História Talk - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Jikook
Visualizações 4
Palavras 1.155
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Bishoujo, Drabble, Festa, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Musical (Songfic), Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


*Não revisado*
Leiam as notas finais S2

Capítulo 1 - "Eu nunca me senti assim antes"


Fanfic / Fanfiction Talk - Capítulo 1 - "Eu nunca me senti assim antes"

"Oh, I've been dreamin' 'bout it And 's you I'm on So stop thinkin' 'bout it"


Khalid-Talk






Quando somos jovens , sentimos tudo duplicado ao verdadeiro sentimento.


Como por exemplo , gostamos de alguém,  poxa legal, aquele sentimento é algo bom de se sentir , precisam sentir, mas para nós,  aquilo é tudo que a gente tem, é a coisa mas importante da nossa vida e que nós não viveríamos sem ela.

Talvez seja verdade, e eu gosto,  eu amo o que estou sentindo , principalmente porque é ele, ele. É o único motivo pra mim me sentir assim, leve e feliz , e eu gosto de pensar que ele é o meu motivo de viver.


Sabemos que quando entramos em um relacionamento é porque estamos prontos para saber que também machuca, nem tudo é perfeito, nem mesmo relacionamentos de pessoas que se amam verdadeiramente.


Me chamo Jeon Jungkook, e eu sou um adolescente de 17 anos completamente apaixonado por uma pessoa, perigoso não?  Até onde adolescentes vão,  hum?...

Conheci ele em uma festa qualquer aí,  seu jeito divertido e engraçado, seu jeito diferente, me fez perceber naquele momento que eu olhei em seus olhos enquanto estávamos rindo de uma coisa qualquer , que eu quero ele, para todo sempre na minha vida.

Eca que meloso... Foda-se , eu gosto.

Levanto da cama e vou pegar minha mochila para ir finalmente pro' campo de guerra, a escola.

Sempre tive mania de 'brisar' depois me arrumar antes de ir para o colégio, sei lá,  peguei essa mania desde que eu tinha 9 anos de idade, que loucura,  mas foi quando eu comecei a ter maturidade de um pré-adolescente de 13 anos. Sempre fui muito maduro para a minha idade, todos diziam isso , mas vamos concordar né,  quem liga pra isso? Vocês querem mesmo é ver pegação e mão boba né? 

Tô' no segundo ano do ensino médio e ele está no primeiro, ele é novato e só descobri que ele estudava no mesmo lugar que eu quando nos conhecemos na festa.


Sinto alguém pular em cima de mim me abraçando por trás.

-Oii'

Ele...

-Oi bebê, como está, hum?-viro de frente para ele e lhe dou um selinho.


-Hmm, só?


-Quer mais né danadinho

-Yah! Para de ser palhaço, não quero mais nada também- vai andando com bico nos lábios e segurando as alças da mochila.


-Ahh não vai não, para , tava' só brincando bebê -agarro ele por trás e cheiro seu pescoço andando meio desengonçado agarrado nele.

-Vamos que estamos atrasados!

...


-Kookie nã-beijo ele contra a cama enquanto apertava sua cintura.

Sempre ficávamos nos amassos no meu quarto depois das aulas mas não passava disso. Jimin dizia que só queria depois do casamento e eu respeitava ele. Encontrar um adolescente virgem dessa idade era a mesma coisa que encontrar a jóia mais rara nesse mundo pois geralmente nessa época todo mundo perde com 12 anos até 15. Eu perdi com 16 e te digo, não vai porque estão te zoando ou você sente vergonha ou algo do tipo, vai quando estiver pronto. Perdi com minha antiga paixão, mas ela teve que viajar e agradeço, porque agora estou livre, e sendo inteiramente dele, do Jimin...


-Nha' Jungkook, você sempre muito pensativo,  o quê houve agora?

-Nada meu amor, só estava me lembrando do qual sortudo eu sou por ter você

-Palhaço-sorri enquanto fazia cafuné em meus cabelos.

-Quer sair ? Tomar um sorvete ?


Quando o Jimin ouviu a palavra sorvete ele levantou rapidamente da cama colocando os sapatos e depois ficou olhando para minha cara até se pronunciar:

-Bora Jeon cadê o meu sorvete?


