História Swords and Magic University - Interativa (Em pausa) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Anjos, Demonios, Humanos, Interativa, Universo Alternativo
Visualizações 64
Palavras 1.945
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ecchi, Fantasia, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Policial, Romance e Novela, Shounen, Sobrenatural, Survival, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Primeiramente eu nem devia estar aqui já que estou doente, mas dane-se vocês são mais importantes
Falando nisso só eu ouço de pessoas mais velhas "Já está melhor, consegue até mexer no computador!"
Voltando...
Segundo cap!
Com muita treta!
Farei um cap para cada batalha em dupla, acho que fica melhor assim, não fica extenso e bem organizado
Boa leitura!

Capítulo 3 - Batalhas parte 1


Zero Pov On 

???: Esperem! - alguém abre a porta correndo, parecendo um pouco cansado, logo chegam mais dois junto com este garoto

Faw: Atrasos não são permitidos em aulas, só deixarei passar aqui. Agora andem logo e apresentem-se.

???: Eu sou Takeda, estes são Harudo - aponta para um garoto de cabelos negros e olhos azuis - e este Hideki - agora aponta para um garoto de cabelos brancos e olhos cor de mel. Eles são todos irmãos? Que diferentes um do outro.

Samantha: São irmãos? 

Harudo: Não, apenas nos conhecemos no caminho -  a rosada virou para ele, e um grande brilho surgiu em seus olhos e um sorriso se formou, acho que ela gostou da aparência do garoto, pelo menos pudia ter dado uma disfarçada, que fofa!

Todos se apresentaram novamente, e o professor deu uma breve introdução.

Faw: Não importa se perderem ou ganharem, vocês serão avaliados pelas técnicas e estratégias apresentadas em batalha, se estiverem no mesmo nível e eu perceber que a batalha não terminará, a encerrarei. Será um tipo de batalha simulada, ninguém se machucará verdadeiramente, então podem ir com tudo...

Chara: Peraí! Sem sangue?

Faw: Sim

Chara: Mas...

Faw: Não! 

Chara: E se...

Faw: Não - a menor iria soltar mais alguma coisa, mas é interrompida, que insistente, também consegui ver um longo suspiro de Hideki que soou como um " Isso só pode ser brincadeira né?" - Porém, devido ao sistema avançado, os danos serão simulados e um magia será aplicada a vocês, os fazendo sentir a dor e os efeitos que ela causa, então não pensem que poderão quebrar o próprio braço e usa-lo normalmente. entendido?

Todos: Sim! 

Faw: As duplas serão as seguintes Zero e Zarah, Samantha e Takeda, Hideki e Haruko e por fim Akane e Chara. - as duplas ficaram digamos interessantes... - dirigam-se a plataforma central, lá serão teletransportados para dentro do campo de batalha, darei a vocês 5  minutos para se conhecerem melhor e decidirem uma estratégia, quando a batalha começar uma trombeta será tocada. Boa sorte a todos!

Narrador On

Todos fizeram o que lhe foi pedido. Entraram na plataforma e o professor a ativou e cada um foi levado para uma parte.

Ala norte

Zero: Vou lhe avisando que sou completamente diferente no campo de batalha - Zarah levanta a sombrancelha, demonstrando dúvida - eu sou meio que bipolar, então eu posso ser um pouco caótico durante as lutas, talvez até matar alguém, e você como é?  

Zarah: ...

Zero: Esqueci que você é muda, pelo menos faça algum sinal

Zarah: Não sou muda, nós apenas gostamos do silêncio

Zero: Nós?

Zarah: Sim, minhas queridas amigas - logo depois de dizer isso, várias sombras aparecem, algumas fazendo um sinal de oi e outras paradas - é uma pena que ainda não as controlo direito

Mary: Como eu havia dito, uma renegada, igual a você meu amor. - a flor começa a brilhar 

Zero: Sempre com razão não é mesmo? Ah! Mary está é Zarah - aponta para a mesma 

Zarah: Prazer! Já lhe disse quem somos, agora é sua vez - Zero se surpreende com a pergunta, pensava que a garota iria apenas ficar em silêncio, sem falar que não deveria revelar seu objetivo, isso poderia causar confusões

Zero: Resumindo, sou um renegado, os poderes que tenho são invocar um revólver que aumenta as feridas do oponente ao longo da batalha, e roubar as habilidades do oponente, porém nesse último sou como você, não consigo me manter por muito tempo, haha

Ala oeste

Chara: Vamos acabar com isso logo! Meu desenho já vai começar, e não quero perder o novo episódio.

