História Take care - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Life Is Strange
Personagens Alyssa Anderson, Brooke Scott, Chloe Price, Kate Marsh, Mark Jefferson, Maxine Caulfield, Nathan Prescott, Personagens Originais, Rachel Amber, Samuel Taylor, Victoria Chase, Warren Graham
Tags Pricefield
Visualizações 58
Palavras 666
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hey. Então, espero que gostem.

Capítulo 1 - It's complicated


P.O.V Max

Paro em frente a porta, estou hesitante quanto apertar a campainha, respiro fundo e aperto a mesma, um homem alto e loiro abre  a porta.

-Boa tarde-Digo-Meu nome é Max, eu gostaria de me candidatar para cuidar da Chloe-Falo, ele me olha um tanto incrédulo.

-Entre, por favor-Abre mais a porta e eu entro, vejo uma garota na cadeira de rodas sendo alimentada por uma mulher, presumo ser Chloe e sua mãe-Joyce, ela veio pela vaga-Conta.

-Oh-A mulher coloca o prato na mesa e me olha, lança um sorriso e levanta, vindo em minha direção-Olá, eu sou a mãe de Chloe-Estende a mão, eu aperto.

-Max-Digo.

-William, leve Chloe para o quarto, por favor-Diz, o homem assente e vai em direção a filha.

-Não, eu quero fficar-Chloe disse, seu tom de voz era baixo e um pouco falho. William e Joyce se entreolham-Por...favor-Ela completa.

-Tudo bem-Joyce diz e solta um suspiro-Sente-se, Max-Fala, sentando no sofá, eu faço o mesmo. William traz Chloe para mais perto e senta ao lado de Joyce.

-Você tem alguma experiência como cuidadora?-William pergunta.

-Eu já fui babá-Digo e Chloe solta uma risadinha, seus pais a olham e voltam a olhar para mim-Mas minha já foi enfermeira e eu sei algumas coisas sobre cuidados  médicos-Completo.

-Olha, Max. A situação da Chloe é complicada, então precisamos de alguém que saiba dar á ela todos os cuidados necessários-Joyce diz-As vezes ela tem algumas mudanças de humor, fica agressiva e...

-Nã...não fa...fa..fale de mim como se eu não estivesse aqui-Ela se esforça para terminar a frase.

-Me desculpe, querida-Joyce diz, tocando na perna da filha.

-Eu sei que eu posso não ser a pessoa mais experiente, mas prometo dar meu melhor e cuidar da Chloe da forma necessária-Digo confiante.

-Acho que ela pode se sair bem, Joyce. Sem contar que fez Chloe rir, quando foi a última vez que vimos isso acontecer?-William questiona.

-Você acha que consegue, querida?-Joyce pergunta, eu assinto-O que você acha, filha?-Olha para Chloe.

-Go..go...go..gosto...dela-Fala com um pouco de falta de ar.

-Qual seu tempo livre, Max?-William pergunta.

-Todas as tardes-Respondo prontamente.

-O que você faz de manhã?-Joyce pergunta.

-Um curso de fotografia-Falo.

-Bem, meu marido e eu vamos conversar mais sobe isso. Pode nos passar seu número?-Eu assinto. Anoto meu número do celular de Joyce e me levanto.

-Tchau, Chloe-Sorrio para ela e aceno.

-Tchau-Fala e me lança um meio sorriso.

Joyce me acompanhou até a porta e nos despedimos, eu subi em minha bicicleta e pedalo de volta para a casa. Entro na mesma e vou direto para o banheiro lavar as mãos, caminho até a cozinha e abri a geladeira. "Preciso conseguir um emprego e ajudar nas compras"

Dias depois 

Tranco a porta de casa e subo na minha bicicleta, meu celular toca e eu atendo o mesmo, enquanto pedalo.

-Alô-Digo.

-Oi, Max. Aqui é o William, pai da Chloe-Freio imediatamente.

-Oi-Falo.

-Você pode vir aqui hoje a tarde?-Pergunta.

-Posso sim-Falo.

-Muito obrigado-Diz.

-Magina-Digo e ele desliga. "O que será que eles querem comigo? Chloe está sendo cuidada por uma ex enfermeira, não entendo porquê precisam de mim"

Depois do curso vou direto para a casa de Chloe, toco a campainha e desta vez quem abre a porta é a Joyce. Ela pede para que eu entre e assim faço.

-Você ainda está disposta a cuidar de Chloe?-Pergunta.

-Sim, mas eu pensei que já tivesse encontrado alguém-Digo.

-E nós encontramos, mas ela não teve paciência com Chloe-Fala-Vem comigo-Pede e eu a sigo, ela me levou até o quarto de Chloe, onde a mesma dormia em uma cama de hospital. Joyce se aproxima da filha e tira aos poucos a coberta que cobre o corpo da garota, então eu pude ver um hematoma em seu braço esquerdo.

-A enfermeira fez isso?-Pergunto incrédula, Joyce assente com lágrimas nos olhos.

 -Você quer mesmo fazer isso?-Questiona e eu assinto-Eu só vou pedir que me prometa uma coisa, se em algum momento Chloe tem deixar  irritada, ligue para mim ou para o William e nós vamos vir mais rápido possível, mas por favor, nunca machuque nossa menina-Diz com a voz chorosa e os olhos marejados.

-Eu prometo. Eu jamais machucaria a Chloe-Digo, ela enxuga as lágrimas e cobre sua filha novamente.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...