História Tão brilhante quanto seu nome - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Drama, Echi, Hentai, Romance Adolescente, Suspense
Visualizações 14
Palavras 2.064
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção Adolescente, Hentai, Mistério, Shoujo (Romântico), Suspense

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oie galera, tudo Bom? Esse capítulo promete causar!!! Novos personagens aparecerão e cada vez mais as peças vão se encaixando.

Capítulo 4 - Competição no ar


Fanfic / Fanfiction Tão brilhante quanto seu nome - Capítulo 4 - Competição no ar

Acordo com o alarme do celular que estava marcando 06:40. É hora de Alcântara dessa cama, colocar um sorriso no rosto e fingir que nada aconteceu. Me levanto e vou até o banheiro, faço o que tenho que fazer e penteia meu cabelo.

Saio do Banheiro e vou escolher uma roupa, decidi colocar um suéter marrom com uma jaqueta jeans clara e uma calça jeans azul escuro e um All star preto. Passo um blush pra tirar mais a aparência de morta e desço pra tomar café.

- Bom dia pai, Bom dia mãe.- falei abraçando os mesmos.

- Bom dia querida, tem certeza de que quer ir pra escola hoje?- meu pai pergunta.

- Claro, quem morreu foi a vovó, não eu.- falei séria

- Crys como pode ser tão fria?.- minha mãe me olha com tristeza.

- É claro que eu fiquei triste mas, preciso seguir em frente.- falo confiante.

- Bom sobre a nossa conversa de ontem tem, tem uma parte que não te contamos mas que você talvez goste.-Falou meu pai

-o que ?. Digo me sentando na mesa, pegando minha xícara de café.

- a Karen virá morar conosco uma semana. - disse o mesmo me fitando.

- isso será ótimo, fiquei feliz de saber disso.- falei dando um sorriso soprado.

- ah que bom que você gostou. Agora são exatamente 07:18, quer carona pra escola? - Disse meu pai terminando seu Café 

-quero tô com preguiça de andar mesmo.-Falei mordendo uma maçã.

- ok saímos em 10 minutos Tá? - Disse ele se levantando indo até o seu escritório.

- ta bom. Falei terminando minha refeição. Levantando da mesa e deixando minha xícara na pia.

Subi até meu quarto e pego minha bolsa e o meu celular. Desço as escadas, me despedi da minha mãe e entrei no carro com o papai . No caminho da escola papai colocou nossa música favorita "you never gonna be alone" . Aquela música mesmo sendo antiga, significava muito pra mim e pro meu pai, aquela era a nossa música "você nunca vai estar sozinho" era o que mais ouvíamos depois da grande perda que tivemos . Chegamos então na escola, como ainda eram 07:40 tinha poucas pessoas. Desço do carro e me direciono ao corredor da escola, vou até o meu armário e pego o livro da minha primeira aula. Dou uma volta pela escola na procura de Rose e a encontro mexendo no seu armário.

- Oi Rose .- falei sorrindo.

- Oi Crys. - disse ela me dando um sorriso.

- já viu o David hoje? - perguntei cruzando os braços.

- ah ainda não e Crys eu esqueci de pegar seu número ontem, eu queria ter te mandado mensagem. -Ela falou estendendo o celular para que eu colocasse o número em seu celular.

- ah sim.- coloco meu número no celular dela e ela faz o mesmo com o meu.

Quebra de tempo.

Toca a campa pro almoço e novamente eu, Rose e o David nos sentamos juntos. Na mesa do nosso lado estava o trio do nojinho e mais algumas pessoas que eram super populares . Então entra um garoto no corredor que chamou a atenção de todos, ele passou acompanhado com 2 garotos.

- Quem é esse? - pergunto aos cochichos.

- ele me parece familiar, mas não lembro, acho que estudei com ele ... Ah lembrei é o John Raven nossa como ele mudou está bem melhor agora.

- É verdade, nossa ele realmente mudou pra melhor, até eu quero ele gente.- disse o David passando a língua pelos lábios.

Eu e a Rose olhamos pra ele espancadas com o seu comentário e logos todos caíram na risada.

Quebra de tempo

A aula acaba e nós decidimos ir ao shopping, mas antes fomos para casa da Rose no qual eu concordei em ir mesmo não entendendo o por quê. 