Akane: Que infantil! Foque na batalha. É uma vergonha para alguém como eu não conseguir uma classe alta 

Chara: Exibida! 

Akane: O que disse? - puxa a menor pela gola, que invoca dois clones atrás de Akane

Chara: Quer mesmo fazer isso? Somos uma dupla, mas não me importo em ir sozinha 

Ambas são interrompidas pela trombeta que anuncia o começo da batalha, todos saiem correndo para encontrar seus oponentes, o lugar era enorme então demoraram um pouco até o destino decidir o primeiro combate. As duas pessoas que o nome começava com Z, andavam pela floresta em silêncio. Até que algo pula em direção a Zero que, é empurrado por Zarah.  Ao olharem vêem uma garota de cabelos escarlates utilizando um belo vestido, e  uma menor, com um olhar psicótico que ansiava por diversão.

Akane: Eu fico com o garotinho de cabelos azuis. 

Zero: Pois bem! Já que quer se separar, pode escolher o local, mas de preferência um que ninguém possa ouvir seus gritos - aquilo irritou Akane, um ato de desrespeito a uma princesa é digno de execução, fez sinal para que a acompanhasse, os dois foram para um local aberto perfeito para uma briga, enquanto Chara e Zerah ficaram ali. 

Chara: Vamos acabar logo com...

Zerah: Shhhhhhhh! Nós estamos tentando nos concentrar! 

Chara parte para cima, tentando acertar um soco na renegada que desvia e devolve o ataque, com sucesso o ataque, suas artes marciais não eram das melhores, mas em corpo e força tinha vantagem por ser mais velhas, avançando dando repetidos socos em sua oponente, que bloqueava alguns e outros acabava recebendo, permaneceram assim por um tempo até que Chara se cansou, aumentando sua capacidade de ataque e defesa, ela se torna a atacante, acertando Zarah com um chute que é jogada pra longe acertando suas costas em um tronco de árvore, mesmo não saindo sangue, conseguia sentir a dor e tentava se recompor, a garotinha de cabelos castanhos percebeu a brecha e invocou clones que pularam em sua direção a acertando com as pontas dos pés e a impulsionando contra a árvore que sede, o momento era bom para Chara que logo entra na mente de seu oponente.

Mente de Zarah...

Era um local escuro, o chão era uma poça gigante de água, só que de cor preta, a mais velha se encontrava ajoelhada no  chão, com várias sombras iguais ela em sua volta.

Sombras: Acha mesmo que somos suas amigas? Rejeitada, solitária, orgulhosa e fraca, esqueci mais alguma? Ah sim! Coração de pedra é uma boa, lembra desse apelido, ainda se aplica a você . Não sei porque ainda vive... nunca nos controlará, desapareça logo!

Chara: Ouviu bem? - a pega pelo pescoço com as duas mãos, levantando-a - Já que gosta tanto de silêncio, irei deixar você sem poder falar ou ouvir nada por um bom tempo. - preparava se para o golpe final. 

Zarah: ... - algo como um sussurro 

Chara: O que disse?

Zerah: Fique sabendo que a morte não tem som... o meu silêncio é mortal!

Uma aura negra começa a sair da garota, a cicatriz em seu olho se tornava preta, tinha perdido o controle, nada mais lhe importava, decidiu ser o que diziam ser, logo as ilusões são quebradas e voltam ao mundo real, duas mãos negras saiam de Zerah, uma lançava Chara contra a árvore, e a outra a socava, numa tentativa de desespero Chara cria vários clones e corre em direção a sua aliada, os clones são destruídos, e a renegada persegue a única restante. Chegaram no mesmo lugar aberto em que Akane e Zero se encontravam.

Mary: Zero! Atrás! - ele olha e percebe chara desmaiada, e Zerah ainda a atacando, se aquilo continuasse... - é hora de eu aparecer.

Zero: Claro!- ele ele segura a flor e a levita começando uma espécie de ritual  - Desabroche novamente minha querida flor, o sol que iluminou e ainda ilumina minha vida, demonstre sua verdadeira forma e traga a luz para a escuridão 

A flor logo se transforma em uma linda garota loira, que trazia consigo uma luz enorme a cada passo.

