História Sword Art Online : As Aventuras de Hiro - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sword Art Online
Personagens Personagens Originais
Tags Anime, Aventura, Sao, Sword Art Online, Universo Alternativo
Visualizações 32
Palavras 1.126
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Fantasia, Luta, Romance e Novela, Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Então pessoal , essa história é um ideia que passou uma vez na minha cabeça , aí eu pensei......por que não? E agora está bem aqui.

Boa leitura , e espero que gostem.

Capítulo 1 - Link Start!!


Fanfic / Fanfiction Sword Art Online : As Aventuras de Hiro - Capítulo 1 - Link Start!!

2022 , dia 6 de outubro.

 

(Ichiro)

 

 

Nossa , estou tão animado! - Falo no trem indo pra escola com minha irmã , Asuna.

 

Você está falando isso desde que jogou no beta – Fala Asuna para mim.

 

Mais é claro , Sword Art Online é simplesmente o melhor VRMMORPG de todos os tempos! Vai , admita que também está anciosa – Eu falo olhando para a Asuna e ela suspira.

 

Tá bom.....admito que depois das coisas que me contou , me interessou – Ela fala admitindo.

 

Eu nem sei como vou conseguir esperar um mês para jogar aquele jogo novamente – Eu falo olhando para a janela pelo trem – vou comer bastante antes de jogar , pra poder ficar o máximo de tempo possível.

 

 

E eu nem imaginava......que aquilo aconteceria....

 

 

2022 , dia 30 de outubro.

 

Então Ichiro? Comprou? - Pergunta Asuna pra mim ansiosa.

 

Mas é claro – Eu falo mostrando os Nevergears , o meu e o dela – fui lá pegar o meu com o pessoal da Argus por ter participado do beta , e consegui convence-los a me darem mais um – Eu falo e ela me abraça contente.

 

Que bom! Assim será mais fácil para nós jogarmos – Ela fala olhando o Nevergear.

 

Mas lembre o que a gente combinou , como vou pro curso de arte cedo no dia , você tem que ir lá e comprar dois pra gente – Eu falo lembrando ela.

 

É , eu me lembro , vou pegar pra nós dois , eu prometo – Ela fala e eu dou um sorriso.

 

Nem pensar , se vai prometer algo assim , tem que ser uma promessa séria – Eu falo indicando o dedo mindinho , algo que nós fazemos desde pequenos.

 

Tá legal – Ela fala cruzando o dedinho dela com o meu – Eu prometo , que irei pegar duas cópias de Sword Art Online para nós dois – Ela fala e eu sorrio – Agora você tem que me prometer que vai chegar a tempo de chegar lá e me encontrar – Ela fala e eu apenas rio um pouco.

 

Está bem – Eu falo confiante - eu prometo , que nós vamos nos encontrar no Sword Art Online , e vamos jogar juntos até não der mais , e vamos cuidar um do outro lá! - Eu falo e nós descruzamos os dedos.

 

Olha que agora você não pode quebrar a promessa! - Ela fala olhando séria pra mim.

 

Eu sei , pode deixar , vou entrar lá , e vou te achar – Eu digo olhando pro Nevergear.

 

Eu....eu não teria feito ela prometer comprar o jogo....

 

2022 , dia 6 de novembro ( Dia do incidente ).

 

Droga ! Droga ! - Eu falo correndo em direção do Trem – Não acredito que eu perdi o ultimo trem , agora vou demorar mais pra chegar em casa , Asuna já deve ter entrado sem mim , devo correr pra não chegar tarde! - Eu falo e depois de poucos minutos o trem para na minha estação , e logo eu corro direto pra casa – Vamo lá! Vamo lá! - Falo correndo em toda a velocidade – Me aguarde Asuna , eu tô chegando! - Eu falo virando a esquina e vendo a minha casa , eu corria , mas por um segundo eu paro , e vejo uma ambulancia na frente de casa – mas..oque..? - Eu perguntei confuso então corri até lá para entender , eu cheguei em casa , e vi algo pertubador , Asuna , em uma maca , com o Nevergear na cabeça , e os paramédicos a levando pra a ambulancia , então vejo minha mãe e meu pai indo atrás de Asuna , então vou falar com eles – Pai , mãe.....o que houve?

 

É essa coisa na cabeça dela , ela não pode sair... - Fala meu pai preocupado e triste e eu me assusto – Na verdade....ninguém pode.

 

Como assim?! - Eu pergunto confuso.

 

Vamos.....entrar na ambulância , que eu te explico o que eu sei , ele fala e então ainda confuso e preocupado , entro na ambulância com eles para levar Asuna no hospital.

 

 

Eu.....não consigo mais ve-la assim , nesse estado...

 

 

2022 , dia 6 de dezembro ( Um mês depois do incidente ).

 

Pessoas , 9.999 , dentro de SAO , presas numa armadilha mortal , sendo o único jeito segundo o criador do jogo , Kayaba , seria vencendo o chefão do 100º andar , claro que nós do lado de fora não ficariamos parados , médicos , cientistas , todos os gênios do país estão empenhados a descobrir uma forma , de libertar todos em segurança , eu era para estar com eles , mas escapei , dizem que tive sorte , mas pra mim............foi azar.

 

Asuna..... - Falo olhando ela na cama do hospital , então eu saio de perto só para pegar água pras flores , e acabo escutando uma conversa do lado de fora do quarto , era meus pais e um médico.

 

Então Doutor , alguma novidade? - Pergunta meu pai esperançoso.

 

Infelizmente não......mas peço que tenham um pouco mais de paciência para..... - O médico falava , mas minha mãe o interrompe.

 

Esperar!? Nós já esperamos! Você está dizendo isso já faz um mês , e nossa filha continua lá! Você ainda se diz médico! - Minha mãe diz chorando e com raiva , apesar da grosseria dela , estava certa , já estava cansado de esperar também , de ficar só olhando sem fazer nada. Então eu olho para a Asuna, e fico triste , então me lembro de uma coisa.

 

// eu prometo , que nós vamos nos encontrar no Sword Art Online , e vamos jogar juntos até não der mais , e vamos cuidar um do outro lá!//

 

// pode deixar , vou entrar lá , e vou te achar //

 

Sei o que devo fazer – Eu falo olhando para a Asuna , e depois saindo do quarto dela , e do hospital indo em direção de casa de bicicleta , chegando em casa vou pro meu quarto , meus pais não estavam , perfeito , então eu olho pra debaixo da minha cama , lá estava o meu Nevergear , que eu menti dizendo pros meus pais que joguei fora , junto com o jogo.

 

Eu tenho que fazer isso!

 

Eu tenho que fazer isso! Por mais maluco que seja – Eu falo conectando o Nevergear na tomada e me deitando e logo depois colocando na cabeça – Eu vou te achar Asuna , e ajudar não só a você , mas a todos os jogadores a sair desse lugar horroroso! - Eu falo determinado , então eu respiro fundo , fecho os olhos e digo as palavras das quais eu provavelmente iria me arrepender de dizer. -

LINK START!!


Notas Finais


Isso é só um Epilogo gente , mas a aventura de verdade vai começar no próximo capitulo.

Mas e aí? Gostaram? Sim? Não?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...