História Swimmers - Showki (Joohyuk e Hyungwonho) - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Monsta X
Personagens Hyung Won, I'M, Joo Heon, Ki Hyun, Min Hyuk, Personagens Originais, Show Nu, Won Ho
Tags Changkyun, Hyungwon, Hyungwonho, Jooheon, Joohyuk, Kihyun, Minhyuk, Showki, Shownu, Wonho
Visualizações 106
Palavras 4.143
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Esporte, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente obrigado pelos comentários nos capítulos anteriores fico feliz que estejam gostando, amos vocês

Capítulo 8 - O Novo Yoo Kihyun


Kihyun se assusta pelo contato de seus lábios, mas ele não retribui o beijo, Hyunwoo pedia passagem com a língua mas Kihyun não cedia, até porque ele era fiel ao seu namorado, então tecnicamente esse beijo foi um selinho demorado. Logo Kihyun empurra o maior e tira a cabeça das coxas grossas de Hyunwoo e o olha espantado.


—Por que fez isso?! —Ele pergunta incrédulo por tal ato de Hyunwoo.


—Desculpa, e-eu não sei o que deu e mim, eu só quis fazer… —Hyunwoo tentava se desculpar pelo seu ato impensável, mas, como ele iria explicar o porquê de ter beijado Kihyun, sendo que o mais óbvio era que ele estava gamado pelo menor?


—Eu tenho namorado! Se você está pensando que eu sou adúltero está redondamente enganado!


—Eu sei que você não é adúltero, posso te conhecer a pouco tempo, mas, eu sei que você não é capaz de trair alguém… —Hyunwoo tentou falar o menos idiota possível mas Kihyun não percebera isso, ele estava muito confuso para prestar atenção no jeito que Hyunwoo falava.


—Vamos fazer o seguinte, finja que isso não aconteceu que eu pretendo fazer o mesmo! —Kihyun fala e logo se levanta fazendo Hyunwoo se levantar automaticamente. —Te vejo no treino. —O menor fala e Hyunwoo percebera a merda que fez.


—Kihyun, desculpa, eu não fiz por querer, eu não quero atrapalhar seu namoro com aquele cara… —Hyunwoo falou com uma certa dificuldade por se lembrar do namorado de Kihyun pelo qual ele não gostava, porque Yanan era e é, o completo oposto de Hyunwoo, o platinado gostava de ajudar o próximo, cuidava de tudo a sua volta com amor e dedicação, ele também era voluntário em um hospital, ele distribuía alguns livros para os que estavam internados para poderem se distrair um pouco. Não que Hyunwoo fosse um completo monstro, mas ele gostava de quem era, sempre que ele podia ele ajudava alguma velhinha, preservava o meio ambiente, mas não era na mesma frequência que o platinado. —Eu só não quero que as coisas fiquem estranhas 'pra gente, eu gosto de você, mas também gosto de ser seu amigo e ter sua companhia…


“Porra, eu gosto de você, já que eu não posso te, ter, pelo menos não me deixa sozinho, sem sua amizade…” —Hyunwoo pensou.


—Eu não vou deixar de ser seu amigo, eu só não vou me relacionar com você… —Kihyun disse tentando não magoar o maior, mas, com essas palavras que Kihyun dissera, Hyunwoo sentiu uma dor no peito, como se alguém enfiasse uma adaga em seu peito de forma grosseira. Na verdade uma adaga em seu peito de forma grosseira doeria menos que as palavras do menor.


—Entendo… Então… Eu te vejo mais tarde? —Ele pergunta encarando o chão.


—Sim… —Kihyun responde e se retira.


