História Take care - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Life Is Strange
Personagens Alyssa Anderson, Brooke Scott, Chloe Price, Kate Marsh, Mark Jefferson, Maxine Caulfield, Nathan Prescott, Personagens Originais, Rachel Amber, Samuel Taylor, Victoria Chase, Warren Graham
Tags Pricefield
Visualizações 37
Palavras 1.642
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura.

Capítulo 3 - I love her so much.


Fanfic / Fanfiction Take care - Capítulo 3 - I love her so much.

Retiro meus fones para ter certeza de que realmente tinha alguém batendo na porta.

-Entre-Digo ao ouvir mais batidas.

-Tá tudo bem?-Minha mãe pergunta, vindo até mim e sentando na cama.

-Tá.

-O que aconteceu?-Questiona.

-Eu preciso de outro emprego-Falo-Cuidar de Chloe não é fácil-Confesso.

-Meu amor, você não precisa trabalhar agora-Ela diz, com um tom calmo.

-Preciso sim. Já está na hora de eu ajudar nas contas, pelo menos pagar meu curso-Digo.

-Então é isso? Você ouviu seu pai e eu conversando?-Indaga e eu assinto-Tá tudo bem. Nós vamos dar um jeito.

-Eu quero ajudar.

-Okay. Só não se cobre demais, não faça nada que vai além do que você possa oferecer-Diz-Eu tenho que voltar para o trabalho-Levanta da cama-Fica bem-Ela beija minha testa.

....

Abro meu Facebook e procuro por Chloe Price, ali estava ela. Clico no perfil e vou ver suas fotos, não demorou para que uma imagem dela beijando uma garota loira aparece, abro a mesma e tem um textinho na legenda.

"2 anos ao lado dessa garota incrível e 6 meses podendo dizer que ela é minha NAMORADA. Chupem. Acho que eu não deveria usar isso no seu texto de aniversário, mas não pude evitar. Você vem falando dos seus 18 desde que nos conhecemos e finalmente chegou, nossa viagem vai ser demais. Prometo pelo menos tentar fazer com que seja, porque voce merece. Bom, não sei mais o que escrever. Te amo, Amber"

O comentário de Rachel destacava-se logo abaixo.

"Você me tira sorrisos bobos sem nem falar coisas fofas. Sou muito trouxa por você mesma.  Obrigada, amor. Te amo, Price"

Abri o perfil de Rachel e olhei algumas de suas fotos, sem conseguir me segurar mando convite. 

Dia seguinte 

-Hey,  Maxine-Nathan grita.

-Quantos vezes vou ter que pedir para você não me chamar assim?-Pergunto assim que ele se aproxima de mim.

-Quantas vezes você quiser. Eu sempre vou te chamar assim pra te irritar-Ele diz-É função de melhor amigo, sabe.

-E quem disse que você é meu melhor amigo?-Ele me olha boquiaberto.

-Beleza, então. Vai lá com Warren então-Fala, ele realmente estava com ciúmes.

-Na realidade, eu vou mesmo. Marquei de encontrar ele depois da aula-Digo, apenas para provocar ciúmes.

-Vai lá, então-Ele caminha mais rápido. Eu corro e o abraço-Vai abraçar seu melhor amigo.

-Já estou fazendo isso-Digo.

-Nem vem-Ele se afasta de mim.

-Ah, para-Solto uma risadinha.

-Baixinha!-Warren grita.

-Baixinha? Só eu te chamo assim-Nathan retruca.

-Oi, Warren-Digo.

-Só queria saber se você vai mesmo ajudar na exposição-Diz.

-Ah, vou sim-Sorrio para ele.

-Tá afim de ir lá pra casa hoje? Não quero ficar sozinho-Diz.

-Claro. Depois do curso?-Ele assente.  Warren sai e quando olho para o lado, Nathan eestá entrando na aula de teatro. 

....

O som de notificações do meu celular não param, pego o mesmo.

"Rachel Amber aceitou seu pedido de amizade"

"Rachel reagiu a sua foto"

"Rachel reagiu a sua publicação"

"Rachel reagiu a sua foto"

"Rachel deixou um comentário em uma foto que voce foi marcada"

"Rachel comentou sua foto de capa"

Vou direto ler os comentários: "Super conceitual" foi o comentário dela na minha capa. "Quero você como minha fotógrafa" comentou na foto que tirei de Nathan. Curti seus comentários e em seguida recebo uma mensagem dela.

Rachel: Oii.

Eu: Oii

Rachel: Você é uma ótima fotógrafa. 

Eu: Obrigada XD

Rachel: Esse emoji me lembra minha ex.

