1. Spirit Fanfics >
  2. Take Me To Church

História Take Me To Church


Escrita por:


Fanfic / Fanfiction Take Me To Church
Sinopse:
Num país onde a principal preocupação da maioria dos habitantes é a homossexualidade – ou homossexualismo, como muitos adoram falar – e não a violência nas ruas, o assédio em transportes públicos e a decadente situação política, ser um garoto gay pertencente à uma família religiosa, não é nada fácil.

+18 | Cenas violentas | Crítica | LGBTQ+ | Namjoon!Centric


História não recomendada para pessoas com transtornos psicológicos.

design by @designcity - @_manddy
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 8.314
Favoritos 387
Comentários 165
Listas de Leitura 189
Palavras 40.206
Concluído Sim
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Anti-homofobia, Crítica, Fanfic Pesada, Homofobia, Kyravee, Minjoon, Namjoon!centric, Nammin, Violencia, Yoonseok

NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama / Tragédia, Gay / Yaoi, LGBT, Musical (Songfic), Romântico / Shoujo, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, BDSM, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de difamar ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Nós nascemos doentes, é o que eles dizem.
7
1.099
564
 
2.
Posso ter nascido doente, mas adoro isso.
8
865
1.177
 
3.
Ordene-me que eu me cure.
7
620
1.262
 
4.
Leve-me à igreja.
13
592
2.000
 
5.
Louvarei como um cão no santuário de suas mentiras.
7
534
3.800
 
6.
Vou lhe confessar os meus pecados para você afiar sua faca.
9
498
1.200
 
7.
Ofereça-me aquela morte imortal.
6
488
1.532
 
8.
Bom Deus, deixe-me lhe entregar minha vida.
7
468
2.308
 
9.
Nós temos um monte de fiéis famintos.
9
426
3.160
 
10.
Isso parece saboroso, isso parece abundante.
13
408
4.062
 
11.
Não há inocência mais doce que o nosso suave pecado.
12
421
1.938
 
12.
Na loucura e na imundícia dessa triste cena mundana.
9
393
3.500
 
13.
Só então sou humano.
10
361
3.700
 
14.
Só então me torno puro.
13
351
2.700
 
15.
Amém, amém, amém.
12
380
4.100
 
16.
Minha amada tem humor, ela é a risadinha no funeral!
23
410
3.203

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por YaBaozi
Capítulo 16 - Minha amada tem humor, ela é a risadinha no funeral!
Usuário: YaBaozi
Usuário
Eu não sou de comentar em fanfics, mas devo admitir que eu me sentiria uma merda pelas próximas semanas se eu não o fizesse. Nunca chorei lendo uma fanfic, mas para tudo tem uma primeira vez, não acho que seja só pela história em si, mas por tudo que ela representa; eu, uma leitora ávida de yaoi e Yuri, não consigo ler esse tipo de enredo sem pensar que infelizmente é uma realidade que nos assombra, que uns pensamentos tão ignorante tendo como base uma coisa tão linda que é Deus. Como algo ruim e extremista pode vir de uma pessoa que se diz religiosa? Isso nunca vai entrar na minha cabeça, e me dói o coração saber que existe tantas pessoas com uma vida igual a do namjoon. Me desculpa pelo textão, mas precisava muito falar isso, e queria te agradecer por não desistir da estória mesmo com tantos problemas que vc tem passado, não sei se você tem alguma crença religiosa, mas saiba que eu estarei orando por ti mesmo que não te conheça. Também lerei suas outras histórias, já que cheguei nessa através daquela sua namkook (que tá incrível devo ressaltar) de novo, desculpa pelo textão e mais uma vez Obrigada por escrever essa maravilhosa e triste história.
Postado por Mirilyanna-sama
Capítulo 16 - Minha amada tem humor, ela é a risadinha no funeral!
Usuário: Mirilyanna-sama
Usuário
Depois de ler essa história e ver que ela se passa na minha cidade senti a necessidade de comentar um fato que aconteceu com um amigo em um CTG. Esse meu amigo é Bi e estávamos em um CTG, comemorando o aniversário de uma amiga nossa, a família toda dela estava lá, o meu amigo estava com um kimono meu e tinha o cabelo colorido, todos da família dela o xingavam pelas costas, riam quando ele passava e os mais velhos olhavam ele com nojo, escutei mais tarde que queriam jogar latinha de cerveja nele, ou até mesmo bater no meu amigo, tudo por causa da roupa feminina, do cabelo colorido e dos boatos sobre ele ter ficado com meninos, o que não era mentira.
Sinto que, embora, a história seja escrita de forma simples ela tem todo a leitura pesada, várias vezes me peguei chorando por lembrar de amigos meus ou lembrar de situações que vi ou ouvi. Como pode ser tão real mesmo sendo ficção?
Meus parabéns pela linda história, está bem escrita e sem erro algum, mas eu não deveria dizer isso sendo que os erros formam essa história, erros eu digo não de escrita, mas sim erros humanos, erros que nem mesmo percebemos.É lindo ver alguém escrever e dar um pouco do seu tempo para mostrar a dificuldade dos outros, mostrar empatia, mostrar humanidade.
Em um site onde daddy kink, híbridos e ABO reina uma história como essa é arte para os meus olhos e para o meu conhecimento literário.
Espero que continue assim, com uma história tão boa e tão real as minhas espectativas vão até a estratosfera!



