1. Spirit Fanfics >
  2. Takers >
  3. Ratinho Cego

História Takers - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


Ooooooieee meus queridos como vocês estão? Estou chegando com mais um capítulo magavilhosoooo pra vocês ta!? Informo que a fic agora entrará em uma nova fase e ocorrerá um salto temporal, muitas emoções estão por vir e espero que continuem comigo sim? Então bora de capítulo??? Sim ou claro? BOA LEITURA A TODOS! ❤

participação especial no capítulo de hoje: Jackie Chan/ ele será Lil Wang

Capítulo 14 - Ratinho Cego


Fanfic / Fanfiction Takers - Capítulo 14 - Ratinho Cego

Manhattan, NY, Fevereiro de 2015...



POV's Cassandra Walker.


Acordo sentindo beijos molhados pelo meu pescoço e carícias deliciosas pelo meu corpo, eu sorrio preguiçosamente e agarro a nuca dele por trás, Chris me puxa mais pra ele e minha bunda encosta em sua ereçao, não consigo evitar gargalhar disso. Eu abro meus olhos e me viro de frente pra ele.

-Bom dia, com muita alegria... acordou animado hein baby... -Eu beijo seus lábios.

-Bom dia amor... impossível não acordar animado com a visão desse seu rabo gostoso empinado! Você é bem espaçosa hein... mais um pouco eu acordo no chão! -Ele diz brincalhão e aperta minha bunda me dando um selinho e eu solto uma risada alta pelo comentário. -E então como se sente? Como está a sua perna? -Ele pergunta carinhosamente.

-Parece que eu fui atropelada por um trem, meu corpo todo doi, minha perna lateja um pouco mas nao é nada insurpotavel... é normal né Chris? Tudo aconteceu ontem, ainda é muito recente, mas daqui a alguns dias estarei nova em folha! -Eu o tranquilizo.

-Ótimo! Se por acaso começar a doer muito me avisa pra eu dar uma olhada, apesar que eu fiz um bom trabalho nesses pontos, então acredito que voce nao terá problemas... depois você toma um remedio pra dor e vai se sentir um pouco melhor. -Ele sorri docemente colocando uma mecha de cabelo atrás da minha orelha.

-Você é o melhor enfermeiro que eu poderia ter! Obrigada por cuidar tão bem de mim baby, eu te amo! -Eu o beijo ficando por cima dele e acaricio seu rosto e trocamos olhares profundos.

-Eu também te amo Cas, e eu sempre vou cuidar de voce baby! O que voce fez comigo hein? Levei uma vida pra construir minhas defesas contra sentimentos desse tipo, eu estava certo que nunca ia amar ninguém na vida, eu achava que isso jamais seria possivel e você mudou tudo isso em uma única noite! Eu sou completamente louco por você! -Suas palavras soam cheias de verdades.

-Eu tenho poderes mágicos de aquecer corações congelados, não sabia? -Eu brinco dando um selinho demorado nele e ele sorri.

-Você fez muito mais que isso Cas! Eu era uma pessoa vazia e com a alma completamente obscura, eu tinha todas essas pessoas ao meu redor mas no final do dia, quando eu deitava pra dormir eu me sentia sempre sozinho! Agora com voce comigo me sinto completo, obrigado! -Ele me abraça apertado e faz um carinho delicado no meu rosto.

-Não precisa agradecer Chris, é eu por você, e você por mim lembra? Tem certas coisas que não se tem como fugir, quando é pra acontecer, simplesmente acontece! Eu acho que nós dois nos encaixamos perfeitamente nesse quesito! -Eu olho ternamente pra ele.

-Tem razão amor... Eu e você somos a prova disso, você é o que eu tenho de mais valioso hoje, então tenha certeza que o que eu puder fazer pra te proteger eu farei, você é minha vida agora Cas! -Seu olhar é profundo sobre mim.

-E você é a minha Breezy! -Eu afirmo e o beijo apaixonadamente.

Suas maos vao para minha bunda por baixo do blusão dele que estou vestindo e ele aperta forte me fazendo gemer entre o beijo, com o indicador ele brinca com a borda da minha calcinha e lentamente ele a vai tirando de mim... com meu sexo nu, agora sinto sua ereçao ainda dura e pulsante presa pelo tecido da cueca boxer que ele veste, pra estigá-lo mais um pouco começo a rebolar em cima dele devagar sem quebrar o beijo, Chris da um gemido discreto e tira minha blusa me deixando agora completamente nua ja que eu estava sem sutiã... ele quebra o beijo pra olhar pro meu corpo.

-Você é tão linda... seu corpo é perfeito baby, amo cada parte dele... voce é tão gostosa amor... toda minha! -Seus olhos queimam em mim e suas maos me apalpam por todo lado.

Ele agarra meus seios e os chupa alternando de um pro outro me fazendo gemer jogando a cabeça pra trás de tanto tesão, eu continuo rebolando sobre ele o deixando cada vez mais excitado... ele geme rouco e agora sua boca ataca a minha em um beijo cheio de desejo, suas maos voltam pra minha bunda apertando com força, eu o empurro fazendo com ele caia sob os travesseiros e começo a beijar seu pescoço, peito e barriga... a cada beijo meu, Chris geme e se contorce embaixo de mim, e isso me faz sorrir satisfeita por estar dando prazer ao meu homem como ele da pra mim.

Eu tiro sua cueca libertando sua ereção, eu a admiro com água na boca e logo a faço sumir em minha boca fazendo Chris suspirar pesado se agarrando em meus cabelos... ele se movimenta junto comigo enquanto eu o levo o mais fundo que eu consigo, eu o chupo com vontade e meus olhos não deixam os dele nem um segundo sequer...

-Huunm... Porra Cas, assim eu vou gozar na sua boca baby! Aaah, caralho! Meu Deus...-Ele geme ofegante ainda me acompanhando nos movimentos.

Eu não paro, eu continuo com a tortura indo e voltando e o chupando forte na glade como se fosse um pirulito... ele é delicioso, eu não me canso disso! Ele aumenta suas investidas contra minha boca indo mais rápido e entao goza urrando alto xingando muitos palavrões... ele goza tanto que quase me faz engasgar, mas eu acabo engolindo tudo sem problema nenhum, eu ja disse que ele é delicioso?

-Você um dia ainda vai acabar me matando Cas! Que boca é essa? Pelo amor de Deus! Agora vem aqui e senta pra mim vai baby? Eu quero sentir você... -Ele faz uma cara de safado que me acende mais.

-Me faz gozar Chris! Eu preciso que faça isso do jeito que só você sabe amor! -Eu peço manhosa ao me encaixar nele bem devagar.

-Tão apertada amor... Gostosa! Senta gostoso pra mim até gozar entao, vai! -Ele da um tapa forte na minha bunda me incentivando a me mover.

