1. Spirit Fanfics >
  2. TaeTen - (What Is Love) >
  3. Cap. 94

História TaeTen - (What Is Love) - Capítulo 94


Escrita por:


Capítulo 94 - Cap. 94


Fanfic / Fanfiction TaeTen - (What Is Love) - Capítulo 94 - Cap. 94

• Segunda-feira •

Yuta acordou por volta das quatro e meia da tarde com um barulho no cômodo de baixo. Se levantou de sua cama e fez sua higiene pessoal, já vestindo uma roupa em seguida um tanto provocativa. Um Jeans preto bem colado em suas pernas e parte traseira, e uma camisa um tanto curta onde chegava a mostrar seu pircing no umbigo. Yuta não sabia o porque, mas queria se vestir daquele jeito aquela tarde, se sentia confortável daquela forma. Ao descer para o cômodo debaixo deu de cara com todos os seus amigos, incluindo Taeyong no qual estava agarrado ao tailandês.

_ Que roupa de biscate.. - Indagou Taeil vendo o japonês descer lentamente as escadas de sua casa. _ Mas eu gostei. Tá gostoso.

Johnny colocou sua mão sobre a perna de Taeil lhe deixando uma apertão ali.

_ Estou aqui. - Indagou o americano num ar ciumento recebendo um rápido selar em seus lábios vindo de seu namorado.

_ Oi, gente. - O Japonês tratou de falar com cada um dando um beijo sobre os cabelos  de alguns.

Mais especificamente nos cabelos de Johnny, Taeil, Ten e até os de Sicheng.

Jaehyun e Doyoung mantinham seus olhos grudados em cada movimento que o japonês fazia. Yuta tinha total conciência de que ambos estavam morrendo de ciúmes da roupa que havia vestido.

Taeyong acabou por dar um tapa na bunda do Japonês atraindo sua atenção somente para si.

_ Achei que fosse o amor da sua vida.. - Indagou o rapaz num tom todo manhoso já arrancando um sorriso do japonês.

_ Você é.. - Yuta deu um beijo sobre o nariz de Taeyong e agora o que se podia ouvir era Doyoung limpando sua garganta.

O japonês se atentou ao casal DoJae e os mesmos mantinham seus olhos intensos sobre si, Doyoung cruzou seus braços sua expressão não era nada feliz. Jaehyun claramente se segurava em seu lugar, tentava não explodir porque afinal de contas tinha a ciência de que não namorava Yuta, além de pedir para o mesmo o esquecer a uns dias atrás.

_ Vocês estão aqui a muito tempo? - Yuta perguntou ignorando a presença de DoJae.

_ Chegamos todos aqui faz uma meia hora.. - Indagou Ten olhando para seu relógio de pulso. _ Quando foi que você colocou esse pircing no umbigo?

_ Não faz muito tempo. Comprei esse cropped especialmente só pra mostrar meu pircing. - Yuta se mostrava um tanto orgulhoso, adorou seu novo furo.

_ Sabia disso, amor? - Perguntou o tailandês voltando sua atenção para seu namorado.

_ Ele só tem um pircing no umbigo porque eu disse que ele iria ficar muito sex-

Taeyong novamente foi interrompido por Doyoung no qual limpou sua garganta.

_ O quê acontece, caralho?! Está com alguma doença? - Questionou Taeil se mostrando incomodado com as reações alheias.

_ Minha garganta está ressecada.. - Doyoung novamente fingiu limpar sua garganta.

_ Vai lá na cozinha tomar um copo de água, porra! Isso já está me incomodando. - Indagou Taeil num tom de ordenança.

_ Nuss.. - Doyoung se levantou do sofá e caminhou em direção a cozinha. _ Que bicha grossa!

Yuta foi logo atrás pegando o rapaz de supresa ao chegar por trás do mesmo colando seus corpos.

_ Tem como você e o Jaehyun pararem com esse ciúmes idiota?! - Susurrou o japonês bem próximo a orelha do rapaz. _ Vocês falaram pra mim esquecer vocês, então façam o mesmo.

_ Ain! - Soltou um gemido. _ Fala mais pertinho, daddy.. - Doyoung se virou de frente para Yuta já apontando para sua boca.

Pedia um beijo ali, mas o japonês acabou se afastando do rapaz e em seguida pode ver Jaehyun entrar na cozinha.

_ Onde você pensa que vai com essa roupa?

_ Ah, pronto! - Cruzou seus braços e se encostou na mesa. _ Minhas roupas, minhas regras.