Agora com licença que eu vou panfletar essa aula de empatia. Bjs

<3
Postado por 1namjinshipper
Capítulo 16 - Minha amada tem humor, ela é a risadinha no funeral!
Usuário: 1namjinshipper
Usuário
Pai do Namjoon morreu e não sinto pena, aleluia.
Eu mostrei essa fic pra um amigo meu, ele era homofóbico. Ênfase no "era". Eu o fiz prometer que leria a fanfic, não importava o quê. Ele leu, e me veio de madrugada falar que o último capítulo fez a cabeça dele sair da negação. Ele tá muito de bem com os amigos gays que ele tem, e até com o irmão trans. Eu realmente amei essa história desde o primeiro capítulo, e ela conseguiu até mudar a mente de alguém. De verdade? Parabéns. Nunca li algo que focasse nesse tipo de coisa de forma tão realista. ❤
Postado por Satansoo_Ilarie
Capítulo 3 - Ordene-me que eu me cure.
Usuário: Satansoo_Ilarie
Usuário
Eu cai de paraquedas aqui apenas pelo título da Fanfic (que no caso é de uma música I M P E C Á V E L) e me encontro perdidamente apaixonada pela realidade que ela nos trás.
Não é simplesmente um romance ao qual o mundo aceita tranquilamente, não é um romance que ocorre em uma pseudo utopia, é um romance que trás realidade, e eu estou de quatro 'pra esta fanfic, muito obrigada por escrever algo tão bom.
Postado por goyabinha
Capítulo 1 - Nós nascemos doentes, é o que eles dizem.
Usuário: goyabinha
Usuário
Eu poderia deixar o que vou falar agora de lado e apenas falar como eu amei a ideia e como o prólogo promete uma ótima fic (como todas as suas outras que eu li rs), mas eu não vou.

Quando eu li a sinopse eu senti um aperto no peito muito forte, você, mais do que ninguém, sabe que esse assunto é muito sensível pra mim, e que eu já passei por muita barra por causa dele.

Eu comecei a ler esse capitulozinho, como quem não quer nada, só pra ler, e eu juro que eu não me segurei e comecei a chorar, sério, em menos de 500 palavras eu comecei a chorar, e isso me deixa muito constrangida, mas eu vou usar isso pra elogiar mais uma vez a sua escrita, e como ela realmente transmite o que o personagem esta passando. Pude mais uma vez sentir na pele o que é a homofobia, e o fato de você transmitir isso com um texto tão pequeno, pra mim, é incrível. Não pare de escrever nunca, você tem muito potencial ❤

Minhas expectativas pra essa fic estão muito altas, e eu sei que vai tirar algo realmente lindo de um assunto tão triste e, infelizmente, real como esse