História Talvez, apenas você - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Elsword, Grand Chase
Personagens Add, Aisha, Anna "Rose "Testarossa, Arme, Ciel, Dio, Edel Frost, Elesis, Elsword, Eve, Lass, Lin, Lire, Luciela "Lu" R. Sourcream, Lupus Wild, Mari, Raven, Rena, Rey Von Crimson, Ronan, Sieghart, Uno, Veigas Terr, Zero Zephyrum
Tags Depressão, Drama, Romance, Shipps (pelos Meus), Siegxelesis
Visualizações 10
Palavras 1.157
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Poesias, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Incesto, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Finalmente voltaremos para o inicio do fim

Capítulo 8 - Uma dupla missão ( part 3)


Fanfic / Fanfiction Talvez, apenas você - Capítulo 8 - Uma dupla missão ( part 3)

Agora:

Na quele momento em uma situação que estávamos frágeis a qualquer tipo de invasão ou ataque surpresa , eu conseguia sentir que um ser um alguém não humano que parecia possuir um tipo de poder muito destrutivo eu tinha mais medo do que fosse acontecer depois. Eu apenas fui na direção de Elesis e abracei ( com um braço só! Eu que sou baixinha não abraço direito com dois) queria sair o mais rápido dali. 

Ela havia me abraçado novamente e me ajudou a voltar eu sentia que algo estava aqui, mas aonde, eu não sabia se tentava alerta-la só que eu não podia sentir naquele momento segurança.

- Elesis vamos sair daqui o mais rápido possível. - Falo com ela mais baixo.

- Sieghart mas não encontramos o tal destruidor. - Ela diz olhando para mim que tava todo fodido.

- Não e necessário acho que ele que estava nos procurando precisamos voltar para avisar sua localização.- dito isso sinto sua presença se aproximando o mais depressa.

Elesis entendeu e apenas levou-me o mais longe dali e eu com meu braço junto (;-;) fomos para o mais longe que dava pois estávamos muito feridos e tivemos que parar para descansar.

´´ Sieghart e Elesis pararam no caminho e Elesis tentou juntar as 2 partes do braço de Sieghart até chegarem em casa para curar o braço de Sieghart e avisar sobre o local do destruidor.´´

Eu me deito no seu colo cansado e ela apenas coloca a mochila para eu deitar enquanto ela fazia a barraca, sim ela não vai fazer duas para ficar no trabalho de correr se algo acontecer. Ela me ajuda a me colocar no saco de dormir e hoje quem fica de plantão hoje é ela rsrs.

´´ Os dois fofuchos acabam dormindo e acordam no dia seguinte correndo para o GC enquanto ainda havia luz e poderia ver mais claro. Os dois a chegarem lá Elesis foi dar as informações do individuo e Sieghart foi levado rapidamente para a enfermaria para ser curado por Arme.´´

Eu estava muito ferrado mas como Arme chegou primeiro que eu ela poderia ter muito mais tempo para me curar e curar outros feridos que chegaram apos a missão. Eu queria ver Elesis aqui comigo mas infelizmente ela não poderia voltar tão rápido já que teria que ajudar Lothus a resolver um monte de papelada e o resultado da missão de cada grupo.

-Toc,toc.- Ouso bem de perto alguém falar toc, toc.

- Hmmm... Quem é?- Pergunto olhando para os lados já que tava um breu.

- É isso aqui. - ao falar o ser me beija involuntariamente.

- Que atrevimento é esse o ser desconhecido por minha pessoa.- Digo isso um pouco mais auto que o normal.

- Olha quem fala o mais abusado da GC. - Ela fala acendendo uma pequena luz para não machucar meus olhos.

Ao ouvir isso vejo que era Elesis fazendo uma visita noturna.

- Já não passou do horário de visita ruivinha?- Digo rindo.

- Sim mas como líder posso visitar quem bem entender no horário que bem quiser.- Ela diz sorrindo para mim.