Eu me apoio em seu peito e começo os trabalhos... eu alterno meus movimentos, eu subo, desço e rebolo em cima dele em ritmo moderado o levando fundo dentro de mim, as maos dele passeiam pela minha cintura e chegam até meus seios, ele os massageia e a sensação dele me invadindo e me tocando ao mesmo tempo é maravilhosa me causando gemidos altos, Chris a todo momento solta gemidos e suspiros baixos e seus olhos me devoram com pura luxúria e desejo. Suas palavras sujas pra mim só me excitam mais... ele levanta um pouco o tronco e agarra em meus cabelos com uma mão dando um puxão firme, e com a outra ele envolve minha cintura me mantendo completamente imóvel e entao começa a me estocar rapido e com força me fazendo gritar!

-Isso baby, grita pra mim! Eu vou te foder todinha Cas! Goza pra mim porra! Gostosa pra caralho! -Ele rosna entre os dentes, ofegante modendo de leve meu lábio inferior e não para de meter forte, ah... eu amo quando ele é selvagem assim, gostoso!

-Ooh.. Chris... Aaaah... Eu... vou... Meu Deus! -Eu tento formular as palavras mas meu orgasmo vem forte e eu só deixo ir... na mesma hora Chris sai de mim rapidamente, e me puxa bruscamente pelas pernas me fazendo sentar na sua boca, ele me devora fazendo a intensidade do meu orgasmo dobrar da forma que meu corpo inteiro convulsiona, e eu tenho que me apoiar na cabeceira da cama pra me equilibrar, puta que merda!

-Você é deliciosa Cas! Era desse jeito que voce queria que eu fizesse? Ainda bem que voce sabe que só eu sou capaz de te fazer gozar assim baby! Só eu, ta me ouvido? Agora vem aqui que eu ainda não acabei com voce, ainda falta eu! -Ele rosna com os olhos escuros de desejo e volta a me encaixar fundo nele, ele se move implacável entrando e saindo rápido me fazendo quicar sobre ele, eu estou tão mole e extasiada que a única coisa que eu faço, e abraça-lo forte apoiando minha cabeça em seu peito e me permitir sentir... umas investidas a mais e ele também goza abafando seu gemido chupando meu ombro.

Eu não tenho mais forças pra falar nada e nem me mover, então continuo na mesma posição deitada sobre ele, sem quebrar nossa conexão, nossas respiraçoes estão alteradas e nossos corpos completamente suados... Eu estou com os olhos fechados apenas apreciando os carinhos que ele faz no meu cabelo.

-Isso foi... -Eu começo a dizer mas ele me interrompe.

-Perfeito! -Ele completa ainda ofegante mantendo as carícias no meu cabelo.

-Exato! -Eu confirmo mediante um suspiro.

-O jeito como você me faz me sentir quando estamos fazendo isso, é surreal! Quando a gente termina eu quero sempre mais e mais, você é viciante Cassandra! -Ele comenta.

-Eu te amo Chris! -Levanto a cabeça pra olhar pra ele.

-Não tenha dúvidas que eu também baby! Agora vamos tomar um banho e descer pra tomar café com os outros, e depois vamos sair, o jogo começa em duas horas! -Ele beija meu cabelo rapidamente e me ajuda a levantar, ele me abraça por trás e caminhamos juntos até o banheiro e tomamos um banho relaxante e cheio de carícias...

[...]


Depois de um longo e delicioso banho nós nos trocamos e descemos para o restaurante do hotel pra tomar café com a equipe que já nos esperava, eles estão em uma conversa animada quando chegamos a mesa.

-Bom dia! -Falamos juntos ao nos sentarmos.

-Bom dia! -Todos respondem animados menos a Mel que me encara com desdém.

-Estão animados, qual o motivo? -Chris pergunta curioso.

-Ué apesar dos contratempos de ontem ainda assim o trabalho foi um sucesso Breezy, porque não havíamos de estar animados? Vi  no noticiario essa manhã, ja se deram conta do roubo, e estao loucos porque eles  nao tem pistas de quem fez isso... enquanto eles ficam no prejuizo, nós estamos montados na grana! Estou feliz pra caralho! Nós somos demais! -Trey fala animado e nós rimos.


-Pois é, enquanto eles choram a gente ri! Estamos planejando o que vamos fazer quando voltarmos pra jérsei, vamos ter uma semana de folga, será uma ótima oportunidade de gastar né? Eu ja falei que amo esse trabalho? -Tyga se gaba e todos rimos tambem.

-Cas nós vamos aproveitar que estamos na Cidade, e vamos fazer umas compras pela Times Square você quer vir com a gente? -Demi me convida empolgada.

-É Amiga, os garotos vao fazer coisas de homens por aí, então nós meninas vamos ter um tempinho só pra nós, vamos, vai ser divertido! -Miley me incentiva.

-Sinto muito meninas mas eu nao posso, eu e o Chris temos um jogo pra assistir... ele me convidou primeiro então... marquem uma próxima que com certeza eu vou! Por que vocês não levam a Melissa? Ela está com uma cara tão abatida... acho que ela não dormiu bem... vai com elas Mel, um pouco de ar puro vai te fazer bem.. -Eu sorrio amigavelmente pra ela e ela me encara indiferente... Eu adoro ser debochada...

-Bom, por mim não teria problema, mas pela cara que ela fez acho que ela não está muito interessada não... -Nicki comenta dando um gole em seu café.

-Eu agradeço meninas, mas eu realmente nao dormi muito bem essa noite, uma barata horrível entrou no meu quarto voando pela janela e eu odeio esses insetos... -Ela olha com nojo pra mim. -Então fica pra uma próxima meninas, eu vou aproveitar pra descansar mais um pouco, eu com sono não sou uma boa companhia pra ninguém então divirtam-se! -Ela sorri pra elas. Falsa!

-Esses insetos geralmente são atraídos por lixo acumulado, seria bom pedir uma limpeza no seu quarto querida, certamente não devem ter limpado direito! -Eu sorrio ironicamente pra ela e dou um gole no meu suco. Olho pro Chris e ele nos encara sério, certamente percebeu um clima entre nós então melhor eu parar.

-É pode ser, obrigada pela dica! Bom eu ja acabei aqui, então já vou subindo, bom passeio pra todos vocês! -Ela limpa sua boca com o guardanapo e sai e automaticamente a atmosfera muda pra uma mais leve.

-É impressão minha ou vocês duas estavam se provocando? -Chris pergunta desconfiado.

-Magina amor, estava só sendo educada, eu nao te prometi que seria? Não tenho culpa se ela não usurfrui da mesma educação! -Eu falo indiferente comendo meu Croissant.

-É verdade aquela mina é mó azeda, ja chegou aqui com cara de cu, na boa acho que ela nao vai com a cara de ninguem aqui! -August se manifesta pela primeira vez desde que chegamos aqui.

-E a Cassandra ainda queria que ela fosse com a gente, Deus me livre se ela aceitasse eu daria logo um jeito de cancelar, ninguém merece ter ela com aquela cara de enterro o tempo todo atrás da gente! -Demi revira os olhos bufando.

