1. Spirit Fanfics >
  2. Taekook-love >
  3. Capítulo 6

História Taekook-love - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Capítulo 6


Fanfic / Fanfiction Taekook-love - Capítulo 6 - Capítulo 6

Acordei com o meu alarme tocando, fiz a minha rotina normal, só que no dormitório. Tomei banho, escovei os meus dentes e troquei de roupa. Ao terminar pude ver Taehyung me esperando sair do banheiro, logo depois ele entrou, eu retirei o meu celular do carregador, o coloquei dentro da mochila e por fim, ajeitei o meu cabelo e passei um pouco de perfume, porque ninguém merece às 6 da manhã sentir cheiro de perfume forte.Estava meio cedo ainda, já que eu não tenho que andar muito para chegar a escola, porque eu já estou nela, então me sentei e fiquei mexendo no celular, esperando dar umas 06:40 pelo menos. Taehyung sai do banheiro já pronto, ele não falou nada comigo, apenas pegou suas coisas e saiu.

eu fiz o mesmo, apenas esperei 5 minutos para não chegar junto com ele. Chegando nos corredores pude ver Changkyun me esperando junto a Shuhua, aí meu deus.

- Oi - Eu falei enquanto eles andavam atrás de mim

- E então Jungkook, como está indo sua jornada como colega de quarto do Taehyung? - Chang perguntou me fazendo revirar os olhos

- Normal, a única coisa que muda é o meu ranço aumentando.

- Ah gente, ele nem parece ser tão ruim assim, só é rebelde. - Shuhua disse na maior inocência

- Ah eu te garanto que ele é ruim. - Chang falou, eu fiquei com dó, mas a essa altura ele já deveria ter esquecido do ocorrido, é, eu sei que é difícil esquecer essas coisas, porém, já faz um ano e alguns meses desde que isso aconteceu, não tem necessidade dessa tristeza toda

- Nossa, tá bom então - Ela disse

- Tá mas enfim, como está sendo dividir o quarto com o Jooheon? - Perguntei para Chang

- De boas - Sorriu de lado - E você shuh - O sinal soou

- Vamos pra sala - Eu falei indo para a sala

Quando chegamos na sala, estava uma agitação do cão, todo mundo gritando com um papelzinho na mão, eu como sempre sem entender nada. Me sentei em meu lugar, demorei uns 3 minutos para perceber um pequeno papel, o mesmo que todos estavam comentando, em minha mesa, eu o peguei e li. "23:45 sábado rua xxx casa xxx". É uma festa? De quem? E por que diabos tão tarde? E por que eu fui convidado? Sou amigo de ninguém desse povo que da festa, não. Espera. Não, Taehyung não iria me convidar. Mas quem diabos me chamou então? Eu guardei o papel no bolso do meu moletom e o ignorei, provavelmente não vou, então não faz diferença para mim.

Não demorou muito para o professor entrar na sala e todo mundo calar a boca, as aulas foram normais, chatas como sempre. Quando o sinal de ir "embora" soou, eu juntei as minhas coisas e fui para o meu quarto, na verdade tive que esperar uns 20 minutos do lado de fora porque a chave ficou com o Taehyung, mas tudo bem.

- O que você fez com papel, Jungkook, pelo amor de deus - Taehyung Perguntou enquanto entramos no quarto

- Tá aqui, oxi - Peguei o papel do meu bolso, Taehyung suspirou aliviado - O que foi? - Entreguei o papel pra ele - Colocou na mesa errada? - Perguntei 

- Não, é que você só consegue a pulseira com esse papel - Ele disse me entregando o papel de novo

- Seria isso uma festa? - Eu perguntei

- Sim? - Respondeu

- Não vou, mas obrigado pelo "convite" - Falei

- Ah mas você vai sim, sabe quanto tempo eu perdi tentando convencer o Jimin de me dar essa porra desse papel? - Ele disse 

- Ué, mas a gente nem se conhece direito, fez isso atoa

- Ah Jungkook você vai sim, nem que eu te puxe para lá - Falou - Aposto que você não tem nada pra falar no sábado.

- Não tenho nada não, mas não quero ir pra festa, ver o povo beber, também não quero beber pra acordar de ressaca pleno domingo. Sem contar que eu não conheço ninguém - falei 

- primeiro é só você não beber, segundo se você não beber não vai ter ressaca e terceiro você me conhece. Não tão bem, mas conhece - Falou 

- Ainda não quero ir

- Pena que vai, vou entregar a sua pulseira amanhã - Ele disse, eu revirei os olhos

- Vou beber água - Eu saí do quarto, encontrei Chang e Shuhua no bebedouro - Ola - Falei me aproximando

- Ah oi de novo - Shuhua disse e sorriu

- Ah nossa, lembrei! E aí Shuhua, como está sendo ser colega de quarto da ex do Jungkook?! - Chang Perguntou para shuhua, eu quero morrer, meu deus. alguém mata o Chang .agora.

- Ah mano, qual a necessidade - Eu perguntei

- Como assim ela é a sua ex? Ela não tem nada a ver com você. - Ela disse

- Pois é, tenho mania de me apaixonar por quem eu não deveria 


Notas Finais


outro cap curto, fdskkkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...