Rachel: Ela odeia emojis

Eu: A Chloe?

Rachel: Você conhece ela?

Eu: Sim, eu estou cuidando dela 

Rachel: Foi por isso que me mandou convite? O que você quer comigo?

Eu: Só queria entender o que aconteceu, por você se afastou dela.

Eu: Ela sente muito sua falta.

Rachel: Eu também sinto falta dela

Rachel: Demais.

Eu: Então por que você não vai ver ela?

Rachel: Não posso

Eu: Por que não?

Rachel: Eu não consigo mais ver ela da mesma forma, sabe

Rachel: Ela sempre tão independe e alegre,ver ela sem poder se mover e depender dos pais para  tudo é tão doloroso.

Rachel: Sempre olhei ela com admiração, não quero que ela veja que esse olhar mudou para pena. 

Rachel: E demais para mim ver ela sofrendo. Não sei como  lidar.

Eu: Eu entendo. Me desculpe por me intrometer.

Rachel: Tudo bem.

Rachel: Como ela tá? A quanto tempo você tá cuidando dela?

Eu: Dois dias, mas não sei se vou voltar.

Rachel: Por quê?

Eu: Talvez seja demais para mim também.

Rachel: Ela teve alguma crise, não foi?

Eu: Sim, não quis tomar os remédios. Então eu liguei para Joyce  e ela disse que era para eu dizer que Chloe poderia falar com você, como isso não aconteceu ela começou a chorar.

Rachel: Ai que dor no meu coração. Eu amo ela demais.

Eu: Ela também te ama.

Rachel: Queria ter coragem de ver ela.

Eu: Espero que você consiga.

...

P.O.V Joyce 

Entro no quarto de Chloe e me aproximo da cama, ela me olha confusa.

-Não foi...trabalhar?-Pergunta, eu nego.

-Vou cuidar de você hoje-Digo, mexendo no cabelo dela.

-Por quê?-Questiona-Cadê a Max?.

-Ela não vir mais, meu amor-Digo.

-O quê? Por quê?....O que eu fiz...desta vez?.

-Nada, meu amor. Só é demais pra ela-Explico-Ela não tem experiência.

-O que eu fiz?-Pergunta.

-Você só chorou-Conto.

-Por quê?.

Explico tudo para ela e agradeço por ela estar calma. Consigo faze-la tomar seu remédio sem trabalho algum.

-Quero falar com ela-Ela diz rápido.

-Com a Max?-Pergunto, ela assente devagar.

-Pedir...desculpas-Diz.

-Eu vou ligar para ela-Falo e pego meu celular, procuro o contato dela e faço a chamada.

-Oi, dona Joyce-Ela diz ao atender.

-Oi, querida. Chloe quer falar com você-Falo e seguro o celular em sua orelha.

-Oi-Chloe fala-Desculpa....por gritar-Diz meio tímida-Não, não tá...bem...Desculpa...Volta-Pede, eu a olho surpresa-Você é a....única que...nunca...Me machucou-Conta e me olha apreensiva-Obrigada. 

-Deu?-Pergunto e ela assente-Ela vai voltar a cuidar de você?-Ela repete o ato-Por que nunca me disse que os outros te machucavam?-Questiono.

-Não sei-Diz.

-Ainda bem que Max nos e contou, né-Ela assente com um sorriso de lado-É tão bom te ver sorrindo-Digo.

P.O.V Max

Não esperava pela ligação de Chloe e muito menos pelo pedido de desculpa, não é culpa dela aquele comportamento. Mesmo achando que é demais para mim, não posso deixar ela agora, não depois de saber que as outras pessoas machucam ela. 

Volto para casa e me tranco no quarto, pego um papel e uma caneta e faço uma lista com todos seus remédios, ao lado do nome coloquei para o que cada um serve. Liguei meu notebook e procurei algumas atividades que ajudam a estimular mais o cérebro. Guardei minhas aanotações na minha mochila e corri para fora, peguei li bicicleta e pedalei até a casa dos Price.

Assim que abre porta, Joyce me abraça chora baixinho em meu ombro, acaricio as costas dela.

-Me desculpe-Diz, quando se afasta.

-Tá tudo bem-Digo.

-Obrigada por não machucar ela e por fazer o que eu te pedi-Diz, enxugando as lágrimas.

-Não precisa me agradecer-Falo-Será que podemos conversar sobre a Rachel?-Pergunto receiosa.

-O que tem essa garota?-Pergunta.

-Eu conversei com ela-Conto-E ela parece gostar muito de Chloe.

