1. Spirit Fanfics >
  2. Talvez um amor >
  3. O arrependimento

História Talvez um amor - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - O arrependimento


             O arrependimento

[ narrado por adora ]

eu não acredito que eu falei aquilo não não não eu sou uma idiota uma filha da....cara eu não acredito nisso

Vou ate o casal e abraço as pernas da mulher

Mara— o que foi querida?

— eu quero ir embora por favor, eu magoei a catra

Angella— VOCÊ O QUE!?

Angella corre para nosso alojamento

Mara— vamos luz vamos embora

Elas me levam para o carro eu chorei tanto que acabei adormeçendo

Acordo em um lugar diferente era um quarto grande todo em cores pastéis e tons de azuis claros

Me deito na cama e olho para o teto

Mara— eu não sei o que dizer para te ajudar querida

Eu não sei como chamar ela

— como eu posso te chamar ?

Mara sorri

Mara— me chama de mãe

— mamãe eu sou uma pessoa horrível

Mara— por que querida?

Eu explico tudo o que aconteceu, como eu conheci a catra o que eu falei

Mara— ow você falou muita merda em adora...!

— e eu sei mãe, mais é o que eu faço agora ?

Mara— não tem nada que você possa fazer

Olho para o chão

...........10 anos depois..................

Acordo com o barulho estridente do alarme me levanto sento na cama olho para a janela o sol ainda estava nascendo me jogo na cama novamente

— se passaram 10 anos.....— olho para o lado e vejo uma foto de eu e a catra — como será que ela esta ?....

Suspirei e finalmente tomei coragem e levantei da cama e tomei um banho coloco uma blusa larga uma calça justa e meu all star

Desço e vejo minha mãe é a papai

— oi mãe oi pai

Esperança da luz— oi filha — disse tomando um gole de seu café

Mara— oi minha filha — beija minha testa que me fez sorrir

Sento na mesa e começo a tomar meu café

Mara— e verdade que vão chegar alunos novos ?

— sim má e

Luz— hmm espero que sejam da zona do medo

Eu sorri a zona do medo e um lugar que produz os melhores atletas e estudantes por seus ensinos seram muitos puxados

— bom, vou indo — me levanto e dou um beijo na bochecha de Mara e de luz vou a rumo a escola

Chegando la vejo bow e glimmer

— oi casal — disse me aproximando

Eles me olham de cara feia

— quando vão assumir

Levo um tapa de glimmer

Glimmer — vou bater de novo

— bruta

O sinal toca e nos fomos para sala sento no meu lugar glimmer na minha frente e bow do meu lado esquerdo

A professora chega

Prof— olá alunos como todos sabem teremos alunos novos

Todos responderam sim

Prof— podem entrar

Eu não acredito não como assim ?!


Notas Finais


Vocês que lutem de curiosidade


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...