✥≈๑✥


Hyunwoo foi à pé para sua casa, ele estava magoado pelas palavras de Kihyun, como o primeiro garoto que ele gosta na vida faz isso com ele? Partir seu coração da pior forma possível e ainda falar que não ia se relacionar com ele? Porra Hyunwoo nunca foi de romantismo, até porque ele nunca correu atrás de alguém na maioria das vezes eram as meninas que se incinuavam a ele e ele escolhia se ia ficar ou não, na maioria das vezes sim porque ele era um vadio. Kihyun foi o primeiro que deu um fora no maior, ele foi o primeiro que deixou o coração de Hyunwoo em pedaços e sem ligar para os sentimentos dele. Hyunwoo chega em sua casa e vai direto para seu quarto, ele entra no cômodo e bate a porta com força, fazendo cair um pouco de poeira. Ele estava com raiva por ser quem era, ele se senta no chão em frente a sua cama e abraça suas pernas, em sua parede em frente a sua cama tem um espelho consideravelmente grande, que dava visão de Hyunwoo por inteiro.


—Por que eu tenho que gostar de um garoto? Eu poderia muito bem ficar com algumas meninas, encontrar uma que me satisfa-sa e me casar com ela… Por que eu tenho que gostar de Yoo Kihyun?! —Ele puxava seus fios negros e dava alguns socos em sua cabeça. —POR QUE EU NÃO SOU UMA PESSOA NORMAL?  —Ele esbraveja consigo mesmo se olhando no espelho.


Ele se levantou furioso e foi até sua mesinha de estudos onde começou a jogar seus cadernos no chão, quebrar alguns lápis, logo ele começou a chutar sua cadeira com rodinhas, pegou seu porta-lápis e jogou em direção ao seu espelho o quebrando e deixando vários trincados no mesmo junto com  alguns cacos que caíram. Ele estava surtando. Ele vai até o espelho que não o dá uma visão nítida de sua face por causa dos rachados.


—Por que eu tenho que ser assim? —Ele fala olhando seu reflexo no espelho. —Por que eu tenho que gostar desse garoto? —Ele volta a se sentar no chão ao lado de sua cama, ele abaixa a cabeça e começa a sentir as lágrimas caírem em suas bochechas. Hyunwoo não era muito de chorar ele não gostava de chorar pois acha que demonstra fraqueza e se tem uma coisa que ele não é, é fraco. Ele tentava limpar as lágrimas que caíam e tentava parar de chorar mas ele não conseguia.


“Não acredito que eu estou chorando por um garoto!” —Pensou ele.


✥≈๑✥


Já fazia um mês que Hyunwoo e Kihyun não conversavam, Hyunwoo tentava evitar Kihyun para não se decepcionar mais ainda. Mas tal atitude do maior acabara sempre com Kihyun, mas ele era muito ignorante para correr atrás de Hyunwoo, então eles se evitavam.


—Bom dia, Kihyunnie! —Yanan fala e abraça o namorado por trás.


—Bom dia… —O menor olha para o lado e vê Hyunwoo beijando uma menina, Hyunwoo estava pegando quase todas as meninas da escola para conseguir tapar o buraco que Kihyun fizera em seu coração. Kihyun sentiu um certo incômodo de ver ele beijando aquela menina. —Olha que filho da mãe! —Kihyun esbraveja.


—Do que você tá falando? —Yanan fala.


—O Hyunwoo ele já pegou umas vinte garotas em um mês… Beijar desse jeito devia ser proibido na escola! —O menor fala.


—Kihyun, você é feliz comigo? —Yanan pergunta é Kihyun sente seus batimentos acelerarem.


—S-Sim, eu sou feliz com você, por que eu não seria? —Ele disse mas por algum motivo inexistente ele se sentiu mal em dizer aquelas palavras para o platinado.


—Eu sei que a gente namora a um tempo, mas, o que sinto por você é uma coisa forte… Eu acho que te amo… —Ele fala e foi aí que Kihyun se sentiu completamente mal, ele gostava do platinado, mas não era algo forte como o platinado sentia, Kihyun sentia que estava enganando o platinado.


