1. Spirit Fanfics >
  2. Talvez eu seja Sísifo >
  3. Único - ...esse cansaço não me cabe

História Talvez eu seja Sísifo - Capítulo 1


Escrita por: sonev

Notas do Autor


essa história eu fiz não apenas com base na minha realidade, mas sim na realidade/vivência de uma geração inteira.

Capítulo 1 - Único - ...esse cansaço não me cabe


Me disseram que eu sou muito jovem para me sentir cansada, então eu me questionei em que idade deveria chegar para dizer novamente — sem nenhum pesar — que estou cansada. Trinta? Quarenta? Cinquenta? Sinceramente, nem ao menos sei se chegarei nesses números.

Não sei se quero viver os próximos dez anos como eu vivi esses dois últimos.

Mas esse cansaço não me cabe.

Pois eu preciso estudar; sentar-me todos os dias em frente ao computador e ligar a webcam. Vestindo nada além de um pijama velho e uma meia rasgada, fingindo devotar minha atenção a algo que eu achei que fosse me cativar, mas que já não me interessa mais.

E eu tenho que ir trabalhar; pegar trem, metrô e ônibus para chegar do outro lado da cidade, faça chuva ou faça sol. Usando duas máscaras e mal conseguindo respirar. Trabalhando durante horas a fio, almejando uma promoção que nunca vai chegar.

E eu devo socializar; conversar com a família durante o almoço de domingo sobre política, o governo e tudo que saiu de ruim nos jornais naquela semana. E sobre o que mais falaríamos, se todos os nossos dias são iguais, e não há nada de interessante que possamos compartilhar sobre nós mesmos?

E eu necessito me apaixonar; encontrar alguém que me complete e dê um sentido para minha existência, pois acreditam que eu não seja capaz de viver por mim mesma. Que esse alguém seja bom, decente e fiel — que de alguma forma não esteja abatido como eu —, e que me traga a energia que me falta; me puxe para fora do limbo.

Dessa forma meus dias se tornam iguais, vivendo a mesma repetição. Mas talvez eu seja Sísifo. Amaldiçoada a realizar as mesmas tarefas todos os dias, sem cessar. Onde a recompensa no final é inexistente, sendo apenas um desejo inalcançável. 

Dia após dia eu carrego esses sonhos, desejos e objetivos, imbuídos em obrigações, responsabilidades e deveres. Como se fossem uma grande pedra sobre meus ombros que eu levo montanha acima, apenas para vê-los, inevitavelmente, escapar de meu aperto e rolar montanha abaixo.

Essas tarefas contínuas que eu preciso, devo, tenho e necessito realizar, nunca me foram autoimpostas. Alguém, uma vez há muito tempo, me disse que eu deveria rolar essa pedra para cima — que eu não podia fugir desse destino —, então sem questionar eu iniciei essa labuta.

Talvez eu seja Sísifo. Incapaz de desistir, fraca para recusar a fazê-lo. Impossibilitada até mesmo de deixar que a pedra caia sobre mim, esmagando-me por completo. Dando um fim ao meu cansaço.


Notas Finais


arte da capa: Sísifo por Ticiano Vecellio Di Gregorio, 1549.

espero que tenham gostado ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...