-Meninas, meninas... deixem de ser implicantes com a coleguinha, vocês tem que tentar serem amigas dela pra descobrir se ela está tramando algo esqueceram? Tratem ela melhor, vai ser só por um tempo, acho que vocês já fizeram coisas mais difíceis que isso né? Ela com certeza não deve ser assim o tempo todo, ela deve um lado bom né? -Justin nos aconselha bebericando seu suco de laranja.

-Loirinho aquela lá só tem dois lados o lado ruim e o muito ruim, qual dos dois você gosta mais? -Eu falo irônica e todo mundo na mesa ri alto.

-Baby tambem nao é pra tanto... deixa de ser implicante amor! -Chris diz contendo a risada. - Mas o Justin esta certo garotas, eu preciso que vocês se aproximem mais, façam esse esforço pelo bem da equipe, eu preciso de vocês de olho nela até eu ter certeza que podemos confiar entenderam? Depois disso se ela for realemnte confiável aí se não gostarem mesmo dela podem apenas ignora-la, cada um faz seu trabalho e tudo certo! -Chris nos orienta. Todas nos assentimos concordando, eu ja iria ficar de olho nela mesmo depois do que ela me fez, então não preciso ficar pagando de amiguinha, até porque Chris ja sabe que ela não gosta de mim e nem eu dela, mas como eu não quero que ele saiba o que ela aprontou comigo e a bonita também não, creio que ela vai parar com as gracinhas por enquanto. Ele assente de volta e entao o café segue normalmente com todos conversando descontraidamente.

[...]

Horas mais tarde...


MetLife Satadium, Chicago Rhinos Vs. New York Giants..



Nossa o estádio está lotado e nem entramos nele ainda, de maos dadas Chris caminha comigo no meio da multidão, nós passamos pelas catracas e depois subimos as escadas rolantes, os torcedores estao bem animados e por todo lado que olho tem gente gritando e brincando, eu nao entendo nada de futebol nunca tinha vindo em um estádio assim, é tudo muito grande e bonito aqui, acho que vai ser divertido. Chris caminha comigo por um extenso corredor com várias portas duplas de madeira polida, é a área dos camarotes eu acho, ele para em frente a porta de número 55 onde tem um segurança enorme parado ao lado, Chris entrega os ingressos a ele e entao ele abre a porta.

Assim que entramos meu queixo cai, é um camarote luxuoso, com carpete persa no chão, garçons com bandejas com champanhe pra todo lado, um barzinho com barman a nossa disposição, sofás espalhados pela anti-sala, tem mesas de poker com uns caras jogando... e as poltronas super-ultra confortaveis, com visão perfeita para o campo, uau!

-Meu Deus Chris, como foi que voce conseguiu esses ingressos? -Eu pergunto chocada.

-Olha baby, vai se acostumando... essa é uma das muitas vantagens de ser eu meu amor! -Ele pisca pra mim e me dá um selinho.

Ele então me leva pra nossos lugares e sentamos, daqui temos a visão perfeita do campo e das arquibancadas que ficam embaixo de nós, é incrível! Eu olho tudo maravilhada.

-Baby isso é incrível, so não sei se vou ser uma boa companhia pra você amor, eu nao entendo nada de futebol você sabe! -Eu falo descontraída observando tudo encantada.

-Mas você estava tao animada pra vir, pensei que tinha gostado baby! -Ele me encara confuso.

-Mas eu gostei amor, gostei muito! Eu nunca tinha vindo em um estádio, o problema é que eu não entendo nada de futebol, pra mim é só um monte de brutamontes correndo de um lado pro outro com uma bola nos braços e se batendo! -Eu comento envergonhada.

-Entendi, tudo bem... esquece o futebol Ta? Ainda podemos fazer algo divertido... deixa eu ver... alí, olha ali embaixo, eu aposto um dólar com voce que aquele cara de peruca engraçada não vai conseguir pegar o cachorro quente que o vendedor vai arremessar pra ele. -Ele fala apontando la pra baixo nas arquibancadas onde um cara com uma peruca de topete estilo Roqueiro havemetal está em pé pedindo um cachorro quente pro vendendor que tá no corredor.

-Ta ok entao, tá apostado! Eu acho que ele pega, nao esta tao longe assim! -Eu sorrio animada. E entao o vendedor joga mas o lanche passa a quilômetros de distância do cara, meu Deus que cegueta!

-Aha! Ganhei! -Chris comemora com um sorriso largo.

-Droga! Como você sabia que ele ia errar? -Eu pergunto indignada.

-É simples baby, eu presto atenção em tudo, aquele vendedor é muito ruim,  ele não sabe arremessar, tem uns dez minutos que eu vi ele errar com outra pessoa e derrubou os oculos daquela senhora bem ali! -Ele fala se gabando.

-Isso é sorte de principiante meu amor, vamos ver se voce ganha agora! Olha ali aquele cara gordo com o corpo todo pintado de preto, eu aposto dez pratas que ele está bêbado demais e não vai conseguir fazer a "ola" junto com todo mundo. -Eu falo observando que a "ola" ta chegando perto dele e ele ta praticamente dormindo, ele tá muito ruim.

-Dezão? Blz! O time dele Ta ganhando, tem certeza que ele nao vai comemorar? -Ele questiona divertido.

-Tenho! Só observe querido! -Eu me gabo e observo atentamente rezando pro cara nao se  mexer, e como eu previ a "ola" passa pelo setor dele e todo mundo levanta menos o bebum! Isso!

-Que sacanagem! Perdi! -Chris finge indgnaçao e faz um biquinho fofo me fazendo rir.

-Viu eu te disse, eu entendo de caras bêbados, vi muitos quando eu morava nas ruas! Agora estamos quites! -Eu falo dando uma cotovelada de leve nele.

-Ta bom, tá bom, vamos desempatar esse negocio, olha ali aquela moça do shortinho curto que ta levantando, ela é bonita, mantenho a aposta dos dez dólares se você acertar quantos caras vao olhar pra bunda dela quando ela passar, quem chegar mais perto ganha! E ai topa? -Ele me instiga.

-Os caras das cadeiras da ponta? No corredor? -Eu pergunto.

-Sim, só vale os da ponta que é por onde ela vai passar! -Ele confirma.

-Tudo bem eu topo, realmente ela é bonita, então acho que uns 8 vao olhar pra ela! -Eu falo confiante e Chris bufa.

-Isso é muito exagero, os caras estão concentrados no jogo, acho que no máximo uns três, você vai ver! -Ele contesta.

-Na verdade eu acho que uns cinco vao olhar, a mocinha e bonitinha... eu olharia, você não? E aí, posso participar da brincadeira? -Um cara de terno elegante fumando um charuto, que está sentado nas poltronas a nossa esquerda entra na conversa. Ele tem olhinhos puxados acho que é chinês, não tenho certeza.

-Claro que pode a posta sao dez dolares senhor... Qual o seu nome? -Chris pergunta empolgado.

-Me chamo Lil wang, e eu tenho certeza que cinco vao olhar! -Ele diz convicto.