—E-Eu também gosto muito de você! —Kihyun fala com uma certa dificuldade e com medo do que sua resposta causaria no maior. Yanan ficou sem reação alguma com a resposta do menor, como ele pôde falar isso depois de ele dizer que o ama? Tudo bem que era muito cedo para o maior falar algo tão forte, mas, poxa não custa nada falar um “Eu também”. Para grande sorte de Kihyun o sinal tocou e ele foi para a sala de aula se xingando mentalmente por não sentir a mesma coisa que Yanan.


Vocês não acreditam no que acabou de acontecer! —Kihyun fala espantado com o que presenciou.


—Você beijou o Shownu de novo? —Changkyun fala e seus amigos repreendem uma risada.


—O quê? Não! É pior que isso! —O menor fala.


—Então fala o que é, porra! —Hyungwon fala.


—É, Kihyunnie, fala logo, deixa de mistério! —Minhyuk se pronuncia.
—O Yanan falou que me ama! —Changkyun estava tomando água nesse exato momento e chegou a se engasgar com o que tinha acabado de ouvir.


—E foi nesse momento que você disse que não ama ele porque o amor da sua vida é o Shownu! —Changkyun fala e logo em seguida dá uma risada.


—Cala a boca! Eu disse que gostava dele também… Eu fiz certo? —O menor pergunta.


—Você apenas cavou a cova do fim do seu relacionamento! —Hyungwon fala e dá uma risada da situação do amigo. —Eu estou rindo, mas é com respeito! —Ele volta a rir.


—Você é um merda, você sabia? —O menor fala.


—E você é pior porque não aceita que gosta do Shownu! —Hyungwon rebate.


—O que tem eu? —Hyunwoo fala um pouco próximo dos meninos. Ao ouvir a voz grossa de Hyunwoo, Kihyun gelou automaticamente, seus batimentos acelerarem e suas mãos começaram a suar, como uma pessoa causa esse efeito em outra facilmente assim?


—É-É… —Kihyun não sabia o que falar.


—A gente 'tava fazendo uma competição pra ver quem é o garoto mais bonito da sala! E você já tem um voto que é o do Kihyun, mas, sinceramente, eu espero que você ganhe porque você é um gostoso! —Hyungwon fala.


—Que infantil… —Ele fala se retirando de perto dos quatro amigos.


—E vocês acham que eu gosto dele, ele é um grosso, isso sim! —Kihyun fala.


—Vai dizer que você não gosta de um bad boy?! Eu já fico molhado de ver um e eu sei que você também porque sempre fica babando nos bad boys dos seriados! —Changkyun fala rindo da cara do amigo e Kihyun revira os olhos.


Eles estavam conversando sobre assuntos aleatórios até que o professor de educação física entra acompanhado pela diretora da escola, essa entrada da mesma causou alguns semblantes confusos em alguns alunos, enquanto outros desligavam e guardavam seus celulares para não correrem ricos de perderem os mesmos para a diretora.


—Bom dia, alunos! —Ela fala. —Não vão me responder? —Ela pergunta.


“Não, porque isso é coisa de primeira série e já estamos no último ano!” —A maioria dos alunos pensam mas não tinham coragem suficiente para falar diretamente para mulher.


—Respondam a diretora se não quiserem ter aula teórica! —O professor se pronúncia.


—Bom dia, diretora Hwayoung! —Os alunos falaram em uníssono assim fazendo a mulher dar uma breve risada.


—O que o medo de fazer aula teórica não faz! —Ela ri e alguns alunos dão algumas risadas sem graça. — então, eu só queria dizer que tenho uma surpresa, vocês podem ter percebido que a escola estava em reforma, acontece que, nossa verba aumentou e fizemos vestiários para vocês para a aula de educação física… —Ela é interrompida.


—Mas por que a dos vestiários sendo que nem uniforme de educação física a gente tem? —Um aluno aleatório fala.


—Se você não 'tivesse me interrompido iria entender! —Ela responde grossa pois odeia ser interrompida. —A escola vai disponibilizar uniforme a todos os alunos, os uniformes são compostos por uma camisa três quartos, short e uma meia três quartos. Será obrigatório o uso dele, quem não usar pode ser advertido! —Ela fala. —Perguntas?


