História Sword art online: Seguir em frente. - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Sword Art Online
Personagens Alice Zuberg, Asuna Yuuki, Eugeo, Kazuto "Kirito" Kirigaya, Kirigaya Suguha, Klein, Lisbeth, Personagens Originais, Silica, Sinon, Yui
Tags Sword Art Online
Visualizações 17
Palavras 2.229
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem, desta vez eu estava sem muita criatividade para fazer um capítulo que eu achasse bom.. mas acho que vocês gostarão.

Capítulo 9 - Festa Surpresa Para Uma Amiga


Naquele mesmo dia, todos terminaram de comprar seus equipamentos que precisavam, afinal, não iam usar somente seus grimórios mas armas também.

Decidiram por hora, não criar a guilda Aincard naquele mundo para não chamar a atenção dos PK players seguidores do último sobrevivente da Laughing Coffin que havia fugido na época do incidente do Death Gun. 

E era agora uma manhã de sábado e os únicos que poderam entrar em MWO foram Kirito, Mitsuki e Yoko; os outros estavam fazendo alguma coisa que os três não sabiam bem já que nenhum havia dito. 

— E então? o que fazemos? – Yoko questionou. Tinham que, de alguma forma, ir atrás dos PK players mas nenhum deles sabiam de fato, como fazer isso. 

— Vamos revisar primeiro. Como as pessoas realmente estão morrendo? – Mitsuki perguntava enquanto ela, Kirito e a amiga, se sentavam na grama daquela mesma floresta onde estavam na tarde anterior. 

— Pelo que eu vi dos relatórios foi parada cardíaca. As mortes tem um intervalo de tempo e ocorreram nestes dois últimos meses, achavam que eram incidentes isolados por isso não foi passado diretamente para o Kikouka-san, mas, acabou chegando as mãos dele pois todas as vítimas foram mortas da mesma maneira que as vítimas do Death Gun.

 Enquanto Yoko dizia, Kirito sentiu um pequeno calafrio ao ouvir aquele nome, se lembrando, de tudo que aconteceu em GGO. Teve várias dores de cabeça por causa desse maldito e agora ele retornava só para atormenta-ló, isso o irritava só de pensar, imaginar ele e seus novos seguidores matando pessoas novamente. 

— Yoko-san, tem alguma pessoa que você ache que tenha um grande potencial como vítima? – Mitsuki perguntou mudando de assunto notando o desconforto que seu companheiro sentia ao ouvir aquele nome e, de falar sobre aquilo.  

— Bom.. Temos o capitão do esquadrão dos Leões Flamejantes, o Fryte e, a capitã do esquadrão Rosa de Ferro, Line. Ambos são os cavaleiros mais fortes de MWO mas, somente até nos chegarmos aqui, é claro. – Yoko disse e, dera um pequeno riso de seu comentário final. 

Ficaram alguns minutos ali conversando sobre tudo que estava acontecendo naquele mundo, enquanto certos três IAs estavam brincando com um filhote mágico de uma raposa que estava ali ao lado deles.

— Olha, podemos ir para às masmorras quando os outros cavaleiros forem chamados para lutar contra alguma fera negra e observar para ver se achamos alguém suspeito. Tem que ter alguém perto que de alguma maneira avise a pessoa do mundo real que ela já foi atacada pela Fera Negra específica.

— É um bom lugar para começar. – Yoko disse desviando o olhar para Mallin Noah e Yui que brincavam com o filhote da raposa. 

— Podemos reunir o pessoal para dar uma olhada. – Mitsuki disse suspirando o ar puro daquele mundo, por mais que fosse uma realidade virtual, o cheiro do ar e a grama era como na vida real.

 — Tem algo que eu esqueci de lhes dizer, depois da última atualização não só feras agora existem nas masmorras mas também, demônios. Se eu conheço bem como os PK Players são, vão tentar matar alguém agora utilizando os demônios já que eles são de nível roxo. 

— Nível roxo? – Mitsuki indagou sem entender.

— Os níveis de força das criaturas deste mundo são representados por cores: Amarelo de nível 1; laranja nível 2; vermelho nível 3 e Roxo nível 4.

— Entendo, então os monstros de nível roxo são os mais fortes.. é realmente bem provável que eles utilizem esses demônios para matar alguém. – Mitsuki disse enquanto compreendia tudo que a amiga havia lhes dito.

— Bom seja como for, as mortes acontecem com intervalos de tempo e a última, foi nesta semana então eles não vão matar ninguém agora. Já que todos estão fora fazendo algo, vamos fazer alguma missão?

- Enquanto isso, no mundo real.. -

— Ei Haru, onde colocamos isso?! – Klein perguntava de longe para o amigo mostrando seus braços com algumas decorações que carregava. Todos estavam no bar de Agil organizando uma surpresa para Yoko, o motivo de não estarem em MWO era por causa disso.

