1. Spirit Fanfics >
  2. Talvez seja amor >
  3. Primeira vez

História Talvez seja amor - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Primeira vez


Fanfic / Fanfiction Talvez seja amor - Capítulo 6 - Primeira vez

Tobirama chega no apartamento do irmão e vai para o banho, ainda estava confuso e cheio de tesao, talvez fosse por conta da bebida, ou pela emoção de tudo que aconteceu, fica pensando se não foi um erro chamar Madara lá, depois de tudo que aconteceu, será que ele estaria fazendo a coisa certa? 

Ele então sai do banho e liga para seu irmão, para avisar que chegou bem e pergunta se ele vai ir pra casa. 

Hashirama responde que não, que vai dormir com Mito e pergunta por que. 

Tobirama responde que Madara está indo lá para eles conversarem e que amanhã ele conta para seu irmão. 

Hashirama ri e fala:

-Tem camisinhas e gel lubrificante na segunda gaveta do meu armário, use com sabedoria. 

Tobirama desliga o telefone. 

O interfone toca:

-alô? 

- Oi Tobirama, sou eu. Fala Madara ainda com voz trêmula Devido a bebida. 

-ok, vou Abrir a porta pra você subir. Diz Tobirama, que sente seu coração gelar. 

Madara então chega, diz um oi tímido e começa a falar tudo que já tinha falado, tobirama então chama ele para o seu lado, e fala que o beijo deles foi q coisa mais incrível que aconteceu, que ele não sabem ia explicar a sensação.

Madara sorri e responde que ele sentiu o mesmo. 

Os dois se olham nos olhos, e o beijo acontece de novo, novos toques, Tobirama então fala que Madara deixa ele louco, que el tem vontade de fazer coisas que nunca teve coragem. 

Madara beija o pescoço de Tobirama e sussurra "então faça, eu sou teu, eu quero ser teu"

Tobirama ouvindo aquilo segura Madara pela cintura e puxa ele pra mais perto, fazendo seus corpos colarem, eles começam a tirar a roupa, devagar, não querem nada apressado. 

Madara vai beijando todo corpo de Tobirama, sentindo cada detalhe, cada cheiro, até que chega perto do p... de Tobirama, passa a mão de vagar, Tobirama sente um arrepio gostoso, Madara então tira a toalha que cobria aquela parte e continua com a mão ali, fazendo movimentos leves, que iam aumentando o ritimo, fazendo assim o outro soltar pequenos gemidos, como aquela mão tão grande podia ser tão firme ao mesmo tempo carinhosa? Madara então volta a beijar Tobirama, mas sem tirar a mão de seu pau, que soltava um líquido Devido ao tesão. 

Tobirama então pede para Madara tirar a sua roupa também, que ele queria conhecer aquele corpo, Madara assim faz, Tobirama fica admirado Devido ao corpo definido de Madara e começa a beijar seu corpo, passa a língua pelos mamilos, fala o quanto aquilo tava sendo bom, sua mão direita segura o pau de Madara, que pede pra ser chupado. 

Tobirama aceita, estava com muito tesão, ele fica de joelhos em frente ao Madara e coloca o pau na boca, passa a língua de vagar, chupa tudo, parecia que já tinha feito aquilo antes (segundo ele aprendeu com filmes porno baratos) segurava com a mão direita o membro de Madara e esquerda masturbava o seu, Madara gemia diante daquela visão maravilhosa, o Senju que ele sempre amou, ali na sua frente, de joelhos, chupando seu pau, era a coisa mais linda do mundo. 

Madara então puxa Tobirama para a cama, e começa a beijar seu corpo, até chegar com a boca onde tanto queria, passava a língua na cabeça, dava mordidinhas, chupava de novo, lambia a base, tudo, falava o o quanto aquilo era gostoso, Tobirama tomado pelo tesão avisa que vai gozar, Madara então deixa que ele goze em sua boca, Tobirama geme de tanto prazer, gozando tudo  em Madara. 

Ele vai até a gaveta que seu irmão falou, pega camisinhas e o gel lubrificante, passa em td base de seu pau e no ânus de Madara, colocando dois dedos para que ele se acostume, Madara então pede para que tobirama coloque o pau, que por ele aguentaria a dor, Tobirama faz o que Madara pede e vai enfiando devagar, Madara rebola, para que entre mais fácil, os dois gemem alto, tobirama então aumenta o ritimo, vai beijando o pescoço de Madara, que pede pra ele não parar, Tobirama está numa vai vem devagar, com seu rosto colado em Madara, seu tesão é indescritível, ele deseja ficar assim pra sempre, Madara então fala que sempre quis aquilo, e que ama Tobirama de mais. 

Tobirama avisa que irá gozar de novo e puxa os cabelos de Madara, que geme alto, gozando junto. 

Os dois vão para o banho juntos, transam mais um pouco e Madara sai, diz que precisa ir embora, Tobirama então pede para ele ficar, Madara chora e aceita, isso era tudo que ele queria, e os dois dormem juntos. 



 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...