—Sim. Eu tenho! —Dakho diz levantando a mão para a diretora conseguir ver seu rosto.


—Diga! —Ela incentiva.


—As meninas vão ficar junto com a gente? —Ele pergunta na esperança de ter um “sim” como resposta fazendo a própria diretora rir.


—Tinha me esquecido dos hormônios juvenis de vocês! —Ela diz ainda rindo da pergunta de Dakho. —Não, vocês não vão ficar juntos com as meninas! Vocês estão permanente proibidos de ir até a ala feminina, se eu descobrir, vocês terão que se entender comigo! Isso também vale para todas as meninas! —Ela avisa.


—Então o Kihyun tirou a sorte grande por ficar em uma ala cheia de homens! —Dungsul fala, fazendo Hyunwoo apertar o lápis com força.
—Tomem cuidado ao andar de toalha pelo vestiário, caras, vai que ele queira dar pra vocês! —Ele fala assim conseguindo algumas risadinhas de alguns garotos idiotas, ele deu uma risada junto.


—Todos que acabaram de rir aqui, agora! Vocês vão para à minha sala! —A diretora diz firme fazendo os alunos que riram da tristeza de Kihyun irem para à frente da sala. —Você também, Kim Dungsul! —Ela fala.


—Isso é sério? —Ele diz inacreditado com o que acabara de ouvir.


—Mais sério impossível! —Ela diz ainda mantendo o tom firme.


—Aish, que porra! —Ele sussurra e vai até a mulher se juntando com os outros alunos.


—Tenham um bom dia! —Ela diz e se retira do local junto a os alunos.


✥≈๑✥


Todos os alunos estavam na quadra, até Dungsul, porque ele por sorte convenceu a diretora que não fez por mal aquela brincadeira.


—Bom, hoje vocês vão treinar os braços porque notei que muitos não tem nenhum músculo! —O professor fala e os garotos olharam para seus braços com uma certa decepção. As meninas não estavam na mesma quadra que os garotos pois estavam com outra professora treinando vôlei. —Vocês são uma vergonha para os homens! —Ele fala em um tom enojado. —Já que vocês são uns molengas, vocês irão voltar um pouco no tempo e vão fazer o famoso carrinho de mão! Então eu vou formar duplas! —A maioria dos alunos reviraram os olhos. —Son Hyunwoo com Lim Changkyun! Lee Jooheon com Lee Minhyuk! Chae Hyungwon com Shin Hoseok! Yoo Kihyun com… Kim Dungsul! —E assim ele fez com os demais alunos, que logo se juntaram com suas respectivas duplas.


—Professor, não tem como você me colocar com outra pessoa? —Kihyun fala se aproximando do mais velho.


—'Pra que você quer trocar? —Ele pergunta aqueando as sobrancelhas dando visão de suas rugas de expressão.


—Minha dupla e eu não nos damos muito bem, entende? —Ele fala.


—Yoo Kihyun, isso não é problema meu, agora pare de me encher a paciência e vá para sua dupla! —Ele fala.


—Mas… —Ele tenta mas é interrompido.


—“Mas” nada, vai logo! —Kihyun suspirou e voltou para sua dupla xingando o professor mentalmente.


Hyunwoo sentiu um certo incômodo em saber que Dungsul teria uma bela visão da bunda de Kihyun, mas, como sempre, guardou isso só para si. Mas ele não pôde evitar a cara de descontentamento só de ver Kihyun perto do moreno.


—Hyunwoo! —Changkyun estala os dedos em frente ao maior, fazendo Hyunwoo voltat a atenção para ele. —Você me ouviu? —Chankyun ri sozinho. —Olha a pergunta, é claro que você não me ouviu, você estava muito ocupado sentindo ciúmes do Kihyun! —Ele diz.


—O quê? Eu não gosto dele, eu sou hétero! —Hyunwoo fala.


—Desculpa, mas, essa desculpa não cola mais! —Ele fala dando leves tapinhas no peito de Hyunwoo, fazendo o mesmo dar uma risada.


