1. Spirit Fanfics >
  2. (Talvez) um Castigo - (Drarry) >
  3. Ajuda

História (Talvez) um Castigo - (Drarry) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Queria deixar claro que eu inspirei a história em uma das fanfics Drarry que eu li.
O nome era Nerd help with Detention, o autor eu não lembro.
A fic é muuuuuito boa, tentem achar. Está nas minhas atividades, no perfil.

Beijos SZ

Capítulo 1 - Ajuda


Os alunos estavam na aula de poções. Draco olhava pra Harry incansavelmente, e Potter já havia percebido isso.

As lições eram individuais.

Teriam que fazer uma poção da sorte, até que Harry errou sem querer um ingrediente, e o líquido virou de branco pra preto, borbulhando e transbordando do recipiente.

-Que droga! -reclamou, alto demais pro seu gosto. 

-Precisa de ajuda, senhor Potter? -Severo se aproximou, sem nenhum indício de felicidade, com as mãos para trás, o mesmo semblante de sempre.

-Eu errei a... Poção -disse baixinho, mas foi alto o suficiente para que todos na sala ouvissem.

-Talvez a detenção faça você acertar da próxima vez. Começará depois de todas as aulas, hoje -Severo disse, determinado, e voltando a vagar pela sala.

-Tudo bem, professor.

Draco observara tudo, e estava fazendo a poção com perfeição. Adoraria ficar um tempo a mais com Potter, então errou de propósito.  Colocou a erva errada, fazendo o frasco repelir absolutamente todo o líquido de dentro dele, transformando em fumaça.

-Opa -disse, totalmente forçado.

-Até você, Malfoy?! Detenção, após todas as aulas, hoje -Severo disse, se levantando da cadeira.

Draco quase sorriu. Quase. Mas ao invés de reagir de tal forma, olhou para Harry, com as sobrancelhas levantadas. O garoto também o encarava de uma forma que fazia ele se sentir até constrangido.

A verdade é que começou a gostar de Potter no quinto ano deles. As pirraças? Desculpas pra falar com ele. Provocações? Desculpas, pra encostar ou ficar próximo do mesmo.


~////


-Eu só errei uma poção, não violei uma regra. Eu não entendo o professor Snape às vezes -Harry discutia andando até a detenção, indignado com Rony e Hermione.

-Sabe quem entende bem ele? Draco Malfoy. Ele é igualzinho -Rony se pronunciou. -Ele vai aprontar alguma, eu tenho certeza.

-Eu não acho. Reparou na forma de como ele olhava pro Harry? Não era um olhar de maldade. Aliás, é estranho errar uma poção que já se fez com perfeição outras vezes -Hermione discordou.

-Ele não estava olhando pra mim -Harry tentou fugir do assunto. -E tenho certeza da que ele não errou de propósito, se é isso que está insinuando.

-Fala sério, Harry. Só não viu quem é cego, aquela forma carinhosa de te encarar -Hermione disse, claramente provocando.

-Eu não vi nada -Rony disse.

-Uma pedra tem mais percepção que você, Rony -Hermione disse com indiferença.

-Então, é aqui a sala. Eu encontro você no dormitório, Rony. Boa noite, Mione.

-Noite, Harry.

E entrou na sala, onde Snape já tinha passado toda a lição na lousa.

Sentou em uma cadeira de separação de Malfoy. Abriu o livro, procurando pela página da poção, desesperado, mas não achando.

-56 -Draco disse, sussurrando, pra Harry, que abriu na página dita. Balançou a cabeça, como sinal de agradecimento.


~////


-Malfoy! -Draco ouviu uma voz que conhecia bem pelo corredor e apressou mais o passou, ouvindo o garoto correr e tocar seu ombro. Parou instantaneamente, após o toque.

-Sim, Potter?

-Obrigado por... Me ajudar. Hoje.

-Eu fiz por pena de você -respondeu friamente, lamentando dizer tais palavras.

-Ah, sim, claro... Mesmo assim, obrigado. Boa noite -saiu e por um momento Malfoy pensou que o mesmo se decepcionou com ele, mas afastou o pensamento da cabeça.

A noite seria longa para Malfoy.

E para Potter também.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...