-Tudo bem senhor Lil, eu me chamo Cassandra e esse é meu namorado Chris! Boa sorte! Contem comigo. -Eu falo observando a moça começar a subir o corredor. -Ja foi um, dois, três, quatro... -Eu e o cara comemoramos porque Chris ja perdeu e faz uma cara de indgnado. -Cinco, seis... -A moça passa e some da minha vista e parece que eu vou perder também, mas de última hora um sétimo cara levanta. -Sete! Isso! Eu ganhei... Chegue mais perto! Podem me passar a grana rapazes! -Eu comemoro com uma dancinha eufórica e estendo a mao pra eles colocarem o meu dinheiro.

-Golpe de sorte Cas, não acostuma não viu! -Chris debocha me dando os meus dez dolares e eu dou a língua pra ele.

-Aaah não, eu quero recuperar meu dinheiro vamos jogar de novo por favor, eu comecei agora! -O tal Lil choraminga ao me dar tambem o dinheiro e eu acho graça.

-Tudo bem vamos lá! -Eu concordo.

-Ok, então qual o time fará o primeiro penalti? -Ele pergunta.

-Aah eu nao entendo nada de futebol, então eu to fora, joguem vocês dois meninos! -Eu falo erguendo as maos em rendiçao e me sento.

-Ok, eu topo! Eu aposto no N.Y! De quanto vai ser a aposta? Mantemos os dez? -Chris entra no jogo.

-Ok eu fico com o Chicago, mas dessa vez vamos jogar como gente grande, vamos apostar mil pratas o que acha? -O cara sujere.


Porra! Ele é louco?


-Milzão? Tem certeza? -Chris o encara espantado.

-Claro vamos lá, eu quero jogar! -Ele choraminga feito uma criança, e tira o bolo de dinheiro do bolso da calça e começa a contar as notas. Meu Deus que bizarro eu nao consigo não rir.

-Blz então! Boa sorte! -Chris diz e também tira do bolso um bolo de notas e começa a contar as notas.

Observamos os jogadores alinhandos em uma fileira no meio do campo um de frente pro outro, a bola está no chão e eles se encaram, o juiz então apita e um cara do time de chicago lança a bola pra outro do mesmo time e ele sai correndo, no meio do campo os outros se esbarram e seguram uns nos outros, até que um jogador do N.Y derruba o outro do Chicago no chão o puxando pela camisa e o juiz para o jogo e marca o pênalti!

-Ganhei! Passa pra cá a minha grana! -Chris comemora animado por ter ganhado e estende a mao pra pegar o dinheiro.

-Droga! -Lil lamenta e da o dinheiro ao Chris. -Ta legal olha só, eu nao gosto de perder então vamos continuar, por favor? Eu aposto cinco mil, cinco mil! A cobrança do pênalti, você acha que ele vai passar ou vai correr? Vamos la, aceita! -Lil da pulinhos eufóricos e pega o dinheiro das maos de um cara que creio eu que seja o segurança pessoal dele. Esse cara deve ser muito rico pra desperdiçar dinheiro assim. Eu olho pro Chris espantada.

-Cinco mil? Cara o que tem nesse seu whisky? Quer mesmo fazer isso? -Chris o questiona incrédulo.

-Claro que tenho, eu quero jogar cara! Vamos? Escolhe! -Ele insiste.

-Ok então, eu acho que ele vai passar! -Chris afirma.

-Então eu acho que vai correr! Boa sorte Chris! -Ele da um sorriso malicioso e entao voltamos a nossa atenção para o campo.

Os jogadores do chicago estao na posição de cobrança de penalti, e o juiz apita e enquanto os brutamontes do time adversario tentam chegar no carinha do Chicago que esta com a bola, ele olha em volta e vê que não vai conseguir fazer o passe pra ninguém, então ele sai correndo pra tentar marcar o ponto sozinho! Mas ele nao consegue porque alguem derruba ele e o juiz para o jogo de novo marcando falta. Droga! Chris perdeu! Eu olho pra ele e vejo que não gostou nada de ter perdido.

-Aha eu ganhei! Ele correu, ele correu! Grana, Grana, Grana! Passa pra ca! -O cara comemora eufórico dando pulinhos.

-Ta, ta, você ganhou! Essa doeu... toma aqui seu dinheiro! -Chris entrega pra ele meio irritado. - Depois dessa eu preciso até de uma bebida, vamos baby... depois a gente volta.- Chris levanta emburrado e me puxa pela mao.

-Aah que isso Chris, não fica chateado estamos empatados só isso! Vai, eu quero jogar mais... Você não vai perder dessa vez, vamos? Podemos desempatar essa! Por favor joga comigo, eu gostei de vocês, olha eu dobro a aposta e você escolhe, vai... a cobrança da falta é chute a gol, você acha que ele marca ou erra? Vai lá cara, escolhe eu pago Dez mil! -Lil insiste fazendo uma carinha de cachorro abandonado, meu Deus ele não tem limites?

-D..Dez mil? Cara você é muito doido! -Chris fala meio tentado balançando a cabeça em negação. Ah merda ele vai entrar na onda desse cara, eu ja to até vendo... nessa mesma hora eu me lembro da nossa conversa ontem sobre ele ja ter sido viciado em apostas... merda isso não vai prestar nem um pouco!

-Chris, amor olha é melhor a gente ir... vamos lá, você não disse que queria uma bebida, então? Vamos até o bar, vem baby! -Eu falo receosa no ouvido dele e tento puxa-lo pelo braço pra sairmos de perto desse cara. Ele da alguns passos mas logo volta. Ah... Droga!

-Você disse dez mil? -Chris pergunta passando a mão no queixo avaliando a proposta. Mas que inferno!

-Sim Chris, porque? Dez mil é muito pra você? -O cara tira sarro e Chris o encara com raiva. Fudeu!

-Dez mil não é nada pra mim Lil! Tudo bem... você me convenceu, eu aposto dez mil que ele marca o gol. -Chris casa o dinheiro na mao do seguraca do Lil e os dois agora prestam a atenção no campo. Ai Deus se o Chris perder eu nem sei o que vai acontecer.

os jogadores mais uma vez se posicionam próximo ao gol, jogadores dos dois times se posicionam perto do gol formando uma barreira, e na frente deles, um jogador do Chicago está agachado segurando a bola no chão, e o outro que parece que é o que vai chutar, Ta em pé aguardando o apito do juiz pra liberar a cobrança, assim que o juiz apita ele chuta, mas acerta na barreira e não marca o gol! PORRA! Olho desesperadamente pro Chris e ele está muito puto por ter perdido. Merda, Merda, Merda!

-Ah não Chris! Eu sinto muito, muito mesmo! Acho que agora a sorte está do meu lado, eu jurava que voce ia ganhar... eu sinto muito! Foi bom jogar com voce! -Lil ri com sarcasmo dando tapinhas nas costas do Chris e coloca seu charuto fedorento na boca. Chris o encara com um bico do tamanho do mundo e respira fundo, eu sei que ele está com muita raiva e se eu nao tirar ele daqui agora pode acontecer uma tragédia!