Entramos na casa da Rose, comprimentamos sua mãe é fomos até seu quarto, e então entendi o por quê de irmos a casa dela, Rose ia pegar dinheiro que deixou em casa. Ela pegou uma bolsa de lado colocou algumas coisas dentro e nós descemos para a sala e o Ryan estava sentado no sofá mexendo no celular. 

- Ryan você pode nos levar no seu carro para o shopping? - Rose pergunta se apoiando no braço do sofá enquanto eu e o David observamos.

- por que eu faria isso? - Ryan fala fitando os olhos no celular. 

- por que se você não me levar, eu conto pros nossos pais sobre aquele caso de...- Rose é interrompida.

- Ta bom eu levo vocês, mas me faz o favor de ficar calada.- diz Ryan se levantando e ficou surpreso ao me ver.

- a Crystal vai também é? - ele pergunta olhando pra mim colocando a mão no queixo.

Faço uma cara de deboche e debato com o mesmo.

- a gente quer chegar hoje, vamos Logo.- falei andando até  a porta.

Todos entram no carro, Ryan vai dirigindo, Rose no banco Carona e eu e o David no banco de trás. À caminho do Shopping Ryan de vez em quando me olhava pelo retrovisor do carro e eu fingia nem perceber. Chegamos no shopping e todos descem do carro.

- Tchau Ryan. Disse Rose.

- espera aí eu vou com vocês.- falou ele nos acompanhando.

- tava bom de mais pra ser verdade.- falo cruzando os braços já entrando no shopping. 

Após da uma volta em algumas lojas, fomos até uma lanchonete, enquanto eles se sentavam na mesa de 4 lugares eu fazia o nosso pedido, 4 combos ( Hambúrguer, batata frita e refri). Quando fui me sentar, Rose e David se sentaram juntos, tendo eu que sentar do lado do babaca do Ryan e começamos a falar de assuntos aleatórios e toda vez que Ryan fazia um comentário ou dava uma opinião, eu fazia questão de corta-lo na hora fazendo com que a Rose e o David dessem gargalhadas da nossa "mini guerra fria" . Então nossos pedidos chegam, Ryan avista algo que não queria.

-Droga! Essa não. - fala ele encobrindo o rosto. 

-Que Foi Ryan?- Rose pergunta.

-ai vem a Jhene.- ele fala debochando.

- Oiiii Ryaaan, que bom te ver aqui.- diz a Jhene cheia de sacolas de compras na mão sorrindo para o mesmo.

- Oi Jhene.- ele responde seco.

- eu vou dar uma festa na minha casa sábado aparece lá vai ser bom te vê lá e a sua irmã e seus amigos podem ir também. - Disse Jhene com Desprezo.

- Talvez eu apareça. Disse Ryan

- eu tenho que ir, tchau lindo.- disse Jhene acenando para Ryan e seguindo seu caminho.

- essa garota é uma pedra no meu sapato. Disse Ryan irritado.

Todos terminamos nossos lanches, e fomos em direção do estacionamento. Rose e David estavam andando um pouco a minha frente e Ryan estava do meu lado quando o mesmo me questiona.

- por que você é tão grossa e fria comigo? Eu sou um amorzinho de pessoa.- ele fala colocando a mão no coração e fazendo biquinho.

- por que você é muito babaca e perdeu a noção do ridículo.- Falei debochada.

- no fundo você é afim de mim que eu sei. Ele falou jogando o cabelo pro lado de forma debochada.

Dei uma risada sarcástica

- HA HA HA , você é muito idiota mesmo, perdeu a noção?- falei séria e fui andando mais Rápido para alcançar a Rose.

Entramos no carro e saímos do Shopping  e fomos em direção ao nosso bairro.

- vamos deixar você em casa tá Crystal. -Disse Rose.

- ta bom.- falei.

Entramos na minha rua e eu mostro onde é minha casa e Ryan para o carro para que eu desça.

- Tchau amores.. e o Ryan ( não perco uma chance né). Falei debochando de Ryan.

- até amanhã. - ambos disseram.

Entrei em casa e cumprimentei minha mãe.

- papai ainda não chegou ?-Pergunto

- ele deve estar a caminho.- disse minha mãe. 

- ah tá, eu vou pro meu quarto tô cansada.-Digo seguindo o caminho até meu quarto.

