História Tales Of Ladybug and Chat Noir - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Marinette Dupain-Cheng (Ladybug)
Visualizações 156
Palavras 1.669
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Fantasia, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 18 - Catalyst


Fanfic / Fanfiction Tales Of Ladybug and Chat Noir - Capítulo 18 - Catalyst

Antes do episódio Heroes Day Pt. 1 ser lançado:

Marinette tinha acordado no horário naquele dia. Talvez seja por conta dos vários despertadores que tinha colocado para tocar de cinco em cinco minutos.

Ela não podia se atrasar, senão a professora não permitiria a sua entrada na aula. E azulada não podia decepcionar Adrien, os dois precisavam apresentar o projeto que valia mais do que cinquenta por cento da nota de geografia.

— Ainda bem que você chegou no horário! – o garoto comemorou assim que a melhor amiga sentou ao seu lado – Já deixei até o número da sua mãe na tela pra ligar caso você atrasasse. – disse mostrando o aparelho.

— Amo a sua confiança em mim! – ironizou. – Mas tudo bem, eu não te culpo. – disse com a feição tranquila.

— Você viu que saiu um spoiler do episódio de amanhã da nossa série favorita?

— Sério? Você chegou a ler?

— Não, mas tá todo mundo comentando no Twitter. Não tive coragem. – ela riu da seriedade do melhor amigo sobre o assunto.

— Vamos falar sobre isso no intervalo. Agora... Aqui o que você tem que falar. – entregou duas folhas grampeados pra ele. Algumas linhas do texto estavam marcadas com um marca-texto cor-de-rosa.

— Eu já decorei as falas, princess.

— Ih! Você tá achando que é o Chat Noir, é?

— Quem dera! – Marinette corou de leve com a ideia. Já que Chat Noir era o seu crush supremo, porém infelizmente não era real.

— De qualquer jeito, fica com o papel. Caso você esqueça algo. – Adrien assentiu.

— Tá bem, você quem manda.

***

— Ei, Agreste! – o loiro ia na direção da melhor amiga carregando suas maçãs, porém foi parado por um dos garotos do terceiro ano.

Estranhou o fato de Oliver querer falar com ele, mas foi até ele mesmo assim.

— O que foi?

— Você e a Marinette estão saindo?

— Não, claro que não. Ela é só a minha melhor amiga. – balançou a mão, dando uma risadinha.

— Ah tá! – Oliver pareceu aliviado. – É que eu queria chamar ela pra sair amanhã à noite. O que você acha? Será que ela aceita? – Adrien parou para pensar. Amanhã lançaria um episódio novo e muito esperado por eles de “As Aventuras de Ladybug & Chat Noir”, era bem provável que ela não aceitasse. Ou se aceitasse, como Adrien poderia assistir a série favorita dos dois sozinho?

— Amanhã ela... Vai viajar com os pais dela, só volta na segunda. – inventou rapidamente. Nenhum dos dois escondia seu amor pela série, mas obviamente se dissesse que era por causa disso, Oliver riria dele e convidaria Marinette mesmo assim.

— Entendi. Vou convidar outro dia então. – deu leves batidinhas no ombro do loiro – Valeu, cara.

— De nada. – Adrien sorriu satisfeito e andou até a amiga, que estava sentada em baixo de uma das árvores, lendo um livro. – Quer? – estendeu uma das maçãs para ela, que sorriu fechando o livro e pegou a fruta da mão do melhor amigo. – Então, vamos ver o spoiler ou não? – sentou ao lado dela.

— Você que sabe. – os dois trocaram olhares e logo Adrien pegou o celular, entrando no Twitter.

— Ok, vamos lá! – clicou no link, abrindo uma foto – Não pode ser! Olha! – mostrou para Marinette. Na imagem era possível ver Hawk Moth com o mesmo traje só que vermelho, e várias borboletas na volta da mesma cor.

— Parece que ele ampliou os poderes.

— Sim e vai akumatizar muitas pessoas.

