1. Spirit Fanfics >
  2. Take on me (STONY) >
  3. Luzes

História Take on me (STONY) - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Luzes


Fanfic / Fanfiction Take on me (STONY) - Capítulo 2 - Luzes

De repente o tempo parou, Steve ficou olhando Tony que se divertia na sua frente. Ele estava brincando ou o quê? 

- O que foi? 

Tony perguntou e Steve franziu o cenho

- Nada, é só que isso foi de repente 

- Já ouviu a música Thunderstruck do AC/DC?

- Sim, porquê?

Tony sorriu 

- nada, eu gosto dela... na verdade todas deles.

- Eu sei...

O silêncio se fez novamente e Steve começou a andar novamente, Tony voltou a andar ao seu lado, ambos estavam estranhamente tímidos... Alguns passos em silêncio até que em um breve momento de adrenalina Steve decidiu pegar na mão do menor e o puxar para o outro lado da rua.

- Ei minha casa não fica para esse lado 

- Vou te levar em um local

Steve olhou nos olhos de Tony em busca de aprovação, foi o que recebeu do Stark mais novo, Tony balanço a cabeça positivamente e segurou firme do mais alto que virou o rosto e seguiu o caminho. As conversas aleatórias fluiram por todo o trajeto juntamente com o olhar curioso de Tony, Steve se sentia bem, ja havia até esquecido um pouco da dor que tanto o incomodava.

- Tá muito longe? Estou cansado de andar

- Se eu estivesse em melhor condições te levaria na costa, mas... não está longe

- Estamos subindo esses degraus a muito tempo

- Já estamos chegando, vem vamos sair desse caminho 

Steve puxou Tony para dentro dos arbustos e galhos de árvores

- Seria melhor ter ficado subindo degraus, você tá me levando para onde Steve?

- Pronto, agora feche os olhos 

- Quê? Para quê?

Tony torceu a boca por um breve momento ao olhar a feição de Steve, suspirou e fechou os olhos 

-  Agora pode vim, devagar, tá sentindo?

O barulho de cidade ao longe e o vento leve porém frio fez o corpo de Tony arrepiar por breves segundos

- Ok, tá frio... posso abrir os olhos?

- Pode

Steve acompanhou a boca do Stark abrir levemente, sorriu quando o moreno o olhou e voltou o olhar para vista da cidade

- Que lugar... Steve 

- Eu achei ele em uma das minhas trilhas... gosto de vim aqui meditar em algumas coisas, o bom é que ninguém sai do trajeto da montanha, então não tem ninguém além de mim é agora você que sabe desse ponto.

- É uma pena para os demais 

Steve sorriu olhando as luzes ao longe, sentou -se no chão devagar e olhou para Tony que fez o mesmo

- Posso considerar isso um encontro capitão?

-Anh, bem... não era bem nessas condições que esperava te trazer aqui...

- Então você queria me trazer aqui? Uau que safado

- Tony, olha língua. 

Steve revirou os olhos e o Stark sorriu incrédulo do que acabara de escutar

- Sério que você ficou ofendido por eu usar a palavra "safado"

- Não fiquei ofendido, só acho inconveniente

- Responda minha primeira pergunta 

- Bem... é claro, você é um amigo meu não é?

- Bucky conhece esse lugar?

- ... Não 

- Então você não queria me trazer aqui por ser seu amigo... 

- O que quer que eu diga?

Steve olhou o mais novo que deitou para observar o  céu 

- Não sei, isso não cabe a mim, cabe a você, diga logo o que quer dizer, eu acho que no fundo já sei

- Temos um Sherlock Holmes?

-  Seu senso de humor me surpreende 

Steve rir enquanto Tony o olha com uma cara de tédio, o moreno jogou uma pequena pedra no loiro.

- Você não tem cara de ter medo

Steve baixou a cabeça por um momento e levantou-a novamente... Podia parecer que não tinha, mas ele tinha o medo que todos têm, medo dos sentimentos e da opinião dos demais... Olhou para Tony e deitou também para observar o céu 

- Eu tenho medo sim, medo do que eu sinto... e do que vão achar desse sentimento 

- Não devia, eu não entendo muito sobre todo esse blá blá blá de sentimentos, mas sei quando amo algo, e não tenho medo do que as pessoas vão achar.

- Você tem razão 

- Sério?

- Você realmente não entende os sentimentos.

Tony sorrir bravamente 

- Nos conhecemos  a muito tempo não é mesmo?

- Parando para pensar... realmente.

- Vamos ser sempre amigos?

Tony olhou para Steve que devolveu o olhar carregado de curiosidade 

- O tempo dirá 

- Que profundo...

- Eu tenho meus momentos 

- E se eu disser que penso em você todo dia

Tony franziu o cenho olhando o loiro que virou o rosto

- Diria que fico lisonjeado 

- Não era bem isso que eu esperava 

Steve riu ao terminar a frase

- Precisamos ir 

Tony levantou e estendeu a mão para o mais velho que se ergueu com a ajuda

- Tudo bem... vem.