Pov Ryan

Mesmo que hoje a Crystal só tenha me tratado com ignorância, foi bom falar com ela e olhar o jeito dela quando está irritada ela faz um "ash" é revira os olhos pra cima, ou então quando ela faz uma cara de nojo sempre que me olha. Ela está sempre tão fria e séria comigo mas quando observo ela sozinha com minha irmã e o David ela sempre está sorrindo, e é tão fofo o modo que seus olhos ficam pequenininhos quando ela sorri, hoje eu pude olhar no fundo dos seus olhos que é uma mistura louca de verde e castanho, e com são lindos mas ainda me pergunto por que eu estava pensando nessa garota embora ela tenha 15 anos o jeito dela é de uma pessoa bastante madura e isso me faz rir logo eu Ryan falando de maturidade. Meu grande problema agora é John que quer tomar meu lugar de capitão do time de futebol, embora eu não der muita importância de ser o capitão do time, eu odeio que desafiem ou que me provoquem pois posso ser muito competitivo quando eu quero .

Quebra de tempo.

 Como de costume eu e a Rose vamos pra escola no meu carro e logo que chego vejo o John dando em cima de algumas meninas, aaah é eu sou um babaca segundo a Crystal, calma aí eu já estava pensando nela de novo? Mas que merda.

Pov Crystal

Eu estava guardando umas coisas no meu armário e reparo que tinha um bilhete lá dentro em que estava escrito:

Me encontre no terraço na hora do almoço precisamos conversar : Ryan .

Ao olhar em volta percebo que o Trio do nojinho estava a me observar. Apenas disfacei, fechei meu armário e segui meu caminho. Ao encontrar com Rose mostro a ela o bilhete.

- ah vai lá , eu não sei o que ele deve tá tramando, mas talvez ele só queira ficar de bem com você. Disse Rose

- É deve ser. Respondo.

Se passa então as aulas e chega o horário do almoço, e vou em direção do terraço. Ao chegar tenho uma grande surpresa, não era o Ryan que estava lá é sim o trio do nojinho. 

- olha só! A tonta veio.- disse Louise.

- ela deve estar super iludida mesmo. - Disse a Anne.

- eu vou te da só um aviso garota escrita Fica longe do Ryan.- disse Jhene se apromando de mim.

Pov Ryan 

Vou até a mesa onde Rose está sentada e me sento também. 

- você não vai sentar com seus amigos.- David pergunta.

- não tô afim, quero almoçar com vocês agora, são bem mais legais.- falei dando um sorriso de lado. 

- você não ia conversar com a Crystal no terraço agora? - Rose pergunta confusa.

E eu sem entender do que ela estava falando respondo

- eu não sei do que você está falando Rose.-Respondo bem confuso.

-pqp Ryan corre pra la agora, acho que vão aprontar com a Crystal por sua causa. Disse Rose assustada.

Então me levantei e fui correndo até o terraço é antes de abrir a porta ouço vozes familiares.

- o que te faz pensar que o Ryan vai gostar de você hein garota?

- você é magrela sem conteúdo.

- eu sou a garota mais bonita dessa escola, todos babam por mim garota, você acha mesmo que ele ia dar bola pra você?

Nessa hora a raiva me subiu a cabeça e abro a porta brutalmente. ao abrir a porta me deparo com a Crystal caída no chão escorada na parede enquanto a Jhene estava a encarando tentando a intimidar, Embora Crystal estivesse no chão ela não estava com medo na verdade estava com raiva e eu podia sentir o seu ódio naquele momento, não me segurando vou correndo até Crystal .

- Vocês 3 sou Ridículas sabiam? - falei furioso.

- Ryan?. Disse Jhene surpresa.

- você tá bem ?. Pergunto para Crystal que me olhava com um olhar diferente.

- tô sim, eu fiquei calada por que não queria ser expulsa por quebrar a cara dela.-disse Crystal aliviada.

- o que deu na cabeça de vocês?- pergunto para as três enquanto levanto a Crystal.

- fala sério né Ryan o que essa magrela é pra você? - Disse Jhene debochada.

- É minha namorada e eu quero que vocês fiquem longe dela, parem de ser Ridículas.

Na mesma hora todas me olham surpresas até a Crystal que estava sem entender nada, 

-Ryan? - perguntou Crystal sem entender.

- só cala a boquinha aí. Falei segurando em sua mão.

Saí puxando a mesma até chegarmos no refeitório e sim nós andamos pela escola inteira de mãos dadas e todos nós olhavam.




















 


Notas Finais


Opa opa a coisa tá complicada hein. Me perdoem novamente qualquer erro.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...