-E então cadê ela para dar forças para minha filha? Chloe só foi boa para ela quando fazia todas suas vontades, agora que é ela quem precisa de ajuda, essa garota nem quer saber mais dela-Fala, irritada.

-Ela me disse que não quer que a Chloe vejo que olhar de admiração que ela tinha se tornou em pena-Conto e ela solta risada nasal.

-Deveria ser de culpa-Diz.

-Como assim?-Indago. 

-Não surpreende ela não ter contado. Algumas horas  antes do acidente, ela terminou com Chloe sem dizer o motivo e foi embora, pouco tempo depois ligou chorando dizendo que tava arrependida e que queria ver a Chloe, mas disse que não podia sair de casa e então Chloe foi até ela ela e encontrou Rachel com outra garota, as duas brigaram e na volta para a casa, um carro bateu na caminhonete de Chloe-Conta com os olhos marejados.

-Chloe não se lembra de nada disso?-Pergunto.

-Não, ela acha que eu não deixo Rachel vista-la-Conta. 

Meu celular toca e eu pego o mesmo, vejo "Rachel" no visor e mostro para Joyce.

-Coloca no viva-voz, por favorfavor-Pede, eu atendo e faço  o que ela pediu.

-Max, eu quero ver ela-Rachel diz, pela voz ela está chorando. Olho para Joyce e a mesma assente.

-Hoje?-Pergunto.

-Sim-Fala.

-Posso dizer para ela que você vem então?-Questiono.

-Pode-Diz-Até mais-Fala.

-Até-Digo e desligo.

Joyce e eu vamos até o quarto de Chloe, ela está olhando atentamente para a tv, embora esteja passando algumas propagandas.

-Temos algo pra te dizer-Joyce comunica, ela nos olha.

-O quê?-Pergunta.

-Rachel vai vir aqui-Joyce conta.

-Eu tomo os remédios, não precisa mentir-Fala.

-Não é mentira, ela vai mesmo vir. Max convenceu ela-Joyce fala e Chloe dá um enorme sorriso.

Nós ficamos esperando por Rachel durante horas e nada dela, Chloe até pegou no sono. Recebo uma mensagem e sem precisar desbloquear meu celular, leio em voz alta.

-Eu não consigo fazer isso-Joyce me olha e suspira.

-Eu sabia-Diz-O bom é que Choe dormiu, ela nem vai lembrar disso quando acordar-Conta-Obrigada por tentar, Max.

-Eu não acredito que ela fez isso-Digo.

-Não é  a primeira vez. Não sei porquê pensei que seria diferente-Joyce fala decepcionada.

-Cadê ela?-A voz repentinade Chloe chama nossa atenção, Joyce olha para a filha surpresa-Cadê a Rachel?.

-Ela já foi embora-Digo sem pensar, Joyce me olha.

-Ela não pôs ficar muito-Completou.

-Queria ter visto...ela-Chloe fala triste-Ela pode vir...amanhã?-Pergunta.

-Claro-Joyce fala e me olha como se pedisse ajuda.

Eu saio do quarto e ligo para Rachel por chamada de vídeo, ela atende, seus olhos estão vermelhos e seu rosto inchado.

-Me desculpa-Fala.

-Acha que consegue falar com ela por aqui?-Pergunto, ela assente. Volto para o quarto e me aproximo de Chloe.

-Oi-Rachel fala, a voz dela entrega que ela quer chorar.

-Oi-Chloe diz e sorri.

-Como você tá?-Pergunta.

-Bem...Por  quê não me acordou?-Questiona.

-Quando?-Rachel pergunta.

-Quando esteve aqui-Chloe fala.

-Oh, eu achei melhor deixar você dormir-Diz, Joyce e eu respiramos aliviadas.

-Por quê você tá...chorando?-Chloe pergunta preocupada.

-Tava com saudade de você-Rachel responde.

-Tá falando com quem, loirinha?-A voz de uma outra garota é escutada-Tenho que ir-O barulho de beijo faz Joyce e eu olharmos para a tela-Oi, Chloe-A garota diz e saí do vídeo.

-Não quero mais-Chloe diz, me olhando.

-Tchau, Rachel-Joyce fala e desliga.

E mais uma vez Chloe teve uma crise de choro, Joyce lhe deu um remédio para dormir e nós voltamos para sala.

-Ela ia fazer tão bem para a recuperação de Chloe-Joyce comenta.

-Eu notei que a fala de dela não estava travando tanto-Digo.

-Sim, e ela lembrou que Rachel estaria aqui-Diz.

-Eu sinto muito-Falo.

-Só espero que ela não lembre do que viu-Fala e solta um suspiro.






Notas Finais


Espero que tenham gostado. Até mais.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...