-Amor por favor, já deu... é melhor a gente ir embora, eu quero ir... por favor vamos? -Eu digo cautelosamente e o puxo na direção do corredor pra sairmos das poltronas, ele me segue espumando de ódio, mas no meio do caminho ele para e volta. Puta que pariu!

-Olha aqui, eu também não gosto De perder Lil, por isso eu quero aumentar a aposta! 50 mil! -Chris fala intimidador encarando o cara bravo.

-Como é que é? -O cara pergunta incrédulo.

-É isso mesmo que voce ouviu, eu pago cinquentinha, vamos ver se você está com sorte mesmo! E ai vai amarelar? -Chris provoca e o cara parece avaliar a proposta. Meu Deus isso ta ficando perigoso e estou ficando com muito medo.

-Chris! -Eu o repreendo o olhando aflita.

-Calma baby, ta tudo bem... -Ele segura em meu rosto e me da um selinho e depois cola sua testa na minha. -E entao Lil topa ou não? - Chris pergunta de novo.

-Olha... as coisas estão começando a ficar bem interessantes... você é corajoso Chris, eu admiro isso! Tô dentro. Vai la, escolhe! -O cara sorri e acena com a cabeça na direçao do campo. Chris observa as jogadas, parece pensar e entao volta a olhar pro Lil.

-A próxima jogada é livre e o seu time que esta com posse de bola, então eu aposto que o seu jogador não chega até o gol, a defesa do N.Y vai barrar ele! -Chris fala confiante.

-Ok! Eu digo que ele chega, ele é bom e a sua defesa está meia desfalcada, porque acabou de perder um jogador que saiu machucado! Então Boa sorte Chris! -Lil sorri ja vitorioso e volta sua atenção pro campo. Ai meu Deus isso é muita loucura, Chris só pode ter enlouquecido!

O juiz mais uma vez apita e os jogadores correm pelo campo, a bola é lançada para o jogador do Chicago que agarra e sai correndo na direção do gol, os jogadores no N.Y tentam barrar ele pelo caminho mas o cara parece ensaboado, ele desvia de todo mundo, mas que porra! Ele corre mais rápido e chega na merda do gol! Mas que caralho! Chris fica puto e começa a xingar uns palavrões e soca a poltrona. Lil se senta na poltrona dele e começa a rir alto achando graça da situação.

-Chris, amor... pelo amor de Deus, vamos embora, você já perdeu muita grana já chega! Eu não quero mais ficar aqui, por favor vamos embora, agora! -Eu imploro puxando ele deseperadamente.

-É melhor escutar sua namorada Chris, cinquenta mil é muito dinheiro, eu entendo ela... Como eu disse antes a sorte esta do meu lado agora meu amigo! -Ele debocha dando um trago em seu charuto e bebe seu whisky.

-Cem mil Lil! Eu dobro a aposta! -Chris o desafia mais uma vez ao se soltar de mim voltando pra perto do cara. Isso não pode estar acontendo!

-O que? Para com isso! Voce não tem cem mil! -Lil o encara com desdém e volta a tragar seu charuto.

-Ah, eu tenho sim! -Chris o encara impassivel. -Ta no meu carro la fora, se me der dez minutos eu pego e a gente volta a jogar tranquilamente. -Chris da de ombros.

-Chris! -Eu o advirto com raiva, esse dinheiro é o que Justin deu pra ele conferir ontem, ali ta a grana de todo mundo, ele nao pode fazer uma merda dessas!

-Relaxa Cassandra! Eu sei o que to fazendo! Fica calma amor, ta tudo bem...-Chris acaricia meu rosto tentando me tranquilizar. Eu bufo irritada e me sento na cadeira.

- Ok! Eu topo! Vai la, eu te espero aqui! -Lil concorda, Chris assente e sai indo até o carro, dez minutos depois ele volta com a mala.

-Pronto! Cem mil limpinhos! Vamos jogar Lil! -Chris diz cheio de marra jogando o malote no colo dele.

-Ta certo! Vamos pra mesa, lá vai ser melhor. -Ele se levanta e nós o seguimos para a anti-sala do camarote e eles  casam o dinheiro na mesa de Poker. Esse Lil e algum magnata ou oque? Ele tem um mala cheia de dinheiro aqui, pra que andar com isso tudo? Ele é louco!

-Próxima jogada de lançamento três jardas, eu aposto que seu jogador não pega a bola! -Chris diz mais uma vez muito seguro.

-Rá! Pois eu digo que ele pega! Aquele é o melhor jogador do time Chris, não acredito que voce vai dar esse mole! Quer tentar outra coisa? Aproveita que eu estou bonzinho! -Ele diz encarando as unhas das maos debochando. Que filho da mãe!

-Ele não vai pegar! -Chris se mantém firme.

-Ok! -Lil diz simples e entao nossos olhos encaram a tela da tv que esta transmitindo o jogo.

O Juiz apita dando autorização a jogada então a bola é lançada pra um carinha do Chicago que esta praticamente do outro lado do campo, os jogadores do N.Y tentam chegar nele mas ele pega a porra da bola antes e marca o ponto! Aaaaaargh! Que ódio! Lil comemora rindo sarcasticamente brindando seu copo com algum amigo sei lá!

-Mas que porra! Ta de brincadeira comigo? Merda! Eu não acredito! -Chris esbraveja puto! Eu o encaro com muita raiva e caminho até a mesa pegando a mala com o que restou do dinheiro e puxo Chris bruscamente em direção a saída.

-Já chega dessa merda Chris! Vamos embora agora! Você é muito sem noção! Nós conversamos ontem e voce me disse sobre seu vicios com apostas... voce disse que já estava curado e tal... que merda você tá fazendo? Bem que o Justin avisou! Vamos embora, anda! -Eu o empurro na direção da porta soltando fogo pelas ventas.

-Justin não sabe de nada! Quero que ele se foda! Eu não vou embora cas, eu vou ficar aqui até recuperar toda a porra do meu dinheiro! Esse filho da puta não vai ficar com ele! -Chris se solta bruscamente de mim e pega a mala da minha mão e volta pra mesa! Ah não, ele só pode estar de brincadeira!

-Eu aposto tudo eu tenho aqui Lil, um milhão e meio! Vamos la, eu quero recuperar a porra da minha grana! Não aceito não como resposta! -Chris o desafia jogando todo o dinheiro em cima da mesa de poker. Ele enlouqueceu e vez?

-Chris não! Esse dinheiro tambem é meu, esse dinheiro tambem é da equipe, eu nao vou permitir que faça isso! -Eu praticamente grito, e tento pegar tudo de volta pra por na mala de novo, mas ele me impede.