_ Você é nosso, então.. Nossas regras. - Indagou Doyoung num tom meio óbvio.

_ Não me lembro de ter entrado num relacionamento sério com vocês.

_ Já sabemos que você nos ama. - Jaehyun tinha em seus lábios um sorriso maroto. _ Porquê você acha que estamos aqui se eu pedi pra você nos esqueçer, porque era o que iríamos fazer também?

_ Foi o Ten, não foi? - Yuta não obteve resposta algum além de sorrisos descarados em sua direção. _ Posso até amar vocês, mas isso não quer dizer que eu vou me juntar ao relacionamento abusivo de vocês.

_ Amas porquê não? Indagou Doyoung frangindo suas sobrancelhas.

_ Porque vocês são doentes, caralho. São ciumentos demais. Eu gosto de sair, gosto de ser quenga. Não quero perder minha liberdade por causa de vocês dois não.

_ É isso então.. - Jaehyun pegou na mão de Doyoung e saiu o puxando daquele cômodo deixando o japonês sozinho.

_ É isso o quê, inferno?! - Questionou o japonês não obtendo respostas. _ Sempre diz que é isso, e nunca fala o que é realmente.

Yuta soltou um bufar e voltou pra sala, se encostou sobre a parede da mesma passando a encarar Doyoung e Jaehyun sentados sobre o sofá. Ambos viam algo no celular, e aquela cena aos olhos do japonês era tão pacífica. Fez o japonês lembrar dos conselhos de Jaejoong, onde o mesmo disse que se fosse ele em sua situação, arriscaria tudo.

_ Arrependimentos só se for por não tentar.. - Susurrou o japonês para si mesmo enquanto mantinha seus olhos nos dois rapazes.

_ Vamos fazer um campeonato de futebol no game? - Johnny sugeriu e a idéia paredeu agradar quase todos.

_ Eu não vou jogar. - Taeil pulou fora antes que colocassem seu nome como próximo.

_ Eu também não.. - Ten atraiu as atenções para si. _ Mas o Tae vai, ele é um ótimo jogador.

_ Vai jogar, Yuta? - Questionou o americano, vendo o rapaz de braços cruzados encostado sobre a parede.

_ Não! E DoJae também não. - O japonês descruzou seus braços. _ Quero falar com vocês lá em cima, subam.

O japonês pediu e ambos os rapazes se levantaram do sofá com sorrisos maliciosos sobre seus lábios, sabiam exatamente o que Yuta queria falar.

_ O quê o Yuta quer com eles? - Sicheng perguntou se mostrando inocente.

_ Já que você está namorando, acho que não tem problema nenhum em dizer que eles três tem um caso. - Falou Taeil sem rodeios pegando o chinês de surpresa.

_ Como você soube, Taeil? - Ten voltou sua atenção para o rapaz se mostrando surpreso.

_ Hã! Ninguém é bobo o suficiente, estava na cara né, Ten? - Indagou Johnny enquanto ligava o vídeo game do japonês.

_ Como estava na cara se eu não sabia de nada, gente? - Sicheng se mostrava incrédulo, não queria acreditar.

_ Pelo amor né, Cheng?! Como você pode ser tão inocente, assim?! - Indagou Taeil tentando abrir os olhos alheios. _ O Doyoung e o Jaehyun só falta esfregar o ciúmes deles pelo Yuta na nossa cara.

_ Na real só falta mesmo eles se assumirem, porque nem as crises de ciúmes eles escondem mais. - Johnny finalmente se sentou sobre o sofá. _ Muito bem, vamos de par ou ímpar pra ver quem começa.

_ Acho que não quero mais jogar.. - Sicheng agora portava uma carinha de chateação.

_ Ah, não! - Indagou Taeyong se mostrando confuso. _ Você não tem namorado?! Porquê você está triste?

_ Você ainda gosta do Tatá, Cheng? - Sicheng acabou por acentir a pergunta do tailandês.

O silêncio invadiu aqua sala, até ser quebrado novamente por Johnny.

_ Vamos ver se você é realmente bom.. - O americano deu nas mãos de Taeyong um controle e assim, ambos deram início ao jogo.

_ Fui talaricado na cara dura, Taeil.. - Susurrou Sicheng com uma voz claramente de choro.

_ Ô meu amor.. - Taeil tomou a liberdade de o abraçar fortemente.

Não sabia o que o chinês estava sentindo, mas podia imaginar tamanha dor do mesmo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...