História Tangaroa - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Imagine Bts, Imagine Jin, Jin, Romance
Visualizações 55
Palavras 1.247
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Esporte, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oe, tudo bom?
Espero que tenha uma boa leitura, eu to postando isso correndo pq eu tenho que estudar, mas entre esperar um pouco e receber um tapa da minha omma por não ter postado... Eu prefiro esperar um pouco :)


Capítulo 11 - Conselhos de Vó


Fanfic / Fanfiction Tangaroa - Capítulo 11 - Conselhos de Vó

Kaleo... Kaleo...

É normal encontrar pessoas com o mesmo nome de outras que você conhece, mas...

Poxa, é o nome do meu pai...

As meninas devem ter percebido o meu "mal estar" e me arrastaram até uma mesa.

- Lilo, quer uma água? - Ailani perguntou.

- Um suco? - Alani perguntou.

Eu apenas neguei com a cabeça.

- Ta tudo bem? - Jin perguntou.

- Uhum... - Murmurei.

Já tem um tempinho que eu não ouço o nome do papai...

...

Vejam lá se não é o grande Kaleo pessoal!

Hahaha, e agora o favorito do público! Kaleo!

E como sempre, nosso astro Kaleo!

...

Sorri.

Sempre se referiam ao meu pai como "grande" ou como exemplo.

Eu quero honrar isso. Afinal foi por isso que eu quis entrar na competição.

- Terra chamando Lilo, alô? - Jungkook começou a estalar os dedos na minha frente.

- Oi? Hum? Que? - Eles riram.

O pai delas terminou de conversar com... Com aquele homem e se juntou a nós.

- E aí o que vão querer?

(...)

Deixa eu falar uma coisa...

O resto da viagem não foi muito empolgante...

Se quer saber pra mim o Hawaii é um país meio... Sem graça.

As pessoas de fora falam muito isso, mas é verdade...

Só tem praia!

Praia pra cá, praia pra lá...

O que salvou foram as trilhas e as cachoeiras. Por que fora isso...

Foi só praia!

Inclusive acho que o melhor momento do passeio foi...

- Foi quando a gente se perdeu! - Ailani disse me cortando de meus pensamentos.

- Mano, foi muito engraçado! - Namjoon disse.

- Engraçado pra vocês, que não tiveram que ficar ouvindo o Jungkook reclamar - Eu disse.

- Verídico - Jin disse.

- Aish, me deixem! Eu sou um bebê! - Nós rimos.

- É um bebezinho - Eu apertei as bochechas dele.

- Awnt... Ai, cuidado Lilo! - O barco balançou um pouco e eu quase caí.

- Valeu.

- De nada... Opa, deixa eu te soltar senão Jin Hyung vai ficar me encarando com raiva pelo resto da vida. - Eu olhei para o Jin e realmente ele estava encarando a gente. Quando me viu desviou o olhar.

- o que significa Hyung? - Alani perguntou.

- Hyung é como um garoto chama outro mais velho. - Jimin explicou.

- É tipo um irmão mais velho - Taehung completou.

- Hum... No meu caso o Kai é meu ke kaikuaʻana. - Eles me olharam assustados.

- O que significa isso? - Yoongi perguntou.

- Irmão mais velho. - Ailani respondeu.

- No caso de irmã, eu sou a  kaikuaʻana da Ailani - Alani disse - Sou a mais velha.

- Dois minutos.

- Continuo sendo mais velha.

- Ta... Na coreia quando um homem vai se referir a uma mulher mais velha ele chama ela de Noona. E quando uma mulher vai se referir a uma mais velha ela fala Unnie. - Namjoon.

- Faltou dizer que a mulher chama um homem mais velho de oppa - Jin disse.

- Que confuso! - Eu disse.

- Mais do que as palavras em havaiano? Duvido! - Nós rimos.

Nós ficamos conversando até dar a hora de dormir.

(...)

No dia seguinte fomos acordados com um barulho de sino tocando. Deve ser o pai das meninas...

Ele veio com a gente. Disse que tinha coisas a resolver aqui.

Eu me arrumei e quando subi vi que já estávamos perto da costa de Honolulu.

