1. Spirit Fanfics >
  2. TaeTen - (What Is Love) >
  3. Cap. 101

História TaeTen - (What Is Love) - Capítulo 101


Escrita por:


Capítulo 101 - Cap. 101


Fanfic / Fanfiction TaeTen - (What Is Love) - Capítulo 101 - Cap. 101

_ Quem está lá dentro? - Irene tentou olhar pra dentro da sala, mas Jaejoong fechou a porta atrás de si.

_ Não interessa! O quê você está fazendo aqui a essa hora da noite?

_ Vim te trazer um presente e te desejar um parabéns íntimo. - A mulher tomou a liberdade de se aproximar do mais velho tocando em seu peitoral.

Jaejoong segurou as mãos alheias a afastando de si. Encarava seriamente o rosto alheio a sua frente.

_ Vai embora! Odeio comemorações, sabe disso. Acabamos de nos divorciar, óbvio que que quero nada vindo de você.

_ Jaejoong! Eu não vim aqui atoa, querido. Vim pra um contato mais íntimo, pra matarmos a saudade e eu não vou embora sem ter o que eu quero. - Irene puxou suas mãos para si.

_ Amas vai. Nem que eu chame a polícia, mas você vai embora daqui sem ter esse contato íntimo. - Jaejoong falava gesticulando tanto, que Irene acabou por notar sua bela aliança reluzente. _ Não sinto saudades e mesmo que eu sentisse, eu não iria quer passar a noite com você.

_ Acho que entendi.. - Indagou a mulher abrindo um sorriso falso. _ Virei a amante.

Jaejoong voltou seus olhos para sua aliança e depois para a Irene.

_ Vai embora, por favor..

_ Pela tatuagem de coração pintada com as cores da bandeira gay, seu novo compromisso é com aquele pirralho escroto.

_ Ô minha filha.. - Yuta apareceu no meio daquele situação já brotando do nada. _ Escrota é você, horrorosa. Toma vergonha nessa tua cara de prikita sangrenta, porque agora esse homem namora outra pessoa. Graças a Deus ele não vai precisar sofrer pelo lixo de mulher que você é, isto é, se é que podemos te chamar de uma. Vai hidratar esse seu cabelo ressecado e deixa o Sr Jaejoong em paz. Não se mete com o meu amigo, porque acabo com você, suvaguenta.

_ Yuta! - Taeyong chegou no finalzinho do esculacho do japonês. _ O que está acontecendo aqui, gente?

_ Vou processar esse japonês intrometido, vou tirar tudo o que ele tem e depois jogar ele na cadeia por ter me ofendido.

_ Amas você se acha a poderoso, não é mesmo? - Yuta cruzou seus braços num ar de deboche. _ Mesmo que você faça uma macumba, ainda sim você não ganharia processo nenhum em cima de mim. Uma porque meu papai compra até a sua alma, e duas porque o dinheiro que você tem, não dá nem pra subornar o Juiz. Acho melhor você baixar sua bolinha ir cuidar desse seu aplique cheio de piolho longe daqui.

_ Tae, eu já volto.. - Ten segurou o riso o máximo que pode, se afastou de seu namorado e não se poupor de gargalhar alto em outro cômodo.

_ Já chega, Yuta! Mãe, vai embora. O papai não quer receber visitas a essa hora..

Assim que Taeyong fechou a boca, Jiwon abriu a porta do escritório aparecendo logo atrás de Jaejoong.

_ O que está acontecendo, gente? - Indagou inocentemente.

_ Não se preocupe, amor. Arrasei com a cadela por você.. - Jiwon frangiu as sobrancelhas para Yuta como resposta, ainda estava sem entender nada.

_ Irene! Vai embora agora, não tenho tempo nem pra bater boca com você. - Jaejoong abriu a porta de seu escritório e entrou novamente com Jiwon ali.

Yuta antes de sair da presença da mulher, mostrou língua para a mesma.

_ É esse tipinho que você chama de melhor amigo, Taeyong?

_ Vamos, mãe.. - Indagou o rapaz a conduzindo até a saída daquela casa.


Notas Finais


Está acabando..


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...