— Pode deixar aí, eu arrumo depois! – Haru disse sem olhar o amigo já sabendo o que era enquanto arrumava também a decoração junto de Lisbeth, Sinon e Sílica.

— Acha que ela vai desconfiar? – Sinon perguntou para o amigo que apenas sorriu como resposta virando o rosto encarando ela e as outras duas amigas.

— A Yoko não se lembra muito de datas, nos conhecemos a muito tempo e tenho certeza que ela esqueceu do próprio aniversário. – Haru dizia enquanto ia ajeitar a faixa escrito "Parabéns para você" que havia comprado. Estava junto daquela "cabeça de vento" a muito tempo para saber que ela não lembraria mesmo que hoje era seu aniversário.

- Voltando para o MWO... -

— Uma quest de ir matar Feras Mágicas na floresta? – Kirito indagou quando viu a missão que receberam do Administrador de missões dos cavaleiros mágicos de baixo e alto escalão.

— Feras Mágicas são criaturas comuns que foram magicamente corrompidas com magia selvagem, são um pouco diferentes das feras negras e os demônios das masmorras. – Yoko explicou enquanto andavam rumo a floresta onde estavam a pouco, voltaram a cidade para pegar a missão.

— E Provável que seja para nos fortalecer já que somos inciantes. – Mitsuki que tinha Yui em seus ombros disse o que era bem óbvio e os três seguiram para a floresta.

Enquanto caminhavam tomavam cuidado já que normalmente várias Feras Mágicas apareciam nas florestas para os iniciantes ou até mesmo os jogadores mais fortes evoluírem suas habilidades.

— Oii! Querem ajuda? – Ouviram uma pessoa os chamar um pouco ao longe, quando foram olhar, viram um pequeno grupo que provavelmente eram de novatos também se aproximarem deles.

— Não estamos bem, mesmo assim obrigada. – Yoko disse abrindo um sorriso para o rapaz a sua frente. Mallin e Noah que estavam em seus ombros não reclamaram pois sabiam que a mãe só estava sendo gentil.

— Achei que precisavam de ajuda já que parecem que começaram a jogar agora. – O rapaz disse e se surpreendeu ao notar o grimório da garota ao lado da que conversava. A notícia que uma jogadora nova conseguiu se apossar do grimório das trevas se espalhou e muito rápido por todos os reinos. — Ah!? você é aquela jogadora que conseguiu o grimório das trevas?

— Sou sim, embora eu não saiba o motivo dele ter vindo para mim. – Mitsuki disse e todos do grupo fizeram um monte de perguntas para ela sobre o que estava achando daquilo e várias outras coisas. Kirito não era ciumento nem nada do tipo mas aquela atenção toda daquele grupo com sua garota o estava deixando "desconfortável" e por isso ele dera uma leve tosse chamando atenção de todos .

 — Vamos amor? Yoko? – Kirito disse. Mitsuki queria rir pois era a primeira vez que ele se incomodava pelo fato dela receber atenção de alguém mas concordou e os três seguiram para um lado da floresta. — Eu sei que você está pensando que eu estava com ciúmes mas, eu só me incomodei nada de mais.

— Você me chamou de amor e normalmente você não faria isso, quis mostrar que sou sua garota eu entendo. – A garota tinha um sorriso no rosto de vitória já que nunca imaginou que ele a chamaria dessa forma e agiria assim. 

— Poxa, eu não quero ficar de vela, parem com isso. Só falta vocês se pegarem na minha frente. – Yoko dizia fingindo estar irritada mas na verdade ela adoraria que isso acontecesse, aproveitaria e tiraria uma foto só de brincadeira.

— Ei ali, é uma das Feras Mágicas da nossa missão. – Mitsuki apontou na direção onde a criatura estava ignorando a companheira. Era um lobo mágico, de nível laranja.  

— Finalmente alguma ação. – Kirito disse pegando sua espada indo na frente das duas e aproveitou para testar um outro feitiço de seu grimório. — Magia de criação das Sombras: Corte Negro.

Ao dizer aquilo, sua espada ficou com um brilho Negro com um pouco de roxo mostrando a magia das sombras contida ali. O mesmo utilizou um ataque de três golpes e o HP do lobo mágico diminuiu um pouco e Kirito recuou um pouco para trás já que o lobo tinha sua atenção a ele e tentaria o atacar.

— Magia de Criação de Cristal: Ataque Cristalina. – Yoko disse o feitiço de seu grimório que brilhava num rosa claro e três grandes cristais de cor rosa apareceram ali indo em direção à criatura que recuou ao receber o ataque. — Da próxima, não vá sozinho.

