1. Spirit Fanfics >
  2. Talk to me! >
  3. New guy

História Talk to me! - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


⚠ Aviso ⚠

• Estória focada no shipp Tododeku;

• Idades alteradas.

♥*♡∞:。.。  .・゜゜・。.。:∞♡*♥

Não revisado.
Boa leitura!

Capítulo 1 - New guy



Izuku andava calmamente pelo condomínio muito bem conhecido que vive. Depois de muita choradeira por parte de sua mãe, encontrou com seus amigos no portão do condomínio.

— Bom dia, Deku-kun! — Ochako Uraraka cumprimentou, dando um sorriso. Tenya Iida e Tsuyu Asui fizeram o mesmo.

— Bom dia gente! Como vão? — Respondeu o sorriso e abraçou um por um.

— Muito bem. Como foram as suas? — Tenya dizia, movimentando suas mãos como de costume.

— Passei bem ocupado, precisei colocar todos os meus mangás em dia — Disse, caminhando ao lado dos amigos, que olharam com uma cara estranha.

— Nada mais? — Perguntou Ochako.

— Sim, sim! Eu assisti muitas coisas novas!

— Sério? O que é? — Tsuyu estava com um pequeno sorriso no rosto.

— One Piece! Eu finalmente pude começar à ver!

— E de volta à estaca zero... — Ochako murmura.

Quando os quatro chegaram nos portões da escola, esperaram o diretor abrir e começar o ano letivo. Izuku estava bem desanimado, segundo sua lógica, se estivesse estudando não veria animes por um bom tempo, precisando colocar em dia nos finais de semana ou nas próximas férias. Caminhava lentamente pela entrada, até chegar no pátio. Colocou sua mochila em cima do colo ao sentar no banco, suspirando.

— Merda, eu esqueci de assistir o episódio seis Uchi no Maid! Agora vou ter que torcer pra ver se não vou ter dever de casa — Levantou o olhar e os amigos estavam no banco ao lado conversando. Como um bom otaku, saiu de perto sem avisá-los e foi até o terraço silenciosamente.

Subiu as escadas lutando para não cair quando chegar pela falta de exercícios físicos. Com sorte, abriu a porta sem morrer, encontrando o terraço quase que completamente vazio. Passou para o outro lado de lá e ficou até o sinal bater. Por sorte, a apresentação de boas-vindas era somente aos novatos, ficaria com seu tempo livre enquanto durasse todo o blá blá blá. Pegou seu celular que já conectou à rede wi-fi e rolou a timeline do Twitter. Aonde tinha ficado, era resumidamente próximo ao ginásio da apresentação. Ficou calmo e relaxou, até ouvir a voz do diretor no microfone.

Aaahh, tá de putaria com a minha cara que ele fez isso?! — Como tinha se assustado, ficou com o humor pior ainda — Essa droga de caixa de som é pra o que? Pra show? Bixo alto do cacete, pior que os forrós da minha vizinha!

Se amaldiçoou por dentro, só de pensar que precisava aturar aquela voz e frases melosas. Pegou seus headphones do fundo da mochila e começou à usá-lo. Colocou "Seven" tocando, rolou a timeline, olhou o Pinterest e leu alguns capítulos de Kaguya-sama. Quando suas op's pararam, ao mesmo tempo as vozes do diretor também. Pelo visto voltaria para sua sala mais rápido que pensava.

Andando pelo corredor da sala, encontrou com Katsuki Bakugo. Seriam colegas de sala mais uma vez. Passava ano e não mudava o professor responsável pela turma, entrou na sala e sentou em uma carteira ao lado da janela. Nessa ano, queria ficar longe da maioria que conversava alto, se concentrar na sua leitura e ficar assim até o fim do ano.

Conforme iam entrando mais pessoas, percebeu que eram quase todos novatos, com exceção de seus amigos, Katsuki e Momo Yaoyorozu. Não eram mais Himiko Toga ou Neito Monoma, eram uns cheio de penteados diferentes e cores de cabelos também. Até seus olhos pararem no garoto de cabelos metade vermelho e branco.

Quem é aquele garoto? O cabelo dele parece sorvete! Os olhos dele são de duas cores... Heterocromia? E ele tem uma mancha? Não! É uma cicatriz! Ele é muito parecido com um personagem de anime! — Ficou encarando por tempo demais e o outro garoto percebeu, abaixou a cabeça e passou ao lado de Izuku. Parou atrás dele e procurou por um lugar, mas tinha somente atrás dele: Midoriya.

Suspirou e sentou atrás dele. Izuku queria se estapear por fazer outra pessoa desconfortável, além do mais um desconhecido que nem conhece! Shota Aizawa, o responsável pela turma do primeiro ano, entra na sala e todos automaticamente se falam. Ele se apresenta e escreve seu nome no quadro negro, pede para os novos e antigos alunos se apresentarem.

Izuku ignorou a maioria. Não se importou com nenhuma apresentação para fala a verdade, conheceria pelo resto do ano mesmo. Quando chegou a sua vez, se levantou da cadeira como todos, disse seu nome e idade, quando sentou de volta pôde ouvir a voz do garoto novo atrás de si.

— Me chamo Shoto Todoroki, tenho 15 anos.

No pouco que ele disse, Izuku congelou no lugar. Sua voz era rouca e parecia calma. Nunca ouviu algo igual, sentiu até mesmo que estava em um shoujo bobo de colegial. Tinha certeza, agora tinha certeza. Aquele garoto é um personagem de shounen.


[...]


— Eu não suporto mais matemática! Argh! — Reclamou Izuku, saindo da sala para o intervalo com Ochako.

— Ei, notou o garoto novo que chegou? — Caminhava ao seu lado lentamente.

— Qual deles? Não vai me dizer que você se apaixonou por mais um de novo?

— Não, não! Não é isso! Eu tô falando do que sentou atrás se você. Aquele bonitão lá, ó! — Apontou para Shoto, que descia as escadas.

— Hm, sei. Que que tem ele?

— A voz dele é muito bonita! Parece voz de ASMR.

— Fala de A Santa Maria é Rogério? — Falou rindo.

— Hahaha! A Sara Matou Rita, sim, isso mesmo.

— Ele parece com um personagem de shounen.

— Com um o quê?

— Esquece...

Chegando no pátio, sentaram em uma mesa e começaram a comer. Estranhamente Tenya e Tsuyu não se encontravam lá, mas Shoto ficou em uma mesa perto deles, sozinho. Izuku ficou encarando de novo os cabelos e olhos dele, perguntando se os pelos do corpo dele também eram de duas cores. Ochako olhava qualquer outro garoto bonito que passasse perto deles, porém não sendo para si, era mesmo para Izuku, que precisava de alguém na altura dele (baseado em sua opinião).

— Ochako-san, Todoroki-kun não é estranho? — Olhava agora para a comida, ficando interessado em como gostava de soba frio.

— Estranho, estranho não. Mas ele é bonitinho, deveria investir.

— Jesus Cristo mulher, para de fogo no rabo! — Disse com a boca cheia — Eu vou ficar bem, okay?! Eu não preciso de macho agora não!

— Ai migo, deveria começar logo de uma vez. Fica se fazendo de besta!

— Besta já não basta tu, né? — Izuku riu e levou um soquinho no braço de Ochako.

— Besta.





Talk to me: New guy


Notas Finais


Meu lado otaku se revelou aqui, não liguem...

Mais uma fanfic para a coleção de "Vou criar e esperar uma semana para postar outro capítulo por preguiça".

Espero que tenham gostado, até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...