virou o próprio corpo para o outro lado, encarou Kongpop com os olhos marejados e um enorme sorriso e disse emocionado.

__ Idiota, é claro que eu aceito. Meu coração é seu, assim como minha alma e meu corpo, e para sempre seguirei te amando, da maneira mais doce que eu conseguir, igual a leite de rosas. __ Arthit beijou Kongpop, e sorriu olhando nos olhos daquele que seria seu para sempre.

"Porque afinal de contas, está é a
Doce História do Verdadeiro amor entre nós."

Fim....
°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•
E eu consegui.
Acabouuuu
Agora, fiquem no aguardo que ainda tem os 5 caps especiais.
Vocês vão se surpreender.
Bjs bjs ❤😘🍷🍷



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...