—Se eu não sou hétero, sou o quê? —Ele pergunta cruzando os braços fazendo menor ficar um pouco pensativo.


—Você é bissexual, porra! —Ele fala como se fosse a coisa mais óbvia do mundo.


—Tá, mas o que é isso? —Hyunwoo nunca tivera pesquisado sobre coisas Lgbtq porque ele sempre achara que era hétero.


—Porra, achei que fosse mais inteligente, por que você não pode ser bonito e inteligente? —Ele fala. —Bissexual é uma pessoa que gosta de homens e mulheres, corta para os dois lados, tá ligado? —Ele fala simplista.


—Entendi um pouco… —Ele diz mas ainda um pouco confuso.


—Mas voltando a aula, você segura minhas pernas primeiro, okay? —Ele fala e Hyunwoo concorda.


—CADA DUPLA UMA DO LADO DA OUTRA, AGORA! —E assim fizeram, os que iam ficar com as mãos no chão já estavam devidamente posicionados.


—PORRA KIHYUN, SUA BUNDA TÁ CHEIRANDO TRANSA RECENTE, QUE MERDA! —Dungsul grita fazendo todos o olharem. Os amigos de Kihyun não gostaram nenhum pouco disso, principalmente Hyunwoo que apertou os tornozelos de Changkyun. Kihyun já estava cansado de tal humilhação do maior, então se soltou dele e ficou cara a cara com Dungsul, logo ele dá um soco na cara do mesmo.


—ME DEIXA EM PAZ! —Ele grita estridente e todos o olham surpresos. Logo Dungsul muda sua feição para uma feição irritada e Kihyun percebeu a merda que tinha feito. —Ai meu Deus, me desculpa, eu não queria te bater! —Ele fala com culpa na voz.


—Você vai se arrepender disso sua puta! —Ele fala e dá um tapa com as costas da mão no rosto de Kihyun, fazendo o menor cair. Aquilo foi a gota d'água para Hyunwoo, que logo soltou Changkyun sem avisar fazendo o menor bater o rosto no chão.


Ele foi em direção a Dungsul e Kihyun, com muita ira, como ele teve coragem de bater no Kihyun, seu Kihyun?


—Você vai se arrepender de ter batido nele! —Ele fala para Dungsul fazendo o mesmo se virar e estranhar a presença do outro, Hyunwoo logo socou o rosto de Dungsul o fazendo cair, logo Hyunwoo ficou por cima dele e começou uma sequência de socos no rosto de Dungsul.


—SHOWNU! —Wonho gritou tirando as mãos de Hyungwon de suas pernas, agilmente Wonho foi rapidamente até ele e o puxou pela cintura com um pouco de medo de levar um soco de Hyunwoo.


—ME SOLTA! DEIXA EU QUEBRAR A CARA DESSE DESGRAÇADO! —Hyunwoo grita estridente, ele sentia que devia bater mais em Dungsul.


—CARA VOCÊ QUER SER EXPULSO?! SE CONTINUAR É ISSO QUE VAI ACONTECER! —Wonho gritava. —Como você vai ficar sem o baixinho, porra, pensa! —Ele sussurra rente ao ouvido de Hyunwoo, fazendo o mesmo pensar nas consequências.


Porra, tinha o kihyun, como Hyunwoo iria ficar sem o menor? Tudo bem que eles sempre se veriam no treino, mas ele queria ver o menor toda manhã, toda hora, como ele iria ficar sem o sorriso matinal de Kihyun? Era aquele sorriso que deixavam as manhãs de Hyunwoo melhores. Então Hyunwoo se acalma e respira fundo, logo sentindo dor na sua mão direita, que estava um pouco roxa.


—VOCÊS DOIS PRA SALA DA DIRETORA AGORA! —O professor fala em um grito rouco e eles obedecem. Agora Hyunwoo percebeu a merda que fez, por sorte ele não tinha arrancado muito sangue de Dungsul, ele só fez um pequeno corte na bochecha dele mas nada que eu pequeno curativo não resolva.