— Magia das Trevas: Esferas Mágicas da Escuridão. – Mitsuki disse seu outro feitiço e esferas de magia seguiram até o lobo que sumiu em pixels e eles receberam a notificação do que ganharam. — Se continuar assim, nos dominaremos este jogo facilmente.

— Acho que estou tendo um dejavu.. – Yoko disse enquanto se lembrava de algo parecido em SAO que passara com os amigos de Haru. 

— Sério? – Mitsuki perguntou já querendo rir da cara da amiga que era indecifrável.

— Eu jogava SAO com o Haru e uns amigos dele, então teve uma vez que derrotamos um Mine Boss sem ajuda de algum outro grupo e um dos amigos dele disse "Se continuarmos assim, vamos dominar esse jogo facilmente" – Yoko explicou e dera risada lembrando daquilo e os dois acabaram por rir junto dela.

Kirito se lembrou que só estavam ali para manter a garota ocupada enquanto os outros arrumavam tudo para o aniversário dela e que como desculpa na tarde anterior haviam marcado de ir ao bar de Agil no começo da tarde do dia seguinte.

Mas ainda estava um pouco cedo, fizeram o resto daquela missão e acabaram por destruir mais alguns daqueles lobos mágicos e outras criaturas que encontraram na floresta e automaticamente, quando a missão foi concluída o dinheiro aparecerá em seus inventários.

— Uou quanto dinheiro, aposto que podemos comprar uns equipamentos melhores com isso. – Yoko dizia com seus olhos brilhando quando vira a quantidade de dinheiro que tinha em seu inventário. 

— Papa, já está quase na hora de irmos ao bar do Agil-san. – Yui disse para o pai que a tinha em seus ombros já que ela estava em sua forma de fada.

— É mesmo, temos que ir. Nos encontramos lá tudo bem? – Kirito disse e ambas as duas confirmaram acenando que sim com a cabeça e os três deslogaram de MWO juntos. 

Mitsuki e Kirito foram rápidos e chegaram primeiro do que ela já que vieram juntos e de moto, para variar. Quando passaram pela porta do bar de Agil disseram  para os amigos que a viram caminhando enquanto vinham para ali. Yoko cantarolava enquanto andava com as mãos nos bolsos do moleton já que estava frio, quando passou pela porta ela se surpreendeu quando todos gritaram surpresa para ela. A garota nem se lembrava que hoje era seu aniversário, desde o acidente essa data não era tão importante assim para ela, até seu Tio estava ali.

— Pera, é mesmo meu aniversário? – Yoko indagou ainda não acreditando naquilo enquanto via toda a decoração que tinha sido feita para ela.

— Claro sua tonta, você sempre esquece quando é, eu que tenho quê te lembrar. Dessa vez, eu resolvi fazer uma coisa especial com todo mundo. – Haru dizia indo até a frente da garota sorrindo e a dando um beijo na bochecha já que ele tinha um certo problema com o tio dela que não gostava de ver os dois se beijando em hipótese alguma na frente dele, então, respeitaria. 

— Ah.. Então vocês me fizeram ficar de vela com aqueles dois a manhã toda só para arrumar esse lugar ? Mandassem as garotas, caramba! Sabe o quão difícil é ficar de vela!?

— Assim você nos magoa, e nem fizemos nada dessa vez. – Kirito disse junto da namorada a seu lado e ambos seguravam o riso mas suas bochechas não aguentaram  e começaram a rir.

— Exatamente, não fizeram e, isso me deixa brava por que ninguém até agora viu vocês se dando uns pegas! – Yoko dizia e fez todos rirem ali, incluindo seu Tio que tinha uma acompanhante desta vez que sua sobrinha não conhecia.

— Ah cala a boca, e vai curtir a sua festa! – Kirito disse indo até a amiga a empurrando para frente a fazendo andar um pouco e depois cruzará os braços fingindo estar sério.

— Você tá bravinho porque eu toquei no assunto não é? Aposto que nem devem ter se beijado ainda.. – Yoko dizia importunando o amigo que tentava ignora-la e também a sua vontade de rir do que ela estava fazendo. ela não parava de perguntar coisas a Kirito e mesmo que ele tivesse com um olhar de "socorro", Mitsuki ficou somente olhando a cena já que era "hilariante". 

— Karuno Yoko. Larga do pé dele agora mesmo. – Mitsuki disse séria indo até ela após se cansar de ver aquela cena e também das perguntas que a garota fazia.

— Ta bom.. eu hein.. eu só queria uma pequena informação..

— Yoko, ultimamente você tem estado animada até de mais. – O Tio de Yoko disse e ela riu por aquele comentário do tio que era de uma forma, totalmente irônica.

— É óbvio que sim, eu voltei a andar  a algum tempo, caramba!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...