-Cas não se mete nisso! Eu já disse que não vou embora, entao senta a porra dessa bunda ai e fica quieta! -Ele rosna furioso pra mim, me fazendo estremecer. Ele nunca falou comigo desse jeito, ele só pode estar louco! Eu me sento e mesmo que eu tente segurar, minhas lágrimas começam a rolar... eu penso em ligar pro Justin pra que ele venha até aqui e acabe logo com essa merda, mas do jeito que Chris está furioso é capaz de fazer uma besteira com o amigo, então o jeito é deixar ela se foder sozinho mesmo! Depois ele que arque com as consequências.

-Você é maluco... Mas eu gosto! -Lil diz vindo até a mesa perplexo com a audácia do Chris. O negocio está tão disputado que as pessoas deixaram de assistir o jogo e estão todos em volta da mesa prestando atenção nesses dois idiotas.

-Ótimo então, chega de futebol Lil, vamos para o baralho! Quem tirar a maior carta leva tudo! Você começa! -Chris o desafia pegando um baralho na mesa o colocando no centro.

-Interessante... Tudo bem! -Ele concorda e entao corta o baralho e pega uma carta do meio, ele a vira e mostra pra gente que tirou um três de paus. -Merda! -Ele xinga por achar a carta baixa demais. Começo a sentir um fio de esperança e talvez Chris ganhe agora e finalmente essa porra vai acabar.

-Minha vez! -Chris diz com um sorriso maroto e corta o baralho no meio de novo e tira a maldita carta, ainda sorrindo ele vira a carta e logo seu sorriso desaparece quando vê que tirou um Ás de ouro! -NÃO! PORRA! -Ele grita socando a mesa. Eu ja nem tenho mais forças pra reclamar, continuo sentada imóvel, e chorando desolada, primeiramente por que ele me tratou como uma qualquer e segundo porque ele perdeu o dinheiro de todo mundo nessa palhaçada que começou inofensiva entre nós dois,  e agora virou isso...

-Você se ferrooou! -Lil cantarola e acende outro charuto. -Devia ter escutado sua namorada Chris! -Ele debocha.

Chris se mantém escorado sob a mesa desolado por ter perdido, ele passa as maos pelo rosto frustrado solta uns palavrões, dando mais uns socos na mesa, entao ele caminha até mim com o semblante impassível, mas eu sei que por dentro ele é pura raiva! Seus olhos queimam, ele me puxa pela mao e seguimos finalmente pra porta.

-Eu sinto muito Chris, mas é isso que acontece quando se joga com peixe grande! -Lil provoca rindo alto, e nesse exato momento Chris para no meio do caminho. Ah... porra de novo não!

-O que foi que voce disse? -Chris o encara com furia! Fudeu com força agora, Ah porra! O que eu faço?

-É isso mesmo que ouviu! Se não sabe brincar não desce pro play meu amigo! -Lil debocha encarando ele. Chris passa a mao pelo queixo e sorri maliciosamente e volta pra mesa. Mas que Merda!

-Eu dobro! Vamos ver se voce tem coragem pra isso! -Chris o desafia mais uma vez.

-Ah meu Deus, o que voce ta fazendo? -Lil pergunta chocado.

-Eu sou muito rico Lil, eu posso pagar! Vamos la, três milhões! -Chris o confronta.

-Cara você tem problema isso sim! -Lil ri em negação.

-Escuta, pega um binóculo e escolhe um jogador dentro ou fora do Campo e eu vou advinhar o número. -Chris lança o desafio. Oque? Mas que porra de desafio insano é esse?

-Qualquer jogador? As suas chances são de 100 pra 1! Você é maluco ou que? -Lil pergunda perplexo.

-Suas chances são boas, mas eu vou arriscar! Vamos la Lil, três milhões! -Chris insiste.

-Cara isso é muita loucira! E eu nao gostei, eu nao sou tão louco assim! - Ele recusa.

-Ah, deixa de ser arregao Lil! Olha, vou facilitar pra você, aproveita que estou de bom humor, escolhe qualquer jogador dentro ou fora do campo e a minha namorada vai adivinhar, o que acha? -Ele aponta pra mim. Mas o que? Ele só pode ta de sacanagem!

-Como é que é ? Chris você enlouqueceu? -Eu berro e ele me encara impassível e volta a olhar pro Lil.

-Cara você é pirado! Mas... uma grana tão fácil com essa eu nao posso recusar! Ok, ta apostado! -Lil concorda com essa loucura e pega o binóculo e começa a observar o campo.

-Chris eu nao vou fazer isso, Você é completamente louco, não me meta nisso! Ja não basta ter perdido a grana de todo mundo? Você é um doente! -Eu falo brava e me viro pra ir em direção a porta.

-Baby, por favor escolher um número, é só escolher! Eu confio em você, eu sei que vai conseguir amor, escolhe! Olha, me desculpe ter gritado com voce eu estava nervoso, mas por favor escolhe! -Ele implora segurando meu braço.

-Não Chris! Você é doido? Que tipo de maluquice é essa? Voce ja ferrou com todo mundo, nao me inclui nessa! Me solta, eu vou sair daqui! Se vira! -Eu me solto dele e caminho em direção porta, mas o segurança do Lil me barra e me empurra bruscamente, tento passar novamente, e ele me emprra de novo so que agora com mais força e eu quase caio.

-Ei, Filho da puta nao toca na minha mulher! Não ouse encostar um dedo nela senao eu mato você! -Chris voa pra cima dele o segurando pelo colarinho.

-Ei, ei, ei! Vamos parar com isso! Josh, ta tudo bem, se afasta! Anda, eu to mandando! -Lil intervém.

-Manda esse cara ficar longe da minha mulher Lil, eu to falando sério ou não respondo por mim! -Chris berra furioso e me puxa pra perto dele, eu estou tremendo e chorando de nervoso, eu só quero ir embora desse lugar infernal!

-Tudo bem Chris, tudo bem... Josh se empolgou um pouco, as vezes ele acha está no filme "O Guarda Costas" e pensa que eu sou a Whitney, mas ele já se afastou, ele não vai mais chegar perto da sua mulher ok? Ele só tava fazendo o trabalho dele chris, você apostou e não vai sair daqui sem jogar! Eu ja escolhi meu jogador, e entao qual vai ser? Quer que eu escreva em algum papel? -Lil sorri balançando o binóculo.

-Nao é necessario, eu confio em voce Lil! -Chris diz rapidamente a ele e volta a olhar pra mim. - Amor por favor, escolha a droga do número! Olha pra mim Cas... você consegue! Eu te amo baby! Escolhe! -Chris beija todo o meu rosto e depois minhas maos, e me olha aflito.

-Chris e se eu perder? Você é louco? -Eu choro desesperadamente.

-Ei... Eu por você, e voce por mim lembra? Escolhe a droga do número Cassandra! -Chris seca minhas lagrimas e beija minha testa me passando confiança, meu Deus ele só pode ter enlouquecido!

-Cassandra querida, seu namorado é maluco eu sei, mas está tudo bem, se você errar a culpa vai ser dele, não sua! -Lil tenta me tranquilozar, eu acho.

-Tudo bem! Mas depois nao reclama ok! -Eu finalmente cedo fuzilando chris com os olhos, e pego a porcaria do do binóculo.