✥≈๑✥


—Eu poderia e posso expulsa-los da minha escola! —A diretora expressava sua raiva sobre os dois. —Eu não me surpreendo muito em ver você, Kim Dungsul! —Ela diz já acostumada de ver o rosto do garoto. —Mas você, Son Hyunwoo, me surpreendeu, você parecia ser um ótimo aluno… Dessa vez eu vou deixar passar, mas na próxima vocês vão sofrer as consequências! —Ela fala, por sorte eles brigaram em um dia em que ela estava de bom humor.


—O quê? Eu fui a vítima desse monstro e apanhei feito um boneco, ele devia ser expulso isso sim! —Dungsul protestava.


—Dungsul você também não é um santo e nós dois sabemos disso então não venha se vitimizar, para mim! —Ela fala. —Agora saiam da minha frente antes que eu resolva expulsar os dois!


✥≈๑✥


—Só falta um mês para a competição e agora vocês vão treinar mais intensivamente! Por favor se esforcem e me tragam esse troféu, entenderam? —Chunghee falava junto a Kihyun e Hyunwoo, eles não tinham se falado desde a briga de Hyunwoo e Dungsul.


—Se depender de mim a gente já tem o troféu! —Hyunwoo fala com um sorriso vitorioso no rosto.


—Então vão logo pra piscina! —E assim fizeram. Os dois estavam se cobrando muito para poderem dar orgulho a Chunghee, mesmo sabendo que se não vencessem ele iria apoia-los de qualquer forma.


Eles ainda treinavam a mesma ordem que tinham criado —Craw, peito, costas e borboleta— Eles estavam se adaptando aos estilos de nado para serem perfeitos na competição.


✥≈๑✥


Minhyuk estava esperando Kihyun de fora do ginásio como sempre e Kihyun estava se trocando. Logo Hyunwoo entra no vestiário e fica um clima tenso novamente.


—Sua mão 'tá doendo? —Kihyun pergunta vendo a mão roxa do maior.


—Hum? Ah, sim, só um pouco… —Ele responde estranhando o menor puxar assunto.


—Você foi idiota de ter brigado com o Dungsul! —Kihyun diz se aproximando do maior e pegando sua mão que estava roxa e olhando a mesma de perto.


—Você sabe porque eu fiz aquilo. —Ele fala.


—Não sei, por que fez aquilo? —Ele se fez de desentendido.


—Porque eu gosto de você, não queria, mas gosto! —Ele fala e Kihyun ficou mais sério e suspirou.


—Você sabe que tenho namorado! —Kihyun fala.


—Eu não to nem aí se você namora ou não eu gosto de você, infelizmente, eu me odeio por gostar de você, daquela merda de escola você é meu favorito, dessa merda de ginásio você é meu favorito, em qualquer ocasião você é meu favorito, você é meu sol, que me aquece todos os dias! —Ele fala com um pouco de raiva, pois ele disse tudo o que estava entalado em sua garganta. —E eu não tô nem aí para as consequências, eu gosto de você, caralho! —Ele puxa Kihyun pela nuca e o beija não ligando pra nada.


Kihyun não corresponde o beijo, ele tentava empurrar Hyunwoo mas o maior era muito forte.


—Kihyun? —Eles ouviram uma voz e Kihyun conhece essa voz, porque era a voz de Yanan, que foi lá para fazer uma surpresa para o namorado e entregar um singelo presente —Um colar—. Eles cessaram o beijo e Kihyun arregalou os olhos.


—Yanan não é nada disso que você tá pensando! —Ele fala pegando suas coisas e indo em direção ao namorado que poderia virar ex.


—Como você pôde, eu disse que te amava e você faz isso comigo? —Ele diz com lágrimas nos olhos. —Eu entendo agora o porquê você disse que não me amava, você ama ele! —Kihyun tenta se aproximar. —Não chegue perto de mim, por favor!


