História TaeKook: Your Doll - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Kookv, Taekook, Vkook
Visualizações 43
Palavras 589
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - 02


- Hyung!

Jungkook corria pelos corredores, procurando Taehyung. Precisava entregar sua touca de volta logo, pois estava frio e não queria que seu hyung pegasse uma pontada com o frio em sua nuca. 

- Hobi hyung, Suga hyung, viram o Tae?

Ambos se encararam e engoliram em seco quase que em sincronia. Jungkook ainda os fitava, curioso.

- Por favor, me respondam!

- Ele está...

- No banheiro - Confessou Hobi, chegando a suar de nervoso.

Jungkook sorriu e agradeceu aos hyungs.

- Recomendaria que não fosse atrás dele.

- Por?

- Nada - respondeu Yoongi, puxando Hoseok rapidamente - Até amanhã, maknae!

- Até... - disse, já sozinho no corredor.

Não demorou em se dirigir com um sorriso para o banheiro do terceiro andar. Sorriso que logo se desmanchara ao encontrar Taehyung sendo prensado contra a porta de uma das cabines enquanto passava as mãos pelo corpo alheio. Taehyung e Baekhyun se beijavam como loucos. Sabia que apesar da assexualidade, Taehyung gostava de beijos. 

Para Kim Taehyung, beijar era como abraçar alguém... Apenas uma demonstração de carinho que afetava Jungkook - que não queria ninguém com seu hyung, porém, Jungkook nunca reclamou disso para Taehyung. Já haviam conversado sobre e Jungkook também poderia beijar quem quisesse, então... O que havia de nada em Jungkook? Não podia se conformar em ter seu hyung daquela maneira? 

Mesmo que não tivesse Taehyung por completo, já era alguma coisa... 

- Tae... - Escutou o sussurro de Baekhyun, sem deixar que o vissem - Eu quero te foder.

- Você sabe que não vamos passar de beijos, não sabe? - perguntara Taehyung, sentindo o amigo beijar e chupar seu pescoço com calma, deixando provavelmente algumas marcas ali.

- Mas eu quero.

Taehyung estava sem forças para o empurrar, pois não havia comido nada a manhã toda e ainda teve que praticar educação física. Tae se sentia completamente acabado para impedir qualquer toque.

- Vamos. Você ainda é virgem, não é? Quase 18 anos, Taehyung.

- Eu sou assexual, Baek.

- Não me importo. Você não precisa gostar - disse, já retirando o cinto da própria calça - Será na 'mó brotheragem, amigo... Você pode aguentar por mim. 

Jungkook se sentia incapaz de ajudar o hyung naquele momento. Tremia sem parar, abraçado na touca fofinha do mais velho.

- Eu até te pago. O que acha? A quantia que quiser, Tae.

- Me poupe, Baek. Somos amigos, mas eu não vou me vender.

Um tapa estalado no ar e Baekhyun saiu batendo o pé. Jungkook correu para socorrer o hyung, mas pôde apenas o encontrar em pé, sorrindo. Taehyung quem havia batido no mais velho e não vise-versa.

- Ah, oi... - Corou ao encontrar o menor com sua touca em mãos - Eu esqueci na sua casa? Obrigado por devolver, pequeno - Agradeceu, pondo a touca enquanto ajeitava seu cabelo - Não precisa se preocupar com ele. Baekhyun é sempre assim nas vezes em que prometo ficarmos no banheiro. Acho que meu querido amigo nunca vai mudar.

Jungkook assentiu, de cabeça baixa. 

Queria ter feito algo... Queria ter o tirado de perto do seu hyung...

- Mas obrigado por sempre se preocupar. Não precisa disso, tá? - diz e beija a bochecha do menor.

- Tenho medo de que ele acabe...

- Ele não fará nada comigo - Taehyung não tardou em interromper o menor.

Logo sorri e estende sua mão para Jungkook segurar.

- Vamos para casa. Eu te dou carona. Meu pai deve estar me esperando na frente do colégio agora.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...