— Acha que a Queen Bee, a Rena Rouge e o Carapace vão aparecer?

— Bem provável que a Ladybug e o Chat Noir precisem de ajuda. – bloqueou o celular e voltou seu olhar para a melhor amiga – Mudando de assunto, sabe o Oliver do terceiro ano?

— Sim, o que tem ele?

— Você sairia com ele?

— Acho que sim, por quê? – questionou confusa por Adrien ter puxado o assunto do nada.

— Ah, nada não. Curiosidade.

— Ok né. – riu. – Você comprou a pipoca pra amanhã? – o garoto bateu a mão na testa, sabia que estava esquecendo de alguma coisa – Vamos no mercado depois da aula hoje, então. Amanhã só vou sair de casa pra ir na sua assistir a série. – Adrien riu da preguiça da azulada.

— Tudo bem. O último episódio vamos assistir na sua casa? – ela assentiu. – Estou muito ansioso pra saber o que vai acontecer, ainda mais depois desse spoiler.

— É, eu também.

***

— Já pensou no que o seu pai vai falar quando ver a gente com esse monte de doces? – Marinette colocou as mãos na cintura, olhando para as sacolas em cima da mesa da cozinha de Adrien.

— Vou dizer que você me obrigou a comprar.

— Que bonito! – o loiro escorou o braço por cima dos ombros dela.

— Relaxa, você sabe que eles amam você mais do que amam a mim! – ela riu. Uma vez a mãe de Adrien tinha dito isso brincando e o garoto até hoje lembrava do fato.

— Quando você vai superar isso? – aproximou seu rosto do dele, com um olhar divertido.

— Nunca. – riram e começaram a guardar as coisas – O que você vai fazer agora de tarde?

— Nada demais. Por quê?

— O que acha de passar a tarde com o seu melhor amigo? – sugeriu com um sorrisinho.

— Quando você faz essa cara é que precisa de ajuda com alguma coisa. – Marinette o encarou com um olhar desconfiado – Arrumar o seu quarto, acertei?

— Às vezes eu esqueço que você me conhece tão bem! – ela riu.

— Tudo bem, Adrien. Eu ajudo você. – disse e voltou a guardar as compras, enquanto o loiro a observava com um sorriso sincero. Marinette era a melhor amiga que ele poderia ter, e não dizia isso só pelo fato de ela o ajudar a arrumar o quarto.

***

— Ah não, isso é a maior mentira! – Adrien esbravejou depois de ter perdido a terceira partida seguida contra Marinette. – Não valeu, o botão do meu controle não funcionou.

— Qual é? Você está inventando desculpas. – empurrou ele de leve. – Sabe do que você precisa? Um ataque de cócegas!

— Não ouse! – Marinette saltou por cima de Adrien antes que ele pudesse sair correndo e começou a fazer cócegas na barriga dele, fazendo com que ele risse sem parar. – Marinette! Para! – o loiro aproveitou um segundo de distração da melhor amiga e segurou os pulsos dela, girando seus corpos e ficando por cima dela no chão da sala. – Já era pra você agora, mocinha!

— Não, Adrien! Não! – o garoto começou a fazer cócegas na azulada, rindo tanto quanto ela – Desculpa por... Ter atacado você! Agora... Para!

— Ok, ok. Só porque você se desculpou. – parou as cócegas, porém ainda estava por cima dela. Os dois sorriram um para o outro e em seguida Adrien se abaixou e depositou um beijo na bochecha dela. – Obrigado por ter me ajudado hoje. – sentou no tapete e ajudou Marinette a fazer o mesmo.

— Tudo bem. Você não conseguiria arrumar tão bem sem mim mesmo.

— Você tá querendo mais cócegas?

— Não! Por favor. – os dois riram. – Então... Você está preparado para o episódio de amanhã?

— Depois daquele spoiler, já não sei mais. Espero ver muita ação e finalmente descobrir a identidade do Hawk Moth.

— É óbvio que é o pai do Chat Noir.

— Querida, você está equivocada! – brincou, fazendo uma pose engraçada.