-Boa garota! Você consegue amor! -Chris da um tapa na minha bunda e eu o olho sem graça.

Eu caminho até o parapeito do camarote e entao começo a vasculhar, droga são muitos números, como eu vou saber qual esse imbecil escolheu? Chris só pode ter ficado maluco mesmo!

-Eu... não sei... tem muitos jogadores.. -Eu falo insegura ainda observando.

-Ultima chance Chris, vou te dar a oportunidade de parar, voce sai daqui sem me dever nada! Sem recentimentos! O que me diz? -Lil sujere a ele, e por um instante respiro aliviada, vamos Chris... desiste dessa merda! Eu o encaro aflita.

-Você consegue amor, escolhe! -Chris diz com firmeza e Lil ri incredulo. Mas que droga! Eu estou xingando ele de todos os palavroes possiveis na minha mente!

Droga! Que porra de número eu escolho? Eu percorro o olhar por todo o campo, e depois fora dele, volto pra dentro do campo de novo e depois fora novamente, meu Deus o que eu faço? Decido olhar mais atentamente um por um até que... espera, não pode ser... mas que merda é essa? Eu tiro o binóculo do rosto e olho incrédula pro Chris, ele então me encara de volta com um sorriso cumplice discretissimo nos lábios, Filho da mãe! Olho pro campo novamente pra ter certeza que nao estou cega... é, nao estou! É o Justin! Ele ta lá embaixo fora do campo vestido de jogador do Chicago, ele está no meio dos outros converando e rindo, agindo como se realmente fosse um deles! Puta que pariu! Essa merda toda era um golpe? Mas que... aaah Chris eu vou te matar!

-Eu escolho o número 55! -Eu finalmente falo e olho pro senhor Lil em expectativa. Lil balança a cabeça negativamente e por um instante eu sinto o frio na barriga por talvez ter errado.

-Não... não, não, não.... não pode ser! Isso é inacreditavel! -Ele balança a cabeça ainda em negação e ri incrédulo.

-O que? Eu acertei? -Pergunto chocada, realmente essa merda toda era um golpe! Olho pro Chris e ele tem um sorriso vitorioso de merda na porra dos lábios. Filho da puta desgraçado, vou matar ele!

-Aham, você acertou sim! Na mosca! Mas que merda, como você fez isso menina? -Ele pergunta completamente chocado!

-Eu... eu nao sei...Eu só escoolhi! -Eu dou de ombros tentando ser convincente.

-isso foi demais! Meu Deus! -Ele me abraça desajeitadamente.

-O... o que? Você nao esta bravo? São três milhões Lil! -Eu estou atônita com essa reação dele. Do outro lado da sala Chris ri discretamente.

-Bravo eu? Nunca menina! Você é incrível! Aí Chris, nós temos que ir pra Vegas agora mesmo, essa menina vale ouro! Vocês viram o que ela acabou de fazer? Meu Deus! -Ele abraça todo mundo em euforia, que cara bizarro nem parece que acabou de perder três milhões, três milhões! Meu Deus que loucura! Eu vou ate o Chris e me enterro nos braços dele dando um leve tapa em seu peito pelo susto que ele me deu. Ele me pegou direitinho, mas que filho da mãe!

-Chris, Chris, Chris.... você foi extremamente corajoso meu amigo, você é o meu novo grande heroí! Isso foi incrível- Ele abraça o Chris. Helooou alguém avisa pra esse Nanico chinês que ele perdeu três milhões?

-Obrigado Lil, faz parte do jogo, uma hora você perde, outra hora voce ganha... e aí, quer tentar mais uma? O dobro ou nada? -Chris o desafia novamente rindo brincalhao, pelo amor de Deus!

-O que? Não! Ta maluco? De jeito nenhum, sai já do meu camarote seu doente! - Lil sorri em negação e dá mais um abraço na gente e o segurança dele entrega pro Chris uma maleta maior agora com os três milhões.

-Foi um prazer jogar com voce Lil! Até breve! -Chris pisca pra ele que ri em negaçao, e entao finalmente saímos do camarote de maos dadas e antes de chegarmos a porta eu reparo uma outra pessoa familiar no bar trabalhando normalmente como se fosse o Barman, August! Mas que merda, como eu nao vi ele alí antes?

-Eu vou matar você! -Eu falo entre dentes apertando firme a mao dele enquanto caminhamos apressadamente pelo corredor.

-Deixa pra me matar depois baby, de preferência na cama amor! -Ele sorri de lado e pisca pra mim. Filho da mãe!

Nós caminhamos a passos largos até a saida do estádio e depois entramos no carro, assim que meu corpo se acomoda no banco estofado eu começo a "Espancar" o Chris, eu dou varios tapinhas nele xingando um milhão de palavores!

-Eu vou matar você, eu vou matar você! Chris seu idiota, você me deu um susto enorme droga! Como é que voce fez aquilo? -Eu pergunto incrédula ainda dando tapas nele e ele morre de rir.

-Calma meu amor, eu vou te contar, eu vou contar baby! Para de me espancar Cas! -Ele gargalha segurando minhas maos e depois as beija delicadamente. -Mas antes, eu queria me desculpar de verdade por ter gritado e sido rude com voce amor, eu precisava ser convincente. Tudo tinha que parecer real, e você foi incrivel lá Cas, você nunca decepciona, eu sabia que assim que voce visse o Justin que sacaria tudo! Eu te amo! -Ele fala carinhosamente com olhar intenso sobre mim e me beija, um beijo longo e doce.

-Huunm... ta, tá.. Já entendi, você esta desculpado e eu tambem te amo, agora para de enrolar e desembucha logo! Cara até o August estava lá, como eu nao vi ele antes? -Eu pergunto chocada apos separar nossos lábios.

-August era uma peça fundamental nisso amor, Voce estava Tao maravilhada com o lugar, e depois ficou muito nervosa aí nem prestou atençao, a intenção era essa mesmo... eu vou te explicar tudo... Lil Wang C. Ele é um apostador lendario, ele aposta em tudo, sério, em qualquer coisa... São apostas altas o tempo inteiro, uma vez em vegas ele foi barrado em um cassino pelo próprio dono, porque quando ele começa a apostar, ele nao para e vai perdendo e cada vez mais vai aumentando as apostas, até que ele ganha e leva sempre milhões do lugar, isso quebra qualquer estabelecimento! Mas pra nós ele é a vítima perfeita, nós só invertemos o jogo baby! -Ele pisca sorrindo pra mim. Convencido!

-Mas como você sabia que ele ia escolher o número 55? Isso é insano! -Eu pergunto perplexa.

-Huum... Nós dizemos a ele ué! Dissemos o dia inteiro. -Chris diz dando de ombros. Como é?

-O que? como assim Chris? Me explica isso direito! -Eu peço confusa.

