1. Spirit Fanfics >
  2. TaeTen - (What Is Love) >
  3. Cap. 84

História TaeTen - (What Is Love) - Capítulo 84


Escrita por:


Capítulo 84 - Cap. 84


Fanfic / Fanfiction TaeTen - (What Is Love) - Capítulo 84 - Cap. 84

Meia hora depois, Yuta viu seu celular tocando e logo atendeu ao ver que era Jaejoong.

📲 _ Oi, como estão as coisas ai?

_ O Ten quis se instalar numa casa alugada, segundo ele, é mais barato do que pagar o aluguel de um hotel luxuoso. Agora estamos nós aqui, né?

📲 _ Tá! E o quê o Taeyong está fazendo?

_ Ele tomou banho, comeu alguma coisa na cozinha e se trancou num dos quartos dessa casa.

📲 _ Ele está arrependido..

_ Como você sabe?

📲 _ Você também acha isso?

_ Sim, mas ainda estou evitando ele. Acho que está faltando as desculpas sinceras dela pra tudo voltar ao normal.

📲 _ Me envia a localização dessa casa, quando eu chegar eu vou conversar com ele.

_ Envio, mas.. Jiwon e você já se resolveram?

📲 _ Dependendo dele não vamos se resolver nem tão cedo, mas eu sou insistente. Não vou embora enquanto ele se manter durão!

_ Tudo culpa do porra do Taeyong! Eita, acho que ele ouviu.

_ Yuta?! Está falando com quem? - Indagou Taeyong no qual havia pegado o japonês no pulo falando de si.

_ Eu disse Taeyong?! Eu quis dizer pão doce! Não estou falando de você não, garoto. Eu, ein?! Sai daqui. Então sr, vou te mandar a localização agora. Até jajá..

📲 _ Até!

_ Era meu papai?! Ele já está vindo?

_ Era seu pai sim, e sim! Ele já está vindo! - Sem mais Yuta voltou seus olhos para seu celular se mostrando seco com Taeyong.

_ Me perdoa, eu errei falando aquele monte de coisas. - Taeyong desabafou já dando início ao um choro no qual estava preso em sua garganta a tempos. _ Prejudiquei demais o meu papai..

Amava Yuta demais pra suportar a ideia de ser ignorado pelo mesmo, aquilo obviamente estava acabando consigo.

_ Vou te perdoar.. - O japonês largou seu celular de canto e abraçou o rapaz a sua frente. _ Mas não quero saber de você implicando com o Jiwon de novo.

_ Eu vou deixar ele em paz, mas isso não quer dizer que eu vou aceitar o relacionamento dele com meu pai. Odeio esse garoto.

_ Tá doido?! Você não pode odiar sua nova mamãe..

_ Yuta! - Taeyong lhe deu um tapinha em seu braço.

_ Porra! É sério, Tae. Se ele ficar com o seu pai, você vai chamar ele de mãe ou de pai?! Eu no seu lugar chamaria de mãe, porque Jaejoong já é o pai, né?! Jiwon no sexo sempre vai fazer o papel bottom.

_ Ai, eu não quero escutar isso.. - Taeyong saiu do abraço do japonês e tampou seus ouvidos. _ Ele vai ser indiferente pra mim, se ele e meu papai ficarem juntos.

_ Qual é o papo, barangas? - Se veio da cozinha cheio de curiosidade pra saber o que ambos estavam falando.

_ Taeyong pediu desculpas né, meu bem? - Yuta recebeu um acentir como resposta. _ Mas isso não quer dizer que ele aceita o Jiwon. Espero que pelo menos ele se esforçe pra conviver com ele no mesmo ambiente, caso ele fique com o Sr Jaejoong.

_ É.. - Ten se mostrava pensativo.

Não tinha muito a dizer quando um assunto envolvia Jiwon no meio.

_ Me perdoa, amor? - Taeyong pediu fazendo uma beicinho todo manhoso.

Ten nada disse, abriu um pequeno sorriso aos poucos já puxando Taeyong finalmente para seus braços. Nem ele mesmo já estava aguentando dar tanto gelo em seu namorado, já estava sentindo falta de ter o corpo alheio em seus braços.

_ Aaai, carai! Eu sempre sobro, tomar no cú. - Yuta saiu da sala indo diretamente para o quarto que havia escolhido para si.

Já Ten e Taeyong riam por achar graça do que o japonês havia dito.

_ Temos que arrumar alguém pra ele, você não acha que o Tata anda muito solitário?

_ O quê você acha de um relacionamento de três pessoas?

_ Eu.. Acho que deve ser algo muito difícil, um sempre sobra.

_ Talvez não. Só impor algumas regras na relação, tipo: Sexo somente se os três estiverem presentes, pra sair a mesma coisa. Pra não acontecer esse tipo de exclusão.

_ Você ama o Yuta o tanto que eu o amo? - Ten perguntou com seriedade em sua voz.

Se Taeyong estivesse brincando sobre o tal relacionamento a três, esse era o momento pra jogar na roda.

_ Eu amo tanto ele, e sei que você ama ele da mesma forma. Por isso estou perguntando o que você acha de um relacionamento de três pessoas..

_ Se ninguém for ficar de fora, eu concordo com a idéia. - Taeyong nada disse, simplesmente abriu um sorriso malicioso na direção do tailandês.

E novamente Ten se via confuso, de cada dez palavras que dizia, oito taeyong entendia como malícia.


Notas Finais


Vai começar a putaria..


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...