— Quer que eu cite as evidências?

— Não precisa, não vai me fazer mudar de ideia. – Adrien cruzou os braços – Vamos esperar para ver nesse final de temporada.

— Se o Hawk Moth conseguir akumatizar mais pessoas, como aparentemente ele vai, acha que a Ladybug e o Chat Noir vão conseguir vencer, mesmo com a ajuda dos outros heróis?

— É claro. Eles sempre vencem. – piscou. Marinette sorriu e em seguida seu celular tocou, era uma mensagem de sua mãe.

— Preciso ir.

— Eu te levo em casa. – a garota ficou de pé, seguida por Adrien.

— Não precisa.

— Eu insisto, my lady. – beijou a mão dela, fazendo com que ela risse.

— Quem dera!

Os dois amigos saíram caminhando lado a lado até a casa de Marinette. Que felizmente não era muito longe, então em cerca de poucos minutos já haviam chegado ao destino.

— Obrigada por ter me trazido.

— De nada. É meu papel como seu melhor amigo mais incrível. – eles riram.

— Boa noite, Adrien.

— Boa noite, Marinette. – a garota segurou o rosto dele delicadamente e se inclinou, depositando um beijo demorado na bochecha do loiro.

— Nos vemos amanhã na sua casa. Não esqueça!

— E como poderia esquecer?

***

***

***

Marinette lembrava muito bem de ter discutido por horas com Adrien o que aconteceria no último episódio da série, depois de terem assistido o penúltimo na casa dele.

Nunca imaginou que se encontraria na situação em que estava no momento. Parada atrás da estrutura de um prédio, escondida com os demais heróis da sua equipe, e é claro, sendo ninguém menos do que a Ladybug. Ao menos estava ao lado do seu melhor amigo, parceiro e namorado.

— Não seja tão metido, Hawk Moth. Ou vai levar uma picada de abelha!

— Tem só uns dez vilões para cada um de nós. – Chat Noir escorou o bastão nos ombros – Quem vai querer o Hawk Moth? Querem tirar pedra, papel ou tesoura pra decidir?

— Eu te protejo! – disse Carapace.

— Não, eu te protejo! – Rena Rouge negou e pousou a mão sobre o ombro do namorado.

— Eu te protejo!

— Não, eu!

— Eu!

Queen Bee balançou a cabeça em negação ao ouvir a discussão do casal, enquanto Chat Noir sorria, achando um tanto quanto fofo.

Em meio ao falatório dos heróis, o olhar de Ladybug estava fixo nos vilões, pensando no que poderia fazer para resolver aquilo tudo. E mesmo com Marinette imaginando que fosse acordar a qualquer momento, sua mente trabalhava automaticamente.

Eram muitos vilões para poucos heróis. Estavam claramente em desvantagem e isso precisava ser considerado.

Adrien percebeu a expressão séria no rosto da namorada. Sabia que acordariam a qualquer minuto. Então se aproximou dela, olhando na mesma direção em que seus olhos estavam vidrados e entrelaçou sua mão na de Marinette.

O ato fez com que a heroína olhasse para ele e fosse reconfortada por um sorriso carinhoso.

— Então, qual é o plano, my lady?


Notas Finais


AAAAAAAAAAAAA ESTAMOS NOS APROXIMANDO DO FINAL, QUE TRISTE!

Mas não se preocupem, em breve teremos a fic nova (não tão nova) e que vai estar muito legal. Quem viu os posteres sabe! Inclusive, já postei a sinopse e a data de lançamento no meu Instagram e Twitter.

Ah, e amanhã eu tenho um compromisso que vai durar o dia todo. Então o próximo capítulo só vai sair de noite, assim como esses últimos pelos mesmos motivos.

Nesse capítulo conhecemos um pouco da Marinette e do Adrien antes de entrarem no mundo da série. Tão fofos quanto agora, rsrs.

Muito obrigada por terem lido, nos vemos no próximo capítulo! Espero que tenham gostado <3 xoxo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...