-Nós o preparamos, desde que ele saiu do hotel, que por coincidência é o mesmo que estamos, e por todo o caminho ate chegar ao estadio, nós programamos o subconsciente dele. Ele passou o dia todo vendo o número 55 baby! No corredor do hotel, no lustre colocamos enfeites com o número 55, mesmo que ele não olhasse diretamente pra ele, indiretamente ele tava vendo... no elevador do hotel, colamos papeis de uma propaganda qualquer também com o número 55 nela, no saguão do hotel ele esbarrava com pessoas aleatorias que no caso eram os membros da nossa equipe, todos vestindo alguma peça de roupa ou acessório com o número 55, como eu disse, mesmo que ele não olhe diretamente, indiretamente, sem perceber ele ta olhando! E foi assim por todo o caminho, colocamos o número 55 em toda parte, ele olhava pela janela do carro e via o número por todo lado, nos postes, mais propagandas coladas por aí, ele não percebe amor, mas ele vê! E em algum momento do caminho, fizemos com que ele visse o Justin indiretamente também, num carro parado no meio do trânsito em uma briga fake causada por nós, entre o Justin um cara qualquer, ele viu indiretamente, mas viu! Colocamos sugestões com o numero 55 por toda parte baby, até uma prostituta que mandamos pra ele ontem tinha uma tatuagem com o número...-Ele explica calmamente. Jesus esse cara é brilhante!

-Uau isso é genial Chris! Eu estou passada! -Eu o encaro admirada, esse homem é fascinante! Sou perdidamente apaixonada por ele!

-Fazer o que? Deu um pouco de trabalho, mas vale a pena! Na verdade isso nao se trata somente do que ele vê, e sim do que ele ouve também... A palavra chave em mandarim para 55 é "wo" , e é aí que entra o August, você reparou que em um certo momento a música dos Stones tocava o tempo todo? Pois bem, o August era responsável por repetir a música o tempo todo, do inicio ao fim da música contamos 165 "wo, wo" ele nao esta registrando mas está tudo lá! Quando ele pegou aquele binóculo e olhou lá no campo, e viu um rosto familiar, no caso o Justin, com o número 55 na camisa, uma voz la no fundo da cabeça dele o avisou, é isso! Ai ele acha que é intuição, e aí ele escolhe. E você como nao sabia de nada, foi convincente, você chorou de verdade, brigou comigo de verdade, na verdade eu também precisei preparar você, desde ontem quando o Justin foi no nosso quarto e fez você acreditar que eu fui um viciado em jogos, e depois a história falsa que eu te contei, fizeram voce realmente ficar puta comigo quando eu comecei a jogar sem parar! E eu perder o controle com voce na frente de todo mundo, só mostrou pra ele o quao viciado eu era entendeu? Nós chamamos esse golpe de ratinho cego! -Ele diz contendo o riso. Que inferno!

-Eu sou o ratinho cego? Mas que merda, como eu nao percebi nada? Você e Justin foram tão convincentes droga! Estou me sentindo uma idiota! Essa manhã na mesa do café? As meninas me convidando pra sair era tudo mentira? Até a vadia da Mel que disse que ia dormir o dia Inteiro, era mentira também? Meu Deus, isso é muita loucura! Não é a toa que voces são os melhores, puta merda! -Eu falo completamente estupefata!

-Fazia parte do trabalho amor, todos tinham que parecer normais ao seu redor, nada no seu dia com eles poderia ser diferente do que normalmente é! Depois que saímos do hotel cada um foi fazer a sua parte, como eu disse as pessoas aleatorias que o Lil via pelo hotel eram eles! Nós viemos pra N.Y pra fazer dois trabalhos na verdade, o do Museu onde fomos contratados pra fazer, e o do estádio que era por conta propria nossa, eu soube na semana passada que o Lil estaria no jogo hoje, ele é louco pelo Chicago Rhinos, eu nao podia perder essa oportunidade de tirar uma grana dele! Eu e Justin planejamos tudo e ele passou pra toda a equipe como iríamos fazer quando eu você ainda estavamos em casa, assim voce nao saberia de nada!  A Mel como foi a ultma a entrar no grupo, Justin falou com ela a sós depois e foi isso! -Ele conclui a explicaçao como se nao fosse nada demais!

-Você é um idiota! Como você pode afirmar que isso daria certo assim tão calmamente? O lance com o segurança lá, você partindo pra cima dele pra me defender tambem era fingimento? Meu Deus Chris, eu fiquei presa na sala no Museu ontem, e se eu nao tivesse voltado? Iria ferrar com seus planos! -Eu o questiono chocada.

-Baby eu falei muito sério, se aquele filho da mae encostasse a mao em voce de novo eu quebrava a cara dele alí mesmo, não foi fingimento! Eu jamais deixaria algo acontecer com você meu amor! Eu planejo tudo confiante sim, mas claro que eu tambem cogito a possibilidade de algo dar errado! Se a coisa ficasse feia ali no camarote, eu nao pensaria duas vezes em sair com voce dali sem dinheiro nenhum! Sua segurança vem em primeiro lugar Cas, e no Museu se o pior acontecesse eu simplesmente abortaria a missão, eu fiquei louco de preocupaçao baby, você ainda duvida disso? Mas como tudo acabou bem, por que Graças a Deus você é uma garota muito esperta e sou muito grato por isso, você nao tem ideia do quanto amor... como nada saiu muito do controle eu mandei que Justin prosseguisse com o plano e estamos aqui agora, três milhões mais ricos baby! -Ele lança um sorriso largo comemorando.

-Caramba.... eu estou chocada! Vocês são loucos, e se o cara escolhesse outro número? -Eu indago ainda em choque.

-Simples, eu dobraria a aposta até acontecer! As chances eram bem pequenas disso rolar, nós o preparamos muito bem Cas, eu sou muito perfeccionista, gosto das minhas coisas bem planejadas e executadas! -Ele da de ombros.

-Uou Chris, isso foi realmente incrível, você é incrível amor! Meu Deus, agora eu realmente entendo porque jersei inteira te chama de Rei! Eu te amo, muito, muito! -Eu o olho embasbacada e o encho de beijos por todo o rosto.

-Eu também amo você, minha rainha! Vai se acostumando baby, isso que fizemos até hoje é só o começo, você ainda tem muito o que ver e aprender, eu vou te ensinar tudo o que eu sei, e ai vamos ser o casal mais foda daquela cidade, eu vou te dar o mundo como prometi Cas, bem vinda ao meu mundo! -Ele acaricia o meu rosto delicadamente e me beija, o melhor beijo de todos que já provei na vida, o cara mais incrível que já conheci, me digam como não venera-lo e ama-lo tanto? Impossível! Tenho certeza que é com ele que eu quero ficar pro resto da vida! Como sempre dizemos, é eu por ele e ele por mim... Jérsei que nos aguarde, eu vou aprender tudo, vou dar muito orgulho pro meu homem, e ai quando eu estiver pronta, ninguem me segura mais!

[...]


CONTINUA...


Notas Finais


E aí gostaram? Escrevi esse capítulo com muito carinho, comentem meus amores a opniao de voces me incentiva muitooooo! Até o próximo capítulo amo vocês ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...