Seu sorriso era tão bonito me deixava até mais tranquilo com as coisas que estão acontecendo.

- Hummm... abusando do seu poder que coisa feia. Digo rindo para mesma. - Mais você não devia estar resolvendo uma pilha enorme de papelada?? - Me sento ao dizer isso.

- Devo sim mas não me sentia confortável em não poder te ver nenhuma vez hoje. - Ela fala com tanta gentileza.

Ela me abraça e me beija na testa depois disso teve que sair do quarto falando: que teríamos daqui a 2 dias partir para uma missão perigosa.Eu quero e não sair de casa isso sim mas como nem tudo são flores teríamos que partir do mesmo jeito.

´´ Todos dorme e quando Sieghart dorme escuta uma surpresa.´´

- Sieghart, Sieghart. - Escuto aquela voz me chamar de novo.

Ao abrir meus olhos vejo Eleria num fundo floreado e azul.

- Eleria o que faz aqui? - Pergunto confuso de onde estou.

- Queria te visitar Ercnard. - Ela sorri para mim.

Me levanto de onde estava e parecia estar normal sem que nada estivesse acontecido.

- Eleria...- Falo confuso.

- Siegh você precisa parar essa missão. - Ela diz com uma expressão de preocupação.

- Eu não posso fazer nada. E por que está aqui! Você se foi!! - Grito para ela com raiva de algo.

- Relaxa Ercnard ^^ Eu vim te ajudar não se preocupe com minha presença. - Ela diz se aproximando. - Elesis precisa da sua ajuda ela não pode ir pra frente de combate. - Ela muda totalmente seu sorriso.

- Como assim não por que?- Fico mais confuso.

- Elesis vai morrer Siegh. - Ela diz preocupada. - Precisa evitar seu confronto. - Ela segura minha mão.

- Como pode saber!? - Fico irritado com que ela disse.

- Acredite em mim Siegh precisa protege-la e evitar seu confronto com Vei-. - Quando ela ia dizer algo ela havia desaparecido com o resto do cenário.

Eu acordo no meio da noite assutado e me levanto rápido em direção ao quarto da Elesis.

´´ Ao chegar ao quarto de Elesis ele vê as luzes da sala ligadas e não perde muito tempo com isso e quando foi abrir a porta estava trancada.´´

Que merda Elesis por que você é a unica que tranca o quarto.

´´ Sieghart quando foi voltar para o lugar que saiu se tomba com Rose na GC.´´

- O que faz aqui?- Pergunto confuso.

- A você não sabia? Não te falaram? - Ela fala se levantando.

- Disse o que? - Fico mais confuso ainda.

Ao dizer isso vejo Edel atras dela e olha para mim e depois pra Rose eu fico tão confuso se não sei se pergunto ou se caio fora. Prefiro arriscar.

- Ta rolando um caso que eu não sabia? - Pergunto tentando entender

- A é você não sabia ela veio ajudar na próxima missão e trouxe o pessoal também. - Edel fala um pouco envergonhada.

- Eu quis dizer o outro caso. - Pergunto curioso.

- A e estamos juntas. - Edel fica com muita vergonha.

- Oh parabéns para as 2 boa noite. - Digo voltando ao meu caminho.

Nossa eu não sei se fico surpreso ou fico feliz parecem se gostar mesmo. eu volto para dar uma espiada e vejo as duas sentadas no sofá e quando Rose percebe da um tiro perto da porta.

- Vai dormir. - Ela fala grossa comigo.

- Poxa nem posso admirar sua felicidade. - Digo assutado.

Ela olha pra mim com cara que vai me matar se eu continuar insistindo então meti o pé para cama.

´´ Assim que Sieghart foi ameaçado de levar um belo tiro na cara todos foram dormir. assim acaba o dia de todos os envolvidos.´´

 

 

 


Notas Finais


Bom eu gosto muito desse casalzinho e dane-se quem não shippa eu misturei bem os personagens.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...