História Talvez, apenas você - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Elsword, Grand Chase
Personagens Add, Aisha, Anna "Rose "Testarossa, Arme, Ciel, Dio, Edel Frost, Elesis, Elsword, Eve, Lass, Lin, Lire, Luciela "Lu" R. Sourcream, Lupus Wild, Mari, Raven, Rena, Rey Von Crimson, Ronan, Sieghart, Uno, Veigas Terr, Zero Zephyrum
Tags Depressão, Drama, Romance, Shipps (pelos Meus), Siegxelesis
Visualizações 14
Palavras 845
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Poesias, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Incesto, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Não era pra ser essa mas não me contentei com a ideia

Capítulo 11 - Eu irei renascer das cinzas ( Elesis) part 2


Fanfic / Fanfiction Talvez, apenas você - Capítulo 11 - Eu irei renascer das cinzas ( Elesis) part 2

Uma memória totalmente escura realmente parece o cabeça de vento do Elsword. Engraçado nunca pensei num escuro tão denso na memória de um velho de 600 anos.

Me perdoe, me perdoe eu tentei ajudar eu tentei evitar eu só queria protege-la tudo aqui parece sumir tão depressa que a vida se torna cada vez mais invisível aos olhos de um imortal.

Escuto Sieghart falar em sua cabeça o fato de estar morta do preço que pagou por não conseguir impedir a mesma guerra que o causo a dor. Pude ver ele sozinho perdido no escuro da própria sombra que ele crio da pessoa que ele amava eu vou até ele mas parece nunca conseguir alcança-lo.

Me perdoe eu falhei eu não queria ver ninguém morrer apenas mais uma vez estou usando outras vidas para pagar pelos meus pecados eu sei que errei. Eu não pedi para estar aqui eu não pedi para ser assim viver para ver todos morrerem esse foi minha troca pela vida que criei em minha mente sem vida.

- Siegh! - Grito correndo atras dele.

Sieghart on:

Por algum motivo enquanto vagava pelo escuro da floresta ouvia a voz da Elesis que estava morta. Mas por que me atormentar assim por que na minha cabeça?

- Siegh, Siegh sou eu Elesis pode me ouvir!- Ela grita por mim.

- Por que não sai da minha cabeça eu só quero paz.- Falo com o vento andando sem rumo.

Escuto passos frios vindo em minha direção.

- Você é o lendário imortal? - Escuto uma voz rouca me chamar.

- Quem é você?- Olho para o caminho de sua voz e nada vejo.

- Me perdoe mas você não responde minha pergunta. - Escuto vozes escondidas.

- Não respondo seres invisíveis a minha visão.- Falo puxando minha espada.

Eu sinto um ataque rápido em minha direção mas não pude ver o individuo.

- Quem é você!! - Grito irritado.

- Sou apenas mais um como você. - Ele fala dando vários ataques rápidos em minha direção.

Elesis On:

Em sua visão pude ver o perigo que estava correndo.

- Siegh cuidado com as sombras!!- Tento correr atras dele.

- Por favor eu não quero mais ouvir.- Ele diz abaixando sua guarda.

Ao ver tentando expandir sua energia ele toma um grande corte em seu ombro Perdendo completamente sua concentração.

- Siegh!! - Eu ao alcança-lo perco sua visão.

- Esta na hora de voltar Elesis. - Eleria olha para mim seriamente. - Vá e faça o que eu não pude fazer você ainda pode voltar.- Ela me olha com serenidade em seus olhos.

- Eu não tenho como voltar! - Choro.

- Sua idiota se você estiver realmente morta eu também estou!!!- Escuto a voz de Veigas.

O olho com sangue nos olhos como se todo que quisesse era o matar.

- Cala boca seu monstro infeliz!! - Grito indo até ele.

Eu seguro pela sua blusa e o puxo para sima.

- Elesis chega não adiantara nada. - Ela me puxa.

Enquanto isso eu vejo que Sieghart estava sem jeito que o ataque que tomasse agora não iria dixa-lo voltar para casa.

- Elesis esta na hora de voltar. - Ela puxa sua espada e me faz puxar a minha. - Como a grande cavaleira de Serdin e a Capitã dos cavaleiros vermelhos use suas chamas para salvar aqueles que merecem sua vida.

Eu podia sentir as chamas em meu redor o controle total sobre meu coração e podia sentir a ardencia do fogo em meu espirito.

- Agora eu lhe dou a sua volta coração flamejante use suas cinza fenix!- Tudo que podia ouvir até isso

Eu podia ver todo o fogo cobrir minha visão e sentia a magia rodear meu coração e meu ser em um só foi ai que evitei que Sieghart fosse atacado novamente.

- Elesis... - Vejo o olhar de Sighart tentando entender.

O fogo me rodeava totalmente como um pássaro renascendo das cinzas.

- Eu mesmo velhoti.- Me sinto eufórica e com poderes sem limites.

- Você é a Elesis a grande capitã? - A voz fria fluem em nossa frente e finalmente podíamos ver a face do ser que estava atras de Sieghart.

- Quem é você? - Pergunto empunhando minha nova espada.

- Eu sou Uno e eu preciso de você e seu El negro Elesis. - Ele diz finalmente aparecendo.

Um garoto de pele pálida expressão irreconhecível e alto.

- Como assim El negro Elesis. - Sieghart fala me olhando confuso. - A quanto tempo você escondeu isso?

Ele me olha confuso e eu não sabia o que dizer.

Sieghart On:

Ao descobrir quem era o cara das sombras ele revela um grande segredo e eu não conseguia acreditar que ela escondeu isso de todos.

- Por que Elesis?- Pergunto meio mal

- Siegh não é bem isso. - Ela fala trsite.

- Chega de papo você vem comigo. - Ele fala indo em direção minha direção.

Depois disso ele simplesmente começou a fazer vários ataques rápidos até eu não conseguir forçar.

Continua.... 

 

 


Notas Finais


Notas eu não sei como eu consegui mas fluiu.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...