—Yanan me perdoa, por favor! —Kihyun falava já chorando também.


—Eu posso te perdoar, mas eu sei que se a gente voltar você não vai ser feliz comigo, eu sei que você não é feliz comigo, por isso tenho que te deixar livre! —Ele se aproxima de Kihyun e dá um beijo na testa do menor. —Fique bem! —Ele fala e se retira deixando o menor ali. E passa por Hyunwoo. —Cuida bem dele! Quando for a hora certa dê isso a ele! —Ele diz e entrega o colar para Hyunwoo e  volta a chorar e vai embora. E Kihyun num ato de desespero abraça Minhyuk que só observou a cena.


—Vai ficar tudo bem, Kihyun, eu tô aqui, eu estou com você! —Ele dizia em um sussurro ao amigo.


✥≈๑✥


No outro dia Kihyun acordou melhor ele tinha que seguir em frente, ele não podia ficar se remoendo, Yanan era uma ótima pessoa? Sim! Mas Kihyun não iria chorar por ele, ele não chora por garotos. Então ele pega seu celular e vai no aplicativo de mensagem e vai no chat com o Hyungwon.


Eu: Hyungwon, tá aí?


Hyungwonnie: Sim, por que não veio a aula hoje?


Eu: Eu não estava me sentindo bem, então pedi pro meu pai deixar eu ficar  em casa


Hyungwonnie: Ah sim, mas… do que precisa?


Eu: qual o lugar onde você pintou o cabelo?


Hyungwonnie: você vai pintar o cabelo?


Eu: ainda não sei, mas, me passa aí!


Kihyun comemorou quando recebeu o endereço deu pulinhos de comemoração, ele precisava seguir em frente e o melhor a se fazer mudando o visual.


✥≈๑✥


Hyunwoo estava em seu armário guardando suas coisas e meio cabisbaixo porque não viu Kihyun no dia anterior, ele não foi para a escola e nem para o treino então já era um motivo para o Hyunwoo ficar preocupado. Logo ele percebe que uma sombra se forma ao seu redor então ele se vira e vê os amigos de Kihyun e seus amigos também.


—Se você magoar ele, você está morto! —Minhyuk fala.


—Eu gosto quando você fica irritadinho! —Jooheon fala conseguindo uma risadinha de Minhyuk.


—Tenta por favor não fazer merda, Shownu! —Wonho fala.


E aí, gente, o que vocês estão conversando? —Eles ouviram uma voz e quando se viraram tiveram visão de Kihyun ruivo, sim, ele pintou o cabelo de vermelho, mas um vermelho bem forte.


—Quando você pediu o endereço eu pensei que iria ficar com o cabelo mais claro e não dar a louca e mudar a cor pra uma coisa chamativa! —Hyungwon fala.


—Eu gostei! —Changkyun fala.


—Eu tinha que fazer uma mudança 'pra eu poder seguir em frente, então fiz uma mudança drástica, eu não ia ficar me lamentando eu precisava me libertar daquela antiga fase da minha vida, então eu fiz isso! —Kihyun anúncia.


—Fico feliz por seguir em frente, Kihyun! —Minhyuk fala e tem como resposta um sorriso, justamente o sorriso pelo qual Hyunwoo era louco.


—Gostei do seu novo cabelo! —Hyunwoo fala de repente.


—Obrigado! —Ele responde e sorri para Hyunwoo, ele fez de novo, o sorriso que Hyunwoo amava, mas dessa vez foi diferente porque o menor sorriu justamente para ele!  —Esse cabelo é um começo! —Kihyun fala fala.


—Que começo? Não me diga que está namorando de novo! —Wonho fala.


—Não, não, este é o começo do novo Kihyun! Começo do novo Yoo Kihyun!



Notas Finais


Espero que tenham gostado desse capítulo, eu ainda não acredito que escrevi 4K de palavras eu estou me surpreendo comigo mesmo.
Mas é isso, espero que tenh gostado amo vocês <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...