Mary: Já chega renegada! Demonstrou seu valor, descanse bem! - sua luz aumenta extinguindo as sombras, as duas garotas que antes lutavam, agora estavam desmaiadas, enquanto Faw anotava o que tinha visto e posso dizer que só tinha coisas boas ali 

Akane: Será que pode se concentrar em nossa batalha? E ficar de namorico depois? - disse enquanto invocava uma espada, que esbanjava ventos fortes

Zero: Eu não preciso de concentração... afinal você é fraca!

Akane: Posso saber o que lhe leva a este julgamento?

Zero: Simples, o uso de uma espada demonstra fraqueza e... - ele arranca uma arma do bolso, mira e atira em Akane, que corta a bala em duas - não ache que é só isso - com um movimento das mãos as metades das balas, voltam para Akane que é acertada em suas cochas - acho que eu ganhei essa batalha. 

Akane: Você fala demais! 

Logo Akane vai para cima, com a tentativa de um corte diagonal, Zero poderia tentar bloquear, mas de acordo com sua leitura era melhor recuar, estava claro que perderia, Akane possuia maior velocidade tanto de ataque como em movimento, utilizando o vento ao seu favor, ela invoca vários furacões em volta de seu oponente, que se encontrava cercado ele salta para cima, evitando os furacões, porém deixou uma abertura que não é desperdiçada, ela o acompanha e o acerta com dois cortes, também o atravessa com a espada e volta para a terra firme, prendendo a espada no chão, observando Zero empalado em sua espada, a vitória era garantida, ninguém se levantaria depois daquilo.

Akane: Fraca! Humph, isso era só naquela época... 

Zero: Você se dá por vencida tão facilmente? - empalado na espada estava apenas um sombra.

Akane: Como isso é possível?

Zero: Deixe me explicar...

FlashBack On 

Zerah: Está escondendo algo de mim, o que é?

Zero: Me mostre seus poderes, e eu lhe direi - a menina faz uma pequena demonstração, colocando uma sombra e trocando de lugar com ela - uma das minhas técnicas se chama Jogo do furto, eu posso roubar técnicas que eu vi utiliza-las ao meu favor, falta apenas aprimora-la.

FlashBack Off 

Zero: E você acabou de me mostrar as suas

Invocando uma espada igual a de Akane quem toma a frente é o garoto, vento e vento, lamina e lamina se encontravam, durante os avanços Akane enxergava a si mesma no lugar do garoto, mesmo assim conseguia se defender e manter o mesmo nível, os dois recuam um pouco cansados, porém Akane estava mais cansada com dores nas pernas.

Zero: Está fazendo efeito não é? Quanto mais tempo durar a batalha mais a dor aumentará - dizia confiante 

Akane: Quem disse que eu preciso me mover para te acertar? Todos os cortes que fizemos deixaram marcas pelo ar, posso usar isso como quiser - com um movimento dos dedos na base da espada, cortes eram feitos em Zero que não entendia o que estava acontecendo - Que foi? Vamos me ataque estou imóvel! 

Se as coisas continuassem Zero seria derrotado, e o jogo de furto estava acabando logo iria acabar sedendo e caindo no chão, só lhe restava uma alternativa, um último golpe com tudo que restava, virando sua espada em posição horizontal, enquanto Akane fazia o contrário, se preparando para a defesa, as duas laminas logo se encontram, quem tivesse mais resistência venceria, e no momento era a garota, o jogo do furto tinha acabado, e Zero desmaia sobre com as cabeças no peito da moça, que cora com o acontecido, mas que não tem tempo de fazer algo. Quando percebe sangue escorria de seu corpo e de onde foi acertada ou acertada, o mesmo acontecia com os outros três que ali lutaram, e como os outros vai "dormir". 

A magia se extinguiu, uma sabotagem? Um erro? O que será que aconteceu? Logo outra batalha ocorreria, podendo por vidas em risco... 

 

 


Notas Finais


Ufa!!
Quanta ação!
E se seu personagem não apareceu é porque vai no próximo cap, quero deixar organizado!
Momento decisão:
A) Faw deixa a batalha continuar mesmo sabendo que haverá derramamento de sangue
B) Faw adia a batalha até arranjar um jeito de restaurar a magia
Decisões definem destino


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...