Sorri com aquela frase , Jimin ama sorvete e eu sabia daquilo. Levanto da cama colocando minha bota , coloco uma blusa e pego minha carteira e chaves.


-Vamo lá bebê.


Saímos de casa e fomos andando para uma sorveteira que tem em um Shopping aqui perto de casa .

Sentamos na mesa depois de ter feito nossos pedidos e logo ele chega.

Enquanto eu e Jimin comemos vejo um garoto se aproximar sorrindo.

-Jimin!!


Quem caralhos é ele?



-Jihyun?? JIHYUN!!

Jimin se levanta da mesa eufórico todo sorridente e dá um abraço no garoto.


Que porra é essa na minha frente, Jimin é meu.

-Jimin? Quem é ele?

-Jeon esse é Jihyun meu amigo de anos atrás  , Jihyun esse é o meu... Esse é o Jungkook.

-Prazer em conhece-lo Jeon

-O Prazer é todo meu ...?

-Jihyun

-Isso Jihyun, desculpa não sou bom com nomes , com licença vou chamar o Jimin ali no cantinho rapidinho- puxo Jimin até o banheiro do estabelecimento- mas que merda Jimin! Você não cansa de conhecer todo mundo não?  Você é meu!


- Eu não sou de ninguém pois não sou objeto e para de palhaçada Jeon, que nem em namoro você me pediu ainda.



-Eu tenho sonhado com isso e é em você que eu estou ligado então para de pensar nisso -puxo ele beijo sua testa- Eu realmente te amo Jimin.

-Você sabe que eu sinto o mesmo Jungkook mas você não percebe o que está acontecendo aqui. Pare com isso pelo amor , chega de ciúmes,  esses ciúmes não levam você em lugar algum.

-Jimin , eu sinto esses ciúmes porque eu te amo , e olha , você não pode falar nada que essas frases bonitinhas servem pra você também,  meu ciumento disfarçado - vejo ele abrir um sorriso. Meu amor...


-Vamos lá, temos que nos despedir do Jihyun e eu tenho que ir pra casa-me puxa para fora do banheiro me levando até o garoto falado antes.- Jihyun , temos que ir , estava com muitas saudades mesmo , vamos marcar um dia para nos encontrarmos ? Tchau -vai andando continuando a me puxar e acena para o garoto já fora do lugar.


...


Estamos no ponto de ônibus , essa é a pior parte do dia pra' mim , era impossível deixar ele ir. Dávamos selinhos enquanto ele ia se soltando para finalmente subir no bendito ônibus,  o motorista já deve tá até dormindo .


-Dorme lá em casa Jimin

-Em lugar, de noite , vulnerável pra' você abusar desse corpinho?


Esse menino me conhece tão bem.


-Sim

-Nem pensar



Ele sobe no ônibus, paga a passagem pro motorista, senta e acena para mim enquanto o ônibus partia. Mas uma noite sem dormir direito,  desde quando ele dormiu comigo, SEM PENSAR EM AMBIGUIDADE AQUI POR FAVOR, então,  ele me deixou mal acostumado e desde que ele parou de dormir comigo , não durmo mais direito,  não durmo tão bem de quando ele está no meu lado.


Me sinto triste,  com ele meu mundo está colorido mas sem ele , e hoje é sexta, ok' por que caralhos ele não dormiu comigo hoje sendo que amanhã vamos nos ver de novo pois vamos para uma festa de um dos meus amigos, mas que menino esquecido, ele sempre esquece de tudo , ai ai meu esquecido.


Ta bom agora sim pareço um bobo apaixonado meu Senhor...




Notas Finais


Ahh não me aguentei esperei tanto pra postar aish
Vamos falar about this fanfic, well... Ela tem 3 capítulos no total e um bônus talvez, ela é inspirada na música Talk do Khalid ( minha favorita e eu surtei quando vi que a Hwasa gostava também) e é isso, a cada sexta tem uma atualização e depois dela vai vim outra fanfic bem legal ok? Tomarem que gostem escrevi com muito amor S2
BOA NOITE BBS AHHH S2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...