Steve se virou e Tony foi atrás... Outra vez o silêncio desconfortável, Tony poderia ouvir seu coração bater toda vez que lembrava das palavras de Steve, ele deveria ter dito a verdade?... Seu olhar correu pelo rosto de Steve e parou quando fitou o chão até em casa

- Espero que seu pai não te mate 

Steve falou fazendo Tony despertar do devaneio e ver que já estava em casa. 

- Ele nem se importará...posso até afirmar que ele não sentiu minha falta em casa

- Não seja tão duro com ele

- Você não o conhece como eu o conheço 

- Então, acho que já tá muito muito tarde mesmo para pedir para algum dos seus motoristas me levar... Você tá entregue e eu vou indo 

- Não... Olha tem um quarto de hóspedes, pode ficar nele

- Não acho que seria uma boa ideia

-Acho que não vou conseguir te convencer  ficar não é? 

- Não irá 

- Quer pelo menos um copo de água? Nós andamos muito

Steve  olhou para a mansão e olhou para Tony hesitante, e se Howard o visse dentro de sua casa tão tarde da noite e ainda por cima sozinho com seu filho?

- Eu tô tranquilo 

O vento gelado bateu e o fez inspirar 

- Entra, vou atrás de uma jaqueta para te emprestar 

- Tony não 

-Vem longo senhor certinho 

Tony o puxou para dentro da casa e o deixou por alguns minutos sozinho enquanto voltava com a jaqueta. Steve olhou para cada detalhe, a casa era enorme e bem limpa, Maria mãe do Tony ama o piano branco que estava ali na sala, ela gosta de que Tony o toque para a família nos jantares e momentos  sós com ele, Steve também ama ouvir Tony tocar, teve diversas oportunidades nos jantares importantes da família Stark de ouvir as mais belas canções de Mozart e Beethoven pelas mãos de Tony. Seus pensamentos foram interrompidos quando o moreno descia a escada 

-Aqui está... pode devolver quando quiser...

-Obrigado Tony

Tony pôs a jaqueta pelos ombros do mais velho e o olhou nos olhos de Steve, ele amava a cor dos olhos do mais alto, era para ele como se encontrar rodeado pelo oceano, o momento de aproximadamente foi interrompido por Maria que ouviu os barulhos que Tony fez no quarto atrás da jaqueta para Steve, como num impulso Rogers se afastou de Tony e olhou para Maria 

- Steve?Meu querido o que faz essa hora da noite aqui?

Steve olhou rapidamente para Tony e voltou o olhar para a mulher a sua frente

- Me desculpe Sra Stark, eu já estava de saída, Tony foi me fazer companhia por um momento é perdemos a hora, vim deixá-lo em segurança em casa

-Oh, querido você é um anjo, mesmo com o braço quebrado se preucupa com Tony... É mesmo, como está o braço?

- Estou melhor do que mais cedo... Obrigado pela preocupação, eu já vou indo...

- Ah não fique.... não posso deixar você voltar sozinho para casa a essa hora da madrugada. 

Steve deu um sorriso baixando a cabeça enquanto  o olhava sorrindo também

-Anthony meu bem, leve ele até o quarto por favor?

-Claro, vem picolé 

-Acompanhe o Anthony  por favor, e não se preucupe com o horário para acordar e ir embora mais tarde... vá quando quiser.

-Sra Stark agradeço, mas acho que seu marido o senhor Howard não vai gostar de que...

- Não pense nisso, Howard sai cedo para ir visitar as indústrias, ele nem saberá que está aqui. Agora suba vocês dois e vão dormir 

- Obrigado 

Steve acompanhou Tony subindo as escadas

-Anthony?

-Sim mãe?

Steve virou para olhar Maria entretanto o Stark mais novo continuou de costas.

-Por favor compareça na reunião de seu pai hoje mais tarde 

Tony não respondeu e continuou andando fazendo Steve o seguir, Rogers não iria entrar no assunto que acabou de ouvir... não era da sua conta, mas Tony pareceu realmente incomodado 

- Você passará a noite aqui, o meu quarto é aqui ao lado e do senhor e senhora Stark é subindo aquela outra remessa de escadas... Se precisar de banheiro, tem uma suíte no seu quarto,mas se quiser ir para o de visitas é só seguir até o fim do corredor ou descer as escadas e atravessar a sala onde irá encontra um outro corredor e abrir a terceira porta a esquerda.

- Vou usar o do quarto mesmo

Tony sorriu junto com Steve 

- Então é isso... Boa noite capitão 

- Boa noite... Tony..

Steve observou Tony entrar no seu quarto e entrou também, olhou para a enorme cama de casal, a TV e demais móveis dentro do cômodo, sentou na beirada da cama e tirou cuidadosamente seus tênis, pendurou a jaqueta de Tony nos ganchos que havia no armário e foi até a suíte olhando-se no espelho 

-  Corvade...

Suspirou e decidiu se deitar... passou alguns longos minutos olhando o teto do quarto que estava um pouco iluminado por pequeno abajur...procurou Seu celular e lembrou qu havia o deixado na cama fechou os olhos novamente esperando o sono vim






...continua


Notas Finais


Olá eu espero que tenham gostado...
🥰 comentem o que acharam


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...