- Mas já? - Perguntei.

- Nós saímos mais cedo ontem! - Tio Kale respondeu.

- UHUL! CASA! - Ailani subiu numa das beiradas do barco.

- Ailani desce daí sua louca! - Alani gritou.

- Afe, por que você tem que ser tão chatAAAAAAAAAHHHHHHH! - O barco mexeu um pouco e ela acabou caindo.

- AILANI! - Jungkook correu para a borda.

- To bem! - Ela gritou.

O pai delas sinalizou para pararem o barco.

- Anda logo filha! 

- Calma, eu sei nadar!

- Não é isso!

- O que então? - Eu olhei para os lados.

Ai meu Pai...

- AILANI SAI DAÍ AGORA! - Gritei.

- Que foi? - Ela veio nadando mas estava muito devagar.

- Sua burra, olha em volta! - Alani gritou.

- O que t... AH! ME TIRA DAQUI! - Ela começou a nadar mais rápido.

Jogamos uma pequena escada do navio e o Jungkook ajudou ela a subir.

- Por que o desespero? - Namjoon perguntou.

- Área de tubarões - Ailani disse tremendo.

- Oi? - Hoseok disse - Você não falou que nessa época não tinha tubarão?

- Falei. Mas não tem tubarão la na costa, aqui tem - Respondi. - Eles não chegam perto nessa época.

- Sim, inclusive... Olhem ali! - Tio Kale apontou para a água.

Tinha um tubarão tigre ali. Ele começou a rondar o barco.

- Credeuspai, vamos embora! - O "piloto" deu partida e a gente foi embora.

- Quero competir mais não - Hoseok disse.

- Cagão - Jin disse.

- Aish!

(...)

Assim que o barco chegou, nós descemos, nos despedimos e foi cada um para o seu canto.

Eu fui andando mesmo com o meu irmão até em casa, afinal não era muito longe dali.

Ficamos brincando um pouco no caminho, e quando chegamos mamãe estava conversando com vovó na sala.

- Meus filhos! Que bom que chegaram! - Ela veio nos abraçar juntamente com a vovó.

Eu peguei Mahina no colo e fiz carinho na sua cabeça antes de ir guardar minhas coisas.

Enquanto colocava minhas roupas de novo no armário alguém entrou. Era a vovó.

- Vó? - Ela se sentou na cama e me olhou.

- Sim querida?

- O que foi? Aconteceu algo?

- Não, nada... - Mahina subiu na cama e vovó começou a faze carinho nela.

- Hum - Voltei a arrumar minhas coisas mas depois de um tempo a vovó resolveu falar.

- Bonito aquele menino né?

- Quem?

- Aquele de cabelo preto... Jin né? - Não pude deixar de corar um pouco.

- É... R-Realmente... - Ela riu - O que foi?

- Você mente mal.

- O que?

- Adimite logo que gosta do menino.

- Vovó! - Eu corei mais ainda e ela riu de novo.

- O que? Só estou falando o que eu estou vendo.

- Como pode ter certeza?

- Observe mais minha filha.

- Observar o que?

- O jeito como se olham, o jeito como ficam quando estão um perto do outro... O jeito como ficam corados - Ela riu - É amor.

- Eu nem sei se ele também se sente assim.

-  Quer uma prova?

- Quero.

- Esse colar aí.

- Como sabe do colar que ele me deu? - Eu apertei o pingente de golfinho.

- Sabendo... Quer alguma outra prova?

- Vamos ficar nessa discussão até o anoitecer então... Não quero mais prova nenhuma - Ela riu de novo e eu fui me sentar ao lado dela.

- Então admite que gosta dele? - Pensei por um segundo.

- Acho que...

- Acha não, tem que ter certeza!

- Ah, vovó! - Nós rimos. - Então ta, eu tenho certeza.

- Mesmo?

- Sim. Eu tenho certeza que eu gosto do Jin.

- SABIA!

- KAI?! - Eu olhei pra porta e vi meu irmão de pé rindo.

- Vô contar pra ele - O louco saiu correndo.

- NÃO! - Corri atrás.


Notas Finais


Espero que tenha gostado, bjus theau ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...